Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
 

A falta de credibilidade e vergonha na cara nos bastidores do futebol brasileiro

01 de novembro de 2012 35
  • Indignação é pouco

Os indícios de quanto são sórdidos os bastidores do futebol brasileiro são tantos, ocorrem em proporção geométrica, e a falta de bons exemplos é tão inversamente proporcional, que perdemos a capacidade de indignação. É comum pararmos e pensarmos: por que estou irritado, incomodado ou pasmo com determinada atitude se meu estresse não ganha repercussão jurídica? Se tudo o que está sendo feito de podre volta a ocorrer? Então, passamos a nos acostumar com o errado como se fosse algo normal. O que é uma pena e um erro, mas compreensível. Já que indignação é pouco para a vergonha que é a atitude do STJD de anular a partida entre Internacional e Palmeiras porque um gol de mão foi corretamente anulado.

  • Fim do mundo em 2012

Só de cabeça, rapidamente, faço um pequeno exercício de algumas coisas que minha memória, sem esforço algum, me permite lembrar com relação a absurdos em nosso futebol: impunidade de organizadas, omissão do poder público ante a violência, estádios vazios, ingressos caros, jogadores descomprometidos, talento desperdiçado, exploração das categorias de base sem critério, empresários gananciosos, perda de qualidade na Seleção e nos clubes, superfaturamento de estádio da Copa, descaso da Seleção com os brasileiros, arbitragens horrorosas e tendenciosas, política de clubes e federações antidemocráticas, relação escandalosa de clubes com o INSS, alguns dirigentes com perfis mafiosos, campeonatos mal planejados, calendários mal executados… É pouco?

  • Descrédito eterno

A exploração não sustentável sempre tem um fim. Um dia o sol que nos ilumina vai acabar – em bilhões de anos, mas vai; ditaduras, todas, têm prazo de validade; a natureza se esgota se maltratada; economias prósperas entram em ruína; impérios implodem; até a paciência tem fim. Mas o futebol brasileiro desafia esta máxima. Décadas passam e as condições indignas com que a paixão nacional é tratada se perpetuam.

Sempre há espaço para mais vergonhas.

Se um gol feito com a mão for corretamente anulado e a lei permitir que a correção do árbitro seja considerada inválida, que se mude a lei! Mas nunca se afronte a lógica.

Sabe por que a Fifa não aceita recurso externo para dirimir dúvidas nos jogos? Simples: este seria o fim do meio mais eficiente de manipular jogos.

 

Bookmark and Share

Comentários (35)

  • Eduardo diz: 1 de novembro de 2012

    Castiel ,

    O seu texto é repleto de erros. O primeiro , e mais grave deles , é por tratar a anulação do jogo como fato consumado. Acho que você , para ser educado , não leu absolutamente nada sobre o assunto , afinal , o jogo não foi suspenso e os pontos não foram retirados. O que está acontecendo é que , até o julgamento do recurso do Palmeiras , a partida está sob judice.

    Erros de arbitragem ? Mais uma vez , você se mostra totalmente desinformado. Nem o futebol europeu você está acompanhando. Senão , teria visto a quantidade de erros que estão ocorrendo.

  • Ricardo Alvinegro diz: 1 de novembro de 2012

    É isso aí Castiel. A manipulação corre solta nos bastidores.
    E lembra do caso Edilson??? Anularam jogos em que ele não conseguiu manipular os resultados, ou seja, ela tentou armar pra determinados times, não conseguiu, aí anularam esses jogos, dando mais uma chance pra acontecer o que ele queria. Será que ele não fez aquilo tudo a mando da própria CBF??
    A lógica cai por terra nas mãos da CBF!!!!!!!

