Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
clicRBS
Nova busca - outros

Após confronto em Gravataí, policia liberta prefeito de Mostardas de cativeiro

19 de dezembro de 2014 4

É o segundo sequestro em uma semana em que a polícia liberta os reféns e prende os criminosos

prefeito2

A Delegacia de Roubos do Deic entrou em confronto com criminosos em Gravataí, na madrugada desta sexta-feira (19), e libertou do cativeiro o prefeito de Mostardas, Alexandre Galdino Dorneles Lopes. Ele havia sido abordado, em uma falsa blitz, por quatro homens que se passaram por policiais e usavam giroflex nos veículos.

O prefeito havia jantado com os pais e, por volta das 22h, se deslocava para casa quando foi abordado em seu veículo Celta. Ele foi algemado, teve os olhos vendados e foi colocado em uma caminhonete clonada, onde foi levado ao cativeiro.

A mãe dele recebeu uma ligação, e os sequestradores disseram que fariam um novo contato nesta sexta-feira. Eles exigiram R$ 300 mil de resgate.

Cativeiro

O prefeito de Mostardas foi encaminhado para uma residência, no distrito de Morungava, e colocado em um quarto da casa. De acordo com o delegado Joel Wagner, titular da delegacia de roubos de Deic, o grupo já estava sendo monitorado. Logo após contato da Brigada Militar de Mostardas, equipes foram até o local onde o prefeito era mantido refém.

Na altura da parada 108 da RS-020, houve o primeiro confronto entre a polícia e os criminosos. Outro tiroteio ocorreu na residência que servia de cativeiro, onde foi morto Gladmir Josué Sabini, 39 anos.

Pouco depois, foram presos o comparsa dele, Marcos Vinícius Oliveira de Lima, 37 anos, e a esposa. Dois filhos dele, adolescentes, foram apreendidos. A polícia encontrou no local pelo menos cinco coletes balísticos, seis pistolas, revolver e diversos miguelitos e munição. No momento do confronto, a família estava com uma criança de 10 anos – filho de Sabini e que foi levado para a casa de parentes.

A perícia foi acionada e isolou o local para a retirada do corpo. Os vidros da casa e as paredes têm marcas de tiro, e um guincho foi acionado para a retirada dos veículos usados na ação. O prefeito de Mostardas foi encaminhado ao Deic, em Porto Alegre, para prestar depoimento.

prefeito

Polícia apreende lancha de R$ 160 mil usada por integrantes da quadrilha Ostentação

18 de dezembro de 2014 2

IMG_4463

* por Cid Martins

Agentes da 14º Delegacia de Polícia de Porto Alegre apreenderam na manhã desta quinta-feira (18) uma lancha avaliada em R$ 160 mil, usada por integrantes da quadrilha Ostentação, que roubava veículos na Região Metropolitana. A embarcação foi adquirida através de nota fria, no valor de R$ 40 mil. Também foram utilizados documentos falsos para regularização do veículo junto à Marinha do Brasil. O proprietário da lancha, inclusive, foi extorquido e ameaçado pela organização criminosa. A apreensão ocorreu na Ilha das Flores, na orla do Guaíba.

Em Cachoeirinha, foi preso mais um integrante do grupo. De acordo com o investigador Luis Zottis, ele era um laranja que forneceu os documentos e o próprio nome para a aquisição da lancha.

Ostentação
Com a prisão de hoje, oito integrantes desta quadrilha seguem presos – incluindo o líder, detido no dia 25 de novembro no Paraná. Ao todo, 11 pessoas foram indiciadas por roubo, estelionato, falsificação de documentos, entre outros crimes.

O grupo foi desarticulado no final de novembro em uma operação da Polícia Civil. Em sete meses, os criminosos movimentaram R$ 3 milhões e usavam o dinheiro para ostentar com lanchas, jet skis, carros de luxo, festas e até aulas de tiro em escola especializada. A quadrilha utilizava uma gráfica para falsificar documentos e chegou a alugar uma sala comercial por R$ 3 mil mensais em um shopping da zona sul da Capital.

