Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
 

Chapecoense, o time que o Brasil tenta entender, mas que é fácil de explicar

21 de agosto de 2013 85

Mais uma vez Santa Catarina é um case nacional.

Todos os colegas que conversamos, a primeira coisa que perguntam é: e essa Chapecoense.

Estive recentemente em Porto Alegre, os colegas de ZH e rádio Gaúcha estão encantados com o fenômeno.

É comum na redação atendermos colegas de Rio, São Paulo, seja da Folha, do Uol, do Lance e todas as mídias. Que Chapecoense é essa?

E, sabe, não fica difícil explicar.

Sabemos por aqui que é um time com DNA lutador. Que é muito bem montada por um departamento de futebol realista, pés no chão, competente.

Sabemos que o poder público, dentro da responsabilidade, é parceiro.

Sabemos que a comunidade, principalmente os mais jovens, abraçaram a causa. São Verdão, e ponto.

E os mais antigos, que ainda amam Grêmio e Inter, percebem que precisam colocar o Verdão à frente, mesmo que seja muito difícil.

Há um técnico extremamente competente. Dal Pozzo é daqueles que vai ganhar o mercado voando baixo, é técnico que vai brilhar nos grandes e depois ganhar o mundo. Não há dúvida.

Um grupo unido, um joga pelo outro. Sem vaidade.

Enfim, é a cara do que faz do Oeste um pedaço promissor e de orgulho para Santa Catarina.

Ter este time na Série A fará um bem tremendo ao Estado.

Bookmark and Share

Comentários (85)

  • Igor Agnoletto diz: 21 de agosto de 2013

    Poucos blogueiros têm tratado o Verdão do Oeste com o respeito devido…este respeito tem sido conquistado com anos de lutas e conquistas…é um clube emergente , de torcida apaixonada…com organização e repeito ao povo oestino, que representa com competência o povo catarinense, agora, em nível nacional…muitos torcem o nariz, outros secam (é o que lhes resta), mas não tem jeito, Verdão é firmação, é orgulho, é nosso…e muitas alegrias trará a sua torcida e sua gente!!!!

  • Pichetti diz: 21 de agosto de 2013

    É com satisfação que aqui de longe (Água Boa – MT), vejo a ascenção da Chapecoense e tb dos demias clubes do Estado de SC. Creio que o nível do futebol catarinense no contexto nacional equivale a importancia sócio-econômica deste rico estado no cenário brasileiro.
    Parab´nes chapecoenses, parabéns catarinenses!!!!

  • CHAPEROCK diz: 21 de agosto de 2013

    Caro Castiel.
    Noutros tempos pude criticar seus comentários tendenciosos e com um pouco de maldade pra cima do verdão, mas felizmente, e isso nos últimos 2 anos, venho acompanhando a mudança de posicionamento dos comentários e isso me traz muita alegria.
    Insistem em dizer que somos um pedaço do RS, que outros times predominam por aqui, e pior, tem gente daqui que acredita e se orgulha disso, a minoria, os senhores do amendoim que vaiam no primeiro passe errado, que dizem que o time é uma merda no primeiro tropeço e que pouco acreditam na evolução da Chapecoense.
    Felizmente, nos, jovens (talvez não tanto), que não vivemos de alucinações, temos orgulho, e muito, de ser catarinense, de saber que a Chapecoense pertence a esse Estado, que a Chapecoense realmente tem a cara do povo trabalhador, sofrido, mas ousado, que sabe do seu potencial e não engole sapos e aristocratas que tentam levar o futebol de SC do jeito que querem (FCF).
    Ciente de que o time tem suas limitações, e que na minha opinião, o Gilmar tem escalado mal em alguns jogos, entretanto, se vem dando resultado, como criticar com razão?
    Assim, vamos beliscando ponto por ponto, jogo por jogo, torcida comparecendo, incentivando, os mistos acabando, e aos poucos, buscaremos nosso lugar definitivamente entre os melhores do país.
    Abraços!

  • VF MINERAODR diz: 21 de agosto de 2013

    Conseguem fazer futebol de qualidade com poucos recursos.

    Parabéns pela campanha… quem manda em SC é o INTERIOR.

    SOMOS DO TIME CARVOEIRO, AQUELE DA TORCIDA SEM IGUAL!

