Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
 

A Libertadores do Verdão. Na Arena, só verde, nada de intrusos e todos contra o Grêmio

08 de maio de 2014 53

todoscontraoGrêmio1

O próximo domingo é o grito final de liberdade da nação verde. Chega de intrusos gremistas e colorados.

Não se trata de renegar as origens, muito menos de tratar mal muitos que amam Grêmio e Inter e têm o Verdão como segundo clube.

Acontece que a Chapecoense está na Série A e atualmente só cabe dentro do Condá o Verde. O pontinho azul ficará lá na torcida adversária. E fim de papo.

É preciso adquirir de vez a identidade local. Os mais jovens já têm isso arraigado e são os capitães desta campanha.

Campanha, aliás, que o clube encampou como mostra imagem retirada do Facebook oficial. Inclusive atendendo pedido do Ministério Público. 

E aproveitando que é o Grêmio, então boa oportunidade para o Verdão copar, jogar sua Libertadores, e finalmente embalar na elite.

Então, não é Série A. É Libertadores no Condá.

Bookmark and Share

Comentários (53)

  • André Bernardes Damasceno diz: 8 de maio de 2014

    Buenas …
    Sou Gremista, sócio Tricolor, frequentador da ARENA.
    Mas domingo é dia de VERDÃO!!!!

    SOMOS TODOS CHAPEEEEE !!!!!

    Abraço.

  • Kleber – Alvinegro diz: 8 de maio de 2014

    O estádio construído com dinheiro público ficou bonito.
    Os hospitais/postos de saúde de Chapecó estão no mesmo patamar?

    Saudações Alvinegras + x campeão do Estado.

  • Ricardo B. diz: 8 de maio de 2014

    Sou Oestino, com muito orgulho das origens gaúchas e da cultura gaúcha na nossa região, que fazem parte da nossa identidade. Mas domingo é Chape, e vamos lá!

  • Alessandro de Indaial diz: 8 de maio de 2014

    Muito bem escrito Castiel. Perfeito.

  • MAIOR DO ESTADO diz: 8 de maio de 2014

    chapeco = cidade de mistos

    criciuma = o TIME DE DE SANTA CATARINA!!!!

  • Rodrigo diz: 8 de maio de 2014

    É isso aí. Deixei de torcer pra qualquer outro time que não fosse o Verdão faz tempo.
    Até da pra aceitar quem simpatize ou torça para os vizinhos, mas nossa Casa é Chapecó!!!!
    Abraço

  • Igor Verdão diz: 8 de maio de 2014

    Quem estiver com dúvidas no coração, fica em casa, assista pela tv…por que não ter coração verde e branco…no Regional Indio Condá…não existe mais!!!!

  • matheus diz: 8 de maio de 2014

    E Verdão e não adianta usar camisa e ir boné grêmio ou inter.

  • Silveira diz: 8 de maio de 2014

    Castiel, senti no comentário um pouco daquela inveja/dor-de-cotovelo que os catarinenses tem em relação aos clubes do futebol gaúcho. No dia de São Nunca vocês conseguirão chegar no mesmo nível. Bairrista. Vai torcer para Flamengo e Vaso.