  • Felipe diz: 1 de novembro de 2012

    É Castiel. Podemos reclamar, xingar e sentir vergonha. Mas o fato é que isso tudo o q ta acontecendo é perfeitamente legal. O arbitro não pode usar de interferencia externa para tomar uma decisão de jogo, ta na regra. O Palmeiras está desesperado pois esta na beira do abismo, e qualquer chance de recuperar pontos pra ele é valida. O que me deixa mais triste, é ver que o jogador faz um gol de mão e não é capaz de dizer “Toquei com a mão na bola”. Isso ai é um absurdo, deveria ter uma suspensão pra jogador que faz um negocio desses. Mas quando a propria imprensa se usa da frase “Malandragem brasileira” pra apoiar o Neymar quando ele tenta ludibriar o arbitro se jogando e fazendo cena, não podemos esperar muito dos jogadores, seja qual for a nacionalidade. Eu gostaria é que tivessemos mais Kloses no futebol. O esporte ficaria muito mais decente.

  • Cristiano diz: 1 de novembro de 2012

    eu pensava q verdades não poderiam ser ditas em espaços (plim plim)!!!!! Este blog contradiz o mundo maravilhoso que este meio de comunicação desenha aos brasileiros!
    Voce esta errado em estar certo, por favor, fale de carnaval e de q somos o pais do futebol, cresci ouvindo isto então esta é a verdade absoluta.

  • Renato Kammers diz: 1 de novembro de 2012

    Castiel, deixei de ir a jogos no campo, depois que assistia a um jogo figueira pelo campeonato brasileiro(não me lembro o ano),contra o curintia, apenas lembro que pelo figueira jogava o Edmundo e pelo curintia jogava o Roger, em determinado momento o Roger da uma entrada criminosa no Edmundo e nada, logo depois o Klebão faz uma falta simples e é expulso pelo juizinho, naquele momento me levantei e fui embora e jamais voltei a qualquer estádio para assistir a um jogo profissional. Voltei no começo deste ano, para acompanhar a minha filha que queria ver jogos do figueira, mas atos como este me fazem repensar se vale a pena envolver uma pessoa em formação para acompanhar uma atividade envolta em escândalos tão evidentes. Hoje pela TV, consigo assistir apenas jogos do figueira, nem da seleção do brasil consigo ver, pois me vem a cabeça que tudo aquilo que esta ali é armado para alguém levar alguma vantagem.

  • João Luís diz: 1 de novembro de 2012

    Totalmente de acordo, o futebol está perdendo a graça e a magia, em função destes pseudo juízes. Depois daquela de 2005, tudo pode, de pai para filho……

  • jailson Machado diz: 1 de novembro de 2012

    O Correto no nosso futebol para não se perder a paixão que move isso….pq os erros acontecem com goleiros, atacantes e qualquer jogador….mas a arbitragem teria de ter uma nova regra…. qd o juiz fica em díuvida no lance, ele poderia sinalizar com a mão em forma de T para pedir tempo e avalizar com os seus auxiliáres….isso iria acabar com a forma grosseira de não poder voltar atrás em um lance que foi completamente voluntário e que a malandragem latina tem muito…..ajudaria a acabar com simulações…… gostaria que isso acontecesse. abs a todos!

  • Renato Alvinegro diz: 1 de novembro de 2012

    Se este jogo for realmente anulado, é o fim da picada, mas também não seria novidade pois num país que vive da soberba e desonestidade de nossos políticos, em todos os sentidos pois política esta em tudo que se faz hoje em dia, este ato seria mais um estre tantos absurdos que acontece neste país, mas estes absurdos só acontece com quem tem influencia, neste caso o Palmeiras, quantos erros já aconteceram neste campeonato contra nossos times aqui de Sta. Catarina e nada foi feito, e agora querem favorecer um time de futebol que seu jogar fez um gol com a mão ?……Infelizmente este é o país que vivemos e vc Castiel falou uma grande verdade, os cidadão vão se acostumando com as coisas erradas e passam a conviver como se estivesse tudo certo….Não temos e nem devemos tentar resolver com violência mas somos um povo muito pacato, tão pacato que ainda continuamos a acreditar e votar em pessoa que já deveriam estar presas, mas este é o Brasil, amanhã é feriado ai vem a cervejinha, o churrasco e tudo continua como estar…..INFELIZMENTE………..Saudações Alvinegras…