Saiba mais
Preso no Paraná líder da “quadrilha ostentação”
Quadrilha Ostentação: polícia indicia 11 integrantes de grupo
Presos ladrões de veículos que ostentavam com festas, barcos

Quadrilha Ostentação: polícia indicia 11 integrantes de grupo que roubava veículos na Grande Porto Alegre

17 de dezembro de 2014 4

Uma lancha também foi apreendida com os criminosos. Foto: Polícia Civil

Por Cid Martins

A 14ª Delegacia de Polícia de Porto Alegre indiciou, na manhã desta quarta-feira (17), 11 integrantes da chamada “Quadrilha Ostentação”, responsável por roubo de veículos na Região Metropolitana da Capital. Entre os indiciados, está o líder da organização criminosa, Lucas Vieira Pinto, o Gordo, preso no Paraná. Além dele, outros três, que são pai, mãe e filho.

Na operação, realizada no final de novembro, nove pessoas foram presas. No início deste mês, duas delas foram soltas. Todas vão responder pelos crimes de roubo, furto, falsificação de documentos, uso de documentos falsos, falsidade ideológica e organização criminosa.

Ostentação
A organização criminosa agia em toda a Região Metropolitana e, de abril a novembro, movimentou mais de R$ 3 milhões com os roubos de veículos. Os integrantes usavam todo o dinheiro para ostentar com lanchas, jet skis, carros de luxo, festas e, até aulas de tiro ao alvo em escola especializada.

A quadrilha chegou a alugar uma sala comercial em um shopping da zona sul de Porto Alegre e utilizava uma gráfica para falsificar documentos.

Três anos depois, Justiça nega recurso e realiza audiência sobre acidente com duas mortes na Estrada do Mar

16 de dezembro de 2014 0

Prestes a completar três anos do acidente com duas mortes na Estrada do Mar, em Capão da Canoa, a Vara Criminal do Foro do município realizou na tarde desta terça-feira (16) nova audiência sobre o caso. O Poder Judiciário negou recurso da defesa dos réus, a modelo Tatiele da Silva Costa e o empresário Paulo Afonso da Rosa Correa Júnior, denunciados por duplo homicídio doloso e tentativa de homicídio doloso. Os objetivos desta nova etapa processual eram os depoimentos de testemunhas de acusação e interrogatório dos réus.

No Reveillon de 2012, o taxista Ivo Ferrazzo, 63 anos, e a dançarina Alaíde da Silva Linck, 28 anos, morreram em colisão envolvendo três carros. Outras duas pessoas ficaram feridas. A modelo, segundo investigação, dirigia embriagada e sem carteira de habilitação o veículo que teria causado o acidente. Os dois réus foram, inclusive, impedidos de deixar o país.

Audiência

A audiência realizada hoje ouviu mais testemunhas sobre o caso. Apesar de familiares das vítimas reclamarem da demora no processo, o Poder Judiciário destaca que o trâmite ocorre no prazo normal e a grande dificuldade é ouvir testemunhas que pertencem a outras comarcas, já que a maioria dos envolvidos estava veraneando no litoral. Para agilizar os depoimentos, semana passada foram expedidas cartas precatórias para as cidades de Osório, Porto Alegre e Tramandaí.

E foi justamente este fato que levou a defesa dos réus a tentar cancelar a audiência desta terça-feira. Os advogados alegaram cerceamento de defesa, ou seja, quando ocorre uma limitação na produção de provas de uma das partes no processo e que acaba por prejudicar a parte em relação ao objetivo processual. Mas a Justiça indeferiu pelo fato de que o não retorno do resultado sobre o cumprimento das cartas precatórias não prejudica a audiência com novos depoimentos.

