Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.

Ou elimina o time e prende os bandidos, ou é perda de tempo discutir violência no futebol

21 de fevereiro de 2013 12

Só tem um jeito
A violência na Inglaterra, provocada pelos hooligans, só parou quando deu cadeia. E prisão pesada. Os baderneiros foram trancafiados sem dó, inclusive com legislação específica. Pronto. A partir disso, outras medidas foram tomadas, mas a principal foi essa: punição severa.

Eliminação do time
E quando se decidiu pela punição severa? Quando os clubes foram retirados das competições. Então, clubes punidos, partiu-se para uma ação mais concreta.

Quando vai funcionar?
No Brasil? Só quando houver punição severa a clubes e torcedores. Como está longe disso acontecer no futebol, porque não acontece em nossa sociedade (basta ver a bandidagem ditando as regras), então apenas assistimos a tudo impotentes.

Eliminar o Corinthians
Uma hora, alguém vai ter que ser o bode expiatório. Poderia ser o Corinthians agora, com a morte deste torcedor. Ou qualquer outro dos grandes brasileiros com vastos casos de negligência à disposição. Mas a proximidade com a Copa vai manter o teatro armado, não há dúvida.

Bookmark and Share

Comentários (12)

  • Vf diz: 21 de fevereiro de 2013

    Tudo tem um início, falta é P-E-I-T-O!

    Em SC uma ‘torcida’ já deveria ter sumido do mapa… por onde anda o MP nessas horas? Proibiram alguns joguinhos e tudo voltou ao normal.

    Piada pronta!

  • Rogerio diz: 22 de fevereiro de 2013

    Castiel, infelizmente não vai dar em nada, O BRASIL É O PAÍS DA IMPUNIDADE! Só é punido o trabalhador e o aposentado, vai um de nós fazer algo errado pra ver! Em Goiás o MP acabou com todas as organizadas.

  • Andrade diz: 22 de fevereiro de 2013

    Como disse o Vf aí, a começar por SC…mas, então…respondendo o título, vamos parar de comentar….Nada é sério, …nem com mão decepada, e nem com pedrada e morte, lembram?

  • Maneca da Babitonga diz: 22 de fevereiro de 2013

    Não sou fã de seus comentários, mas hoje, letra por letra, assino em baixo do que vc escreveu!
    E só não acabam com essa baderna se não quiserem. E só fazer o que vc está falando, simples assim.
    Quem quer apostar que não fazem? Outros “valores” mais altos se levantam! Para esses que mandam, mais uma cabeça, menos uma cabeça, tsss… né nada “cumpadre”!

  • Renato Kammers diz: 22 de fevereiro de 2013

    E quem liga pra isso?
    Apenas nós que não temos poderes algum. Isto é que nós achamos, temos o poder nas mãos, porem somos um bando de conformistas individualistas.

  • Antonio diz: 22 de fevereiro de 2013

    A justiça não deveria deixar os clubes venderem ingressos para as torcidas organizadas dos times visitantes, quando o Corinthians vem jogar em SC e RS, os torcedores q. são a maioria bandidos, entram nos restaurantes, não pagam e ainda quebram tudo. Com baderneiro tem q. baixar o pau.

  • Eduardo diz: 22 de fevereiro de 2013

    A violência no futebol inglês não foi resolvida, mas melhorou uns 90% depois das medidas tomadas por lá. Suspensão de todos os times de competições internacionais por 5 anos, e cadeia nos marginais. Aqui, já que a justiça é incapaz de botar os marginais na cadeira, poderiam começar suspendendo TODOS os times brasileiros de Libertadores e Sul-americana por um determinado tempo, e a cada caso de violência em estádios, punir o time responsável com perda severa de pontos ou portões fechados pelo resto da temporada. Pois os clubes SÃO RESPONSÁVEIS por esses monstros nas torcidas organizadas, els são financiadas e protegidas pelos clubes. Então eles precisam arcar com as consequências. Além disso a violência está presente não só entre as organizadas, mas entre a torcida em geral também, basta ver os comentários nas páginas esportivas da internet: ofensas de baixo calão, racismo… tudo isso está latente no torcedor normal, e é uma bomba prestes a explodir. Quem sabe se ficarem alguns anos sem ver seu time jogar, ou sendo rebaixado, as torcidas brasileiras acalmarão os ânimos. Acho que é o único jeito. Eu não me importaria, se isso ajudasse a resolver o problema.

    Mas… vivemos em um regime de “panis et circensis”. Se tirarem o “circo” do povo, fica mais difícil manobrar a massa. Com Copa e Olimpíadas chegando, então… seria como passar um atestado internacional de incompetência. Nada disso vai ocorrer num futuro próximo, mais gente vai morrer e ficar ferida, mas aí todo mundo vai lamentar aos microfones com lágrimas nos olhos, e 2 ou 3 dias depois já está tudo certo de novo.

  • Alemão diz: 22 de fevereiro de 2013

    Pegas as últimas 100 ocorrências no futebol brasileiro que resultaram em lesão grave e morte de torcedores em jogos de futebol.
    Se em pelo menos 90 delas as torcidas organizadas não estiverem envolvidas, quero ser mico de circo. E ainda estou sendo bonzinho na contagem.

    Não muito longe, tivemos um exemplo no Scarpelli a uma semana atrás que poderia ter terminado em tragédia. Machos da organizada alvinegra saíram correndo para um confronto com os avaianos.

    É muito simples a matemática. É só avaliar os riscos e acabar com as causas.

    É isso aí…

  • Renato Kammers diz: 22 de fevereiro de 2013

    Castiel, logo após o anuncio da punição ao curintia coma proibição da entrada da torcida, deveria também ser punido com a proibição do televisionamento, apenas as rádios deveriam ter acesso ao jogo.

  • Alexandre diz: 22 de fevereiro de 2013

    Quem financia as “torcidas organizadas”? Quem? Ora, os próprios dirigentes de clubes é que “empregam” esse bando de vadios que não trabalha e vai em tudo quanto é jogo, independente do lugar (até no interior da Bolívia) e do horário (10 h da “madrugada”)… As diretorias são “reféns”. Se quisessem fazer algo, fariam. E não vamos “crucificar” só os “mano do Curíntia”, não. Aqui em SC, tem marginais nas organizadas do meu FIGUEIRENSE, do Avaí (mão decepada do Sr. Ivo Costa, pedrada na cabeça de jovem jequeano no ônibus), do Jec, do Criciúma, do Marcílio Dias… Mas, concordo contigo, se ninguém aplicar uma pena duríssima, isso nunca melhora. Acabar, não acaba, mas pode ser amenizado.

  • otravecão diz: 26 de fevereiro de 2013

    É por isso que torço para o Brasil perder a Copa do Mundo mais uma vez dentro de casa, e para a Argentina, pois tu já pensou se chega a ganhar? Todas essas sem vergonhices vão pra debaixo do tapete… É o cúmulo arrumar outro safado de menor pra assumir a culpa,no caso do Corinthians. Mas vão dar com os burros na água, pois acredito que os índios bolivianos não vão deixar barato… Mídia vagabunda essa brasileira,só faltou botar a culpa nos bolivianos que não viram esses pilantras entrar com os artefatos. Estão num lugar de onde não devem sair tão cedo, pois lugar de corintiano é na cadeia

  • Leninha Avaiana diz: 3 de março de 2013

    Infelismente no nosso país tudo acaba em pizza,e no futebol não é diferente!Esse é o nosso Brasil!

Envie seu Comentário