Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
clicRBS
Nova busca - outros

Idoso é preso com mais de 50 quilos de maconha no Vale do Sinos

26 de março de 2015 0

cid

A 1ª Delegacia de Polícia de São Leopoldo prendeu na noite desta quinta-feira (26) um idoso de 68 anos que estava com 55,2 quilos de maconha. O delegado Heliomar Franco destaca que a droga estava armazenada em uma casa alugada justamente para isso no bairro Cohab Duque.

Segundo ele, o idoso utilizava a residência como depósito e atuava como distribuidor, vendendo para outros traficantes. Ele vai ser autuado por tráfico de drogas, com o agravante de ser próximo de estabelecimento de ensino, o que aumenta a pena. O local fica entre uma escola e uma igreja.

Desde fevereiro, a 1ª DP de São Leopoldo já prendeu 34 traficantes que atuam no entorno de escolas em São Leopoldo.

Testemunhas e vítima de incêndio com três mortes na zona Norte da Capital depõem na Justiça

26 de março de 2015 0
Incêndio ocorreu na avenida Panamericana, zona Norte, e entre as vítimas estavam os dois filhos do acusado / Foto: Agência RBS

Incêndio ocorreu na avenida Panamericana, zona Norte, e entre as vítimas estavam os dois filhos do acusado / Foto: Agência RBS

A Justiça começou a ouvir na tarde desta quinta-feira (26) testemunhas de acusação e a vítima do incêndio com três mortes ocorrido em novembro de 2013 em um apartamento na avenida Panamericana, zona Norte da Capital. O acusado é João Guatimozin Moojen Neto e o crime teria sido motivado pelo fim do relacionamento dele com Bárbara Penna de Moraes Souza, que depõe hoje. Morreram intoxicados pela fumaça os dois filhos do casal e um idoso de 79 anos, Mário Ênio Pagliarini.

Moojen foi denunciado por três homicídios culposos e triplamente qualificado, além de tentativa de homicídio com violência contra a ex-companheira e por ter provocado incêndio ao colocar em risco a vida de terceiros. A defesa apresentou novo laudo pericial que atesta problemas mentais do réu quando ocorreu o incêndio. O resultado foi anexado ao processo judicial que também tem outro laudo, o oficial e que é de janeiro deste ano, confirmando que ele tinha sanidade mental na época dos fatos. Em outro processo, depois que foi preso, o acusado ainda responde por supostas ameaças que teria feito de dentro da cadeia à vítima, que passou a receber medida protetiva.

Saiba mais:

Defesa de réu em incêndio com três mortes na Capital apresenta laudo que atesta problemas mentais.

Réu em caso de incêndio com três mortes na Capital responde por novas ameaças à vítima que sobreviveu.

Presos ladrões que roubaram carro de enfermeira na Capital e quase levaram filho da vítima

26 de março de 2015 5

 

Dupla que roubou carro de enfermeira e quase levou junto filho dela foi presa na zona Sul da Capital / Foto: Polícia Civil

Dupla que roubou carro de enfermeira e quase levou junto filho dela foi presa na zona Sul da Capital / Foto: Polícia Civil

A 2ª Delegacia de Polícia de Porto Alegre prendeu na manhã desta quinta-feira (26) dois homens que roubaram no início do mês o carro de uma enfermeira no bairro Menino Deus. A vítima, 32 anos, teve de gritar e entrar em luta corporal com os bandidos para evitar que o filho, que estava no banco de trás da Ecosport, fosse levado junto. Ela estava estacionando em frente a uma escola de educação infantil.

Uma empresária, que estava em um prédio na localidade, ouviu os gritos da mãe da criança e tirou várias fotos. Elas foram entregues para a polícia e ajudaram na identificação dos criminosos. O fato ocorreu numa tarde do dia 5 de março. Os suspeitos foram presos na zona Sul da Capital.

* Ouça trecho do relato da enfermeira, que hoje reconheceu os suspeitos na 2ª DP:

Prisão

O delegado César Carrion destaca que, após a identificação da dupla, obteve mandado judicial de prisão preventiva. Um dos suspeitos, André Vargas da Silva, 35 anos, foi preso na Vila Ecológica, bairro Cristial. Já Alisson Soares Teles, 19 anos, foi detido na Vila Cruzeiro. Ambos têm antecedentes criminais. Um deles, Silva, trabalhava na área de serviços gerais na Secretaria de Segurança Pública na época do crime. A polícia não descarta a participação de mais dois suspeitos. O veículo Ecosport ainda não foi localizado.

Enfermeira gritou muito e entrou em luta corporal para resgatar o filho do carro / Foto: Arquivo Pessoal

Enfermeira gritou muito e entrou em luta corporal para resgatar o filho do carro / Foto: Arquivo Pessoal

Saiba mais:

Enfermeira assaltada consegue evitar que o filho seja levado em Porto Alegre.

 

Homem é preso em Sapucaia do Sul pela tentativa de homicídio da própria filha

26 de março de 2015 11

cidblog

* por Cid Martins

Agentes da 1ª Delegacia de Polícia de Sapucaia do Sul prenderam um homem pela tentativa de homicídio da filha de 12 anos no Bairro Dihel. O pai da criança usou uma arma e tentou disparar várias vezes contra a vítima. A menina conseguiu fugir por que o revólver falhou. Nesta quarta-feira (25), a mãe da garota foi até a polícia e registrou ocorrência.

Devido à gravidade do fato, a delegada Marina Goltz solicitou à Justiça a prisão preventiva do suspeito, que foi preso entre a noite passada e a madrugada desta quinta-feira (26). Ele já possui antecedentes criminais por ameaça, lesão corporal e perturbação da tranquilidade.

Ao dar sequência à investigação, a delegada descobriu que a esposa do preso sofre constantes ameaças e agressões. O suspeito, que é dependente químico, ainda irá responder criminalmente por ter entregado a outra filha, de seis anos, a traficantes da cidade em troca de dívidas. A menina conseguiu ser resgatada ilesa pela mãe.

O nome do homem não está sendo divulgado, conforme o Estatuto da Criança e do Adolescente, para preservar a identificação das próprias filhas dele.

Polícia prende quadrilha que roubou carro oficial do chefe de Polícia do RS

25 de março de 2015 7

cidnova

* por Cid Martins

A Polícia Civil prendeu na manhã desta quarta-feira (25), no Bairro Partenon, zona leste da Capital, uma quadrilha apontada por ser a responsável por roubar no ano passado o carro oficial do chefe de Polícia do Rio Grande do Sul, delegado Guilherme Wondracek.

O delegado Juliano Ferreira, responsável pela ação do Departamento Estadual de Investigações Criminais (Deic), destaca que foram presos quatro homens. Segundo ele, outros três já haviam sido detidos durante as investigações que iniciaram em dezembro de 2014, logo após o roubo do Fiat Linea da chefia de Polícia. O carro foi roubado dia 19 de dezembro, no bairro Partenon, e recuperado no mesmo dia.

Na manhã de hoje, foram cumpridos 14 mandados judiciais, cinco de prisão temporária e nove de busca e apreensão. Um suspeito segue foragido. A operação foi chamada de “Boos”.

Presos traficantes que usavam adolescente para vender drogas em escola de Sapucaia do Sul

25 de março de 2015 1

trafico

* por Cid Martins

A Polícia Civil prendeu em flagrante dois traficantes que agiam no entorno de uma escola no bairro Cohab, em Sapucaia do Sul. Eles utilizavam um adolescente para vender, principalmente maconha, para os estudantes. Para a delegada Marina Goltz, o local já era considerado um ponto de venda de drogas.

Segundo ela, o tráfico ocorria à noite, durante o período das aulas. Um suspeito, de 30 anos, tem antecedentes por tráfico e, outro com 22 anos, por homicídio. Ambos foram detidos, usando armamento de uso restrito das forças armadas. O adolescente, que estava junto, foi encaminhado para órgão competente.

A ação começou na noite de terça-feira (24) e terminou por volta de 3h30 da madrugada desta quarta-feira (25). Além do tráfico, associação ao tráfico e uso de arma restrita, a dupla vai responder também por corrupção de menores.

“Ações como esta vão continuar nas escolas aqui do município, inclusive com o monitoramento dos locais onde já agimos”, ressalta Marina Goltz.

Operação policial combate jogos de azar na região das Missões

25 de março de 2015 3

cid2

* por Cid Martins

Uma operação policial realizada na pequena cidade de Cerro Largo, com pouco mais de 15 mil habitantes, na região das Missões, noroeste gaúcho, combateu a prática de jogos de azar. Os alvos eram os caça níqueis e o jogo do bicho.

Além da contravenção penal, o principal objetivo foi apurar também a conexão dos infratores com outras cidades da região, como Santo Ângelo, e suspeita de lavagem de dinheiro.

O delegado Marcus Viafore, responsável pela chamada “Operação Fortuna”, destaca que o trabalho iniciou na terça-feira (24) e terminou na madrugada desta quarta-feira (25). Ao todo, 65 policiais cumpriram 13 mandados de busca. Sete bicheiros assinaram termo circunstanciado e dois foram presos em flagrante por que estavam com armas e munição.

cid

Dinheiro
A polícia apreendeu um total de R$ 215 mil. Desse valor, R$ 115 mil em dinheiro foi encontrado na casa de apenas um bicheiro dentro de latas, potes de ração para cachorro e no forro da residência.

“Vamos apurar a suspeita de lavagem de dinheiro. Nos causa estranheza uma pequena cidade com tanto jogo do bicho, por exemplo, e ainda com uso de tecnologia avançada”, diz Viafore.