* Confira trecho da decisão judicial:

Indefiro o pedido defensivo de cancelamento da audiência designada para 16.12.14, sob a alegação de cerceamento de defesa, pois, conforme se extrai do art. 222, §1º, do Código de Processo Penal, a expedição de precatórias não suspende a instrução, sendo autorizado, ainda, a juntada de carta precatória devolvida aos autos, a qualquer tempo, conforme §2º do artigo citado. Isso significa dizer que prescinde aos interrogatórios dos réus o aguardo do retorno das precatórias expedidas, não havendo nenhuma nulidade na realização do ato“.

Acidente na Estrada do Mar provocou duas mortes (Foto: Ricardo Duarte/Agência RBS)

Acidente na Estrada do Mar provocou duas mortes (Foto: Ricardo Duarte/Agência RBS)

Saiba mais:

Acidente com duas mortes na Estrada do Mar: Justiça proíbe réus de saírem do país.

Polícia apreende outro adolescente envolvido em assalto com estupro em motel na zona Sul de Porto Alegre

16 de dezembro de 2014 2

A 1ª Delegacia de Polícia para o Adolescente Infrator do Departamento Estadual da Criança e do Adolescente (Deca) apreendeu nesta terça-feira o segundo adolescente envolvido no assalto com estupro de uma funcionária grávida em motel na zona Sul de Porto Alegre. O jovem de 16 anos foi localizado na Lomba do Pinheiro, na Capital. Um terceiro adolescente envolvido, também com 16 anos, não foi localizado e a informação é de que ele fugiu para Santa Catarina. O fato ocorreu no início do mês, dia 2, no bairro Vila Nova.

A polícia concluiu dois inquéritos sobre o caso. A Delegacia da Mulher indiciou dois homens, que já se encontram presos, por roubo e participação no estupro. Já Keller Silva da Silva, 19 anos, encontrado morto após o fato e apontado pela vítima como autor do estupro, teve a punibilidade extinta. Um taxista, que teria sido coagido para transportar os criminosos, foi enquadrado apenas no crime de roubo.

Foto: Ronaldo Bernardi / Agência RBS

Foto: Ronaldo Bernardi / Agência RBS

Adolescentes

O Deca conclui o segundo inquérito sobre o fato. O delegado Christian Nedel indiciou três adolescentes, um que foi apreendido logo depois do crime, outro hoje e um terceiro que não foi localizado, por roubo triplamente qualificado. Na manhã desta terça-feira, uma equipe do delegado Nedel cumpriu três mandados de busca na Lomba do Pinheiro e dois de internação provisória. Todas as informações e fatos posteriores à conclusão do inquérito, na semana passada, serão anexados ao procedimento. O mesmo informa a Delegacia da Mulher, que ainda aguarda pelo resultado da perícia. O Departamento de Homicídios investiga o assassinato do suspeito de estupro.

Saiba mais:

Indiciados seis envolvidos em assalto com estupro em motel na zona sul de Porto Alegre.

Polícia desarticula quadrilha e apreende mais de 50 toneladas de carne roubada

16 de dezembro de 2014 0

Por Cid Martins

A Delegacia de Furtos e Roubos de Carga do Deic realizou uma operação na manhã desta terça-feira (16) e desarticulou uma quadrilha que rouba cargas na Grande Porto Alegre. Também foram apreendidos, durante a investigação, dois caminhões roubados – um com 25 toneladas e outro com 28 toneladas de carne. O delegado Luciano Peringer disse que o grupo se especializou em atacar os caminhões com este tipo de carga, conseguindo informações privilegiadas para chegar até eles.

Nesta manhã foram cumpridos seis mandados de busca e seis de prisão em Novo Hamburgo. Três ladrões foram presos.

A quadrilha age principalmente na BR-116, no Vale do Sinos. Também foi apurado que os criminosos atuam na BR-290, onde já roubaram cargas com produtos alimentícios e polietileno. A investigação iniciou há dois meses.

