Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
clicRBS
Nova busca - outros

Presa mulher suspeita de abusar sexualmente de criança e de assassinar a mãe da vítima

30 de janeiro de 2017 1
A mulher suspeita foi presa na Lomba do Pinheiro, zona leste de Porto Alegre / Foto: Polícia Civil

A mulher suspeita foi presa na Lomba do Pinheiro, zona leste de Porto Alegre / Foto: Polícia Civil

Agentes da 1ª Delegacia de Homicídios prenderam nesta segunda-feira (30) uma mulher suspeita de agredir e de abusar sexualmente uma menina de seis anos na Lomba do Pinheiro, zona leste de Porto Alegre, e também de assassinar familiares da vítima. Em 2015, foram mortos a mãe e o tio da criança. Uma terceira pessoa que estava na residência, durante a execução, ficou ferida devido aos disparos de arma de fogo.

Um comparsa da suspeita também foi preso. Segundo a polícia, ele participou da execução.

Os crimes foram cometidos por vingança. A mãe da menina, que deixava a filha sob os cuidados da suspeita enquanto trabalhava, soube do abuso sexual e agrediu fisicamente a mulher. Depois disso, ela foi executada, junto com o irmão. A companheira dele, que estava junto no dia do fato, ficou ferida por que fingiu estar morta. Ela foi a principal testemunha do caso. A criança, inicialmente, foi atendida pelo Conselho Tutelar.

Segundo a investigação do delegado Rodrigo Reis, o homem preso tem 44 anos de idade e  vários antecedentes criminais, como tráfico de drogas, associação para o tráfico, posse irregular de arma de fogo, receptação e lesão corporal. Já a mulher detida, com 35 anos de idade, não tem passagem pela polícia. Eles responderão por duplo homicídio qualificado ocorrido em 29 de junho de 2015 e por uma tentativa de homicídio. Eles também serão investigados por abuso sexual da criança.

O suspeito do abuso, das agressões e da execução foi preso em Balneário Pinhal e a suspeita na Lomba do Pinheiro, na Capital. Um terceiro homem, também envolvido no duplo homicídio, foi morto durante confronto com a polícia meses depois do crime e um quarto investigado está sendo procurado. Os nomes dos criminosos não foram divulgados pela polícia e os nomes das vítimas não estão sendo divulgados para não identificar a criança, conforme o Estatuto da Criança e do Adolescente..

O homem suspeito de abuso e homicídio foi preso em Balneário Pinhal / Foto: Polícia Civil

O homem suspeito de abuso e homicídio foi preso em Balneário Pinhal / Foto: Polícia Civil

 

Comentários (1)

  • GRACIANO LORENZI diz: 30 de janeiro de 2017

    não há dúvidas que o sistema é responsável por muito da criminalidade que anda à solta…no entanto, há inúmeros casos que não tem relação alguma com sistema A ou B. maldade mesmo. parabéns a polícia. torçamos para que o judiciário faça sua parte e bem feita!

Envie seu Comentário