Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
 

Estilo Argel na Chapecoense, Dal Pozzo no Avaí é o gancho para uma movimentação inteligente do mercado

23 de maio de 2014 29

Primeiro quero dizer que sou um fã do Gilmar Dal Pozzo. E também sou absolutamente contrário a interromper trabalhos duradouros.

Mas a Chapecoense foi muito correta com Dal Pozzo e Dal Pozzo foi muito profissional com a Chapecoense. Apesar disso, era hora de mudar.

Dal Pozzo é um técnico com imenso futuro no futebol brasileiro. Como disse, sou contra mudanças como ocorre no Brasil, mas há exceções. E o caso da Chapecoense me parece se enquadrar no perfil exceção.

Exauriu a capacidade do Dal Pozzo de mudar o quadro. Sei que a Chapecoense está interessada em Argel. E se a conversa evoluir (o técnico tem fortes ligações com Chapecó, inclusive a mulher dele é de lá) acho que será um golaço.

Se não for Argel, que seja um técnico com o perfil dele. Que sacuda, que mexa com a torcida, que faça o Verdão vencer jogos em casa.

Estamos investigando e logo que o clube informar o novo treinador, atualizamos este post.

E o mesmo vale para Pingo no Avaí. Um belo profissional, mas ainda sem fit num time com a cobrança do Leão. Então, a oportunidade faz o negócio. Dal Pozzo no Avaí cai como uma luva. Aliás, seria recebido muito bem pela torcida, basta ver as redes sociais.

Bookmark and Share

Comentários (29)

  • vilson jose teodosio diz: 23 de maio de 2014

    Se este argel e uma boa opcao para qualquer time do Brasil, logo teremos que importar tecnicos do Haiti, Republica Dominicana, etc. Como falam aqui em Florianopolis: “Tax brincando !”

  • Rudi diz: 23 de maio de 2014

    Técnicos e jogadores deveriam receber por vitórias. Se assim fosse, na série A, do time da Chapecoense ninguém ganhava nada.

  • Everton – Chapecó diz: 23 de maio de 2014

    Castiel, acho que esta corretíssimo na tua avaliação. O Dal Pozzo é um profissional espetacular, homem valoroso, e que fez com a Chape em quase dois anos, nunca jamais será esquecido. Mas acho que até os mais otimistas e esperançosos não apostavam mais na permanência dele. O que me deixa com “a-pulga-atras-da-orelha” é que todo o trabalho vai sofrer um momentâneo retrocesso, porque, ao meu ponto de vista, não era somente o técnico, mas também alguns jogadores com uma qualidade menor que a exigida pela série “A”. Enfim, continuamos na torcida!

  • Adriano diz: 23 de maio de 2014

    Castiel, por acaso és amigo do Argel?
    Pô, se você falou que “Se não for Argel, que seja um técnico com o perfil dele. Que sacuda, que mexa com a torcida, que faça o Verdão vencer jogos em casa.”, espero que você não estivesse querendo dizer que o Argel tem tudo isso! Se for, está forçando a amizade.

  • Emir diz: 23 de maio de 2014

    Imprensa esportiva da capital campeã em derrubar técnicos.Esta na hora dessa mesma imprensa dar uma gelada no:Marquinhos,Cleber Santana e Rafael Costa.A muito tempo não fazem jus ao salário que recebem.

  • Leonardo Costa diz: 23 de maio de 2014

    Como já citei no post em que você dava como certa a saída do Dal Pozzo, ele não poderia ser demitido, o Presidente estava correto em nao querer mandá-lo embora. Argel é mais do mesmo, outros técnicos é investir mais do que os 70 mil que o Gilmar ganha. Ou seja, o critério que tá sendo usado nas contratações, nao foi usado na demissão.

  • Eduardo Bastos diz: 23 de maio de 2014

    Dal Pozzo tal qual Argel, faz parte daquele rol de treinadores do Brasil, que tem apenas um esquema tático, no qual incluo como exemplo o Mano Menezes, o Muricy, o Oswaldo de Oliveira, que não conseguem resultados com seus elencos e continuam pedindo reforços! O Ituano foi campeão paulista de 2014, enfiando no saco o Santos, São Paulo, Corinthians, Palmeiras, pois seu treinador conseguiu VER a habilidade de cada jogador e ao juntá-las conseguiu fazer com um elenco limitado individualmente um time forte e competitivo. Assim também foram o Botafogo de Ribeirão Preto, Penapolense e outros considerados pequenos, que não tinham no elenco o Pato, o Ganso, o Luis Fabiano, O Leandro Damião, o Alan Kardec, o Guerrero, etc. O Brasil não tem ninguém na Libertadores, pois seus times perdem lá fora e dentro de casa também, pois seus treinadores são ruins e a mesmice impera!