  • Guilherme Cecchin diz: 21 de agosto de 2013

    Castiel,

    Tenho que cumprimenta-lo pela excelente redação, e dizer que já fui muito infeliz em pensar que você era contra o oeste, mas hoje vejo que na realidade sua opinião é extremamente profissional, e quando criticava o verdão era pq o time não era tudo o que pensávamos. Hoje sei que a chape é motivo de orgulho catarinense, e que, todos, inclusive os torcedores de outros times tem visto na chape algo que gostariam que seus times tivessem, que é a responsabilidade com o futebol, com o caixa do clube, com a imprensa e tantas outras coisas.

    abraço

  • Renato diz: 21 de agosto de 2013

    Castiel

    Sou um assiduo leitor de seu blog, te admiro pois coloca sua opinião de maneira clara, isenta e independente, não só quando falas da Chapecoense mas de todos os clubes de SC. E nesse em especifico você foi muito feliz, não tenho reparos e nem complementos a fazer. Sou dos antigos, que torciam para o Inter e Chapecoense, já a alguns anos torço para a Chapecoense e quando tenho tempo para o Inter. No estádio quase não se vê mais camisas de outros times, só a do verdão, com isso estamos crescendo.
    E torço para que o futebol de SC cresça como um todo, e a rivalidade entre nós, fique para o campeonato estadual.

    Abraço

  • Dan diz: 21 de agosto de 2013

    O melhor departamento de futebol de santa catarina. Acha jogadores de qualidade sem nome e com muita raca. Olha a ironina. Bruno Rangel no JEC nao prestava, nao eh Nereu? Agora eh o artilheiro da serie B. O DF deles deve ta trabalhando separado sem cartola metendo pitafo, sem trazer jogador de DVD. E outra coisa, igual em Joinville o que esta acontecendo eh a cidade virando so um time. Aos poucos SC chega la. Chapecoense, amigos do oeste, parabens.

  • Ronaldo diz: 21 de agosto de 2013

    Concordo com tudo que você disse castiel, mas na minha opinião o maior fator do sucesso da Chapecoense dentro do campo se dá fora dele, é a falta de opcões na noite daquela cidade, já aqui em Floripa… (EX. um zagueiro dispensado em um dos times da capital, por sucessivas noitadas, hoje é destaque em Chapecó.)

  • Fernando JS diz: 21 de agosto de 2013

    Bom dia Castile
    Parabéns pelo post e pelo reconhecimento ao trabalho que vem sendo realizado pelo time e pelo povo chapecoense e oestino de modo geral que abraçou, e não é de hoje, a causa Chapecoense. Desde 2007 a Chapecoense vem mostrando maturidade e crescimento, basta ver os resultados.
    E nesta série B é o reflexo de tudo o que foi bem feito nesses anos. Pessoas competentes, um time guerreiro, um clube sem dívidas, uma torcida apaixonada…
    Falta apenas o reconhecimento de tudo isso por parte de alguns setores da imprensa litorânea que não querem concordar com as suas coerentes palavras acima.
    A Chapecoense é realidade sim, e está no mesmo nível (e até mesmo acima de alguns) dos grandes clubes de SC e em algum tempo pode estar num excelente posicionamento junto a grandes equipes do Brasil. Grande abraço

  • Diego diz: 21 de agosto de 2013

    Sou natural de Criciúma e tricolor de coração, vivendo em Chapecó há 1 ano esse clube tem conquistado minha simpatia por todos esses fatores citados pelo Castiel. Há muito tempo a Chapecoense conta com uma diretoria extremamente profissional e com os pés no chão, é só lembrarmos das últimas campanhas do clube no estadual, sempre incomodando. Espero que um dia o Tigre aprenda a contratar e formar elenco com a mesma qualidade com que faz o Verdão do Oeste. Agora nos resta torcer para que, quem sabe, tenhamos uma série A histórica em 2014, com 2 clubes do interior do estado.

  • estevao diz: 21 de agosto de 2013

    Castiel, outra coisa que leva ao sucesso da chape é a manutenção do time, a base montada jogando junto há muito tempo. isso conta e muito.
    Parabéns a chapecoense.
    Sempre falo aqui em criciúma, nosso presidente deveria trazer o(os) contratadores da chape pra cá!

  • RTT diz: 21 de agosto de 2013

    Falou tudo!

  • Gilberto Pinto da Motta diz: 21 de agosto de 2013

    Castiel, é isso aí mesmo. É fácil de entender o sucesso da Chapecoense: planejamento, pés no chão, trabalho e humildade. E uma cidade/região respirando a magia do futebol. Ao longos dos últimos vinte e cinco anos aprendi a conhecer (e a amar) as diferentes regiões catarinenses. Nos últimos meses estou morando (pela segunda vez) em Chapecó e, claro, acompanhando cada detalhe da vitoriosa caminhada da CAHPE. Para nós, nenhuma surpresa. Espero que os colegas dos grandes centros busquem cada vez mais informações (fontes fidedignas), entendam o “fenômeno” e se acostumem com A Chapecoense (Associação)…e não O Chapecoense. Já será um bom começo, pois acredito que em 2014 terão que viajar bastante até Chapecó, trabalhando na cobertura da Série A. Abração. Gilberto Motta, jornalista Chapecó/SC.

  • MAURINO BASTOS diz: 21 de agosto de 2013

    Agora a diretoria Alviverde mostrou competência. PARABÉNS!!!
    Time simpático e que agora tem uma diretoria a altura da região. Sigam firmes na perseguição a classificação a SÉRIE A. Prá mim já está classificada.
    Enquanto isso o meu Figueira…….

