Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
 

No ritmo da Guri e da Clube, mesmo à distância curti uma tarde deliciosa de futebol com tempero lageano

21 de março de 2015 25

No ritmo da rádio Guri e da Clube, mesmo à distância, adorei curtir uma tarde de futebol lageana. Tive o prazer de acompanhar o jogo do Inter de Lages diante do Joinville (vitória por 1 a 0) ouvindo um pouco a rádio Clube e depois a rádio Guri.

Na clube, os comentários de Zé Melo, lenda do futebol da região e do Estado. Muito direto, comentário que o povão entende, show de bola.

::: JEC vence o Inter de Lages com gol de Fernando Viana
::: Confira a tabela do Estadual 2015
::: Leia mais sobre o Campeonato Catarinense

E foi delicioso acompanhar o restante da partida com a equipe de esportes lageana da Guri: cobertura bem humorada e com um ótimo ritmo do narrador Pablo de Melo. Estilão todo próprio de tratar o futebol nas ondas do rádio local.

Adorei o bordão “Bola rolaaando na Guri, a rádio gostosa de ouvir” ou a “Camisa 10 do futebol lageano”. E descobri que “Caiu no Municipal, se deu mal!”, a  versão do “Caiu no Horto tá morto”, aproveitando o nome do Tio Vida, que é o Estádio Municipal Vidal Ramos Júnior.

Eles têm umas tiradas fantásticas. Lá pelas tantas, ao falar de uma falta do Wellington Saci, o repórter lascou: “Em briga de Saci, qualquer chute é voadora!”.

Outra: o narrador pergunta, onde foi a lesão? A resposta: “Na sambiquira”. Fantástico.

Noutro momento, se dizendo preocupado com a expulsão, alguém lascou: “Torcida ficou mais preocupada do que Noé quando o casal de cupim entrou na arca”.

E sobre a expulsão, o comentarista mais comedido falou: “Bacabal fez a traquinagem do dia”. E o repórter, mais incisivo, corrigiu: “Traquinagem? Fez a cagada do dia!” Ri alto na sala da minha casa.

Alguém em de Lages me conta nos comentários do post se o comentarista de sobrenome Kiko Ranzolin é parente da lenda do rádio gaúcho Armindo Antônio Ranzolin, que brilhou na Guaíba e na Gaúcha? Se não me engano o Ranzolin passou pela Guri também.

Marcelinho Paraíba, não preciso nem dizer, é o rei de Lages. O povo lageano está extremamente agradecido a este jogador. Marcelinho está trabalhando bonito e em troca colhendo a tradicional hospitalidade do Planalto Serrano.

Bom, sobre a expulsão de Bacabal (acertada segundo a equipe da Guri, que elogiou a arbitragem do Sandro Meira Ricci), logo no primeiro tempo, fez a diferença. Na segunda etapa o JEC logo na largada abriu o placar numa bobeada da zaga.

Mesmo com a derrota e o time vermelho e branco se complicando no Hexagonal (clique aqui e confira a tabela), é bom saber que o time lageano segue na elite. A torcida lageana é fantástica e é muito bom tê-la de volta à Série A de SC.

E o JEC colocou pressão em Figueirense e Chapecoense. Rodada de domingo ficou quentíssima!

Bookmark and Share

Comentários (25)

  • Bala de borracha diz: 21 de março de 2015

    Vou confessar uma coisa como torcedor do JEC. Dá nojo de ver jogar o meu time. E dos jogadores culpo nenhum.
    Já vi treinador “professô” de futebol ruim, mas igual a este nunca!
    E antes que venha algum inteligente dizer que ganhamos campeonato com ele, eu vou afirmar, “Não, não ganhamos com ele, ganhamos como Ramon na orelha dele todo o santo jogo.”
    “Pelamordosmeusfilhinhos” Nereu, troca esse mané duma vez!
    P.S.: – Paulinho Criciúma, pseudo comentarista da SporTV, pede para sair! E leva junto o HM contigo.

  • Krall Bolshoi diz: 21 de março de 2015

    Bom, como disse outro dia é preciso muita calma nessa hora. Imaginem se Chapecoense e Metropolitano empatam e o Figueira perde do Criciúma, amanhã? Haverá muita gente no estado com dor de cabeça. Eu acho que meu time não chega, mas não fiquem dando bobeira. Hoje já li um comentário de um matusalém da capital dizendo…. que tal… e nós entendemos o que ele quis dizer. Mas, vamos em frente.

  • jean diz: 21 de março de 2015

    Meu Deuz tudo isso pq é INTER? Fala ai que o FIGUEIRA também tem um clube inspirado nele e não é em SC é no sudeste, em MINAS.

  • marcilista diz: 21 de março de 2015

    mal chegaram na elite já tão se achando…menos inter, bem menos ! quero ver até quando vão permanecer em atividade !!!
    terra de gaúcho cansado…aí nessa terra ou se torce pro gremio ou inter…time sem identificação ! vão no oba-oba

  • Leandro diz: 21 de março de 2015

    Sim Castiel. Kika Ranzolin é sobrinho do grande Armindo Antonio Ranzolin, que também comecou em Lages.

    Nota do editor: Show, Leandro, abs

  • Figueira Tenebroso diz: 21 de março de 2015

    Pessoal guampudo de Joinville, só porque ganharam uma zinha com um gol em completo impendimento, acham que já podem ir na janela, cuidado que pode ter outro na outra janela. Infelizmente o Inter de Lages é time só de 1º tempo e abusou de perder gol. Mofas com a pomba na balaia Krall bicholoi, continue sonhando baitola, sonhar é preciso para quem tem um time perrengue.

  • Lageano de Coração diz: 21 de março de 2015

    Mal chegamos, mas já estamos garantidos para o próximo, e seu time qual a história no futebol Catarinense, cuidado, pois estão na berlinda da segundona, não sabe o significado de gaúcho, não abra a boca, pois ser gaúcho, não é necessário ter nascido no Rio Grande do Sul, basta apenas cultuar a tradição gaúcha, caso tenha dúvidas quanto a identidade da torcida com o time, basta vir assistir um jogo no Tio Vida e verás quão grande é o amor do Lageano por este time, por derradeiro perdoo sua ignorãncia, uma braço Marcilista na série B de 2016, se Deus quiser……

  • Bala de borracha diz: 21 de março de 2015

    Caro Jean embevecido por ter um time representativo das barbiegays do estreito lá em Minas, para sua info o JEC tem um time com o mesmo nome no nordeste e participando do campeonato estadual deles. Dou tanta importância a isso que esqueci o estado nordestino. E daí? Grande côzas…

  • Dan diz: 21 de março de 2015

    O Jec ainda tem que improvisa zagueiro na lateral, nao tem nenhum guri da base pra dar uma chance?

  • Seo Zé diz: 21 de março de 2015

    Os alvirosas estão assustados, foram a Lages e como não conseguiram tirar o melhor do campo ( no coice ) só empataram. E o Jec com 11 reservas ganharam jogando pouco futebol, mas ganharam.
    E com um técnico mané que da nojo…que burro, né
    Deixaram o Jec chegar, agora aguentam.
    E o técnico…né, deve estar pensando, preocupado, tem jogo em casa e não pode contar com sua torcida, então manda bater, né.

  • Alex Alvinegro diz: 21 de março de 2015

    Castiel, a região serrana não pode ficar tanto tempo sem representante no catarinense, e o inter vem resgatar os bons e velhos torcedores da região, ouvir um jogo pelas radios locais é realmente interessante, com tiradas novas e bem, mas bem diferentes das demais regiões. O futebol catarinense precisava ter o Leão Baio novamente…

    Quanto ao jogo, a expulsão fez toda a diferença e o HM parece ter percido as rédias do time, impressionante como o time do Joinville não desenvolve, estacionou!

  • paulo diz: 21 de março de 2015

    Será q o jinvile chega a dez pontos na serie A. Com este time. SACO DE PANCADA. Logo a verdade chegará.

  • José antonio diz: 22 de março de 2015

    Primeiramente parabéns castiel pela qualidade das informações e da cobertura do estadual. “Segundamente” o sr. Marcilista que sequer se apresenta adequadamente, mostra a má educação e ignorância, e gostaria de lhe dizer que VC não representa o estado onde nasci e vivo. O inter que VC desdenha tem historia sim, tanto que por ser tao grande que foi devidamente resgatada. Torço para que o seu time tenha a mesma chance, pois pelo que vejo a anos o time está em uma verdadeira M.