  • Cleber A. R. diz: 23 de maio de 2014

    A diretoria não teve ombridade pra assumir os erros e descontaram no Dal Pozzo. Além das contratações erradas a direção errou novamente em mandar o técnico embora. E se o próximo técnico não engrenar? Vão mandar quem embora? E o Anderson Paixão vai também? Se este sair também ai lascou de vez.

  • Elio diz: 23 de maio de 2014

    Sempre a “lesma lerda” Castiel, rodízio dos mesmos treinadores (meia dúzia deles, um pouco mais), nos mesmos times…como se isso fosse fazer alguma diferença. A realidade é que os jogadores são ruins, os salários são supervalorizados em todo o futebol profissional…aí os clubes tem que gastar uma grana pra manter mocorongos metidos a boleiros. Então, é mais fácil “trocar” de treinadores.

  • vanderlei diz: 23 de maio de 2014

    pessoal cada um tem sua opiniao , nao adianta criticar , cada um opina como acha , eu acho tbm que tava na hora de sair o dal pozzo e mais uma penca de jogadores tbm , a maioria desses jogadores sao de serie D que estao ai no plantel , pode trazer ate felipao que nao adianta ,,,

  • Willian diz: 23 de maio de 2014

    Dal Pozzo sai da chapeconese mas sempre terá meu respeito por tudo o que ele fez com esse time.O Ano de 2013 ficará na historia como o melhor ano da chapecoense até hoje. Porém alguma coisa precisa ser feita para que 2014 não fique marcado como o pior ano da chapecoense e vire vergonha nacional. Existem muitos culpados mas não tem como resolver tudo de uma vez só. Agora foi técnico, daqui a pouco vai jogadores etc..

  • altamiro diz: 23 de maio de 2014

    seria muito bom o Dall pozzo no avai.
    é hora de mudar pois o pingo não conseguiu acertar o time que creio vai lutar pra não cair.

  • IK diz: 23 de maio de 2014

    O pessoal, vocês todos forçam demais a barra. TODOS. Querem ver uma coisa: O Rangel vai chegar a chapeco, vai entrar no time, provavelmente vai marcar uns gols, e ai vão dizer: Tá vendo como tinha que trocar de Técnico. NADA DISSO. Os times Brasileiros estão caindo pelas valas, e vão culpar o técnico. Se eu fosse técnico de futebol, com certeza eu mudaria de profissão. Hehehehe. Claro que não. Onde é que o Dal Pozzo iria ganhar R$ 70.000,00??? O que eu já acho ridiculo, pagar R$ 70.000,00. Um tecnico de sse nivel, no maximo R$ 7.000,00. Só que com R$ 7.000,00 ele não poderia andar de IMPORTADO, nem de Altas caminhonetes. Certo? O METRO, é outro que vai dar VEXAME na série D. Vao contratar PERNAS DE PAU de SP, da 4 e 5 divisao Paulista, e querem chegar a algum lugar. Sendo assim, vou colocar 20,00 de gasolina e quero ir de Blumenau a Chapecó. NUNCAAAAAAAAAAAAAAAAA.

  • mario diz: 23 de maio de 2014

    Meu caro Castiel, Argel é treinador de 4 rodadas e depois acaba o gás. Quanto ao Gilmar é treinador de time pequeno e que joga com 9 na defesa e apenas 1 no ataque. Sendo que a defesa fica dando chutões para o atacante correr sózinho na frente. Pingo é um treinador muito melhor portanto para de puxar o tapete dele.

  • BrUnO diz: 23 de maio de 2014

    Na minha opinião era um grande treinador (Fez muito com pouco).. Infelizmente no futebol é assim.. sempre acaba sobrando primeiro para o técnico. Tinha que mandar embora era uma meia dúzia de perna de pau que ta lá só recebendo salário.

    Uma pena! Era um grande profissional, pessoa simples..Mas desejo sucesso ao Dal Pozzo

    E que as coisas melhorem pro lado do meu verdão!

  • Rodrigo diz: 23 de maio de 2014

    Nem pensar nesse retranqueiro!!! Antes que venha. Fora Gilmar!!!

  • Rodrigo diz: 23 de maio de 2014

    Nem pensar no avai, o time já é ruim, com esse retranqueiro é certeza de serie C!!!

  • argel fusca diz: 23 de maio de 2014

    esse Gilmar dal pozzo sempre foi um R E T R A N Q U E I R O,o medo de perder era maior que vontade de ganhar.

  • semprefigueira diz: 23 de maio de 2014

    Ué, agora querem o Dal Pozzo no Avaí?

    Mas o Pingo não era excelente, um baita treinador, uma revelação, a salvação do Avaí?

    A cada dois meses querem trocar de técnico como se fosse deles a culpa?

    E mais, resta saber se o Uram vai deixar demitirem o técnico que ele agencia.

    Eita várzea.

