Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
 

O assédio a Geninho pelo Criciúma é imoral ou algo normal no futebol? As teses e minha opinião

25 de agosto de 2014 37

Como informou o colunista Roberto Alves, o Criciúma não perdeu tempo e ontem a noite mesmo já sondava o técnico do AVaí, Geninho para assumir o cargo que agora está vago. Aliás, informação exclusiva de outro colunista do DC, Rodrigo Faraco, que já adianta que o clube procurou Dorival Júnior. Este declinou por problemas de saúde na família. Então Celso Roth passa a ser a nova mira.

Como vemos, o DC está bem nessa área, se você nos lê, sabe sempre antes.

Pois bem, depois de levar Cleber Santana, tentar levar Geninho seria ético? Desmontar o que o Avaí construiu a duras penas?

Sim, porque a saída de Geninho seria equivalente a um terremoto em alta escala na Ressacada. Ruiria uma frágil construção de time, que em breve deve ganhar André Lima para fazer o que lhe falta no momento, abastecer o ataque.

Há duas linhas de raciocínio. A primeira é de que o bom relaciomento entre Avaí e Criciúma, histórico e notório, deveria ser respeitado neste momento. Mesmo que alguém na diretoria do clube tricolor não queira saber de Gilmar Dal Pozzo, que a torcida abraçaria sem problemas.

Pelo que consta, em informação de Rodrigo Faraco, o presidente Antenor Angeloni, em respeito ao Avaí, vetou a investida em Geninho hoje para manter o bom relacionamento em respeito a tese de cima.

Outra linha de raciocínio é a de que um time de Série A tem o direito de fazer proposta a um técnico de Série B, mesmo que seja Geninho, reconhecidamente de alto nível e que “está” na Série B, mas não “é de Série B”.

Deste episódio todo, vale a excelente postura de Geninho, que não aceita ouvir propostas de times que tinham técnico (o anúncio oficial foi só hoje).

Falei de duas teses, mas não posso encerrar o post sem a minha opinião. Acho que o Tigre tem o direito de fazer a proposta, sim, é do mundo dos negócios, quem pode mais chora menos.

Contudo, se fosse o Geninho, não aceitaria: o Criciúma já provou, por A + B, ser um cemitério de técnicos, é o cargo mais instável do país, talvez do Planeta!

Agora, se o nome for Dorival Júnior, parabéns! Excelente aposta

Bookmark and Share

Comentários (37)

  • Elias diz: 25 de agosto de 2014

    Sou alvinegro não gosto do BAVAI, mais os carvoeiro querendo levar um técnico que esta bem no time e fazer proposta, eu acho imoral por parte do Criciúma.

  • Rodrigo diz: 25 de agosto de 2014

    Pois é Castiel!
    Sabemos que muitas empresas, organizações, clubes de futebol, em síntese, estabelecimentos profissionais de modo geral, costumam assediar profissionais gabaritados para exercer funções com a qualidade que se espera. Só que existe algo chamado ética, que infelizmente não é a tônica de nossa sociedade, pois se alguém está desenvolvendo adequadamente suas funções num universo de atuação, por que conturbar um ambiente em nome de benefício próprio? Acho que nós todos devemos acabar com essa mentalidade mercadológica que, por sinal, está acabando com a democracia.
    Abraço.

  • Manoel da Costeira diz: 25 de agosto de 2014

    Direito todos têm, mas o Geninho já tem sangue azul…
    Colocando uma referência boa no ataque e uns laterais de verdade, ganhamos no BrincaMundi do Estreito ano que vem tranquilo.

    Acertaram o “bicho” no estreito e ganharam ums jogos com as calças na mão, mas logo, volta para o seu lugar definitivo e que está acostumado…

    Vamo Avaí!!!!

  • semprefigueira diz: 25 de agosto de 2014

    Ética?
    E quando o Heber com contrato no Figueirense se apresentar diretamente no Avai é o quê?? Há, tá. Foi o Avai então pode tudo.

    Pessoalmente eu também acho falta de éticao assédio do Criciúma, mas o Avai não e o time mais ético do mundo, ou é?

    Ademais, o Post revela uma vonatde imensa da parmanência do Geninho no Avai, e a preocupação com o time do sul da ilha o que é de se estranhar. Ademais, cemitério de técnicos o Avai também foi nesse 2014, foram uns 4 ou 5 “fritados”, mas todos festejaram a chegada do Geninho. Porque não festejar a ida dele ao Criciuma?

    SEMPREFIGUEIRA

  • Manuel diz: 25 de agosto de 2014

    A resposta é: Imoral.
    Quando tinham um treinador bom (o Argel), trataram de escurraçá-lo em razão de vaidades internas, agora querem pescar no aquário dos outros, daqueles que vêm fazendo o dever de casa.
    Vão a luta diretoria…

  • Tricolor Enlouquecido diz: 25 de agosto de 2014

    Quem pode mais chora menos!

  • Lucas diz: 25 de agosto de 2014

    Bom, como o time do mangue esta passando fome, é so mandar umas cestas básicas e levar quem eles quiserem, nada de imoral, na verdade estaria ajudando os pobres coitados la da penhorada, ops digo ressacola.

  • adriano diz: 25 de agosto de 2014

    ACHO QUE ESTA QUESTÃO,NEM DEVERIA SER LEVANTADA,MAS JA QUE FOI….ACHO NORMAL,HAJA VISTA QUE OS DOIS TIMES AI DE FPOLIS,SÃO CAMPEÕES EM FAZER ESSE TIPO DE SONDAGEM NO NOSSO FUTEBOL CATARINENSE.

  • Sérgio Tell diz: 25 de agosto de 2014

    O Geninho não é bobo, é melhor para a já gloriosa carreira dele, subir da B para a A do que cair da A para a B, me entendes né?

  • braga diz: 25 de agosto de 2014

    KKKKK,isso só pode ser piada.imoral?os dois da ilha,”QUANDO TINHAM” dinheiro,eram os que mais assediavam técnicos e jogadores dos times de SC,agora tu me sai com essa Castiel?o Geninho tem mais é que ir treinar na série A,só se ele for”tanso” de ficar no avaí,por palavra dada ou por desafio profissional……acordem.pau que bate em chico,bate em francisco.

  • Claudio_Criciúma diz: 25 de agosto de 2014

    Por se tratar do clube que no momento tem a melhor extrutura, melhor elenco e melhor condição financeira do estado, não se espantem se o Geninho abandonar essa barca furada do Avaí, não há como comparar as condições de trabalho. Mas como um cricuimense honesto eu espero que isso não aconteça. Seria muita humilhação pros meus amigos avaianos perderem dois pro tigre em menos de uma semana. Temos o dever de ajudar os mais necessitados e não lhes tirar o pouco que dispoem.
    Abraços do Tigrão e que venha um treinador de verdade, pois é só isso que está faltando

  • schwastanheger diz: 25 de agosto de 2014

    Engraçado qualquer coisa que possa trazer prejuízo ao time da elite cataucha, eles ficam todos enlouquecidos e arrumando um jeito de a serenar a situação. Mas quando o Avai sugou o Pingo do Brusque no Catarinense e com isso o Brusque teve sérios problemas, eles não mencionaram ética alguma. Agora vem falar em ética e bom relacionamento, como diz o Mané, pouca farinha meu pirão primeiro. É Verdade, pimenta nos olhos dos outros não arde.

  • Maior de SC diz: 25 de agosto de 2014

    O Criciúma não procurou o Geninho… estão querendo fazer intriga.

  • lorizete soares diz: 25 de agosto de 2014

    Me cite somente um caso onde exista moral no futebol? E lhe pago um cafezinho.

  • alvinegro diz: 25 de agosto de 2014

    embora seja Figueirense, minha solidadariedade aos avaianos, não é de hoje que o Tigay de Bengala tenta desmerecer os times da capital, pura inveja, nunca serão capital, só capital do CARVÃO APAGADO! BEM FEITO, VÃO CAIR PRA B, DE NOVO, TIME BILOQUÊ DE SC, TIME Iô-IÔ, RESPEITEM A CAPITAL, ANÕES DO CARVÃO!

  • P.A diz: 25 de agosto de 2014

    Nem tudo que é legal é justo e vice versa. Seria falta de ética do Criciúma e igualmente do Geninho, viesse agora aceitar conversar. Particularmente condeno esse tipo de atitude, principalmente entre clubes, como no caso, do mesmo estado, co-irmãos.

  • Supremacia Azul diz: 25 de agosto de 2014

    Historicamente a carvoaria nunca teve muito escrúpulo e não me surpreenderia um atitude nesse nível.
    Mas certamente o Geninho não seria louco de sair de um grande pra um pequeno!
    Fora de questão!!!

  • Fernando Avaiano diz: 25 de agosto de 2014

    Eu penso que é mais negócio para o Geninho um prejeto de um time de Série A 2015, como esta se desenhando o Avaí do que ser técnico de um time quase certo na Série B como o Tigre. Todo mundo sabe que o ano para o time do sul acabou, agora é correr pro abraço e esperar a segundona do próximo ano. Além disso, quantas rodadas o Geninho aguentaria no mau grupo do time do sul, 1, 2, 3 jogos. hoje o mais instável de tudo sem dúvida é ser treinador dos Golfinhos do sul. Neste ponto, Geninho ganha muito mais em continuar no Leão, ainda se fosse pra ir para um Cruzeiro, Inter, Atlético Mg, São Paulo, mais Criciúma… faça me um favor né.