  • FIGUEIRA diz: 21 de agosto de 2013

    Igor Agnoletto , EU SOU FIGUEIRENSE E SE TEM UM TIME QUE EU NÃO SECO AQUI NO ESTADO É A CHAPECOENSE, MAS VOU SER SINCERO CONTIGO CARA, VOCÊS SÓ SERÃO GRANDES (EMBORA EU CONSIDERE A CHAPÊ A 4º FORÇA DO ESTADO NO LUGAR DO JECA , SERIA NESTA ORDEM : 1º FIGUEIRA TIME DA MASSA 2º CRICRI PELOS TÍTULOS E 3º avaí PELA CLASSE POLÍTICA E FILHINHOS DE PAPAI ) SOMENTE QUANDO NÃO TIVEREM ESSE PENSAMENTO DE QUE SÃO OS COITADOS , HUMILHADOS , ESQUECIDOS OK ??? TORÇO PARA QUE A CHAPECOENSE SUBA.

  • SAULO ALVES diz: 21 de agosto de 2013

    Sou torcedor do Figueirense, queria que o time do estreito tivesse a mesma garra e dedicação que o pessoal do oeste, estão de parabens, belo time, joga para ganhar.
    Torço para subirem para seria A pois estes merecem.

  • Luiz Borsoi Junior diz: 21 de agosto de 2013

    Parabéns, resumiu muito bem a Chapecoense, que uns ainda chamam de “o Chapecoense” pelo Brasil a fora… Como nós do oeste respeitamos os times da capital, está na hora de vocês respeitarem essa locomotiva desenfreada que é a Chapecoense, e que isso não é por a caso, desde o final de 2006 que esse time só cresce.
    Força Verdão, humildade nós, a “colonada” vamos ficar no topo!

  • Fabiano Toledo diz: 21 de agosto de 2013

    O que para o Brasil é surpresa, para nós é o fruto de muito trabalho, momentos dificeis, mas como todo fiel torcedor verde e branco, acreditamos sempre que um dia a estrela ia brilhar e ela começa de forma espetacular, 40 anos e a vida começa agora meu VERDÃO!

  • rogério cardozo diz: 21 de agosto de 2013

    Para mim , a principal diferença é que o interior tem levado mais torcedores no campo do que os times da capital, e isso tem influência nos resultados das partidas. Os times da capital ,principalmente Avaí tem pouco torcedores no estadio. Vi o jogo ontem , e a Chapecoense jogou muito é só manter esse ritmo que sobe, não pode ter barriga no meio do campeonato, cada jogo é três pontos.

    Visite Tubarão http://www.galeriatubarao.net/

  • atilalopes diz: 21 de agosto de 2013

    PERGUNTINHA: QUANDO COMEÇA O DESMANCHE?!?!?AINDA NA SÉRIE B OU “SE” SUBIR PRA SÉRIE A?!?!

  • Paulo diz: 21 de agosto de 2013

    Castiel,

    por mais cautela que os torcedores tenham que ter, a campanha até aqui é realmente primorosa. Apesar disso, considero que o mais importante é que a Chapecoense e sua diretoria consigam manter esse crescimento “sustentável” que vem demonstrando nos últimos anos. Parece ser um trabalho bem feito e com os pés no chão, se conseguirem manter este conceito, apesar de todo assédio que poderá vir se mantiver essa campanha, acredito que a Chapecoense possa se consolidar no cenário nacional.

  • Gilmar Francisco Zanotto diz: 21 de agosto de 2013

    Conheço o Técnico Gilmar Dalpozzo quando ele era adolescente na cidade de Paraí-RS. Já mostrava liderança na época porque organizava a gurizada quase que diariamente para jogar bola no campo da localidade “Goretti”. Sempre levou a sério isso do futebol. Foi campeão gaúcho como goleiro do Caxias em 2000, com o técnico Tite. Na final, contra o Grêmio, defendeu um penalti de Ronaldinho Gaúcho. Parabéns ao Gilmar, à Equipe do Chapecoense e a todo o bom povo do Oeste de SC. Gilmar/Ituporanga-SC

  • Marcos diz: 21 de agosto de 2013

    Bela explanação, o Este inteiro está com a Chape.

  • segundona nunca diz: 21 de agosto de 2013

    É Igor Agnoletto, legal…
    E no ano que vem volta pra segundona…tsc.tsc…

  • Keli diz: 21 de agosto de 2013

    Parabéns aos amigos do oeste!!! Queremos Chape com o Tigre ano que vem na série A (sim, o tigre vai permanecer, bando de secadores).

    Realmente, a Chape é um orgulho para o povo catarinense!!!

  • Thiago C. diz: 21 de agosto de 2013

    MEU VERDÃO DO OESTE, MEU ORGULHO, MEU ÚNICO TIME!

    VAMOS FURACÃO DO OESTE!

  • Fernando Canal diz: 21 de agosto de 2013

    Como se fosse uma receita, conseguiu compor uma síntese do que todos sabemos e nos orgulhamos aqui no oeste.

  • Johny Pablo Lroth diz: 21 de agosto de 2013

    Parabéns ao amigo pelo texto acima, muitos sabem fazer apenas criticas contra a equipe da Chapecoense, não sabem como é feito o trabalho dentro e fora do clube. Mais uma vez parabéns pelo texto acima, muito bom! Abraços

  • Douglas diz: 21 de agosto de 2013

    Disse tudo Castiel, a Chapecoense vem buscando seu espaço, e crescendo cada dia mais!!!

  • Alessandro Bonassoli diz: 21 de agosto de 2013

    Castiel, aproveita e ensina aos colegas de fora de SC que é “A” Chapecoense, não “O” Chapecoense, como Globo e Sportv insistem em chamar o Verdão. Um abraço.

  • Conrado diz: 21 de agosto de 2013

    Realmente é ainda difícil ver comentaristas se apropriarem da ideia de que a chapecoense sim é um dos grandes do estado. Não ta no patamar que esta porque ”caiu de paraquedas”, há todo um trabalho feito a 4 a 5 anos aproximadamente em que vem crescendo e se estruturando como um time de série A. Sim o torcedor comprou a ideia do time e tá fissurado com a ideia de talvez jogar pela primeira vez na história uma série A do Brasileirão, mas condicionado a saber que se mantendo na série B esse ano ta no lucro. Verdão com reconhecimento a nível nacional com muito trabalho sim, só esperamos ser respeitados por isso.

  • Leonardo diz: 21 de agosto de 2013

    parabens ao colunista Marcos Castiel que soube falar tudo oque muitos colunistas e jornalistas deveriam falar… essa eh a realidade da chapecoense, nao eh um time que sonhae nao faz nada por merecer… o povo, diretoria, patrocinadores, empresarios, poder publico e jogadores abraçaram a causa e tao mostrando ao brasil que pode fazer bonito… abraço castiel

  • André diz: 21 de agosto de 2013

    Como avaiano, reconheço o bom papel que a Chape tem desempenhado nestes últimos anos em nosso estado… fica o desafio de manter a qualidade quando peças chave seguirem suas vidas e de evitar serem enganados por empresários que adoram empurrar jogadores medianos e medalhões a preço de ouro… a política de contratações deve seguir no caminho atual, com muita cautela na questão custo-benefício, endividar-se sem critério é o que deve ser evitado para o início da série A.

  • P.A diz: 21 de agosto de 2013

    O clube é composto de uma diretoria séria, com alta capacidade administrativa e pés no chão (empreendedorismo equilibrado é marca desse povo), uma comissão técnica muitíssimo competente, muito bem orientada nas suas ações e, jogadores sem estrelismo, não são apenas “nomes”, sim um grupo de guerreiros focados num só objetivo. Enfim, contra todas as expectativas e previsões, inclusive a minha, o time voa em direção ao acesso, e tem ótimas possibilidades de acontecer, basta continuar tudo como está, com união, respeito e um verdadeiro ambiente familiar, sem espaço para picuinhas e ostentação (50% do sucesso esta ai) , vamos acreditar e torcer. Ah ..de que vale levantar um milhão com a rescisão do Rangel, quando esse é uma das principais peças da engrenagem que visa o acesso e consequentemente um aporte financeiro, mínimo, 30 vezes maior para 2014 ??

  • Bruno Raupp diz: 21 de agosto de 2013

    Qual o número da mega? Já que sabes que Dal Pozzo vai ganhar o mundo.. tas de brincadeira comigo, só pode. Vai com calma, faz favor.

  • Luiz diz: 21 de agosto de 2013

    Caro Igor. Apesar de ser torcedor do Avai, também torço pelo sucesso da Chapecoense! Acredito que quanto mais times catarinenses participarem das principais divisões nacionais, mais respeito teremos dos outros centros esportivos. Chega de torcer por Inter, Grêmio, Flamengo, Vasco entre outros. Nosso futebol só será valorizado quando nós mesmos o valorizarmos!!!! Sucesso aos nossos clubes de coração!!!!

  • carlos tricolor do norte diz: 21 de agosto de 2013

    Sou torcedor do JEC, mas admiro e estou torcerndo pela Chape!
    Que o interior mostre sua força e competência.
    Vamo lá indio velho!!!!!

