Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
 

Há um ano...

06 de junho de 2008 49

Renato Gaúcho tem estrela/Flávio Neves

Wilson; Anderson Luiz, Chicão, Felipe Santana, Vinícius e André Santos; Diogo, Henrique, Ruy e Cleiton Xavier; Victor Simões.

Esta escalação, diz o que para você, blogueiro?

Esta, obviamente, foi a formação inicial que disputou a final da Copa do Brasil do ano passado, pelo Figueirense, sendo vice-campeã.

Evento que completa um ano nesta sexta-feira.

Do Figueira de um ano atrás, para o alvinegro atual, dá para construir uma bela tese.

A pauta é uma sugestão do Daniel, que tem o blog Comentários do Daniel.

Vamos a algumas constatações:

- Do time titular, sobraram Wilson, Anderson Luiz, Diogo e Cleiton Xavier. Vinicius voltou agora. Cinco jogadores, em 11, é um número razoável para preservar a base. Mas, os atletas que saíram não tiveram reposição à altura, o que compromete o rendimento deste ano.

- Dos atletas que estavam na reserva, só três estão no clube: Fernandes (lesionado), Ramon (luta para retornar aos gramados após cardiopatia) e Rafael Lima, que voltou agora. Ari, Edson, Daniel e Léo deixaram o clube.

- O Figueirense, de 18 jogadores relacionados na final, negociou (ou deixou de contar) 11 deles (dois retornaram agora). Só sete permaneceram dos finalistas.

- Dos principais negociados, Chicão e André Santos são finalistas da Copa do Brasil, novamente, agora pelo Corinthians. Felipe Santana foi para a Alemanha, Vinícius retornou do Marília, Henrique e Victor Simões foram para a Ásia (o primeiro está no Cruzeiro). Ruy foi para Europa, mas já está no Náutico.

- O blogueiro Fel, em mensagem anexada em outro post, mandou esta constatação, que transcrevo por se adaptar a este assunto. Veja o que disse Fel: “Ano passado, em junho, o Fluminense era finalista (e campeão) da Copa do Brasil com o Renato Gaúcho e o Grêmio era finalista da Libertadores com o Mano Menezes. Nesse ano, o Mano é finalista (e quase campeão) da Copa do Brasil com o Corinthians e o Renato é finalista da Libertadores.” Na linha de raciocínio do Fel, a importância do treinador aliado a um bom grupo é vital. O Figueira está combinando as duas coisas?

- E no Flu, como fica esta relação de negociados? O técnico, Renato Gaúcho é o mesmo. E dos titulares? Só três não estão mais. Isso que o clube se reforçou. Perceberam a diferença? Ficaram Fernando Henrique, Carlinhos, Thiago Silva, Roger, Fabinho, Júnior Cesar, Arouca e Cícero. Saíram Alex Dias, Adriano Magrão e Carlos Alberto. Isso que tinha o Thiago Neves no banco.

- Não se pode negar, o aporte financeiro é primordial para determinar as ações da direção alvinegra. Não poderia, nem em sonho, proceder como o Flu, que manteve a base, o treinador e ainda reforçou-se de forma sensacional. Mas, convenhamos, poderia ter sido mais ousada em alguns pontos.

- Por fim, tem uma semelhança que une as duas finais, a última e a atual, da Copa do Brasil. Embora não contribua em nada para esta análise, não resisti em lembrar: o árbitro da final era Héber Roberto Lopes. Deu sorte na bolinha!

- E você blogueiro, tem algo a comemorar nesta data? A lamentar? Havia mesmo o projeto Libertadores cantado em prosa e verso para este ano, ou as ações, desde aquele momento único, demonstram o contrário?

- Outras questões para a discussão: A Copa do Brasil foi uma praga que minou o futuro do clube? Um cometa que passou na constelação alvinegra sem deixar frutos? O prenúncio de uma nova era que ainda está para chegar? Ou um feito que serve somente para ficar nos anais do clube? Análises que eu considere pertinentes, anexarei a este post.

Postado por Marcos Castiel

Bookmark and Share

Comentários (49)

  • Eduardo diz: 6 de junho de 2008

    Da época da copa do Brasil eu prefiro guardar os bons momentos e não me lembrar da final. Qual torcedor não recorda dos gols de Henrique e Cleiton Xavier no Maracanã?

    Castiel, deverias fazer uma postagem também sobre o jogo Fortaleza e avai em 2004, principalmente relembrando o foguetório na ilha.

