Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
 

Uma reflexão sobre as baixas médias de público das fases iniciais do Catarinense

24 de abril de 2013 47

Enquanto aguardo o jogo do Avaí pela Copa do Brasil para um post, faço pequena reflexão sobre a média de público do campeonato.

Não é possível que joguemos dois turno de campeonato só para chegar às semifinais e, então, ter estádios cheios.

É uma vergonha o Criciúma, na Série A, ter uma média tão baixa. Isso porque encheu o estádio nas rodadas finais. O Tigre tem mais de 10 mil sócios e, se eles não vão aos jogos, é porque o produto não ajuda.

Quatro dos 10 times têm menos de 1 mil pagantes em média.

Conclusão: tem que ter menos times, e uma fórmula diferente.

Agora, quanto aos números em si, está claro que a dupla da Capital tem de rever conceitos. E, principalmente, o Figueirense.

Este divorciou-se de sua grande massa. Não há dúvida em relação a isso. Porque fez campanha boa, tanto que classificou-se.

  1. Criciúma – 6.982 (62.842 em 9 jogos)
  2. Joinville – 6.403 (57.623 em 9 jogos)
  3. Avaí – 4.535 (40.817 em 9 jogos)
  4. Figueirense – 4.235 (38.117 em 9 jogos)
  5. Chapecoense – 2.554 (22.986 em 9 jogos) 
  6. Metropolitano – 1.667 (15.003 em 9 jogos)
  7. Atlético – 978 (8.804 em 9 jogos)
  8. Juventus – 909 (8.180 em 9 jogos)
  9. Guarani – 739 (6.652 em 9 jogos)

10.  Camboriú – 536 (4.821 em 9 jogos)

Bookmark and Share

Comentários (47)

  • Êmone diz: 24 de abril de 2013

    Não é tão simples assim como você coloca. Acho que o blogueiro erra em jogar números somente do catarinense. Alguns fatores inibem a torcida de ir aos jogos. Vou dar alguns exemplos para este ano: Jogo as 22:00 Horas numa quarta feira, isso é pedir para não ir ao estádio. A Chapecoense jogou algumas rodadas longe de Chapecó; isso é motivo para que sua média seja pequena. O Figueirense perdeu mando de campo e por aí vai. O campeonato gaúcho também tem problemas: A Taça Piratini teve média de 2.165 pagantes. O Grêmio teve uma média de 6.558 pagantes, abaixo do Criciúma. No carioca o Fla X Flu teve 4.810 pagantes. Agora vem as finais e todas as médias se elevam. Numa rápida procura na internet temos o seguinte: Entre os anos de 70 e 80 a média do campeonato gaúcho era de 4.000 pagantes. Santa Catarina não está tão ruim assim.

  • da ilha diz: 24 de abril de 2013

    Passo todos os dias na SC 401, o que não falta é anuncios de Shows todo final de semana tem um bom, existe aqui em Floripa um dos melhores campeonatos de fut7 do Brasil que acontece jogos todos finais de semana, leva muito publico, tem o futebol amador e tem as lindas praias distantes dos estádios, e o pior o ingresso a 50 reais levar familia a esse preço toda semana fica dificil, a principio é isso.

  • da ilha diz: 24 de abril de 2013

    lembrando que o Figueira perdeu um mando de campo(injustiça), ai jamais ficariamos atrás do time do mangue em publico, Figueira sempre foi o trem pagador de SC

  • João Otávio diz: 24 de abril de 2013

    4 mil pessoas para ver jogos de baixo nível com ingressos em preços elevados?

    E o produto é o Campeonato Catarinense que é péssimo em nível técnico, além do Criciúma só engrenar nessa várzea nas últimas 4 rodadas.

  • Rocky diz: 24 de abril de 2013

    Pois é, jogo as 22:00, depois do big brother, você espera o que???

  • Zéca Gol by China diz: 24 de abril de 2013

    voltando a bater na tecla de maior torcida. Que nesse texto do blog será inevitável. O joinville que esteve péssimo no campeonato, ficou na frente do avai e figueirense. Pra quem vive dizendo que tem maior torcida. Não vejo justificativas para argumentar esse fato.

  • rogerio diz: 24 de abril de 2013

    na minha opinião é o alto preço dos ingressos, pagar 100 reais pra ver o Figueira jogar com Ibirama, Juventus, Guarani, Cambura, Kyciúme é dose. Sabendo-se que a nata da torcida do Figueira é composta de torcedores do povão, assalariados, fica difícil frequentar o estádio 4 vezes por mes. Fez bem o presidente do Figueira baixar pra 10 reais, com certeza vai lotar.

  • marcos diz: 24 de abril de 2013

    O QUE NINGUEM FALA É QUE A TV A CABO ESTA ACABANDO COM O PUBLICO NOS ESTADIOS BRASILEIROS. DEPOIS QUE ENTROU O PFC NINGUEM QUER MAIS IR AOS ESTADIOS E A GRANDE MAIORIA PREFERE O CONFORTO DO SOFÁ A TER QUE ENFRENTAR FILAS E FLANELINHAS PARA IR AOS ESTADIOS. SÓ QUE OS CLUBES TROCAM SUA TORCIDA NOS ESTADIOS POR UMA MERRECA DE DINHEIRO DAS OPERADORAS DE TV.

  • Marcos diz: 24 de abril de 2013

    Castija,

    refaça a média do figueirense, retirando o jogo com o mando de campo perdido, onde o publico foi de 454 pagantes e aí sim terás uma posição real do alvinegro.

    Mesmo assim será baixa, mas não é a realidade esse numero apontado.

  • Leninha Avaiana diz: 24 de abril de 2013

    Isso se chama inflação meu caro!Ta todo mundo sem dinheiro!!!!

  • Thiagao diz: 24 de abril de 2013

    Discordo do comentário acima.. o produto campeonato catarinese é fraco sim.. em um estadio que cabem 20.000 pessoas ter 4 mil de média é 20% da lotação.. é muito pouco.. ridiculo.. existem exemplos dentro do pais que são diferenlas positivas, a copa do nordeste teve excelentes publicos e um campeonato bem mais interessante que estaduais e o proprio corinthians em sao paulo conseguiu manter uma média razoavel de publico para um campeonato ainda pior ….

  • keBec diz: 24 de abril de 2013

    Campeonato deve ser por pontos corridos, com uma taça para o 1º turno e outra para o 2º.

  • Marcelo diz: 24 de abril de 2013

    Castiel, o Criciúma está na Série A, mas disputa atualmente essa porcaria de campeonato catarinense, sendo que a média de quase 7 mil pessoas é elogiável e não “uma vergonha”. Basta ver que a dupla da Capital, que suas torcidas tanto se arvoram de serem as maiores e melhores do MUNDO, não colocam ninguém no estádio. Não creio que tenha de se mudar fórmula de campeonato estadual. Tem de acabar com essas porcarias que só servem para arrecadar fundos para a federação. Tem que voltar a sul-minas no primeiro semestre e pronto.

  • JV diz: 24 de abril de 2013

    Estadual e’ para time pequeno, e muito bom principalmente para cidades pequenas, e muitas cidades nao sabem aproveitar, e maior erro e’ dos clubes.
    Querer grandes publicos e uns clubes que so faz fiasco a nivel Brasil e’ pedir muito, todos sabem quais.
    Nos espetaculos que a Escola Borshoi se apresenta em Floripa, tem mais publico que nos jogos dos falidos, uma que tem muitos alunos desta cidade no Borshoi e todos querem ver, principalmente seus filhos que vao ter outro tipo de vida.
    No Rs…media no Estadual – Gremio 9.900 – Inter 4.780 sem estadio – Pelotas 2.760 os demais abaixo de mil, portanto Sc esta bem e nossos clubes tem muito que aprender.

  • Nícolas de Medeiros Linhares diz: 24 de abril de 2013

    Acho que os campeonatos estaduais de um modo geral precisam ser revistos…. Já passou da hora de ter uma reformulação, fazer como o Nordeste fez fazendo a Copa do NOrdeste nunca se viu lá estádio tão cheios como nesse torneio…. Um bom jeito de tornar o futebol de início de ano mais atrativo é fazer uma espécie de Copa do Sul ou então um mini brasileiro envolvendo os 3 Estados do Sul em que teria turno e returno e semi-finais… Sendo que cada emissora estadual querendo transmitir os jogos dos times do seu Estado iria ajudar em muito as cotas de tv pois seriam de 3 emissoras e não de apenas uma e a miséria que é paga hoje….

  • Guilherme_Florianópolis diz: 24 de abril de 2013

    Me desculpe, Castiel. Vergonha é a média de público dos times da capital. Que só vão ao estádio no clássico e quando o time está bem. Quando o time precisa, ninguém vai ao estádio. Com esse campeonato fraco, é claro que o produto não ajuda. Mas saí feliz do estádio, depois de ver Criciuma 6 x 0 Camboriú, ou ainda Criciuma 8 x 0 Juventus. Temos o melhor ataque e melhor saldo de gols DISPARADO de todo o campeonato. Aliás… estamos na série A. Mas o que está rolando agora é o Campeonato Catarinense. Acho engraçado… você criticar o Criciúma pela média de público… é o PRIMEIRO da lista!! O que dizer dos demais?

  • Pedro Pantel diz: 24 de abril de 2013

    Temos que lembrar também que além de todos esses problemas supracitados pelo outro comentário, temos a triste situação de que os nossos times somente se reforçam no fim do catarinense para os campeonatos nacionais. As médias de público estão baixas porque os times são fracos, e os ingressos caros. Uma família que vá ao estádio (pai, mães e dois filhos) deixa perto de R$ 200,00 considerando-se ingressos e comida, um absurdo se formos pensar na média salarial do nosso estado.

  • garrasdetigre diz: 24 de abril de 2013

    Pegou pesado com o Criciúma heim! Vergonha é o horário de jogos no meio de semana e condições de alguns estádios sem o mínimo de conforto para público (sol e chuva na cabeça não agrada ninguém). Em Criciúma tivemos jogos sábado de tarde e muitos associados jogam seu futebolzinho no horário (master-veteranos) além de começar o campeonato em plena época de praia (janeiro e fevereiro). Considero até boa a média de público.

  • Rudnei diz: 24 de abril de 2013

    Castiel, no caso do Figueirense,time fraco só poderia da esse resultado,perdeu um classico jogando nada,da pra ver que não é um time de chegada,fora o campeonato com essa formula de disputa ridícula o torcedor não é burro, ah sem contar a diretoria que é uma bosta.

  • rey you diz: 24 de abril de 2013

    Outra coisa ue prejudica as medias (pelo menos aqui em Criciúma) é o seguinte:
    O campeonato começa em meados de janeiro (verão) onde toda a cidade praticamente está no Rincão. Em dia de engarrafamento são 2 h em 30 km. Pra ver o jogo numa quarta as 22h por exemplo, ou num sábado de sol, sendo que o pessoal vai pro rincão sexta a noite, tem q voltar sabado a tarde, voltar de novo sabado a noite, e voltar de novo domingo a tarde. Praticamente inviável.

    Acho que um campeonato pontos corridos com 8 times seria o ideal pro catarinense. Fórmula identica ao brasileirão. Ou então que acabasse esses estaduais e voltasse a sul-minas.

  • adriano diz: 24 de abril de 2013

    campeonato feio,jogadores de segunda linha,times falidos,estádios ruins,árbitragem fraca e caseira,tudo isso,somado aos horários impróprios pra jogos.vejo a cada ano,o catarinense mais perto do fim!só está bomR$$$$,PRA FCF!

  • sandro freitas diz: 24 de abril de 2013

    Acontece justamente pq o futebol já deixou de ser para o povão.
    No meu caso, que sou torcedor do criciuma, pagar 50,00 por jogo é MUITO caro sim!
    Poderia me associar e ter que pagar 70,00 o que tbm é caro tendo em vista que só posso ir aos jogos nos domingos.
    Isso sem contar que se for eu e minha esposa são “apenas” 100,00 por jogo!

  • jamal diz: 24 de abril de 2013

    só aprender com nossos antepassados meu caro, num caso específico roma, a famosa política do pão e circo, fazendo uma analogia rápida veremos o problema, nosso pão de hoje é a cerveja, que já está proibida nos estádios, o circo que é o futebol, o espetáculo não anda aquilo tudo, sem contar que as formas de espetaculos das torcidas são proibidas, sinalizadores (não foguete marítimo, sinalizador de verdade), fumaça, bandeiras e por ai vai, logo logo vao te proibir de cantar e vais ter que ver o jogo que nem estivesse num teatro, outro problema é o alto custo dos ingressos, querem voltar a ter mais gente dentro dos estádios, baixe o preço do ingresso e deixo o povo se divertir, tomando sua cerveja, podendo fazer a sua festa, podes ter certeza que teríamos um público muito maior em todos os jogos, não é difícil, mas tem muita gente querendo elitizar o futebol, só esperem pra ver o que isso vai acontecer no futuro, e pra finalizar aquela famosa frase

    ÓDIO AO FUTEBOL MODERNO

  • O + X CAMPEÃO DE SC E DE MAIOR TORCIDA diz: 24 de abril de 2013

    FICOU PROVADO MAIS UMA VEZ QUE O AVAÍ TEM A MAIOR E MAIS APAIXONADA TORCIDA DE SC, NÃO É PRA MENOS, É O MAIS VEZES CAMPEÃO. CRICIÚMA E JEC SÃO TIMES ÚNICOS EM SUAS CIDADES, LOGO É NORMAL QUE MAIS TORCEDORES VÃO AO ESTÁDIO, ATÉ PORQUE SÃO CIDADES QUE NADA TEM PARA FAZER, ALÉM DO FUTEBOL, SÃO CIDADES DO INTERIOR QUE AO MEIO DIA OS RESTAURANTES FECHAM. JÁ NA CAPITAL, EXISTEM 2 TIMES, E AQUI SIM TEM MUITAS COISAS BOAS PARA SE FAZER. AQUI NA CAPITAL A TORCIDA DO AVAÍ, APESAR DO PROBLEMA DE ACESSIBILIDADE, QUE LOGO SERÁ RESOLVIDO, BOTA MAIS TORCIDA NO ESTÁDIO, POIS COMO TODOS SABEM A TORCIDA DO BIGUEIRA É UMA GELADEIRA, É A TORCIDA MODINHA, SÓ VAI AO ESTÁDIO NA SÉRIE A, ASSISTIR OS TIMES DE FORA. AQUI NA ILHA QUEM MANDA É O LEÃO CAMPEÃO.

  • Douglas diz: 24 de abril de 2013

    O problema não é só do Catarinense, é de todo o futebol brasileiro, principalmente nos estaduais, tem diversos pontos que devem ser revistos para melhorar o público, tais como calendário de jogos, horários, qualidade da estrutura e serviços oferecidos no estádio, relação entre clubes/torcidas, politica de preço e baixa fidelização do público entre outras.
    Hoje pro Catarinense ter uma boa média de público, só se fizer com 8 times em formato de playoffs, e olhe lá, já que em 2011 por exemplo, pouco mais de 14.000 pessoas pagaram para ver Criciúma x Chapecoense na final, simplesmente porque o catarinense é visto como um mero torneio amistoso de pré temporada.
    Na questão calendário, vejo como um bom começo acabar com os estaduais para os times que participam de alguma série do brasileiro.
    Na questão público, deveriam aprender um pouco com os clubes Ingleses e Alemães, onde a maioria dos clubes das principais divisões conseguem incríveis médias acima de 95% da capacidade de seus respectivos estádios. Sendo as receitas de dia de jogo muito mais representativa na receita total do clube, principalmente se comparar com qualquer brasileiro.