  • P.A diz: 8 de maio de 2014

    Castiel, é fato que temos em Chapecó um numero enorme de gremistas e colorados, trata-se de uma cultura muita antiga, como o é em Florianópolis e outras cidades com os clubes do Rio e São Paulo, principalmente. Aqui a minoria tem os clubes gaúchos como primeiro time, a maioria esmagadora é Verdão na cabeça (90%). Particularmente não entendo porque as pessoas dão tanta enfase a Chapecó sobre um fato que é NOTÓRIO em todas as cidades de SC (eu disse todas, sem exceção), torcer para dois clubes (ou quem sabe só para um, estranho a sua cidade, o que não concordo, mas são livres para isso). Torcer para um clube, não se trata de querer, é um sentimento natural, e feliz daquele que tem o coração grande e pode se identificar e colaborar com dois “amores”, isso é de cada um, particularidades, direito de ir e vir, afinal futebol é um ótimo entretenimento, nada mais que isso, salvo para àqueles que disso vivem, mas falo do ponto de vista do torcedor. Não é querer criticar sua opinião ou de outros, em querer orientar uma situação que diz respeito apenas a cada pessoa isoladamente, como já disse, trata-se de um sentimento instalado no amago das pessoas. Até “ontem” Chapecó tinha futebol 4 meses por ano, o pessoal resolveu se organizar e a evolução foi meteórica, como meteórico foi e é o apoio incondicional do torcedor, empresários e comunidade politica (11 mil sócios em dia (e aumentando) mensalidade média de R$ 100,00), enfim, o trabalho realizado, e o sucesso, se devem a grande paixão do torcedor pelo clube da cidade, justamente isso que de fato comprovada sua fidelidade e orgulho. Agora temos um clube 12 meses por ano, e tenho certeza que ainda temos muito a crescer (e vamos crescer), o projeto é relativamente novo, dirigido por pessoas empreendedoras de grande capacidade, confiança e ética, que aliada a essa torcida apaixonada, só pode dar certo. Então não preocupem, A CHAPE TEM IDENTIDADE SIM, pra dar e vender, nossa casa está muito bem cuidada, obrigado.

  • Luiz Carlos diz: 9 de maio de 2014

    Castiel, a Chapecoense está tendo uma oportunidade impar de “criar” torcedores apaixonados por ela disputando a série A.
    Dos torcedores já formados, não vai ter campanha que faça eles deixarem de ser apaixonados por Inter e Gremio, que serão eternos simpatizantes da Chapecoense.
    O Criciuma passou por isso no inicio dos anos 90.

  • Venturini diz: 9 de maio de 2014

    Como é do conhecimento de todos, Chapecó foi colonizada por migrantes gaúchos.
    Todo e qualquer descendente torce pra Inter ou gaymio.
    Somente AGORA, uma questão de 15 anos, é que a Chape tem se firmado no cenário estadual e agora, nacional.
    Claro que a juventude quer ter seus próprios valores, mas ao menor sinal de crise, tudo voltará às suas origens. GRENAL!

    Verdão Sempre!

  • Gayuchus arrugantis diz: 9 de maio de 2014

    Então tem gaúcho aqui achando que o futebol deles é enormemente superior ao de Santa Catarina? Nossa, deve ser torcedor de um Bayern da vida. Mas não. O time dele deve ser aquele de vermelho que todo ano “vem forte pro Brasileirão”, e chega em sétimo ou oitavo se peidando todo. Ou o outro, azul, que não ganha nada fora daquele estado nojento desde que o Brasil é tetra. Se isso é ser superior, eu prefiro ser inferior e ter 5 times nas Séries A e B – coisa que eles NUNCA vão conseguir!

    CHAPE NELES!

  • CEZAR DA PALHOÇA diz: 9 de maio de 2014

    Os únicos clubes que respeitam essa lógica são JEC E TIGRE, já em Floripa uma vergonha, as torcidas dos clubes de RIO E SÃO PAULO são praticamente ou até muitas vezes maior que a local.

  • XeràPorco diz: 9 de maio de 2014

    Os 5000 sócios colorados vão torcer pra chape e os outros 5000 vão torcer pro Gaymio, afinal lá é filial do RS.

  • Everton – Chapecó diz: 9 de maio de 2014

    Kleber – Alvinegro diz:
    O estádio construído com dinheiro público ficou bonito.
    Os hospitais/postos de saúde de Chapecó estão no mesmo patamar?