  • André diz: 25 de agosto de 2014

    “bohoo bohoo estão querendo levar o meu treinador”.

    Quer manter o funcionário contra a concorrência? Pague mais. Lei de mercado.

  • Eduardo Bastos diz: 25 de agosto de 2014

    Antenor Angeloni, não se prestaria a esse papel, e só pegou o Cleber Santana pela situação que o jogador vivia no Avaí. Creio que tenha sido obra do seu Diretor de Futebol, que junto com o já demitido Guto Silva, tem em 2014 um histórico de lambanças, estando no 3º elenco, vários treinadores, etc….

  • Eduardo Bastos diz: 25 de agosto de 2014

    O Criciúma vai ter dificuldade para contratar um treinador….Que fiquem com o Dal Pozzo, pois como diz o bordão: ” Pior do que está não fica!”

  • João Schultz diz: 25 de agosto de 2014

    O que esse WAGNER LOPES fez com o maior time de SC é motivo de prisão.. saiu rindo e falando de um planejamento inexistente… levando o nosso dinheiro com a conivência da Direção de Futebol que está afundando o clube em 2014.. VERGONHA para SC e para um cube grande como o Criciuma.. VERGONHA e o Sr Claudio deveria sair tb… qdo chegam os reforços??? o os 40 mercenários que vieram vão resolver????

  • Fillipe Gomes (Teresina) diz: 25 de agosto de 2014

    Acho que seria interessante para prevalecer o estreitamento da parceria existente entre os times que possuem felinos como mascote.

    O Criciuma já fez a caridade de assumir um ex jogador pagando 150 mil por mês. Sendo assim, por gratidão, o avai deveria liberar o Gênio Diminutivo, de graça e sem choro.

    Ano que vem, os dois na B, poderiam dividir o custo do Cléber Santana por 2. Jogaria no 1° semestre no avai, pra aproveitar o verão em Floripa e no 2° semestre representaria o criciuma na série B do Brasileirão.

    Tudo em nome dessa amizade que voltou a ser como era: Tigre+Leão=torcida de anão, ops, irmão.

  • vera diz: 25 de agosto de 2014

    Tudo mentira! a imprensa 4v4i4n4 quer valorizar o técnico deles .Isso nunca passou pela cabeça do tio.

  • cesar diz: 25 de agosto de 2014

    Po o cara torce pelo Figayrense e fala de ética. e gargalhar.

  • Marco diz: 25 de agosto de 2014

    É trabalho, normal no futebol. Se fosse o contrário seria normal? Não lembro de nenhum caso do avaIBIS, mas o FREguera já fez isso com o Tigre com o jogador Marquinhos Paraná. O Vitória da Bahia já fez isso com o Tigre com o jogador Ramon. O Juventude de Caxias do Sul já fez isso com o Tigre com o Dorival Junior. Isso vai existir sempre. Ética? Se a proposta for boa e interessante, ele pode aceitar ou não. Recentemente o Cleber Santana negou o Tigre por duas vezes… Falta de ética é prometer um salário, não ter condições de pagar, atrasar e depois liberar por não ter condições de arcar com as despesas… Ética, pffffffff. Saudações carvoeiras!

  • Garcia diz: 25 de agosto de 2014

    Olha, por mim Haway do mangue e time do mercado não representam nada, portanto vou dar meu pitaco SOMENTE sobre ética e imoralidade.
    Falta de ética e imoralidade é no nosso local de trabalho ficarmos tentando a todo tempo “puxar o tapete” do colega de trabalho. Então se trabalho numa micro empresa e ganho r$ 1000,00, aparece uma empresa grande me oferecendo maior salário e maior visibilidade, então é imoral e antiético? Com certeza quem fala isso em futebol, ou não tem instrução escolar, ou não sabe o que é ética e imoralidade.

  • Edson – Jec diz: 25 de agosto de 2014

    o figueirinha levou o Argel do Jec, e ninguem achou antietico…

  • D4 B4rr4 diz: 25 de agosto de 2014

    O ex-presidente Loddeti é o autor da seguinte frase:
    ” O Avai é a casa da Geni ”
    Assim sendo, é só entrar, pagar e levar.
    Principalmente agora que o movimento está fraco e a fome ronda o mangue,.. hihihi.

  • Wanderley diz: 26 de agosto de 2014

    A minha opinião e a seguinte, quando o avai no catarinense foi tirar o pingo do Brusque que lá estáva trabalhando achei errado,pois até poderia contratar mas para assumir após o termino do campeonato como também não concordo que seja ético o Criciúma tentar fazer o mesmo agora com o avai. Outra coisa não acredito que o presidente do Criciúma sendo um empresário e tendo negócios também na capital não seria bom para a sua empresa ter este tipo de atitude.

