Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
clicRBS
Nova busca - outros

Polícia vai pedir internação provisória de adolescentes liberados após apreensão por envolvimento em homicídio

28 de março de 2017 0

A Polícia Civil vai pedir a internação provisória de um trio de adolescentes que confessaram envolvimento no latrocínio de um homem de 37 anos, no último do domingo, em Gravataí. Conforme o delegado Felipe Borba, eles foram apreendidos nessa segunda-feira (28) e liberados pela promotoria poucas horas depois por entendimento de que ocorreu um lapso temporal que impedia a configuração de um flagrante. Para o delegado, há evidências suficientes para pedir a internação dos infratores.

O primeiro ponto apresentado pela polícia é de que o trio confessou o crime aos agentes durante a apreensão. Eles contaram que cometeram o crime para roubar o carro da vítima, mas não conseguiram retirar o veículo do pátio da casa.  Segundo a Polícia, o corpo foi encontrado com uma tesoura cravada na garganta. Ao lado, também havia uma cadeira, um guarda-chuva e uma pedra que também teriam sido usadas na execução.

O segundo motivo são as provas apresentadas na delegacia de Gravataí no momento da apreensão. Ao chegar na casa de um dos suspeitos, os policiais encontraram o celular da vítima e uma mochila com roupas manchadas de sangue.

Apesar de saber as motivações, a polícia investiga as circunstâncias do crime. Informações iniciais indicam que a vítima teria levado os adolescentes ao local para manter relações sexuais com eles. A versão, porém, foi negada pelo trio.

Histórico de violência

Ainda conforme a Polícia, um dos jovens foi apreendido em 2015 pelo envolvimento na tortura de um casal de idosos, e outro é investigado no caso de um homicídio no município de Guaíba, neste ano. Desta vez, a polícia chegou aos suspeitos por causa de uma denúncia recebida na delegacia de Canoas. Ao verificar a informação, os policiais encontraram o homem morto no último domingo.

Envie seu Comentário