  • Renato Alvinegro diz: 1 de novembro de 2012

    Lendo o comentário de nosso amigo EDUARDO temos a prova de algumas palavra de sua postagem Castiel…….Quer dizer então que como acontece erros na Europa então aqui também pode acontecer e temos que achar que isso é normal ? Mas não posso crucificar nosso amigo Eduardo pois crescemos em um país onde a mídia e o governo vem a anos confundindo a cabeça do cidadão entre o que é certo ou errado, mas esta na hora de um basta e começar-mos a lutar pelo certo, seja em qual esfera for……

  • ivaldo diz: 1 de novembro de 2012

    Castiel voce tem toda razão. Os cartolas sempre querem puxar as brazas para sua sardinha. Veja quantos atletas já foram punidos pela simples demonstração das infrações pela TV. A Partida Inter x palmeiras o gol de mão de Barcos a TV mostrou claramente e caras querem anular a partida? isso sim é falta de vergonha. O Barcos deveria severamente ser punido por provocar toda essa polêmica. Esse Palmeiras é mesmo um timinho, porque só riminho age desda forma.

  • Paulo Pinheiro diz: 1 de novembro de 2012

    A questão, Castiel, é QUEM fica com os recursos tecnológicos a seu favor? Há justiça em anular o gol do Palmeiras e não usar os recursos pra anular jogadas a favor do Sport Club Internacional?
    Só na lógica bairrista.
    Só pra lembrar um exemplo, naquele lance do Souza da Chapecoense contra o Héber, do Figueirense, as cãmeras mostraram de todos os ângulos (foi uma entrada mais dura e nada mais, mas não vem ao caso) ao ponto do auditor do TJD suspender POR TELEFONE o jogador do time mais fraco politicamente.
    Agora, a mesma empresa que forneceu tais imagens ignorou SOLENEMENTE a entrada criminosa do Túlio no Athos na mesma partida.
    Então é isso que se quer? Eu sou dono das imagens e forneço aquelas que eu quiser?

    Lembrando que esse mesmo árbitro fez a mesma coisa com o JEC no jogo lá na Arena, convertendo um pênalti já com a bola na cal para uma falta fora da área após “sugestão” do quarto árbitro (PARANAENSE!).

  • reginaldo diz: 1 de novembro de 2012

    Vale lembrar que este juiz foi o mesmo que apitou o JEC contra o Aletico do Parana ele deu o penalti, e depois voltou atrás apos ser avisado pelo quarto arbitro que o lance foi fora da area.Não estou julgando o gol feito pela mão, mas no caso do Joinville e do Palmeiras a informação veio de reporteres que estavavam vendo na tv.
    Naquele momneto o juiz deveria ser punido e não foi.

  • DIEGO diz: 1 de novembro de 2012

    ALGUEM PODE ME DIZER DA ONDE SAIU ESTE TAL DE “EDUARDO” AI EM CIMA…

    SÓ PODE SER ARBITRO DE FUTEBOL, OU ADVOGADO DE UM DELES..
    “ERRO” MEU CARO EDUARDO, COMO VOCÊ DIZ SOBRE O TEXTO DO CASTIEL, É O QUE VOCÊ ESTÁ COMETENDO, CARA SE MANCA, PELO QUE PARECE VOCÊ É CONIVENTE COM ESSA FALCATRUA TODA QUE OCORRE EM NOSSO FUTEBOL..
    COMPARAR NOSSO FUTEBOL COM O EUROPEU PARA TENTAR MINIMIZAR NOSSOS ERROS É UMA TREMENDA BUR…..E…
    TEMOS QUE NOS ESPELHAR NO CORRETO E NÃO NO ERRADO, ESSE É O PROBLEMA DO BRASIL, EM VEZ DE FAZERMOS O CORRETO, SEMPRE TENTAMOR MINIMIZAR NOSSOS ERROS COMPARANDO AOS ERROS DOS OUTROS…