    Kleber, faço questão de te responder, afinal o dinheiro é público. Na realidade a Arena condá, antes das reformas só servia pra ter jogos mesmo, as arquibancadas eram cheias de terra e não serviam pra nada.. Um baita patrimônio público que ficava morto nos dias que não tinham jogos. Como o P.A. falou, há pouco tempo atras a Chapecoense tinha somente o campeonato catarinense pra disputar. quer dizer que ficava pelo menos uns 9 meses esta estrutura ociosa. Como também sabe, todas as prefeituras de cidades de médio porte ( em SC somente, claro! ) precisam de uma série de secretarias, escritórios, salas, escolas, centros para encontros e reuniões, enfim, você sabe muito bem. O valor gasto com alugueis é uma exorbitância, chega-se a casa de milhões de reais por ano. O que a prefeitura e o governo do estado fizeram, foi contas. Sim, contas, e perceberam que era muito mais viável construir arquibancadas novas e que na parte interna abrigassem todas estas salas, departamentos e secretarias, do que ficar pagando alugueis infindáveis. Você não deve ter tido o privilégio de ver como tudo esta ficando, mas te garanto o dinheiro público não esta indo pro ralo… Sob as arquibancadas novas, tem procon, escolas, secretarias, farmácias municipal, departamentos de educação… cara uma maravilha..
    Com relação ao hospital, sim esta num estado muito bom, precisei levar minha filhinha no hospital ontem, foi atendida por uma equipe maravilhosa, recebeu um atendimento muitíssimo bom, após a consulta e ela ser medicada, a médica veio até mim e pediu se estava tudo bem, se eu estava com alguma dúvida a respeito do quadro dela… Há um mês meu filho quebrou o braço, levei ele ao hospital e o médico me recebeu na porta do pronto socorro, pegaram meu menino e em menos de 25 minutos tinham tirado a radiografia, engessado o braço dele, e o médico sempre me falando o que tinha acontecido e qual o procedimento que iriam tomar…
    Há farmácias municipais, onde podemos pegar medicamentos de graça. Minha esposa é professora, trabalhou anos dando aulas no município, e te digo amigo, a estrutura didática, pedagógica e material da de 10×0 em muitas escolas particulares…
    Cara, não se preocupe, o estádio não foi dado para a Chapecoense, pelo que sei ela paga aluguel quando usa!

  • Canelinha Verdão diz: 9 de maio de 2014

    Todas as cidades tem mistos. Inclusive em floripa conheço muito flamenguista e vascaíno. A diferença é que aqui a gente LUTA para acabar com isso, a gente discute, repercute isso justamente por achar uma vergonha. Já em outras cidades esse assunto é colocado em segundo plano, aí parece que somos muito mais mistos.
    Também tem o fato da Chape entrar no cenário nacional a pouco tempo, então vai demorar alguns anos para mudar essa mentalidade. Mas eu imagino quando isso acontecer, QUEM VAI SEGURAR A CHAPE?? Se com tantos mistos e aqui no fim do mundo a gente já incomoda, daqui a um tempo muito breve essa Chapecoense vai entrar de vez para os clubes grandes do país.

  • João Batista diz: 9 de maio de 2014

    Ô Castiel, mofas com a pomba na balaia. Recado para os chavantes chapecoenses, cuidado com a camisinha do greminho na hora do jogo, pode furar, aahahhaah….

  • Fernando Avaiano diz: 9 de maio de 2014

    Eu percebo como um ato comum, o 1º time da região ou é Grêmio ou Inter. Isto se deve a rivalidade com o litoral e a pouca identidade com Santa Catarina. No jogo, haverá muito neguinho com a camisa por baixo ou mesmo com um bonezinho. Ainda bem que por aqui é diferente, Avaiano é Avaino e ponto final. Por isto, somos de fato e de direito a maior torcida legítima de SC.

  • Fernando Avaiano diz: 9 de maio de 2014

    Uma questão complicada, o estádio será 75% ocupado pela torcida do Grêmio, difícil vai ser na hora do gol. Por isto que times sem identidade é complicado no Brasileirão, comparo a Chape ao Mogi e ao Braga, não adianta, no final das contas a turma é Grèmio e Inter.

  • Fpolis diz: 9 de maio de 2014

    Ninguém percebeu que o Castiel é colorado?

  • Supremacia Azul diz: 9 de maio de 2014

    Ditadura pelas bandas do oeste?
    Por isso que sempre digo, que a Chapecoense não tem torcedor, mas apenas simpatizante!
    Torcer mesmo, torcem pra Inter, Gremio, Avaí………tentar mudar o que tá no DNA é complicado!
    Acho que querem desencalhar o estoque de camisas do índio, isso sim!!!

  • Guilherme diz: 9 de maio de 2014

    Bem eles são campeões nacionais de libertadore etc… e nós somos campões de PIB , IDH bem deixem os gauchos , paulistas etc serem felizes com seus timinhos nós temos muito mais, não se vive só de futebol…

  • Maior de SC diz: 9 de maio de 2014

    Legal esta conduta. Aqui em Criciúma já passamos esta fase. Mas o bom mesmo é torcer só pro time da casa!
    Boa sorte Chape!!!