Criminosos invadem sistema de telefonia e montam call center fictício na Região Metropolitana

16 de dezembro de 2014 13

17113930

O Departamento Estadual de Investigações Criminais (Deic) realiza na manhã desta terça-feira (16) uma operação policial para desarticular esquema criminoso que invadiu o sistema de informática de uma empresa de telefonia para desvio de dinheiro que acaba também lesando clientes. A delegada Sílvia Coccaro de Souza comanda 40 agentes, com a participação de técnicos em telecomunicações, em nove locais de Porto Alegre, Gravataí, Cachoeirinha e Goiânia (GO) – onde são cumpridos nove mandados judiciais de busca e apreensão. Os suspeitos chegaram a montar até uma espécie de “call center” fictício para atender usuários. O valor desviado pelo grupo chega a, pelo menos, R$ 4 milhões.

Investigação
A delegada Sílvia destaca que está ocorrendo uma ação dos chamados “crackers”, indivíduos que praticam a quebra (ou cracking) de um sistema de segurança de forma ilegal ou sem ética, e estão desviando valores milionários em todo o Brasil. No Rio Grande do Sul, foi descoberto que uma parte destes criminosos montou uma espécie de “call center”, que na manhã de hoje foi invadido pelos agentes e teve documentos, CPUs e diversos materiais apreendidos. Não houve cumprimento de mandado de prisão.

O local é uma empresa de fachada que atende supostos usuários, inserindo créditos, autorizando débitos, oferecendo serviços, entre outras questões investigadas. Sistema semelhante foi descoberto também em Goiás, diz a polícia.

Para a polícia, estes suspeitos se utilizam de informações privilegiadas, invadem o sistema de segurança da empresa de telefonia através da implantação de softwares espiões (chamados de spywares) e subtraem vários cadastros do banco de dados da companhia, transferindo todas as informações sigilosas possíveis para eles. Nas investigações, foram identificados os endereços IPs dos respectivos fraudadores, as empresas que já atuaram como terceirizadas da concessionária de telefonia, e também o levantamento dos responsáveis técnicos pela área.

“São senhas roubadas de funcionários e contas de clientes invadidas. Estes acabam sendo lesados pois tem dados secretos divulgados, recebem propostas de serviços que não existem e ainda tem a possibilidade de ficarem inadimplentes perante serviços oferecidos que não existem”, afirma Sílvia Coccaro de Souza.

Os crimes investigados incluem lavagem de dinheiro, estelionato e invasão de dispositivos cibernéticos. A polícia não está divulgando os nomes da empresa vítima e da empresa envolvida no esquema devido ao prosseguimento das investigações.

Confira a entrevista com a delegada Sílvia de Souza

Indiciados seis envolvidos em assalto com estupro em motel na zona sul de Porto Alegre

15 de dezembro de 2014 1

A Delegacia da Mulher e o Departamento Estadual da Criança e do Adolescente (Deca) concluíram os inquéritos sobre o assalto ao motel Gêmeos, na zona Sul de Porto Alegre, seguido de estupro de uma funcionária que estava grávida. O fato ocorreu no início do mês, dia 2, no bairro Vila Nova. Em relação aos adultos presos, dois foram indiciados por roubo qualificado e como participantes do estupro.

O estuprador Keller Silva da Silva, 19 anos, reconhecido pela vítima, teve a punibilidade extinta pelo fato de ter sido assassinado após o fato. Um terceiro homem, taxista clandestino que transportou os criminosos, foi enquadrado no crime de roubo. Em relação aos adolescentes, foram indiciados apenas por roubo triplamente qualificado pelo Deca. Um foi apreendido e dois seguem sendo procurados.

Inquéritos

A delegada Viviane Viegas destaca que o taxista não estava no local, além de alegar que teria sido coagido, por isso vai responder só pelo delito de roubo. Os outros dois, segundo ela, colaboraram com o crime. Eles podem responder, mas em outro inquérito, pela morte do comparsa, já que confessaram o homicídio em depoimento no Presídio Central. Sobre o caso do motel, o inquérito foi remetido no início da tarde desta segunda-feira (15) para a Justiça. Complementos, como outras provas e a perícia, serão remetidos posteriormente.