Tecnologia
Além do jogo do bicho no papel, a polícia descobriu uma máquina, parecida com as que são usadas para cartões de débito ou crédito, utilizada pelos contraventores. A pessoa digita o número correspondente ao bicho e depois sai a impressão com o nome do animal escolhido, bem como o valor pago.

Em relação aos caça níqueis, foram apreendidas pequenas maletas. Elas são abertas para que a tela apareça e são ligadas na tomada. A máquina é portátil e fácil de esconder.

O jogo do bicho e caça níqueis são considerados contravenções penais e, desde 2012, também uma infração penal com antecedente de lavagem de dinheiro.

Médico é suspeito de molestar pacientes em posto de saúde no Litoral Norte​

24 de março de 2015 0

 *Por Kathlyn Moreira

Um médico clínico-geral, de 38 anos, é suspeito de molestar pacientes no Posto de Saúde 24 horas, localizado no Centro de Xangri-lá, no Litoral Norte. Na tarde desta segunda-feira (23), mulheres denunciaram o profissional alegando terem sofrido violência sexual no mesmo dia.

O homem está detido preventivamente no Presídio de Osório. A Polícia Civil orienta que possíveis vítimas do médico registrem ocorrência na delegacia com garantia de anonimato. A identificação do homem não foi revelada para continuidade da investigação.

Presos suspeitos de assaltar clientes na saída de bancos na área central de Porto Alegre

24 de março de 2015 0

A 2ª Delegacia de Polícia de Porto Alegre prendeu nesta terça-feira (24) dois homens suspeitos de assaltar clientes de agências bancárias na área central da cidade, a chamada “saidinha de banco“. O delegado César Carrion destaca que a dupla integra quadrilha que age na região e outros dois integrantes ainda estão sendo identificados. Desde fevereiro, dois clientes de bancos na Azenha e Menino Deus foram vítimas do grupo, bem como o proprietário de uma residência no bairro Medianeira. Em todos os casos foi utilizado o mesmo veículo pelos criminosos, um Peugeot preto, e os presos foram reconhecidos por todas as vítimas.

Carrion diz que os suspeitos foram presos temporariamente. Por isso, ele não repassou a identificação dos mesmos. Um tem 22 anos e outro 51 anos. Este último, na época dos crimes, afirmou que era motorista de lotação, nas linhas que passam pelos bairros Partenon, zona leste, e também Cristal, zona sul. Atualmente, estava dirigindo táxi. Ele foi preso na Vila Cruzeiro e o jovem no Morro da Cruz.

Crimes

No dia 18 de fevereiro, a quadrilha invadiu uma residência no bairro Medianeira e roubou dinheiro e joias da família. Duas vítimas foram agredidas. Dois dias depois, 20 de fevereiro, os bandidos monitoraram um cliente do Banco do Brasil na Praia de Belas. Na saída do local, atacaram a vítima e levaram R$ 5 mil. Em março, dia 5, atacaram outro cliente do Banco do Brasil no bairro Azenha. A vítima foi perseguida até o bairro Teresópolis e teve R$ 5 mil levados pelos criminosos. A 2ª DP investiga outros crimes que possam ter sido cometidos por esta quadrilha.

Facção que atua em presídios gaúchos cobra R$ 200 mensais de integrantes, diz MP

24 de março de 2015 0

Ao dar sequência na análise de informações e documentos após deflagrar em fevereiro deste ano uma operação que investigou crimes comandados de dentro de cadeias no estado, o Ministério Público (MP) descobriu um estatuto da facção criminosa “Os Manos”. O promotor Ricardo Herbstrith destaca que cada integrante é obrigado a contribuir mensalmente com R$ 200,00. O valor arrecadado é usado para contratar advogados, adquirir armamentos e auxiliar familiares dos detentos.

O material foi encontrado quando foram analisadas as trocas de mensagens via aplicativos para telefones móveis entre detentos da Penitenciária de Alta Segurança de Charqueadas (Pasc) e apenados de outros presídios. Herbistrith diz que o documento é chamado entre os membros da facção de a “constituição dos Manos”.

Regras entre presos

No estatuto ainda há regras que devem ser adotadas pelos integrantes que acabam recebendo benefícios, como progressão de regime ou liberdade. Os detentos devem deixar telefone de contato para que possa ser localizado pela facção. Também constam no documento normas sobre demarcação de territórios, utilização da sequência numérica 14-18-12 para identificar a facção e um código de conduta a ser seguido pelos detentos.

É uma situação extremamente preocupante, porque demonstra a organização da facção frente ao Estado”, diz Herbstrith.

O MP está encaminhado as informações para a Justiça.

 

Saiba mais:

Presos mandam matar pelo celular de dentro da Pasc e mais duas cadeias.

Gravações revelam ordens para assassinatos de dentro de presídios.