  • Hilário José Spies diz: 21 de agosto de 2013

    Finalmente a imprensa “realista e não sensacionalista” aparece, destacando um cenário emergente no futebol brasileiro, a grande campanha de um time, a vitoriosa CHAPECOENSE. Com os pés no chão, labutando com uma ínfima, mas organizada estrutura física e financeira, mostra a pujança de uma região e de um povo sofrido, muitas vezes ignorado pelo resto do estado e país. Acrescentaria a origem humilde de jogadores, destaque zagueiro sãojoestino FABIANO, que até de lateral promove vitórias. Que a humildade e realismo prevaleçam. Oeste verde e branco.

  • Chico – Itapema diz: 21 de agosto de 2013

    Acredito que a chapee tem aquele futebol moda antiga, nao tem a midia para atrapalhar, e o assunto do futebol, o torcedor tem porque vai aos jogos, apos nao existe a imprensa para gavar jogador ou iludir com um sucesso dele sem jogar.
    Se a midia de Floripa, Criciuma e Joinville parar de bajular o seu time ou jogador, nao publicar nada que nao seja o proximo jogo, com este grupo que tem, vao melhorar muito tambem.

  • FILIPE diz: 21 de agosto de 2013

    No começo do ano teve um comentarista da tvcom que falou que a chapecoense brigava para não cair kkkkk
    Sabe tudo kkkk

  • Antonio diz: 21 de agosto de 2013

    Parabéns a Chapecoense, trabalho bem feito, todavia tudo isso é manchado pelo golpe para não jogar a segundona catarinense de onde tudo esse projeto nasceu.

  • Cassiano Mezalira diz: 21 de agosto de 2013

    Minha Chape me orgulha, quantas vezes já chorrei, vibrei, momento incriveis passei acompanhando a Chape, acompanhei rebaixamento à segundona de SC e jamais abandonei o time, orgulho de ser Chapecoense, orgulho verde e branco…vamos subir Chapê !!!!

  • Artur Procopio Lima diz: 21 de agosto de 2013

    Tenho acompanhado os jogos da Chapecoense via Premier FC. Está me enchendo os olhos esse time, aliás, sou torcedor do Criciúma, poderia não querer melhor sorte para o Verdão graças a uma parte da crônica esportiva, Bada e cia, de Chapec. É um time fechado entre os atletas, estão comendo a grama. Contudo, assisti o jogo contra o Parana, e me decepcionei com a torcida rubro verde do Oeste. Trinta minutos do segundo tempo, 2 x 0 para os visitantes, e grande parte dela abandonando o estádio, fora as vaias que rolaram, vergonha! Ai o time empatou e era só aplauso, torcida que aplaude somente no momento bom? Vejo uma grande parte da arquibancada vazia´nas transmissões, afinal de contas, é ou não o representante do Oeste na série B?

  • Jose tavares diz: 21 de agosto de 2013

    Concordamos com tudo, menos que o poder público é parceiro. Isso é mero discurso demagógico.

    Quem faz a Chape é a diretoria, os jogadores e os torcedores. Empresas e políticos usam a Chape para benefício próprio. O resto é desinformação ou interesse de jornalista (não estou dizendo que interesse seja o teu caso).

  • Cassiano Mezalira diz: 21 de agosto de 2013

    Vamos subir Chapê !!!

    Orgulho verde e branco !!!

    Orgulho e ser Chapecoense !!!

    Juntos somos mais que onze !!!

  • marcelo zolet diz: 21 de agosto de 2013

    Parabéns Castiel pelo texto, muito bem redigido. Acrescentaria ainda que o resultado na tabela do campeonato representa a união de varias forças da cidade, poder publico (estadio é da prefeitura e assim é mantido por esta), setor privado (patrocínio de empresas sediadas na própria cidade), diretoria séria (integrada por diversos empresários, isto é, não somente um grande líder, e assim as negociações são realizadas por um grupo de diretores onde após debate prevalece o bom senso e respeito aos interesses do clube),(não há propina nas negociações, pois são vários diretores), (diretoria esportiva com experiencia esportiva e de negociação salarial), objetivo de todos o crescimento do atleta como profissional e cidadão, para depois assimilar o proposito do grupo e consequentemente a comunidade via obtenção de resultados nos jogos.
    Um grande abraço.

    marcelo zolet

  • marcelo zolet diz: 21 de agosto de 2013

    Parabéns Castiel pelo texto, muito bem redigido. Acrescentaria ainda que o resultado na tabela do campeonato representa a união de varias forças da cidade, poder publico (estadio é da prefeitura e assim é mantido por esta), setor privado (patrocínio de empresas sediadas na própria cidade), diretoria séria (integrada por diversos empresários, isto é, não somente um grande líder, e assim as negociações são realizadas por um grupo de diretores onde após debate prevalece o bom senso e respeito aos interesses do clube),(não há propina nas negociações, pois são vários diretores), (diretoria esportiva com experiencia esportiva e de negociação salarial), objetivo de todos o crescimento do atleta como profissional e cidadão, para depois assimilar o proposito do grupo e consequentemente a comunidade via obtenção de resultados nos jogos.
    Um grande abraço.