  • MAIOR, MAIS VEZES CAMPEÃO e de MAIOR TORCIDA EM SC! diz: 24 de abril de 2013

    Por ter a MAIOR torcida de SC, o MAIS VEZES CAMPEÃO só não ficou com a melhor média de público devido à dificuldade de acesso ao seu estádio, onde o torcedor leva de 2 a 3 horas para chegar e mais 2 ou 3 horas para sair!

    Garanto que se a dificuldade de acesso ao estádio fosse também complicada para o Janelense do estreito, Criciúma ou Jeg, as médias destes times estariam próximas da Chapecoense e Metropolitano!

  • Maior de SC diz: 24 de abril de 2013

    Comentário perfeito “Êmone”. O bloqueiro acordou meio azedo hoje, mas só hoje blza Castija ;)

  • cabral diz: 24 de abril de 2013

    Quem é que vai deixar de ficar em casa tomando a sua cerveja e comendo seu churrasquinho. para comparecer ao campo de futebol? sem te isso que eu citei , na entrada tu é revistado pela policia igual a um marginal , a maconha corre solta sem te revista da grande policia.para o jogo ficar melhor em casa é só melhorar a qualidade dos narradores , porque machimelo e lino é brabo.enquanto a imprensa não tiro a cervejinha do estadio não sossego agora é só maconha e ninguem fala nada.

  • Tiago Soares diz: 24 de abril de 2013

    O problema da baixa média de público não é exclusivo de Santa Catarina. Isso acontece no Brasil todo. Os dirigentes brasileiros precisam aprender com os europeus, especialmente os ingleses e os alemães, onde qualquer jogo o estádio está lotado!!

  • Fernando diz: 24 de abril de 2013

    CASTIEL,
    OS REAIS MOTIVOS DE SEREM BAIXO AS MÉDIAS DE PUBLICO TEM QUE SER DITAS.
    HORÁRIOS RUINS, 22 HRS ACABA MEIA NOITE UM JOGO E QUE HORAS AS PESSOAS VÃO CHEGAR EM CASA?? AS 19:30 HORARIO DE JOGO, EU MORO EM JOINVILLE E É SUPER COMPLICADO SAIR DO TRABALHO AS 18HRS E IR NO ESTÁDIO AS 19:30, A TELEVISÃO COLOCA HORARIOS RUINS, ABRE JOGOS PARA AS CIDADES DOS JOGOS, COMO FIZERAM AQUI EM JOINVILLE, E SÓ PASSA 2 TIMES NA TV, ISSO FAZ COM QUE AS PESSOAS PERCAM INTERESSE NO CAMPEONATO. INGRESSO CARO, CAMPEONATO FRACO TECNICAMENTE, ISSO VC COLOCA TUDO JUNTO E ESTÁ AI ALGUM DOS MOTIVOS REAIS DÁ BAIXA MÉDIA DE PUBLICO.
    VC QUE TRABALHA NA TV DEVERIA AJUDAR EM COLOCAR HORARIOS BONS PARA AS PESSOAS, VARIAR JOGOS NA TV E NÃO SÓ COM 2 TIMES COMO SEMPRE PASSA.

    AJUDA A MELHORAR AI TBN CASTIEL!!!!

  • jackson diz: 24 de abril de 2013

    TIRANDO JEC E CRICIUMA O RESTO E FRACO MESMO…

  • Du (Biguaçu) diz: 24 de abril de 2013

    Uma pequena reflexão. O campeonato catarinense é chato e fraco. Até que está tendo muito público.

    Como todo ano, ficamos no aguardo do brasileiro…

  • Ricardo [CEC] diz: 24 de abril de 2013

    Concordo com as colocações do Êmone.
    E adiciono mais alguns itens, como os jogos nas quartas feiras às 19:30 hrs, quem não mora na cidade e trabalha, não tem condições de ir ao estádio nesse horário.
    E o baixo nível técnico de algumas equipes que estragam o espetáculo, principalmente para quem é um mero espectador (e não torcedor).
    Mas o problema dos estaduais é em todo o Brasil, aqui não seria diferente, estadual é sinônimo de prejuizo para os clubes. Uma solução? Voltar logo com as Copas Regionais.