    Eduardo

  • Leo Figueira diz: 6 de junho de 2008

    Prefiro ser mais realista. Na ocasião, creio que o Figueira amarelou, ao jogar a final com vantagem em casa. Contra o Botafogo no Rio, foi pura sorte. O Figueira foi dominado. O Flu mereceu vencer a decisão. Agora, pensando no Figueira de hoje, prefiria que o técnico Gallo tivesse permanecido e com total autonomia p/ solicitar jogadores e montar um time. Dos jogadores que saíram, só destaco a falta de Chicão e de André Santos no elenco atual. Com a atual situação, fica difícil p/ o Figueira.

  • Roberto Prado diz: 6 de junho de 2008

    Um salto alto ilusório que serve somente para ficar nos anais do clube e deliciar os assinantes do DC.

  • André diz: 6 de junho de 2008

    A única incoerência do Mário Sérgio foi colocar no banco de reservas no jogo final o zagueiro EDSON, a grande revelação do Figueira no ano de 2007, tendo inclusive jogado na seleção brasileira de base. O atleta foi importantíssimo em TODOS os outros jogos e era polivalente, cobrindo com grande categoria a ala esquerda nas subidas do André Santos. Depois do melancólico banco de reservas o Edson nunca mais jogou bola no Figueira em visível sentimento de desgosto. Essa foi a falha decisiva.

  • Dimaris diz: 6 de junho de 2008

    Não Fran, depois de um ano resta a torcida do Figueirense continuar a torcer, pois, como Campeão Catarinense de 2008, estamos na CB do próximo ano.

  • Salvador Artur de Campos diz: 6 de junho de 2008

    Boa Tarde ,Castiel: depois de um longo e tenebroso inverno de tarefas volto a reportar-me nesse blog sempre democrático. Pois é amigo faz um ano que a história do Figueirense podia ter mudado, mas como não conseguimos restou-nos percorrer outros caminhos, mas a leitura que todos os alvinegros fazem nesse momento é que valeu, serviu de lição, um pouco amarga mais estamos no páreo, embora sabemos que precisamos apertar os sapatos titulos nacionais para o Figueirense é questão de tempo.Abraços!

  • ideraldo.luiz@uol.com.br diz: 6 de junho de 2008

    A célebre frase “a inveja é uma m.” aplica-se como uma luva ao comentário do Roberto Fronza. Enquanto nós sonhamos com Libertadores, participamos de Copa do Brasil, Sul Americana, ele contenta-se em permanecer na série B, sonha em ganhar o estadual novamente. O resto é despeito.

  • Roberto Fronza diz: 6 de junho de 2008

    Poxa, ja faz um ano. Ta na hora dos alvibrocolis admitirem que aquilo foi pura ilusão.
    Os times enfrentado no caminho eram pífios. A semifinal foi uma aberração (erros colossais de arbitragem e um frango fora do comum)além de um banho de bola sem precedentes contra o Botafogo.
    Foi um vice de PURA SORTE.
    Tudo bem SORTE não é pecado, mas VICE tambem não quer dizer nada.
    enfim. Foi um absoluto nada.

  • kauli vieira diz: 6 de junho de 2008

    André, tu quis dizer que houve erro mais escandaloso que aquele que a Ana Paula cometeu no maraca na segunda partida da semi?
    Que jogo tu viu meu caro? Eitaaa… Parabéns figueira.. 1 ano do seu glorioso vice campeonato!

  • Franklin Botega diz: 6 de junho de 2008

    Enquanto se lembra/comemora? um “VICE” aqui no sul podemos lembrar todo ano de um TITULO NACIONAL na COPA DO BRASIL, dia 2 de junho fez 17 anos da maior conquista de SC….e ninguém fala nada….
    COPA DO BRASIL EU TENHO!

    dalhe tigre!!

  • Márcio diz: 6 de junho de 2008

    O nome do blog daqui pra frente se chamará Figueirense Futebol Clube! Tamanho o fanatismo do Castiel com essa mania de engrandecer qualquer coisa que envolva esse time do Estreito. Só falta dizer que poderia ser o Figueirense que o time a estar na final da Libertadores! Tenha paciência com essa “imparcialidade” da imprensa de Floripa. O Flu chegou na cagada! Acho até que será campeão, mas foi muita sorte!

    Nota do editor: você deve estar lendo outro blog, ou tendo visões, ou com problemas de interpretação, que me parece o mais provável.

  • Cardoso diz: 6 de junho de 2008

    Foi por pouco. Tinhamos um bom time, mas o banco de reservas já era limitado. Perdemos por detalhes, talvez pelas mudanças feitas pelo Mario “Pardal” Sergio do jogo do Rio para o de Floripa. E a linha-burra, no final, acabou nos derrubando. Hoje temos dificuldades na zaga (sem Chicão e André Santos) e no meio (sem Henrique); a equipe está lenta e sem o preparo físico de antes. Neste ano, ganhamos o estadual e ainda podemos surpreender na Série A. É questão de fôlego e encaixe na defesa e meio.

  • Fran diz: 6 de junho de 2008

    Depois de um ano, resta a torcida alvinegra torcer para o LDU.

  • Dimaris diz: 6 de junho de 2008

    Roberto Fronza, absolutamente nada é ser veterano (qualquer dia receberá aposentadoria compulsória) na série B. Absolutamente nada é gritar é campeão e perder o jogo. Absolutamente nada é não se classificar paras as finais do catarinense. Absolutamente nada é estar há 10 anos patinando na grama.

  • Jorge Luiz diz: 7 de junho de 2008

    Copa do Brasil só o TIGRE tem em SC…Janelenses!!! Nem precisa dizer quem é o maior de SC!!!

  • Guilherme diz: 6 de junho de 2008

    Deveíamos ter estadona copa do Brasil deste ano porém não aconteceu mais ano que vêm estaremos novamente la eliminando os chamados grandes e brigando pela copa do Brasil !!!!!!!

  • Sérgio Murilo diz: 6 de junho de 2008

    A análise mais pertinente em relação a final da Copa do Brasil do ano passado, é que foi justamente neste dia, que foi dado o 1º CRÉU no figa(…)ra em pleno scarpelixo e o responsável foi o ROGER, o BEBETO apenas imitou o cara, e para surpresa geral foi quase linchado pelos tricolores do estreito. QUE GENTE MAU HUMORADA, COITADO DO BEBETO, NUNCA MAIS VAI PODER FAZER UM CRÉUZINHO SEQUER, TUDO BEM NÓS AVAIANOS FAREMOS POR ELE. CRÉU, CRÉU, CRÉU, CRÉU, CRÉU, CRÉU, CRÉU, CRÉU, CRÉU, CRÉU, CREÚ.CRÉÉÉÉÉU.

  • Fran diz: 6 de junho de 2008

    Não Dimaris, você não entendeu. É que me surpreendeu a quantidade de gente torcendo para o Boca. Imaginei que seria por terem ficado engasgado que o Fluminense tirou a Copa do Brasil de vocês. Por isso agora penso que o LDU também terá muitos torcedores. Só isso.

  • Bila diz: 6 de junho de 2008

    Para mim a derrota foi muito sofrida. Não gosto de lembrar. Fiquei com uma ponta de antipatia pelo Flu, mas não vou fazer com que isso seja algo patológico, a ponto de torcer contra eles na Libertadores. Vendo o Figueira de hj e o time da final da CB, fica evidente que este ano tem muito trabalho ainda a ser feito. Ainda estou esperando a chegada de contratações que façam meus olhos brilharem. Será que devo esperar sentada? Pois bem, apesar desta derrota, tenho muito orgulho do meu clube.

  • Nelson diz: 6 de junho de 2008

    Esse créu vai durar por mais 20 anos… Eles não tem mais o que falar! Chora avaiano… O Figueirense é o mais vezes campeão!

  • Dimaris diz: 6 de junho de 2008

    Desculpe Fran, mas seria ridículo torcer para o Boca somente porque o Flu levou a CB contra o Figueira. Isso de torcer a favor ou contra o Flu na Libertadores não tem nada haver com a CB do ano passado. As torcidas, ou parte delas, de Fla e Bota estavam torcendo pelo Boca, isso é apenas uma questão de preferência futebolística. Eu torci para o Flu contra o Boca e torcerei contra a LDU.

  • Diego diz: 6 de junho de 2008

    Simplesmente foi o dia no qual vale como um escudeto para nossa torcida azul, o Figueira será sempre Regional, nunca nacional.

  • Gustavo Jaime diz: 6 de junho de 2008

    Ótimo post, Castija! Interessantíssimo, ainda mais essa observação sobre o Renato Gaúcho e o Mano Menezes. Achei o Flu o melhor time da Libertadores – desde a primeira fase – e merecedor de estar onde está. Não há surpresa nem desmerecimento.