    marcelo zolet

  • Dionatan Gomes diz: 21 de agosto de 2013

    Quem conhece os dirigentes da Chapecoense sabe que são pessoas simples e trabalhadoras, empresarios de sucesso que começaram pequenos e com muita luta se tornaram grandes. O povo oestino é assim, e a Chape é a cara de seus dirigentes e da comunidade que a cerca. Não há estrelas, mesmo o Bruno Rangel, penso eu, tirado deste time, não dará certo com da aqui. O grupo é unido, fechado, humilde. Sabe das limitações, sabe que apesar de tudo ainda é um time pequeno, e respeita a todos com a admiração de quem sonha chegar onde estes outros ja chegaram. Sem grandes dividas, sem grandes loucuras, a nação verde de Santa Catarina toma o Brasil todo…

  • Rafael Canova diz: 21 de agosto de 2013

    Chape é um time aguerrido, não tem palhaçada nem vaidades, luta até o final da partida ( vide jogos contra o Paraná e JEC, buscou um 0 x 2 e Sport 0 x 1 até os 44 e virou). Os atletas são comprometidos, tem confiança e não se amedrontam/se desorganizam com placar adverso. JEC, Avaí e especialmente o Figueira se amedrontam com placar adverso, ficam nervosos, dá pra ver que os atletas se desorganizam em campo.
    E a Chape tem a cara da série B, que é dividir cada bola como se fosse um prato de feijão, é a sobrevivência em cada momento, time raçudo, forte e com garra. Vi uns 5 jogos deles e se os demais catarinenses tivessem metade da raça e vergonha na cara deles, estariam todos no G4 e se bobear o Palmeiras é que estaria fora.
    Em especial aos atletas do Figueira, assistam compactos dos jogos da Chape para aprender como se faz bonito numa série B!!!!

  • Rafael Canova diz: 21 de agosto de 2013

    Ah, e aposto com qualquer um que a Chape estará na série A em 2014.
    Tenho certeza absoluta!!!!

  • Silvio SZ diz: 21 de agosto de 2013

    Bem certinho !!!!

  • Souza diz: 21 de agosto de 2013

    Mesmo notando um aumento do bairrismo por parte da rapaziada do Oeste (reconheço que a rapeize da capital também se passa no besteirol) em relação a capital, é impossível não reconhecer os méritos, a qualidade técnica, tática, a disciplina e preparo físico do time verde. Futebol organizado dentro e fora das quatro linhas. Vai subir não tenho a menor dúvida. Está sobrando.
    Que o departamento amador de futebol do Figueira aprenda com o pessoal do oeste do estado.

  • alvinegro diz: 21 de agosto de 2013

    puro fogo de palha, essa Chapecoense aí nem vai subir, já que o campeonato não tá nem na metade ainda. Vão subir Figueira e Avaí, isto é fato. Se acontecese que a Chapecoense subisse, ia ser o mesmo vexame desse tal de Criseuma que é o TIME IÔ IÔ OU TIME BILOQUÊ DE SC, sobe e logo cai.
    _estava ouvindo a radio de chapecó ontem e torcedores do Criciuma e do Joinville mandavam mensagens durante a partida elogiando a campanha da Chape e dizendo que estavam torcendo pro interior ter mais dois times na serie A, QUE ÓDIO DA CAPITAL HEIM??? SÓ TEM DOIS CLASSICOS EM SC COM RIVALIDADE , SÃO DOIS, FIGUEIRA E AVAÍ E CAPITAL X INTERIOR.

  • Silvio diz: 21 de agosto de 2013

    Desde 2005, o ano da virada, de um clube praticamente falido e em risco e extinção a um time que 2007 ganha estadual, 2009 ascende a série D (nem série tinha) e agora com boas chances de subir à série A. O que houve?
    Empresários, poder publico, diretoria, torcida, comissão técnica e jogadores, todos comprometidos com o clube … é esta a resposta
    Veja que em 2010 houve um desvio de conduta com panelinhas, empresários de jogadores, etc que quase levaram a rebaixamento no Catarinense.
    Mas se voltou o foco e todos merecem o atual momento.

  • Henrique Dresch diz: 21 de agosto de 2013

    Belo comentário castija, verdão rumo a série A!

  • Armando Vogel diz: 21 de agosto de 2013

    Parabéns Chapecó , estamos orgulhosos por termos um representante Oestino a nível Nacional. Até aqui em Goiânia, perguntam!! Quem é Chapecó!! Avante, Rumo a Série A.