Já o delegado Christian Nedel, do Deca, informa que dois adolescentes estão com medidas de internação autorizadas pela Justiça. Assim como eles, um terceiro, que foi apreendido dia 7, foram indiciados na última quinta-feira (11), por roubo triplamente qualificado, envolvendo, por exemplo, uso de arma de fogo e restrição de liberdade. Eles não foram apontados como participantes do estupro. Inicialmente, a vítima identificou um deles, mas depois de ser ouvida três vezes e de reconhecimento fotográfico, voltou a atrás.

Saiba mais:

Polícia pede a prisão de cinco suspeitos de assalto e estupro em motel na zona Sul da Capital.

Polícia prende três suspeitos de assalto e estupro em motel na zona Sul de Porto Alegre.

Grupo assalta motel e estupra funcionária na zona Sul da Capital.

 

Apenado com tornozeleira que liderava quadrilha de traficantes em Eldorado do Sul está foragido

15 de dezembro de 2014 1

Na sexta-feira da semana passada (12), a Polícia Civil de Eldorado do Sul realizou uma grande operação para desarticular duas quadrilhas que agiam na região. Ao todo, 69 suspeitos foram presos, mas cinco ainda seguem foragidos, incluindo o líder de um dos grupos que vende drogas no bairro Progresso. Desde então, Claiton Fraga Monteiro, que usa tornozeleira eletrônica, é considerado foragido pela Superintendência dos Serviços Penitenciários. De acordo com o delegado Alencar Carraro, o equipamento foi danificado e o traficante está com prisão preventiva decretada.

Tráfico de drogas

A quadrilha comandada pelo apenado é conhecida na região por usar crianças e adolescentes para o tráfico de entorpecentes. Além dele, outros dois integrantes seguem foragidos. Já a quadrilha do bairro Delta, dois integrantes ainda não foram capturados. Os traficantes estão envolvidos desde agosto em uma disputa pelas bocas de fumo. São criminosos da quadrilha dos “Bala na Cara” que se instalaram na localidade que tem registrado expulsão de moradores, tiroteios, bem como cinco homicídios e dez tentativas.

* Veja vídeo da atuação de crianças e adolescentes na venda de drogas:

Saiba mais:

Operação policial prende 69 traficantes de drogas em Eldorado do Sul.

Polícia prende traficantes que usam crianças e adolescentes para venda de drogas em Eldorado do Sul.

 

Operação policial prende 69 traficantes que atuam em Eldorado do Sul

12 de dezembro de 2014 1

IMG_4293

* Por Cid Martins

A operação da Polícia Civil realizada na manhã desta sexta-feira (12) resultou na prisão de 69 traficantes em cinco cidades da Região Metropolitana de Porto Alegre. Todos os suspeitos são ligados a duas quadrilhas que agem na cidade de Eldorado do Sul.

Saiba mais:
Polícia prende traficantes que usam crianças e adolescentes para agir em Eldorado do Sul

Um dos grupos, do Bairro Progresso, é comandado por um preso que usa tornozeleira eletrônica e por outras pessoas da mesma família. A quadrilha usava crianças e adolescentes para a venda de drogas. No Bairro Delta, a quadrilha dos Bala na Cara tenta se instalar na região desde agosto. Já ocorreram cinco homicídios na região, além de dez tentativas de assassinato, expulsão de famílias e tiroteios devido à disputa entre as facções.

Na ação de hoje, foram utilizados 490 agentes da Polícia Civil, com apoio da Polícia Rodoviária Federal. Em Eldorado do Sul, houve confronto com entre bandidos e policiais, mas ninguém ficou ferido na troca de tiros. Também ocorreu uma perseguição, mas os criminosos foram presos.

Escutas
Escutas telefônicas divulgadas pela polícia revelam ligações diárias entre traficantes e presidiários solicitando drogas para abastecer a região de Eldorado e Guaíba. Confira:

Traficante encomenda drogas em quantidades grandes (inteiro) ou em pequenas (fatiadas):

Escuta mostra traficante encomendando droga; gravação foi feita um dia antes do criminoso ser assassinado: