Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
 

Dunga e Jorginho confirmados

27 de novembro de 2008 14

Hermínio Nunes

Está confirmada a presença do técnico da Seleção Brasileira, Dunga, e do seu auxiliar, Jorginho, no Estádio da Ressacada, sábado, no jogo que pode garantir o vice-campeonato para o Avaí.

Hoje o dia foi movimentado na Ressacada. Primeiro a foto oficial do título. Claro, com muita descontração. Como mostra a foto, até o presidente Zunino aderiu à folia, numa brincadeira dos atletas que acabou com uma galera caída no gramado. Só alegria.

E como a outra foto mostra, muita solidariedade. A visita do grupo avaiano ao Hospital Infantil Joana de Gusmão é mais uma bela ação do departamento comandado com maestria por dona Nesi.

Aliás, meus dois filhos já precisaram de atendimento de emergência no Hospital infantil, mais de uma vez e, sempre, foram atendidos com profissionalismo e com um corpo médico que é considerado um dos melhores do Brasil. E, mais importante, atende com igualdade qualquer classe social.

Postado por Marcos Castiel, redação

Bookmark and Share

Comentários (14)

  • Tadeu Kinze diz: 27 de novembro de 2008

    Foto oficial do título? Que título fantasma é esse, monsenhor Castiel? Não ganham nada a mais de uma década e só depois de três décadas é que conseguem um acésso na divisão principal. Detalhe: Os Bvainos já são fortíssimos candidatos a rebaixenses em 2009. Estás loquiando, Monsenhor?

  • julio cesar fernandes ( AVAIANO ) diz: 27 de novembro de 2008

    Estes atos de humanidade, o Avaí sempre esteve presente, não somente agora que está por cima novamente. A de se lembrar também, que nosso co-irmão neste quisito tem sempre participado com louvor. Então, todos estão de parabéns e que continuem mostrando calor humano a quem mais precisa. Urra Leão !

  • SEU CUNHA diz: 27 de novembro de 2008

    Bonito esse gesto de irem ao hospital infantil. Parabéns a Dona Nesi essa incasável criatura do bem.E a onda AZUL Castiel, o Avai esta na moda.

  • Tadeu Kinze diz: 27 de novembro de 2008

    Já precisei desse hospital onde vivi um dos momentos mais angustiante da minha vida. Hoje não tenho palavras para agradecer o excepcional atendimento dessa singular equipe de médicos e enfermeiros que possui essa instituição. Parabéns aos Bvaianos por esse gesto de solidariedade.

  • titulo? diz: 28 de novembro de 2008

    Foto de que titulo???????????
    ã????????????????
    nao entendi.

  • Ademir diz: 28 de novembro de 2008

    Um acesso a série A dentro de campo, que vcs não sabem o que é, pois o de vcs foi no tapetão, vale muito mais que qualquer catarininha.

  • Rodrigo Silva diz: 28 de novembro de 2008

    Tadeu Kinze: Se quiser saber que título é este, para o qual estão tirando a foto comemorativa, entra no site oficial do TEU time e você vai encontrar o MESMO “título fantasma” que você menciona como sendo parte da galeria. Além de uns outros parecidos. Tem até um título mais que fantasma que é o de “Primeiro Clube de SC no Campeonato Nacional”. Não estou criticando nenhum clube: Cada um comemora as conquistas do tamanho que forem. Só não venham falar aqui se também é feito igual lá.

  • Totonho diz: 28 de novembro de 2008

    Realmente o que a maioria destas crianças precisam neste momento é alegria,pois muitas vão se recuperar, outras infelizmente podem ter tido seu último momento de alegria na vida, então atiudes como essas são fundamentais para ajudar na recuperação destas crianças, estando feliz, alegre, o resto o organismo se encarrega de recuperar, mas um corpo fragilizado e triste não tem recuperação. Parabéns aos atletas do Avaí, e outros que fizeram, estão fazendo e ainda farão isso.

  • Fernando diz: 28 de novembro de 2008

    Oh,Tadeu não vais fazer como um louco de Chapecó que num momento de solidariedade as pessoas vítimas das enchentes veio declarar amor pelo RS, contra a capital e o litoral. Aqui não é futebol, são ações positivas que podem ser feita por qq um, já que toda ajuda aos necessitados e quem precisa é sempre bem vinda.

  • Márcio diz: 28 de novembro de 2008

    Belo exemplo dado pelo pessoal do Avaí e que também é feito pelo pessoal do Figueirense. Esqueçamos a rivalidade existente e que todos nós possamos contribuir de alguma forma para amemnizar a dor dessas pessoas atingidas pelas chuvas. Eu e meu irmão iremos selecionar roupas que poderemos doar e levaremos ao estádio da Ressacada no sábado para colaborar com a campanha de arrecadação. E rezo para que as chuvas reduzam ou parem por um tempo suficiente de começarem a recuperação das cidades afetadas

  • Tadeu Kinze diz: 29 de novembro de 2008

    Fernandinho do morro do tico-tico, próximo a casa do governador. 1- Já sei que tu não passou no vestiba, pois não sabes distinguir a diferença entre serra catarinense e oeste catarinense. 2 – “altitude” e posição geográfica é a palavra chave da diferenciação. Acho que vou cobrar “royalties” de você e do alemão por todas essas orientações culturais. Nada tenho a ver com o RS, apesar dos costumes em comuns. Sou apenas um peão serrano pelo duro que ama e se orgulha deste pequeno grande estado.

  • Subimos pra Ficar ! diz: 28 de novembro de 2008

    O Avaí mostrou esta tarde que vive um novo ciclo na sua história. No momento de “titubear”, o Leão apresentou suas garras. Na hora do pau, não fugiu da raia. Esse time mostrou que não permaneceu durante quase todo o campeonato no G-4 por acaso.
    Foi-se o tempo em que time grande ganhava no grito. Esse Avaí tem raça, tem alma e acima de tudo: Personalidade. É assim que tem que ser. Pode perder, mas não no grito e nem no apito.Não me interpretem mal!
    (continua…)

  • glaiton santos diz: 28 de novembro de 2008

    Além dos problemas que SC está passando existe um que não tem fim, fui algumas vezes no Hospital infantil e também é triste ver crianças queimadas crianças bem doente precisando de consolo, inclusive tem crianças abandonadas pelos familiares, e essas visitas que os nossos clubes fazem é muito gratificante, Parabéns para os atletas.

  • Subimos pra Ficar ! diz: 28 de novembro de 2008

    (…continuando)
    Não estou fazendo apologia à pancadaria generalizada no futebol. Apenas penso que a atitude dos jogadores do Avaí foi digna de alguém que não está de brincadeira na história.

    Fonte: Fernando Pilatos, Gazeta Press

Envie seu Comentário