    SempreFigueira

  • Sérgio Tell diz: 23 de maio de 2014

    O Avaí não saberia jogar com 10 atrás e apenas um na frente. Retranqueiro uma barbaridade esse Dal Pozzo, bem! ele ela goleiro, não dá para esperar muito.

  • Que vergonha diz: 23 de maio de 2014

    Catarinenses na série A, uma vergonha pro estado, a Chapeconese nem estrutura tem o FiGAYra então a série b é pouco, pode trazer o Papa pra técnico que não adianta de nada os timinhos tem que ficar nos seus lugares SÉRIE D

  • Chico Itapema diz: 23 de maio de 2014

    Todos os técnicos, escalam seu time para não perder o emprego. Um dos motivos que não apareceu mais jogador de meio campo e atacantes no Brasil.
    A bola não chega no atacante, e um gol de sorte sempre salva esses malas e a maioria dos times tem 6 ou 7 zagueiro no time.
    Agora imaginar Dal Pozzo no Avai, credo…acha que ele não sabe que ninguém recebe neste clube. Pergunte ao HM se ele recebeu seus salarios.
    Tem clube muito melhor para ele.

  • Verdãozinho! diz: 23 de maio de 2014

    Após os primeiros jogos do estadual… uma raposa bem felpuda disse que a Chapecoense não deveria ter renovado com o Dal Pozzo… deveria sim, erguer uma estatuá pra ele em frente ao Índio Condá, entregar a chave da cidade, título de cidadão chapecoense, honra ao mérito e etc… depois dar um forte abraço e dizer: “Obrigado Dal Pozzo… temos um longo caminho pela série A e temos que continuar a vida…”

    Mas não… esperaram os fim do estadual e início do Brasileirão… amargar a lanterna para daí sim mandar o cara embora.

    Bela “fritada” hein turma da Chape… vocês poderiam ter poupado ele disso…

  • Alecsandro diz: 23 de maio de 2014

    Trocar o Dal Pozzo pelo Argel vai ser a maior burrice cometida até hoje na Chape, trocar um treinador estudioso por um animador de circo (vide o que ele fez em Joinville pela Portuguesa). Agora, ele ir para o avai? duvido, gringo pão duro do jeito que ele é, tu acha que ele vai querer trabalhar sem receber???

  • MAURINO BASTOS diz: 23 de maio de 2014

    Acho que não era o principal culpado pela má campanha da Chapê. Mas como é mais caro demitir certos pernas de pau…
    Não acho que o Argel seja qualificado para substituir o Dal Pozzo. Será mais um tiro no pé que a diretoria vai dar.
    Assim como tiro no pé será, se o Dal Pozzo aceitar vir para o Avaí. Com certeza não se sobressairá o seu trabalho, ante a negativa dos 3 tenores, da melhor meia cancha do Brasil. ABRE O OLHO DAL POZZO!!!

  • Marcos G. Ristow diz: 23 de maio de 2014

    Na minha avaliação, faltou à comissão técnica e à diretoria da Chapecoense uma melhor avaliação sobre a participação numa Série A. Não basta ter jogadores comprometidos. É preciso ter um elenco de maior qualidade e, se possível, um ou dois jogadores diferenciados. A Chapecoense sempre priorizou a contratação de jogadores comprometidos, em detrimento de uma melhor qualidade técnica.
    Quanto ao Avaí, entendo que o problema não é só técnico. O elenco é fraco e aqueles que podiam fazer a diferença não estão jogando nada. Creio que o Pingo não barra o Eduardo Costa, o Marquinhos e o Cléber Santana porque não tem outras opções. Além de peças de reposição para o meio de campo, seria preciso contratar mais um lateral direito, dois zagueiros e um atacante bons.
    Diante da situação atual, o time vai brigar para não cair e a situação financeira vai piorar muito. Se a diretoria tivesse mais profissionalismo, não teria mantido o Diego, o Eduardo Costa e o Cléber Santana. Acredito que sem eles, que ganham altos salários, a produção do time seria igual ou melhor.

  • Ricardo diz: 24 de maio de 2014

    Argel, de acordo contigo! Tomara que venha, sacode o vestiário, o clube e dá uma arrancada. Depois, não sei. Mas no momento a Chape precisa disso.

  • Christian diz: 24 de maio de 2014

    Acho que a Chape cometeu um erro. O elenco da Chape é fraco para uma série A. Tinha que reforçar a altura e não o fez. E Dal Pozzo cometerá erro maior se aceitar o Bvai. Tem tudo para não dar certo. O elenco do Bvai é limitadíssimo, o clube está virado numa zona e o cara é competente, mas não é milagreiro.
    A verdade é que o Dal Pozzo é, há tempos, o sonho de consumo da croniqueta bvaiana da capital.

  • Pinguim diz: 24 de maio de 2014

    No Bvai NÃO! ………..Nós queremos o SILASSSSSSSS.

Envie seu Comentário