  • Paulo diz: 26 de agosto de 2014

    Não imagino como possível um técnico aceitar sair de uma capital vibrante, cidade aprazível, com gente bonita e feliz para se enterrar numa cidade desconhecida, feia, poluída e sem nenhuma atratividade. Além disso, para trabalhar num clube com um dono gagá, mal educado e prepotente, cuja “extrutura” (sic), como disse um tal de Claudio_Criciúma ai em cima, seria a melhor do estado. Não custa lembrar que o gagá Angeloni é dono de tudo. O Criciúma não tem nada, inclusive a estrutura (é assim que se escreve, viu Claudio_Criciúma), ira embora com o dinheiro do Angeloni, a hora que este enjoar de brincar de dirigente ou mesmo ter que abandonar pela idade avançada. O Criciúma voltará então a ser o mesmo de sempre: cambaleante, quebrado, sem ninguém para assumir, rebaixado às categorias inferiores, aliás, sem “habitat” natural.

  • Junior diz: 26 de agosto de 2014

    Sempre figueira, esta é para tu cara pálida.
    Aquele bonde do Heber, prá ser ruim assim só podia ser criado naquele antro, leva ele de volta.
    Outra coisa, a verdade tarda mas não falha, vejam a matéria no site do Futebol Interior, em entrevista com o árbitro Alfredo Loebeling, lembram dele?
    Acabou a carreira para retirar da súmula a invasão do chiqueirão, no jogo do Caxias.
    Ele diz:
    Loebeling:— Tinha colocado que a torcida do Figueirense tinha invadido ao campo quando o jogo ainda não tinha acabado, faltando os acréscimos, no jogo contra o Caxias, quando o time catarinense subiu da Série B para a Série A. Em tese, o Figueirense perderia os pontos, mas a alteração na súmula, omitindo o fato, inocentou o Figueirense.
    Quando digo que naqueles lados só tem falcatrua, acham que exagero, agora a verdade veio à tona, portanto, paguem o acesso para a B.

  • Maurino Bastos diz: 27 de agosto de 2014

    O Criciuma está se achando o rei da cocada preta. Só porque o seu presidente resolveu rasgar dinheiro, é o presidente de clube de SC, que arrecada grana nos 3 estados do Sul, acha que pode tudo, que não precisa ter respeito. Se quisesse o gênio, por quê não o contratou antes? Agora vem os anti ALVINEGRO, querendo fazer lobi sobre o NOME DO ARGEL. Ué, quando estava lá mandaram embora sem motivo aparente. Agora como viram que erraram, ele está fazendo um bom trabalho no. Figueira querem de volta? Perguntaram isso pra ele? ESSES JORNALISTAS DE ARAQUE, MAIS PARECEM URUBUS QUERENDO COMER CARNIÇA.

  • Carlos Cojeka diz: 27 de agosto de 2014

    Ele disse que não vai. Prefere treinar time grande.

  • Maurino Bastos diz: 27 de agosto de 2014

    O Geninho já demonstrou ter caráter, pra dar e vender aos dirigentes do Sul, inclusive a esse blogueiro, não vai trocar o certo pelo duvidoso. Tem mais chance de ir para a série A, no próximo ano do que indo para Criciuma. Deveriam primeiro acabar com a guerra de vaidades interna que está refletindo em campo. Cito como exemplo o nosso glorioso Figueira a bem pouco tempo. O que é bom deve ser imitado. Mostra sinal de grandeza, personalidade e caráter.

  • Rodrigo diz: 29 de agosto de 2014

    semprefigueira!
    Ética é uma coisa que não depende de dirigentes de Avaí ou Figueirense fazerem ou deixarem de fazer algo. Filosoficamente, trata-se de um processo de reflexão sobre a influência das normas sociais sobre a conduta humana. Ou seja, é demonstração de bom caráter e, principalmente de boa vontade em relação aos outros. Por tal pressuposto, é antiético quem não age desse modo, inclusive quem apoia publicamente ou em universo privado atos de desrespeito. Para concluir, acho que não preciso lhe dizer mais nada sobre a natureza de seu comentário, não achas? Ah, esqueci de dizer (agora a todos): a maioria dos comentários são compatíveis com a corrupção nutrida em nosso país. Puro individualismo! E não me venham com esse papo de que a torcida é passional, porque quem age por instinto é animal.

  • FALCAO DA CAPITAL DO OESTE diz: 1 de setembro de 2014

    CONVERSA MOLE DE TIME DE SEGUNDA DIVISÃO, O MELHOR É A CHAPE, MEU QERIDO FURACÃO DO OESTE, O VERDADEIRO FURACÃO DE SC, O RESTO É BALELA…..UUUU

Envie seu Comentário