  • Daniel Utzig diz: 24 de abril de 2013

    Enquanto o jogos continuarem a passar nas cidades onde são realizados a média vai seguir sendo baixa. Pra que ir no estádio, pagar 40 reais (ou mais), sentar no concreto, sem cerveja, risco de violência, risco de assalto ao carro…enquanto no bar, na esquina do estádio, eu vejo o jogo, bebendo, com replay, com garçom servindo…ou em casa, refestelado na poltrona.
    Ta na hora dos clubes tomar atitude e não aceitar os contratos impostos com valores mixurucas ofertados pela detentora dos direitos de transmissão.

  • Tricolor diz: 24 de abril de 2013

    O Criciúma nunca teve uma média tão alta no catarinense. Compara com os times do Brasil e poucos chega à média do tigre. Sou sócio do tigre e moro em Joinville, como muitos aqui. Por isso vamos nos jogos às vezes.
    Tigre ruma aos 15 mil sócios.

  • Charles diz: 24 de abril de 2013

    O time é de série A, mas os jogos não são.
    É só pensar um pouquinho :)

  • URUBICIENSE ALVINEGRO SERRANO – 2014 SÉRIE A ???? – DIZ diz: 24 de abril de 2013

    Castiel, só para lembrar o amigo, o MAIOR DE TODOS, DA MAIOR E MAIS PODEROSA TORCIDA DE SANTA CATARINA, é 08 jogos em casa, um foi em Joinville, por isso esta atrás do bvai, senão seria como dante, tendo a maior média de público como sempre. Abraços e Saúde e Paz para todos.

  • Léo diz: 24 de abril de 2013

    Isso não é só problema no Catarinense, isso acontece em todo o Brasil, eu apoio a volta da Copa Sulminas.

  • alexandre diz: 24 de abril de 2013

    E SIM, FUTEBOL E POPULAR … HOJE EM DIA FIZERAM FUTEBOL EM NEGOCIO.. PRINCIPALMENTE COM AUMENTO DOS INGRESSOS COM ISSO QUEM GANHOU FORAM A TVs PAGAS, POIS E MAS BARATO FICAR EM CASA VENDO O JOGO PELA TV DO QUE IR AO ESTADIO…

  • Pedro B. diz: 24 de abril de 2013

    Olha, Castiel, acabo de chegar de Avaí e Volta Redonda e não tenho dúvidas de que a Ressacada é o estádio mais mal localizado no mundo, com todo respeito ao povo do Carianos. Contra o Camburiú, por ex., tinha 6.000 pessoas e levei uma hora para sair da frente do estádio. Hoje, peguei muita fila no Pantanal. Não aguento mais. Não dá a mínima vontade de ir a jogos mais ou menos. Aposto que, no mínimo, 50% dos torcedores que frequentam o Scarpelli, se não mais, vão ao estádio a pé. O Estreito é o bairro mais populoso da grande florianópolis! Um dos meus sonhos é ser presidento do Avaí e tirar a Ressacada de lá, porque é insuportável.
    No mais, média de público não prova que uma torcida é maior ou menor. Vejam, por ex., o caso de BH: a torcida do Cruzeiro é muito maior que a do Galo, como todas as pesquisas indicam, mas a do Galo sempre teve média de público maior.

  • Sassah- Alvinegro diz: 24 de abril de 2013

    Pedro, média de publico não prova se uma torcida é maior ou não eu concordo com vc
    mas pesquisas tal como são feitas tmb não provam nada. enquanto eles não divulgam
    a metodologia das pesquisa tmb não confio nelas, acho que nunca saberemos de fato
    qual a maior torcida, sabemos apenas o que nos “DIZEM”, sem garante se à interesse de terceiros?
    Se digo, se… Eles acrescentarem a pergunta qual time vc torce? no senso ou nas cabines eleitorais ai sim, teríamos um numero confiável.

  • Charles diz: 25 de abril de 2013

    Pra mim a média de público indica e muito o amor a camisa, independente de maior torcida ou não.
    A torcida do Tigre e a do Jec são as mais apaixonadas pelo clube.