  • semprefigueira diz: 9 de maio de 2014

    Estiou abismado.

    Ter de fazer campanha nas redes sociais para a própria torcida ir a campo com a camisa de seu time e não do adversário é muito triste.

    Querem chegar aonde?

    Lembro que na construção do Olímpico (antigo) o Grêmio aceitava doações e num episódio, a cidade de Maravilha/SC encheu um caminhão com sacas de cimento e mandou pra lá. E Olhem que na época o time gaúcho não tinha nem de perto o status que atingiu após os anos 80.

    No entanto, com relação aos times da Capital sempre houve invejinha, descaso e desejo que se ferrem. Preferem torcer para times de outros estados do que para times daqui.

    Na década passada o Figueirense cumpriu excelente campanha na série A e ganhou notoriedade nacional. Mas alguém imagina que torcedores de outras cidades do estado passaram a torcer pelo Figueira? Muito pouco. Até porque a própria crônica esportiva de Santa Catarina deu muito mais destaque ( no estado) a Fla, Flu, Vasco, São Paulo, Santos, grêmio, Inter etc.. do que aproveitou para destacar o Figueira. Via-se com muito mais frequ~encia jogos de equipes de fora, do que jogos de clubes daqui.

    Querem o quê? Depois de décadas de catecismo esportivo, ensidando a torcer por times estrangeiros? Pretendem na marra mudar a preferência dos torcedores?

    Agora precisam fazer campanhas proibindo a entrada de camisas de times rivais . É ridículo e deprimente.

    Quem sabe não criam lei obrigando as pessoas a torcer pelo time da cidade?

    SEMPREFIGUEIRA

  • Giovanni diz: 9 de maio de 2014

    O começo da queda! Se quisessem ficar na Séria A tinha era que apelar p/ os torcedores da DUPLA GRE-NAL que é quem tem $$$$; fazer uma camisa verde/vermelha e azul e aí talvez mas talvez ter um apoio decente e não de jovens “bairristas d´oeste”… Buenas, mas fazer o que, SC tem praias e belas mulheres… Já futebol se juntar Criciúma, Figueira, Avaí, Jec etc etc e entre os ETC´s o “verdinho do oeste” da 10% da gradeza da dupla do RS. Castiel e Futebol = Água e óleo!

  • Marcus Lopes diz: 9 de maio de 2014

    Será que isto ganha jogo?

  • Renato Alvinegro diz: 9 de maio de 2014

    Não vamos ser hipócritas, este discurso todo é porque esta na série A, quando estava na C tinha meia dúzia de gato pingado com a camisa da Chapecoense e se infelizmente cair para a série C, volta tudo como era no passado, bem diferente dos outros times das séries A e B do estado, em especial de Florianópolis. Infelizmente se liberar é 90% com camisa dos times do RS, é fato, falem o que quiser mas sabemos que é a realidade….

  • Fernando Avaiano Feliz diz: 9 de maio de 2014

    Castiel, que papinho é este de “É preciso adquirir de vez a identidade local”. Você mora em Floripa há anos e já te vi almoçando num shopping com a camisa do Inter de Porto Alegre.

  • Fernando diz: 9 de maio de 2014

    Então o estádio terá metade com camisa do Grêmio e metade sem camisa, que serão os colorados… kkkkkkk

  • Ricardo diz: 9 de maio de 2014

    Até entendo a motivação, mas isto não resolve e/ou impede o fato das pessoas simpatizarem com os outros times, é um pouco triste também porque mostra que não sabemos conviver com as diferenças e/ou preferências, mas se isto ganhar jogo tá valendo…se não ganhar do time meia boca do Grêmio, pode encomendar as velas para segundona…

  • Siriblumenau diz: 9 de maio de 2014

    Legal esse movimento acontecer em Chapecó, que ecoa o que acontece há um pouco mais de tempo nas regiões de Florianópolis, Criciúma e Joinville.
    É a redução de torcedores de dois times ou que consideram o time da sua cidade como 2o no coração.
    É legal ver os catarinenses tendo os times catarinenses como 1o no seu coração.

