Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
 

Associação de Clubes deve ter Brillinger no comando. Angeloni era o outro nome na pauta

20 de dezembro de 2012 9

O torcedor gosta de ver o futebol dentro de campo. Pouco importa como, ele quer é festejar a vitória, o título, ver as partidas, curtir os atletas, o clima do estádio, o jogo na tv.

Mas existe um futebol jogado nos bastidores. Que influi muito no que acontece lá dentro das quatro linhas.

A Associação de Clubes é um órgão importantíssimo de influência política no futebol e faz parte deste contexto.

Por este motivo, é vital a informação, revelada pelo nosso Bob Alves, de que Wilfredo Brillinger deve ser o novo presidente.

Muitos apostavam as fichas em Angeloni. Era a bola da vez. Mas Brillinger começa a mostrar que não entrou para dirigir o Alvinegro sem boas armas para competir com presidentes experimentados no ramo, casos do próprio Angeloni, de Zunino e de Nereu Martinelli.

Bookmark and Share

Comentários (9)

  • Peter diz: 20 de dezembro de 2012

    Quem seria Irineu Martinelli? uma junção de Irineu Machado (antigo dirigente) com Nereu Martinelli atual presidente do JEC??

  • Mazinho Alvinegro diz: 20 de dezembro de 2012

    Tu achas, Castiel?

    O Zulino se aproveitou bem desse cargo, uma enxurrada de pênaltes inexistentes foram marcados pro time do mangue, culminando com 3 títulos estaduais durante seu mandato.
    Se o Wilfredão for “O eleito”, espero que ele supere o Zulino em dobro.
    Por quê?
    Simples!
    Jogo é jogo.

  • Gabriel Fernandes diz: 20 de dezembro de 2012

    Apenas uma correção. O nome do presidente do Joinville é Nereu Martinelli. O nome que você deve ter se confundido é o Irineu Machado. Figura que já foi diretor do Joinville.
    Att.
    Nota do editor: corrigido. Vlw

  • Renato Alvinegro diz: 20 de dezembro de 2012

    Só espero que este brigue para termos um campeonato catarinense descente, que as regras não seja equivocadas iguais ao do ano passado que o Figueira faturou os dois turnos e não levou a taça, independente poderia ser o Brusque !! o problema não é o clube e sim o regulamento…..Mas independente de nome, nunca se viu uma atuação vibrante seja quem foi, brigando pelo futebol catarinense, contra esta corja chamada FCF e comissão de arbitragem, tomara que agora seja diferente………

  • SemprefIgueira diz: 20 de dezembro de 2012

    Bom,
    Deixa eu ver se entendo.
    O presidente do Avaí foi Presidente da Associação de Clubes em 2009/2010/2011 e 2012 e nesse período conquista o título em 2009/2010 e 2012.
    Sendo que esse Senhor assumiu o Avaí em 2002 e de lá até assumir a associação não venceu nenhum título? Estranho, né?
    Sendo ainda que anteriormente o Avaí havia conquistado o Campeonato somente em 1997 e antes disso só em 1988? Ou seja, de 1976 até 2008, em 22 anos, 2 títulos conquistados e em 4 anos de presidência da Associação, 3 títulos??
    Hummmmm!!!. Tá bom, então.!!
    Quanta competência , não acham?

  • LANTERNA VERDE!!! diz: 20 de dezembro de 2012

    Além de pequenos, arrogantes, geladeira e prepotentes sem ter nenhum título importante ou ter tirado o PASSAPORTE para disputar um jogo internacional nos 90 anos de vida desprezível, vem o demente do Mazinho Alvinegro escrever sandices!

    Realmente o MAIS VEZES CAMPEÃO precisou de ajuda da FCF para empurrar na final do catarinense os 5 a 1 no timeco do estreito!

    Logo este timeco que nos últimos 20 anos que é apadrinhado da FCF onde saiu do ostracismo estadual e nacional, ganhando de “mão beijada” vários títulos catarinenses de forma estranha e teve seus acessos no brasileiro pela JANELA, VIRADAS DE MESA e INVASÃO de CAMPO com o conluio da federeca!

    Pimenta nos olhos do outros é refresco!

  • Carlos Cojeka diz: 20 de dezembro de 2012

    Ele só foi pq o Zunino deixou, esse é o fato. Mas não me incomodo, pelo contrário, alternância de poder é vital à democracia. Agora falta o Delfim (sem querer comparar, óbvio).

  • Edson diz: 20 de dezembro de 2012

    Repito, os 5 clubes grandes de SC, tem que colocar o barbudo para correr…fazer uma liga independente da FCF, só assim é que o nosso estado vai crescer no futebol, pq se depender da fcf nos sempre estaremos em segundo plano. Nao da para admitir uma pessoa ficar como presidente mais de 20 anos em uma associaçao, o que precisamos é de gente nova, com novas ideias, e novos rumos para o nosso futebol.

  • Marco diz: 20 de dezembro de 2012

    No programa esportivo na CBN, Roberto Alves, Miguel Livramento e os outros coadjuvantes, entrevistaram o Presidente do Jec… Afirmaram que o Zunino não quis continuar e foram a Criciúma oferecer ao Angeloni que não quis. Ficou estabelecido que o substituto do Zunino seria o do Figueirense. Pelo que ouvi na entrevista não houve nenhuma competição e sim um acerto final. Pelo que se lê do amigo blogueiro até parece que houve alguma disputa. Não foi nada disso que ouvi no programa esportivo de hoje a tarde. Saudações carvoeiras!

Envie seu Comentário