  • Daniel Chapecoense diz: 21 de agosto de 2013

    Castiel;
    Estou morando em Uberlândia-MG mas sempre acompanho meu time de coração, time que representa minha cidade, meus costumes, meus valores e a história de muitos de nós, que, por vezes tivemos que sair do interior para ganhar o mundo, mas sem nunca esquecer de suas origens. Este time é brigador, nosso povo também; este time é puro coração, nosso povo também; este time respeita e se faz respeitar, nosso povo também; portanto, realmente não é difícil entender a alegria dos jogadores em estar neste clube e esta torcida nesta felicidade, pois todos se tratam como uma verdadeira família.
    Sei que esta fase não vai durar para sempre. Sei que existirão fases complicadas e difíceis, mas sem a mínima sombra de dúvida, o que estes jogadores estão fazendo hoje, faz parte do momento mais importante deste clube, ou seja, estão fazendo história.

    Quanto aos “grenais”; é fácil entender, pois afinal Chapecó é uma cidade jovem e foi colonizada por gaúchos e, estes traziam os costumes e paixões de sua terra, costumes que levam muitas gerações para mudar. Minha descendência não é gaúcha, logo, não torço para nenhum destes dois times (o que reforça a “tese” acima), mas respeito quem torce.

    Espero que a Chape se mantenha e que os demais catarinenses se recuperem e consigamos elevar ainda mais o nível de nossos clubes.

    Abraços.

    Daniel

  • miranda diz: 21 de agosto de 2013

    Parabéns castiel pelo seu comentário digno de um profissional da capital que não fica em cima do muro como a RBS tem feito com os times do interior, abraço meu amigo e parabéns.

  • Darli diz: 21 de agosto de 2013

    O Verdão é nosso ORGULHO, e muitos vão ter que nos engolir.

  • Brum diz: 21 de agosto de 2013

    Honestamente??? Clube pequeno e sem responsabilidades. Nessa situação se joga sem responsabilidade e pode até funcionar. Mas não vai durar.

  • Jose Colorado diz: 21 de agosto de 2013

    Faltou citar o competente preparador físico, que faz o time voar em campo!!!!

  • Rafael Paim diz: 21 de agosto de 2013

    Muito bom o texto. Pés no chão, administração, planejamento e a união entre poder público, privado e a torcida aos poucos vamos crescendo.

    Se mantermos isto…grandes chances de subirmos. Mas por enquanto…pés no chão, humildade e muito trabalho.

  • Jonas diz: 21 de agosto de 2013

    Chegou a hora do ESTADO reconhecer a força do Oeste também, aliás alguns anos estamos entre os melhores de SC e nosso próprio estado nos desdenha, esse time chega e chega pra ficar!.

  • Zé Curió diz: 22 de agosto de 2013

    Não to secando os do oeste não mas…é preciso dar a dica:
    Só acaba quando termina!

    Quem é Avaiano sabe o que é bater na trave e não subir…

  • Alex diz: 22 de agosto de 2013

    não sobe, nem desce, simples assim.

    quando a queda começar, não vai terminaaaar :D

  • Jose Carlos diz: 22 de agosto de 2013

    Parabéns à Chapecoense, o problema será os times da Série A CHEGAREM EM CHAPECÓ , o aeroporto ( ? ) está sempre fechado , já causou dois adiamentos de jogos, é bom a CBF deixar várias datas em aberto.

  • jairaguia diz: 22 de agosto de 2013

    Parabens Chapecoense, quebra tudo figueira.

  • James diz: 22 de agosto de 2013

    Realmente os comentários são muitos, porém todos assim, na boca, meio que “falando baixinho”… pois a mídia em si, pouco da atenção a campanha frenética que a Chapecoense esta fazendo. É uma campanha INÉDITA para um time que acaba de subir da série C. Sim sabemos que falar de times com mais torcida são mais lidas e dá mais ibope. Mas se o compromisso dos profissionais de imprensa é com a verdade, acho que a Chapecoense merecia um pouco mais de atenção nesse momento, além das falações e admirações nos bastidores.

    Mas enfim, parabéns pelo texto. Totalmente realista. Somos torcedores vibrantes. Que não choramos e não crucificamos o time quando perde. Apoiamos as glorias e as derrotas.
    Diretoria esta sempre de parabéns. Aproveita sempre o que tem e faz o que pode.

    Abraços.

  • Éder Luiz Werlang diz: 22 de agosto de 2013

    Parabéns Castiel, perfeita tua explicação, é isso mesmo que ocorre aqui.

  • Éder Luiz Werlang diz: 22 de agosto de 2013

    Parabéns Castiel, perfeita tua explicação, é isso mesmo que ocorre aqui.

  • Dioni diz: 22 de agosto de 2013

    Bela matéria!

  • Machado diz: 22 de agosto de 2013

    Parabéns CHAPE!
    Sds de Jlle!

  • GUSTAVO diz: 22 de agosto de 2013

    É mto fácil entender esse clube, são jogadores com alma gaúcha. Mais um pedaço de nossa col}ônia gaúcha q se dá bem. Avante Chapecoense, mais um clube gaúcho na primeira divisão.