  • maior de sc diz: 9 de maio de 2014

    é só ser rebaixada que vcs tiram a camisa do grenal do armario

  • lorizete soares diz: 9 de maio de 2014

    Sou de Floripa mas sou Flamengo até morrer. Tem gente aqui que torce pro Barcelona kkkkk

  • Cesar_florianópolis diz: 9 de maio de 2014

    Torcer pro Flamengo e pro Vasco em Florianópolis pode, Mané?

  • christiano ársego CHAPECÓ diz: 9 de maio de 2014

    CASTIEL , VOCE É UM CARA INTELIGENTE , SABE QUE INTERNACIONAL E GREMIO , ESTÃO ENTRE OS MAIORES CLUBES DO FUTEBOL MUNDIAL ,NÓS COMO FILHOS DA RBS DO RIO GRANDE QUERIDO E DE SUA ETERNA AMADA E NAMORADA NOSSA SANTA CATARINA,(PARCEIRA JUNTO DA GUERRA DOS FARRAPOS) , TEMOS QUE TER ADMIRAÇÃO POR ELES ,MAS CLARO TEMOS QUE EM NOSSA CIDADE QUE MORAMOS ,GANHAMOS NOSSO GANHA PÃO E NOSSAS ALEGRIAS TORCER E MUITO PARA OS NOSSOS CLUBES MEDIANOS E PEQUENOS DE NOSSA CIDADE , SEMPRE RESPEITANDO IDENTIDADE DE CADA UM. abraço e Dale Chapecoense 1×0 domingo no Imortal Gremio.

  • Tricolor do Bonfa diz: 9 de maio de 2014

    Ahahahaha só pode ser coisa de timecos sem expressão como é em Santa Catarina, não consigo imaginar algum gremista dizendo assim: aqui no RS meu 1º time é o Grêmio e meu 2º time é o Fluminense ou sou 1º colorado e meu 2º time é o Flamengo, mas são fraco mesmo estes catarina. Libertadores da América para vocês é só pela TV e olhe lá.

  • garrasdetigre diz: 9 de maio de 2014

    No oeste a Chape reinará absoluta pois não tem outro por perto para atrapalhar, é só se manter entre série A e B nos próximos anos!
    Onde não tem antigas amarras é mais fácil surgir o novo!
    Criciúma levou 20 anos para formar sua torcida fiel!

  • Torcedor do Jec diz: 9 de maio de 2014

    Todas cidades de Sc tem torcedor de clubes de fora, tem muitos colorados e gremista em Floripa e Joinville e Criciúma, como Chapeco. Imagina Floripa que tem 30% de gauchos, a cidade com maior reduto desse povo do sul.
    Todos podem torcer e vão continuar a torcer para seu primeiro clube, ninguém tem nada com isto, mas o mais importante é ajudar o clube local e isto esta acontecendo nas cidades de Joinville, Criciuma e Chapeco.
    Floripa por ser bairrista, espantou esse povo do Estadio e estão colhendo o que plantaram, acharam que na sua cidade não podia torcer para outro clube, agora pedir para ser unicamente torcedor do Figueira e Avai é para chorar.

  • André Catarinense FC diz: 9 de maio de 2014

    É ridículo um Clube Grande como a Chapecoense, um dos 20 (vinte) na série de elite do país do futebol, ter de se preocupar com “torcedores” que ainda, mesmo estando nesse nível, buscam ser colonos, ou melhor, colonizados pelos Gaúchos.

    Grêmio e Internacional são seus maiores rivais (ou até nossos). Querem justamente que a ASSOCIAÇÃO CHAPECOENSE DE FUTEBOL, suma do mapa. Justamente para não perder torcida e principalmente renda financeira proveniente dos Catarinenses do Oeste, que pode ser o diferencial que os levaram e pelo visto levam, para conseguir maiores títulos.