  • Tricolor 3 Estrelas diz: 1 de novembro de 2012

    Concordo plenamente, é revoltante esse futebol Brasileiro, dá nojo, juizes ruins, tedenciosos, jogadores que tentam forçar falta, ficam caindo toda hora, fazendo cera… vê se na europa é assim?
    e aquele gol que o criciúma fez com o ASA? a bola entrou e o juiz anulou, o time pode perder um campeonato por saldo, e lembrando que o criciuma nao teve nenhum penalti marcado a favor até agora, e teve neh alguns que os juizes fizeram vista grossa…

  • Amauri diz: 1 de novembro de 2012

    Erros de arbitragens acontecem a todo tempo em todo lugar,as causas são várias,ou é o juiz mal intencionado, ou mal preparado ,em fim ,porém o que deve mudar são as regras da arbitragem que a Internacional Board, insiste em manter.Os tempos mudaram ,os recursos visuais são cada vez mais modernos e essas falhas ficam cada vez mais visiveis aos olhos de todos .Mudem as regras, que os recursos tecnólogicos possam ser usados, ai sim,muitos erros seram corrigidos e o futebol ficara um pouco mais justo.

  • reinaldo diz: 1 de novembro de 2012

    Meu caro, o futebol é o retrato do povo. Parece que nele impera a popularmente denominada “Lei de Gerson”. Torcidas organizadas, dirigentes, alguns árbitros , vários jogadores, membros de federações ou confederações, ligados a procedimentos não muito éticos, para ser mais suave no comentário. Portanto é aí, como na política pública que vemos o retrato do povo, pois são seus representantes e ídolos.

  • Eduardo Floripa diz: 1 de novembro de 2012

    é mais ou menos por ae mesmo, com um pequeno detalhe faltando: clubes pequenos na série A geralmente jogam contra o árbitro também. Muitas vezes me perguntei assistindo aos jogos se é algo mal intensionado do árbitro ou se é algo cultural mesmo sabe, tratar bem o que tem maior prestígio.
    Por isso que a fórmulo pra qualquer clube catarinense se manter na primeira deve ser sempre a mesma: ou faz uma boa campanha no primeira turno pra não depender tanto dos jogos finais ou senão a B está logo ali!
    Isso vale tanto pro meu Avai como pra qualquer outro catarinense porque no fundo, senhoras e senhores, somos todos farinha de mandioca do mesmo saco!

  • Luiz Carlos diz: 1 de novembro de 2012

    O Futebol envolve milhões, extremamente profissional, com arbitragem feita por pessoas que utilizam o apito como complemento de renda, só no Brasil mesmo.
    Aliás, algum ingenuo acredita que estes milhões transitam a sorte dos resultados normais?

  • Leandro Niehues diz: 1 de novembro de 2012

    É por estas e outras que estou desistindo de assistir futebol. Há muita manipulação. O que me dá ânimo de assistir os jogos do JEC é a paixão pelo clube e cidade, o movimento dos torcedores indo ao campo, aquelas conversas com a pessoa que está ao seu lado na arquibancada e você nem conhece, o espetinho de gato, e por aí vai. Mas sinceramente não sei até quando vou agüentar as atitudes externas nos bastidores do futebol. Já a copa do mundo, sinceramente não estou empolgado com a copa de 2014. Já fui muito viciado nas copas torcendo pelo Brasil. Mas essa era Neymar, oba oba da Globo em cima dele, entre outros, vai desanimando em muito o chapéu velho aqui.

    É isso.

    Saudações tricolores.