  • Daniel Vicente diz: 6 de junho de 2008

    Faz um post nesse estilo, colocando os 11 anos que o bvaí não ganha nada

  • Dimaris diz: 6 de junho de 2008

    Fran, vc. tem razão qto ao torcedor citado, porém muitos outros manifestaram-se dizendo que torceriam pelo Flu. E um torcedor não é a maioria. Mas tudo bem, eu entendo o que tu queres dizer. Alguns torcedores te passaram essa idéia errada.

  • Dimaris diz: 6 de junho de 2008

    Fico com a opção ” O prenúncio de uma nova era que ainda está para chegar”. A torcida do Figueira tem isso, bons prenúncios, enquanto outras…..

  • Alvinegro de Capoeiras diz: 6 de junho de 2008

    Alegria de desesperado é ver a tristeza dos outros. Não sei porque essa data é lembrada com tanta ironia.
    http://alvinegrodecapoeiras.blogspot.com

  • Airton92 diz: 7 de junho de 2008

    Também acho que não dá para generalizar. Não é porque o Flu ganhou do Figueira na final da CB do ano passado que iremos torcer contra o Brasil agora na Libertadores. Só acho que o Flu vai ter que respeitar muito a LDU, haja vista o exemplo do Flamengo contra os mexicanos.
    Outra coisa: pensei que só a defesa do Figueira me desse calafrios, mas a do Brasil conseguiu a façanha de perder pela primeira vez na história para a Venezuela.

  • Dimaris diz: 6 de junho de 2008

    Franklin Botega, 17 anos a última grande conquista é muito tempo não é? Bem, antes que vc. me diga que o Figueira não tem título Nacional te digo que mesmo sem título Nacional a torcida do Figueira tem tido muito mais alegria e motivos para orgulhar-se de seu time do que ficar lembrando títulos ocorrido a quse duas décadas.Foi uma grande conquista do Criciúma mas, de lá prá cá…. Bem, todos sabemos o que tem acontecido.

  • Alvinegro – Itajaí diz: 6 de junho de 2008

    Para os Bvaianos, só resta cantar “Nao ganha nada já faz ONZE anos e é por isso que eu canto assim …”

  • Franklin Botega diz: 6 de junho de 2008

    Primeiro, DIMARIS é homem ou mulher?
    Segundo… AO AO AO Só Ganha estadual.

    tchal…

  • Rheno Marcel diz: 6 de junho de 2008

    Valeu muito sim, e com certeza vamos brigar novamente por este título, em breve! Quanto aos avaianos, por favor, recolham-se a sua insignificância.

  • Renan Stringhini diz: 6 de junho de 2008

    Realmente um vice não é nada, agora ser eliminado da CB duas vezes é de mais. Adoro a dor de cotovelo de pessoas que torcem para outros times porque os seu não ganha nada. Se o Fluminense for vice acho que a Globo não deveria fazer nenhuma matéria, já que Vice não serve pra nada!

  • Dimaris diz: 6 de junho de 2008

    Franklin Botega, Dimaris é mulher. AO AO AO temos 15 estadual!!!!!

  • Dimaris diz: 7 de junho de 2008

    Jorge Luiz, com certeza o maior não é o Bi-vice.

  • João da Ilha da Magia diz: 6 de junho de 2008

    Foi um dia inesquecível. Um prazer de saber que aquele time que todos menosprezavam, passou a ser respeitado e ainda mais invejado pelas bandas do manguezal e pelas terras do carvão. Não ter sido campeão foi apenas um detalhe, mas valeu chegar na final, entrar naquele estádio irradiando vibrações que eu nunca tinha sentido. Nunca vou esquecer este dia, e para mim, independente do resultado o Figueira se tornou um VENCEDOR.

  • Rodrigo Silva diz: 6 de junho de 2008

    Puxa vida é mesmo. Faz um ano já. Se não fosse aquela derrota hoje estaríamos classificados para a final da Libertadores contra a LDU e com o gostinho de ter vencido o Boca Juniores no caldeirão do scarpelli. Aí sim ia consagrar o mais querido como maior de SC. FIGUERA!!

  • Roberto Prado diz: 6 de junho de 2008

    AHhahahhahhaahhhaha
    Pareciam um perú de natal….

  • Leo Figueira diz: 6 de junho de 2008

    Tem torcedor de outros times achando que, passado um ano, a opção dos alvinegros seria torcer CONTRA o Flu. Não vejo motivo p/ tal. Vejam bem, o Figueira disputou uma Final da CB; o restante foi eliminado antes. Só lamento mesmo o Flu ter marcado o gol da vitória no início de uma partida em que o Figueira tinha vantagem. O Flu merece todo o apoio de torcedores de outros times e eu, Figueira de coração (e Corinthians), torço p/ que o Tricolor das Laranjeiras atropele a LDU e, rumo a Tokio.