  • Sem Noção diz: 10 de maio de 2014

    Parabéns P.A.,
    Seu comentário foi o mais lúcido que vi aqui até hoje.
    Afinal falar em paixão não é fácil, sustentá-la fora dos horizontes geográficos, pior ainda.
    Gostar, amar, idolatrar, sofrer, vibrar são sentimentos como bem citado (instalados no âmago de cada torcedor), em tempos de intolerância, nada mais correto do que aceitar e respeitar o time preferido do torcedor adversário, isso já diminuiria e muito cenas violentas como vimos no nosso próprio estado no final do ano passado.
    Santa Catarina é o estado mais eclético no sentido torcida, isso tem mudado devido ao progresso que os clubes catarinenses tiveram ( hoje estamos com 3 representantes na elite, perdendo apenas pra SP, iguais a RJ e a frente do RS, MG, PR);
    As novas gerações têm contribuído muito pra isso, pois essa evidência faz com que estejam presentes com o “LAZER” que é ir ao estádio torcer pelo seu clube.
    Até ao início desse milênio, o futebol catarinense era desconhecido no cenário nacional (excetuando o triunfo do Criciúma na Copa do Brasil).
    Querer arrancar o sentimento daquele velho torcedor dos tempos antigos pra viver uma nova paixão podemos considerar uma TRAIÇÃO, e convenhamos isso ninguém quer, Respeito ao próximo sobretudo. ..

  • Everton Chapecó diz: 10 de maio de 2014

    Assino em baixo P.A

    Belo texto Castiel!!

    Tenho 32 anos, e nunca me interessei por clubes Maiores!!! Chape Sempre!!!

  • João Batista diz: 10 de maio de 2014

    Tradição é tradição, é como querer que no nordeste passem a torcer para o treze com a mesma paixão do flamenguista no rio, acorda Castiel, este papinho de camisa do time, nada a ver, a chape só vai crescer na bola, a cidade inteira ajudando, contratando bons jogadores, como foi figueira e avaí, no passado recente, o resto é beijinho no ombro.

  • CARLAO DO RICO OESTE diz: 11 de maio de 2014

    kLEBER alvinegro lanterna, VCE NÃO CONHECE CHAPECÓ CAPITAL DO OESTE? AQI FUNCIONA O HOSP.REGIONAL DE PRIMEIRO MUNDO,POSTOS DE SAÚDE COM ATENDIMENTO VIP, ESCOLAS DE PRIMEIRO MUNDO,CIDADE BONITA E ESTRUTURADA,COMÉRCIO DIVERSIFICADO E FORTE,MAIORES FRIGORIFICOS DA AMERICA LATINA.EI FERNANDO ABVAIANO VCE É RIDICULO, TEUS COMENTÁRIOS SÃO BAIRRISTAS E IGNORANTES E TEM AQELE RETARDADO DO SUPREMACIA AZUL,KKKK,SUPERBIBA AVAIANA MANÉ BOCA DE SIRI, NÃO SABE O QE FALA, NUNCA SAIU DOMANGUE, NÃO CONHECE NEM A PALHOÇA E FICA FALANDO M…VAI TE CATAR O MANEEEE…

  • CARLAO RICO DO OESTE diz: 11 de maio de 2014

    EU FICO ADMIRADO DE VER OS MANÉS FALANDO QE OS TORCEDORES DA CHAPE TORCEM P/ O GREMIO E P/ O INTER, DIGO A VCES, NÃO TEM UM , MAS NEM UM TORCEDOR DE FIGUEIRA E ABVAI QE NÃO TORCEM P/ ALGUM TIME DO RIO DE JAN.(culpa da globo) kkkk, E QUEREM FALAR DO FURACÃO DO OESTE, O MAIOR E MELHOR TIME DE SC.KKKKK.VÃO SE INFORMAR ANTES DE COMENTAR ASNEIRAS…

  • ze alvinrgro diz: 11 de maio de 2014

    Cristiano orsego por favor não venha com esta historia de estavamos juntos com eles em uma guerrinha mequetrefe que perderam e apanharam igual aos pobres bois na canga , promovida por meia duzia de fazendeiros donos de grandes areas de terras com interesses proprios e nenhuma identidade com o povão ,completamente diferente de nosso estado , e que portanto não tinhamos nenhuma identidade com os mesmos , mas voltando ao futebol esta ai uma oportunidade inpar de voces conquistarem a sua identidade como clube da regiao e acima de tudo barriga verde de acordo com a cor da camiza do seu clube .