  • Walter diz: 1 de novembro de 2012

    Erros acontecem todos os dias em todas as áreas de nossa existência. Afinal, errar é humano. Agora o que não pode acontecer é errar sem intenção e não buscar a solução. Ou errar com intenção (roubo, ilícito, fraude, favorecimento) e sermos coniventes com isso. Querem uma solução prática? Façam como se faz no futebol americano por exemplo, quando, em qualquer, eu disse qualquer lance que gere pontos é feita uma conferência entre os VÁRIOS árbitros junto a um monitor de TV para validação do lance. Bem como também acontece quando há alguma jogada duvidosa e se tem a possibilidade do desafio. Algo semelhante já acontece também no tênis, com um sistema de avaliação através de repetição do lance em um telão. Aliás, a platéia inteira curte estes desafios. Resumindo, esse tipo de tecnologia coíbe os dois tipos de erros citados acima: o sem querer (humano) e o por querer (ladrão). E não venham me dizer que é caro, que não dá pra fazer, que não se pode aplicar em todos os jogos. Ora senhores (FIFA),o que o futebol de hoje movimenta de dinheiro dá pra fazer até na terceira divisão de Moçambique!!!! Ah, claro, mas desta maneira não tem como manipular resultados e esse dinheirinho deixa de ir pros vossos bolsos. Entendi….

  • arlindo-itapema-SC diz: 1 de novembro de 2012

    CARO CASTIEL… Leis sao elaboradas e aprovadas para serem cumpridas, olhe o estatuto do adolescente, o mesmo pode traficar, matar, trucidar e o que acontece, ele eh protegido por leis esdruxulas elaboradas e aprovadas, nao podemos corroborar com o absurdo, mais antes de criticarmos e espernearmos, temos sim que mudar nossa mentalidade, mudar as leis, para que elas sejam mais JUSTAS, e certo ou erradas temos que inicialemnte cumpri-las de acordo como foi elaboarada e aprovada, quando tivermos isto em mente, de cumprir as leis POR NOS ELABORADAS, ai sim teremos uma sociedade mais justa e mais fraterna, o resto eh so bla bla bla bla e polemica ….

  • Ratuig diz: 1 de novembro de 2012

    Sr.Eduardo, acho que vc deveria voltar para São Paulo e torcer pelo seu palmeirinha e deixar de dar opiniões idiotas aqui em Santa Catarina…a propósito o Senhor está com medo que o seu “palmeirinha” vá para a Série “B”

  • Ricardo(Nico) diz: 1 de novembro de 2012

    O que deveriam fazer com as arbitragem no Brasil é o seguinte:
    - Se o árbitro errar não ganha pagamento de arbitragem assim também para os bandeiras se um errar erram todos e todos não recebem.
    Queria ver eles errarem tanto, pois, isso tudo que está acontecendo é uma “VERGONHA”.

  • Mazinho Alvinegro diz: 1 de novembro de 2012

    Futebol e cassino só diferem na forma de jogar.
    As diversas formas de roubar os clientes são análogas.
    O que há em comum entre o jogador viciado e o torcedor fanático?
    A compulsividade.

  • URUBICIENSE ALVINEGRO SERRANO – SÉRIE A EM 2014 – DIZ diz: 1 de novembro de 2012