  • Wellinton diz: 22 de agosto de 2013

    Eu como torcedor do Figueirense, to gostando de ver a campanha da Chapecoense, e acredito que ela pode mt mais. Já a pouco tempo que ela vinha brigando forte contra os 4 grandes de SC, e para a gente não é mt novidade de que cedo ou tarde ela ia aparecer no cenário nacional. E com certeza não dá pra comparar com um Barueri ou um Ipatinga em outras épocas.

  • Alexandre diz: 22 de agosto de 2013

    Castiel,
    a Chapecoense de hoje é o meu Tigre do ano passado: jogadores pouco conhecidos, mas que são profissionais e que colocam o distintivo do clube no peito e na ponta da chuteira, além de um departamento de futebol competente
    Vamos torcer para que a Chapecoense de amanhã não seja o Criciúma de hoje!
    Abço

  • Alexandre diz: 22 de agosto de 2013

    Castiel,
    a Chapecoense de hoje é o meu Tigre do ano passado: jogadores pouco conhecidos, mas que são profissionais e que colocam o distintivo do clube no peito e na ponta da chuteira, além de um departamento de futebol competente
    Vamos torcer para que a Chapecoense de amanhã não seja o Criciúma de hoje!
    Abço

  • christiano ársego chapecó diz: 22 de agosto de 2013

    Simplesmente , falou tudo obrigado Castiel, e Parabens pelo Blog.

  • Kurt Schneider diz: 22 de agosto de 2013

    Talvez seja a hora de algumas mídias olharem para além do litoral e do futebol de outros estados e prestarem mais atenção, e principalmente, respeito, aos times do próprio estado – SC. Já é hora também de tratar com respeito o Oeste Catarinense – que por luta própria, empenho e respeito, tem feito história. Agora o convite, quem se habilita a falar bem?

  • Rudi Batistello diz: 22 de agosto de 2013

    A Chapecoense nos orgulha, somos uma só torcida apaixonada por um futebol alegre, descontraído e teimoso. A Chapecoense, como você já disse, teima em não perder. Abraço.
    Rudi Batistello

  • Rudi Batistello diz: 22 de agosto de 2013

    A Chapecoense nos orgulha, somos uma só torcida apaixonada por um futebol alegre, descontraído e teimoso. A Chapecoense, como você já disse, teima em não perder. Abraço.
    Rudi Batistello

  • César diz: 22 de agosto de 2013

    Parabéns verdão, vcs merecem. Até porque é muito bom que a Chapê se de bem para enterrar de vez a atração que vcs aí do velho oeste sentiam pela dupla grenal, o negócio e prestigiar o time da terra.

    Saudações Alvinegras/Fora Wilfredo/volta Prisco!!!!!

  • fabio diz: 22 de agosto de 2013

    Prezado Castiel, palavras precisas. Coronel Freitas, Xanxere, e etc, que se liguem pois é o Oeste inteiro que tá aparecendo. Sem polemicas. O que importa, sempre, é SC no topo.
    Que chape e Avaí continuem; que Figueira, JEC e, principalmente, o Criciúma, se ajeitem, pois tá na a A, e nao dá no jeito que tá.
    AVANTE SANTA CATARINA.

  • Edson – Jec diz: 23 de agosto de 2013

    A Chape acertou na contrataçao dos jogadores….Contrataçoes pontuais e certas…Eh dificil acertar da forma que a Chape acertou, o problema todo é o desmonte do TIME, sabemos que muitos dos jogadores da Chape, ja estao na lista de reforços de muitos times, e depois para repor é complicado…A Chape, nao é um super time…é apenas um time muito bem ajustado…Merito para a indiarada…

  • P.A diz: 23 de agosto de 2013

    Muitos confundem humildade (senso de igualdade, nem mais nem menos) com coitadismo. A educação e a cultura predominante faz o povo oestino agir naturalmente dessa forma. Particularmente se querem falar ou não da Chape, pouco importa. Porém, não aceito que falem mal ou usem de termos pejorativos tentando denegrir a imagem de um povo trabalhador e honesto (DNA) que vive muito bem as próprias custas, quando alguns próprios ofensores se acham seres superiores e dois da verdade; Pobres de espirito, pobres de princípios, sem noção da realidade, preferem viver na intangível ilusão, sem saber que um dia a tangível realidade lhes cobrará, e saberás que a vida e o tempo andaram enquanto o pobre sonhador ficou ali parado contemplando a teoria intangível (ilusão).

  • Zé VERDÂO diz: 23 de agosto de 2013

    Muitos falao q o time vai c desmancha, eles nao sabem q a chape de hj nao é a chap deanos atras hj esta muito bem estruturada com as contas em dia salarios tb e construindo um otimo centro de treinamentos.E o ano q vem vai estar com um poder de investimento muito maior, qual jogador nao vai querer jogar a série A num clube onde é idolo?VERDAO SÉRIE A 20014.

Envie seu Comentário