  • Edijan diz: 6 de junho de 2008

    Foi um momento marcante na história do Figueira, que ainda incomoda boa parte dos torcedores. Poderia ter sido um divisor de águas. Ao fim de tudo valeu para constatarmos que o Figueira tem potencial para conquistar um título nacional de expressão nos proximos anos.

  • glaiton santos diz: 6 de junho de 2008

    Roberto Fronza, Eu lembro, a conquista da terceira divisão foi pura sorte, e sem contar que teve varios penaltis, inclusive no final das partidas a favor do avaibis o Brasil de Pelotes pode lembrar bem, então respeite nossa trajetória, porque vocês não estão acima do Glorioso Alvinegro.

  • alvinegroo diz: 6 de junho de 2008

    é não serve muito…

    mais um dia chegamo lá!!!!!!!!!
    falta só montar uma boa equipe para uma outra competição além só do catarinense.

  • Dimaris diz: 6 de junho de 2008

    Aqueles que pensam que a torcida do Figueira ficou “traumatizada” pela perda da CB estão muito enganados.É claro que bom seria se tivesse sido campeão,não foi,mas chegou a final onde muitos gostariam de estar.Valeu demais a campanha do Figueira,valeu demais ter ido até a final. Futebol é assim, o Flu fez o gol logo no primeiro minuto e soube segurar o resultado.Se o Flu tivesse sido “superior” ao Figueira teria feito mais gols, porém sabendo que com o Figueira não podia bobiar, se fechou atrás.

  • ideraldo.luiz@uol.com.br diz: 6 de junho de 2008

    A célebre frase “a inveja é uma m.” aplica-se como uma luva ao comentário do Roberto Fronza. Enquanto nós sonhamos com Libertadores, participamos de Copa do Brasil, Sul Americana, ele contenta-se em permanecer na série B, sonha em ganhar o estadual novamente. O resto é despeito.

  • Fran diz: 6 de junho de 2008

    Dimaris, então dá uma olhada no post do dia da partida e lá verás um torcedor que diz exatamente assim: “não torço para o Brasil, torço para o Figueirense. Hoje vai dar Boca.” Então só posso pensar que seja isso, pois até admitiria se fosse contra o Avaí ou vice e versa, mas de uma cidade diferente…. Acredito que flamenguistas fanáticos, também devam ter tocido para o Boca. Não é o meu caso, que torço também para o Flamengo, mas nesse dia torci e muito para o Flu.

  • FILLIPE GOMES diz: 6 de junho de 2008

    Boa sugestão, Eduardo. O Castiel poderia fazer um POST sobre a série B de 2004, o final do 1º turno do campeonato catarinense de 2008 e a Bi-Eliminação da Copa do Brasil do ano passado, tudo isso ligado a um time AMADOR de Floripa. Se quiser pode fazer sobre o único time do mundo que comemora vitória em clássico como se fosse título.

  • André diz: 6 de junho de 2008

    Caro Roberto Fronza….banho de bola quem deu foi o Figueirense no Botafogo no 1º jogo….dois a zero foi pouco….houveram dois erros muito mais clamorosos em dois impedimentos vegonhosamente assinalados no 2º tempo quando o Figueira já ganhava de dois. Só que como era 1º jogo não houve alarde….no mais…o Figueira jogou muita bola…o time….não a diretoria que colheu aquilo que não plantou….duas boas contratações naquele ano no início da temporada fariam a diferença a nosso favor

  • FILLIPE GOMES diz: 6 de junho de 2008

    Fronza, NADA é o seu time do Mangue… Totalmente inexpressivo, que só aparece na mídia Nacional por conta de torcedores, positivo as vezes – GUGA – e negativo na grande maioria das vezes -TERRORISMO (assassinato e decapitação de mão de idoso).

  • Alvinegro diz: 6 de junho de 2008

    TODA A NAÇÃO ALVINEGRA DEVE SIM MANTER NA MEMÓRIA ESTE DIA…QUE APESAR DE NÃO TER SIDO PERFEITO…FOI UM DIA QUE JAMAIS ACONTECERÁ PARA O NOJENTO TIME DO BVAÍ!

    FIGUEIRA EU TE AMO COM FERVOR!!!

Envie seu Comentário