    Castiel, não é só a CBF e as confederações de futebol que é uma vergonha, começa pelos dirigentes de clubes, não sei se escapa algum, é que para terem uma parte no bolo, na corrupção, na mão leve mesmo, elegem quem tem mais poder, mais denheiro, sem se importar por seus clubes, torcedores, o negocio deles e estar de bem com quem manda, quem tem o poder, o resto é resto, não é mesmo seu Delfim? Temos o exemplo do bvai, jogadores se recusando a treinar, por estarem com salários atrasados, tres meses se não me engano, mas este previlégio não é só do bvai não, no minimo, 70% do clubes brasileiros se encontram nesta situação, o Figueirense é um, entre outros, e de quem é a culpa? de nos torcedores garanto que não, e sim de quem tem coragem de pagar por um jogador, que não precisa ser craque não, um jogador comum, 300.000,00, 400.000,00 mil, e até 1.000.000,00 por mês, ai tem que estarem falidos mesmo, quebrados, sem condições de cumprir com seus deveres no final do mês. Na minha opinião no futebol mundial, um jogador como Lionel Messi, Cristiano Ronaldo, deveriam ganhar no maximo 120.000,00 para serem bem pagos, e bota bem paga nisso, para quem ganha um salário minimo como o nosso e muito bem pago. No Figueirense, bvai, Criciuma, Joinville, 15.000,00 paus teria que ganhar o craque do time, o bam bam bam, o idolo da torcida, aquele que traz retorno financeiro ao clube. Fui

  • Zéca Gol diz: 1 de novembro de 2012

    já que o assunto é roubalheira. No âmbito esportivo quero que os outros times de SC se lasquem mas, no decorrer do campeonato houve uma fase em que tocaram a mão descaradamente no criciuma, figueira e jec. A propósito, não lembro de nenhum gol de pênalti marcado pelo criciuma mas, lembro de três penaltis claros nao marcados em favor do tigre. Mas me parece que desistiram de tentar barrar o tigre.

  • Juan diz: 1 de novembro de 2012

    Uma coisa é uma coisa, outra coisa é outra coisa. Esse texto quer enfiar todos os assuntos do mundo no mesmo balaio de gato. Tática fácil para deixar o leitor indignado com Deus e o mundo.
    A questão do jogo do Palmeiras e Inter não tem nada a ver com a corrupção no futebol, na CBF, em Brasília, na ONU ou na Malásia. Trata-se simplesmente de decidir se o árbitro pode receber informações de um agente externo (repórter no caso) para tomar uma decisão durante o jogo.
    Não adianta afirmar que o gol foi irregular e que isso bastaria para justificar a atitude do árbitro. No mesmo final de semana, no jogo da Juventus, houve um lance em que o juiz, aparentemente, recebeu ajuda externa e acabou anulando um gol legal, além de não anular o gol ilegal da Juve. Nesse caso então deveria haver anulação do jogo?
    Por isso repito, a questão não passa pela corrupção no futebol ou pelo gol de mão, mas sim por admitir que fatores externos auxiliem o juiz na sua tomada de decisão, certa ou errada.

  • Moraesão diz: 1 de novembro de 2012

    A questão é simples! Ou se usa as imagens da televisão para auxiliar a arbitragem e nesse caso deverá ser usado pra tudo..inclusive pênaltis não assinalados, faltas simuladas, impedimentos mal marcados, ou não se usa nada. O Palmeiras está no seu direito pois a lei não permite interferência externa. Se é pra ser usado que seja pra tudo, pois o Palmeiras nesse campeonato já foi muito prejudicado com gols legítimos seus anulados e pênaltis não marcados que colocariam a equipe pelo menos em uma situação melhor da atual.

  • Série A diz: 1 de novembro de 2012

    Quem nao tem argumento, responde assim:

    Fabiano Burfel diz: 1 de novembro de 2012

    Serie A, vc eh bem mais chato do que eu pensava, vai dormir vai!!!

    RESPOSTA:
    Vou dormir sim, dormirei com a P.Q.T.P!

    TIGRAAA, TIGREEE, o Carvoeiro é Série A o Mané é Série B!!!