  • da ilha diz: 25 de abril de 2013

    Repetindo e incluindo o PPV, passo todos os dias na SC 401, o que não falta é anuncios de Shows todo final de semana tem um bom, existe aqui em Floripa um dos melhores campeonatos de fut7 do Brasil que acontece jogos todos finais de semana, leva muito publico, tem o futebol amador e tem as lindas praias distantes dos estádios, e o pior o ingresso a 50 reais levar familia a esse preço toda semana fica dificil, a principio é isso, lembrando, nosso futebol não é tão ruim assim, afinal o volta redonda está classificado no Rio e o time do mangue goleou .

  • JULIANO SOU TIGRE ATE MORRER ! diz: 25 de abril de 2013

    Castiel, alem de o ingresso ser caro, jogos realizados nos piores horarios possiveis, tv a cabo e agora para piorar a tv aberta tambem esta passando os jogos para a praça da partida ! Um pfc completo você paga 65,00 ! Hoje para ser socio do Criciuma você paga R$ 100,00 no minimo, fora transporte,estacionamento,alimentação e etc… Ai eu pergunto: Quem e o louco que vai aos jogos ? So eu mesmo !

    TIGRÃO EOOOO
    CRICIUMA, O TIME DE TODA SC !

  • Marcos Eduardo diz: 25 de abril de 2013

    Castiel, é um absurdo o que o Zunino fez, vai aumentar os ingressos pra Domingo, enquanto o rival baixou 60%, o Avaí vai aumentar 30% os ingressos.

    Já nao bastasse ter expulsado a torcida inteira nos ultimos 3 anos, tinha 13.500 sócios e agora tem apenas 6.000, essa era a chance de fazer a torcida lotar a Ressacada domingo pq ta todo mundo empolgado com a classificaçao, mas ao invez de aproveitar a empolgaçao pra fazer uma promoçao, ele aumentou os ingressos, pensando em lucrar com o visitante, que nem vai vir esta vez, é primeiro jogo!

    Por que não pensar uma vez na vida na torcida do Avaí? ingressos a R$ 20,00 em todo estadio como o rival esta fazendo, era garantia de termos 15 mil pessoas num domingo a tarde. A torcida esta feliz, empolgada com o time, e novamente num momento bom os oportunistas aumentam o ingresso. Se tivesse sido eliminado ontem, provavelmente iriam baixar.

    Até quando o Avaí vai ficar nesse vai e vem oportunista com os valores? se ta bem aumenta, se ta mau abaixa? assim nunca vai fidelizar o torcedor. Essa mania do ingresso caro para tentar fazer a pessoa ver que se associar é melhor nunca funcionou, acaba afastando ainda mais. Pra pessoa virar sócia, tem que primeiro frequentar o jogo (torcedor de ingresso) com ingresso acessivel, depois escolher naturalmente se quer ser sócia ou não.

    O Avaí não aprende.

    Enquanto na Arena Joinville em 2012 a mensalidade era 42 em tudo, na Ressacada era 70 em 70% do estadio. Chegava a ser 28 reais de diferença para o mesmo local (frontal ao campo) e os 50 reais do Avaí atras do gol na pior visao, ainda eram mais caros que a melhor visao da Arena. Não da pra entender.

    O Avaí tinha que baixar as mensalidades pra 45 frontal no máximo, povoar toda aquela social nova, depois aumentar só se subir. Expulsou todo mundo, não são com esses valores que vai conseguir resgatar devolta.

  • hudson diz: 25 de abril de 2013

    Quer saber que time ultrapassou a marca dos 9 mil pagantes 2 anos seguidos EM ESTADUAL como o Figueirense em 2011 e 2012, isso sem ser campeao. Devem ter poucos times no Brasil

    Em torcida vcs tao muito atras… corram atras do prejuizo

  • da ilha diz: 25 de abril de 2013

    Ta mais que provado que a capital é a campeã em publico, não precisa ser muito inteligente pra ver, conta simples.

Envie seu Comentário