Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
clicRBS
Nova busca - outros

Posts com a tag "férias"

Ócio cansativo

08 de outubro de 2009 1

Quem disse que férias não são cansativas? São sim! Principalmente quando a gente começa o dia caminhando, faz almoço em casa, na zona sul, vai à acupuntura, no Rio Branco, visita a avó, em Petrópolis, leva a mãe em casa, no Bom Fim, volta em casa – na zona sul, lembra? – para vestir uma roupa mais quente, volta ao Menino Deus para jantar numa churrascaria – e beber duas caipirinhas – com velhos e saudosos amigos, vai ao Beira-Rio ver o Inter fazer três gols – e gritar feito uma doida – e termina a noite num bar da Cidade Baixa.

Sei dizer que a quarta-feira me deixou exausta.

Ê vida besta ;-)

Funções de começo de férias

06 de outubro de 2009 0

Férias é também tempo de botar a vida pessoal em dia. Por isso, nada de emocionante saiu da primeira segunda-feira do período corrente. Foi dia de almoçar na casa da mãe – uma das partes mais agradáveis – e ir ao médico dar início ao check-up anual. Entrementes, café no Botequim das Letras, sorvete na Argento (de pistache, o melhor de todos, na opinião desta escriba) e suco na Casa de La Madre adequadamente na companhia da… minha mãe.

Como o médico era no final da tarde, a segunda foi também dia de sobreviver ao caos provocado no trânsito pelo temporal e de chegar em casa às escuras.

Prefácio das férias

04 de outubro de 2009 2

Três semanas vão ser tempo suficiente para ter saudade do trabalho. Assim ao menos espero. E o começo foi promissor.

O sábado teve almoço no Don Nicola, sorvete na Argento e conversa e passeio com amigos pelas ruas do Moinhos de Vento e do Bom Fim – terminando num café na Palavraria. Direito a polêmica de leve sobre o caso Polanski. O jantar foi em casa, com baguete da Barbarella. Filmezinho despretensioso e bacana no DVD: De bem com a vida, com a Vanessa Redgrave (peguei só por causa dela).

Domingo lindo de sol. Almoço com um bando de amigos n’A Cantina – destaque para o caminho de ida e volta as carnes de avestruz e jacaré e para os filés de linguado. Fim de tarde na Cidade Baixa chez Thais e Marcelo com torta Chajá da Barcelona, café e jogo de adivinhação.

Teve também uma polêmica discussão: as Melissas de hoje em dia não dão mesmo chulé como apregoam as vendedoras – e muitas fãs dos calçados de plástico? Eu própria não consegui comprar nenhuma na vida adulta só pela lembrança do aroma da infância…

Digam o que quiserem… é boa essa vidinha besta.

De quando as férias se mostram imprescindíveis

11 de setembro de 2009 2

Prova número 1

A pessoa está saindo de uma aula, às 22h30, e entra na sala dos professores só para ver se não está deixando nenhum papel importante dentro da sua pasta. Confirma que não tem nada e vai embora. Mais de hora depois, chega em casa e percebe que deixou para trás a pasta que contém as listas de chamadas e trabalhos entregues pelos alunos, valendo nota.

Prova número 2

A pessoa entra no banho, repassando mentalmente a agenda do dia. Põe uma porção de shampoo na palma da mão esquerda e, ato contínuo, ao sentir os olhos arderem, se dá conta de que está lavando o rosto em vez do cabelo.

Prova número 3

A pessoa vai almoçar com o marido no shoping e, ao estacionar o carro na chegada, acha “bonitinho” o fato de estacionar o carro exatamente de costas para o dele. Na hora da saída, os dois saem juntos do shopping, se despedem, a pessoa entra no carro, engata a ré, acelera e… TUM! Pelo retrovisor, vê que está encostada no outro carro da família. Os dois deram ré ao mesmo tempo e bateram um no outro. Quem assistiu à cena deve ter achado no mínimo curioso.

Meno male

A pasta já está localizada, o shampoo não fez estrago no rosto e nenhum dos carros ficou amassado.