  • Cleiton Perin diz: 1 de novembro de 2012

    Vale a pena lembrar nobre gesto… em lance de jogo parecido…

    “Klose marcou com a mão e pediu ao árbitro para não validar o golo
    Os espectadores no Estádio San Paolo, em Nápoles, assistiram a um raro momento de «fair-play», protagonizado por Miroslav Klose, no Nápoles-Lazio desta quarta-feira, a contar para a liga italiana.
    Quando a partida ainda estava empatada a zero, o avançado alemão marcou um golo com a mão, sem que o árbitro se se tivesse apercebido. Perante os protestos dos jogadores do Nápoles, Klose admitiu que marcou a mão e o golo acabou por não ser validado.
    A Lazio foi derrotada por 3-0 mas, no final da partida, os jogadores do Nápoles não esqueceram o gesto de Klose. «Devia ser recompensado», afirmou Paolo Cannavaro.
    22:21 – 26-09-2012 FONTE: http://www.abola.pt/nnh/ver.aspx?id=354513

  • ALISSANDRO diz: 1 de novembro de 2012

    VIRAM O SANDRO MEIRA RICCI ONTEM ? RIDICULO … E VAI APITAR CRICIUMA x JOINVILLE … SOH PODE SER PIADA !!!
    E NESTA SERIE B ATEH AGORA SOH VI UM CLUBE NÃO RECLAMAR DA ARBITRAGEM … ATLÉTICO PARANAENSE … PQ SERAH ?
    E ESTE TAL DE CANOA FURADA (OU BARCOS, COMO QUEIRAM) … DEVERIA TOMAR UM GANCHO DE PELO MENOS 1 ANO FORA DOS GRAMADOS DO BRASIL … SE QUEREM MORALIZAR ALGUMA COISA POR AQUI

  • Eduardo diz: 1 de novembro de 2012

    Castiel ,

    Além de você , alguns leitores seu estão confundido tudo. A questão em nada passa pelo gol de mão do Barcos. Inúmeros já aconteceram e outros inúmeros ainda ocorrerão , assim como impedimentos não marcados , outros marcados de forma equivocada e por aí vai.

    O fato em questão que levou o STJD a colocar o jogo sob judice é unicamente pelas suspeitas levantadas pelo Palmeiras de que teria havia interferência externa. Pelas regras da FIFA , apenas os juizes ( principal , auxiliares , quarto arbitro e os dois que ficam atrás do gol ) podem decidir por qualquer validação na partida. Não é aceito , pelas regras da entidade , a participação externa.

    É claro que houve participação externa , senão qual o outro motivo para o juiz levar sete minutos para decidir pela anulação do gol ?

    Isso é ilegal. A partida tinha que ser anulada sim. Mas será quase impossível que se reúna provas sobre o assunto.

    Quanto ao meu time , caros , fiquem calmos. Nem de São Paulo sou e estou dentro do G3. Portanto , sem o menor interesse clubístico no assunto.

  • Chimango diz: 1 de novembro de 2012

    Não sei se estou sendo simplista mas o jogo não precisaria ser anulado para que a determinação da FIFA fosse respeitada. Bastaria julgar o juiz e o quarto árbitro por terem supostamente se utilizado de informações externas.

  • Leandro Niehues diz: 1 de novembro de 2012

    Falou tudo URIBICIENSE SERRANO. R$ 15.000,00 – R$ 20.000,00 já está de bom tamanho para esta cambada de jogador. Ahhhh, mas o jogador se aposenta cedo, etc, etc…. Blz, começa a pagar um plano de aposentadoria, mais o INSS, fica igual a todos nós que trabalhamos, temos estudos, etc… E se o jogador não for vadio, consegue outro emprego após os 40 anos… Ou seja, não tem desculpa.

  • TR3COLOR diz: 1 de novembro de 2012

    Nao sou Palmerense, mais axo que o palmeiros ta certo, ou é para todos ou nao é pra ninguem, imagina só um lance desse que o sportv cisma em nao repetir, se o reporter de campo e o camera torcem para o time em questao, se eu mandasse na CBF tiraria esse fone maldito dos arbitros, sabe la quem fala no ouvido deles durante os jogos, o proprio mesario pode ter um celular e vendo o jogo, ou se legaliza ou acaba de vez com essa palhaçada

Envie seu Comentário