Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
clicRBS
Nova busca - outros

PF combate fraude em financiamentos de veículos na Região Metropolitana de Porto Alegre

29 de novembro de 2016 0
Fraude em financiamentos de veículos na Região Metropolitana de Porto Alegre / Foto: Polícia Federal

Fraude em financiamentos de veículos na Região Metropolitana de Porto Alegre / Foto: Polícia Federal

A Polícia Federal (PF) deflagrou na manhã desta terça-feira  (29), a chamada “Operação Fides” para combater fraude em finaciamentos de veículos na Região Metropolitana de Porto Alegre. Segundo a investigação, era um esquema de gestão fraudulenta e de operações irregulares na Caixa Econômica Federal (CEF) e no Banco do Brasil (BB), inclusive com envolvimento de funcionários.

Foram cumpridos oito mandados de condução coercitiva e dez de busca em Porto Alegre, Cachoerinha e Alvorada. Uma pessoa foi presa em flagrante na Capital por posse ilegal de arma de fogo. Duas revendas de carros da região participaram das irregularidades. Um dos criminosos, um pastor, cooptava fiéis para participarem da fraude. Houve bloqueios de valores em contas correntes e apreensão de veículos.

Fraude

A PF apontou envolvimento de funcionários da CEF e BB em um sistema de superavaliação de veículos para concessão de financiamentos. Os bancos, que tiveram prejuízo de mais de R$ 3 milhões, auxiliaram nas investigações. Contadores e técnicos em contabilidade participavam com a elaboração de documentos falsos para a comprovação de renda dos clientes. A diferença entre o valor do bem financiado e o seu preço de mercado ficavam com os fraudadores. Duas lojas de veículos, na Capital e em Alvorada, participaram do esquema.

Ex-funcionário e pastor

Um dos investigados é ex-funcionário do Banco do Brasil, demitido por causa da fraude, é também pastor. O religioso cooptava fiéis para participarem da fraude e teria movimentado dinheiro das revendas de veículos para contas da igreja, utilizadas para lavagem de dinheiro. Muitos clientes fizeram uso também de outras vantagens alcançadas com os documentos falsos, como empréstimos pessoais, cartões de crédito e cheque especial.

Crimes

Os crimes são gestão fraudulenta de instituição financeira, obtenção de financiamento mediante fraude, formação de quadrilha, estelionato contra entidade de direito público, falsidade ideológica, corrupção passiva e lavagem de dinheiro. A operação foi chamada de Fides, que é, em latim, “confiança, crença, promessa, juramento”, dá origem a palavra “fé”.

Mandados 

Porto Alegre

5 de busca e apreensão
4 de condução coercitiva

Cachoeirinha

1 de busca e apreensão
1 de condução coercitiva

Gravataí

1 de busca e apreensão
1 de condução coercitiva

Alvorada

3 de busca e apreensão
2 de condução coercitiva

 

Envie seu Comentário