  • ze alvinegro diz: 11 de maio de 2014

    O tricolor do bonfa , da mesma forma não me imagino como brasileiro imitar argentino e torcer a favor de seus clubes como é seu caso e seus conterraneos quando jogam contra eles os clubes do rio e s. paulo , ou torcer imitando os mesmos na arquibancada porque sou BRASILEIRO ACIMA DE TUDO ! ….. que não é seu caso , quando vou ao estadio respeito e canto o hino mais belo do mundo , quanto a seu menosprezo com nosso ftebol , bem se voce se vale do futebol dos dois da capital para mostrar superioridade , então pegue um masso de pregos e vai até caxias e pregue as portas dos dois clubecos que deve tem por lá , aproveite leve algumas vacas para pastar em pelotas bagé , plante soja no estadio do grande passo fundo ,se existe alguma imitação estadio ou clube de futebol por aquelas bandas , porque se os tres clubes de serie A do meu estado são timecos , não faz sentido voce manter aberto aquelas drogas que nunca chegarão ao nivel de um clube como os nossos .

  • Pinguim diz: 11 de maio de 2014

    Criciume= 6 TIM6 D6 S6NT6 C6T6RIN6

  • Paulo André diz: 11 de maio de 2014

    Sou porto-alegrense de nascimento, e morei em Poa até os 33 anos de idade. Freqüentei o Olímpico desde os 5 anos de idade, e trabalhei no Grêmio em 2005. Em 2006 me mudei para Chapecó, cidade que me recebeu de braços abertos, e onde hoje crio as minhas filhas e ganho o pão de cada dia. Adotei a Chape como meu segundo time, e sou sócio do time, coisa que nunca fui do meu time de coração. Não posso ser confundido como um ” misto” comum, pois nasci e vivi quase toda vida em Porto Alegre, o que obviamente me faria ser torcedor de um dos times da dupla Grenal. Por gostar muito de futebol, me envolvi com a Chapecoense, pois não tenho mais disposição para viajar 500 km até Poa para ver o Grêmio. Vou torcer muito para a Chape se manter na série A, mas hoje eu não tive escolha, era Grêmio na cabeça. Mesmo sendo gremista, ajudo o clube da cidade que adotei como minha, sendo sócio. E vou continuar torcendo para a Chape, exceto contra o Grêmio.

  • Bruno Costa diz: 12 de maio de 2014

    A Chapecoense tem boa defesa e boa bola parada. O gramado é bom demais e muito baixo, facilita para quem tem atacantes rápidos e/ou um bom armador.
    Fundamental deixar a grama mais alta, igualmente impecável, mas mais alta, peara o jogo ficar mais lento. Nisso a Chapecoense já teria empatado os jogos contra Grêmio e ulTimão…

  • Tricolor do Bonfa diz: 12 de maio de 2014

    Aeeh Zé Alvinegro! adianta ter 3 times na Série A e estar com os 3 na zona do Rebaixamento, bah meu que time bem ruim esta tal de Chape se o Gremio com toda esta ruindade conseguiu ganhar tu já viu né e que campanha hein 3 jogos em casa em 1 ponto pra Chape contra o poderoso Curita coxa branca. Já o time do Zé garantindo a luz em Floripa com a lanterninha brilhando na noite da ilha.

  • ZÉ ALVINEGRO diz: 12 de maio de 2014

    O bonfa eu sou serie A do futebol pentacanpeão do mundo e o mais admirado tanbem , se voce acha que isso não adianta que não tem inportancia , pergunta para os torcedores do pelotinha se eles não gostariam de estar em nosso lugar ok ! .

  • ZÉ ALVINEGRO diz: 12 de maio de 2014

    Paulo andré parabens , é isso ai morei na inglaterra conprei e usei a charmosa camisa inglesa por lá e uso aqui tanbem como vi muitos italianos ingleses usando a nossa amarelinha , o futebol é um esporte mundial o mais popular de todos e portanto é antigo , ridiculo a arrogancia de certas pessoas menosprezando qualquer clube ou situação do mesmo , o futebol é emocionante para todo torcedor seja qual for a grandeza de seu clube o futebol sobrevive pela sua magia que não é encontrada nos demais esportes .

Envie seu Comentário