  • Jair Gaúcho, Lageano, Itajaiense diz: 22 de março de 2015

    Castiel, parabéns pelo texto!! Acompanho o Inter deste 1976 quando cheguei a Lages, em 1994 mudei para Itajaí e pensei que daria para trocar de amor em virtude dos anos ruins do colorado lageano, porém não se esquece assim um grande amor!! Muitos que deixaram a serra não esqueceram do INTER…

  • Contra 11 EU não consigo diz: 22 de março de 2015

    Os desmilinguidos de jegueville só conseguem jogando contra 10.
    Agradeçam ao soprador de apito pela expulsão indevida, seus inúteis.

  • Lucas diz: 22 de março de 2015

    Para as bailarinas ganhar uma zinha tiveram que mandar um dos melhores jogadores do INter pra rua, time pequeno é assim mesmo, se não tiver a ajuda da arbitragem, os bolshois nao ganham de ninguem, parece o Bvai, sempre contando com a ajudinha da arbitragem pra ganhar um joguinho.
    Bvai e jec as vergonhas de SC.

  • Sedlimar diz: 22 de março de 2015

    Prezado Castiel ,

    Como sócio do Clube do Radio , apaixonado por radio e colecionador dos melhores rádios do mundo , quero parabeniza-lo pelo excelente comentário, é digno das melhores resenhas que já li a respeito de quem ( faz) radio.
    Foi de emocionar suas colocações sobre os vernáculos usados na transmissão , e quero elogiar também todo povo lageano e os serranos em geral.

    Obs. Uma única decepção , ter que ler logo abaixo desta obra prima , comentário de
    um tal de ( SEO ZÉ ), coitado , volta para chocadeira.

    Abraços

  • Milk Sheik com Cacaux diz: 22 de março de 2015

    Oh cambada de bagulhos ceguinhos… o cara deu uma cotovelada na cara do Sueliton com o juiz olhando…
    Quem nem devia ter sido castigado, foi o W.Saci ano passado quando fez cocegas no tal Leandro “gay” Silva que fez o teatrinho da praxe e por isso nosso jogador foi castigado…
    Agora, a favor do JEC, não vale, é? Tadinhas da barbies do estreito, tão injustiçadas…

  • BOCÓ DE FLORIPA diz: 22 de março de 2015

    Argel esta de olho no jogador Bacabal do Inter após expulsão no jogo contra o JEC, bate bem, tem potencial pra jogar no Figueira, mas pode melhorar, quando bater tem que levar o adversário a nocaute, tem que sair na maca, ai vira titular no seu time.

  • JSC diz: 22 de março de 2015

    Placarzinho pobre esse do Joinville, mesmo com jogadores a mais sofreram igual cavalo de bandido. O Inter foi melhor o jogo todo mas foi infeliz com uma expulsão.
    Se o Joinville tivesse tanta qualidade da qual Emerson Maria fala, não teria se classificado para o hexagonal com as calças nas mãos e sim foi com ajudinha do guarani de Palhoça. Conclusão: Vitória do Joinville por causa da expulsão do jogador do Inter.

  • Dan diz: 22 de março de 2015

    melhor coisa pro futebol catarinense seria o inter ou metro ganha esseano.

  • Reginaldo Heine diz: 22 de março de 2015

    Parabéns pelo texto obrigado por ouvir a Rádio Guri eu sou o Repórter das piadas obrigado de coração. Criamos um novo jeito novo de transmissão ,abracos
    Reginaldo Heine.

  • William diz: 22 de março de 2015

    “Mais nervoso que gato em canoa”, kkkkkk! … esses lageanos!
    Pena que o Juizão estragou o jogo.

  • Luizão Alvinegro diz: 22 de março de 2015

    Castiel!

    Nem tens o q falar mesmo… o preferido de vocês da imprensa azulina é o Bvaíbis que acabou de perder de virada para o Marcílio Dias com gol do Schwenk… kkkkkk… kkkkk… to rindo aqui do Bvaí… piada pra toda vida.

  • Milton Barao diz: 23 de março de 2015

    Olá amigo Castiel

    Em nome da equipe de jornalismo da Radio Guri, mas principalmente dos colegas do Esporte, queremos agradecer suas referencias e o prazer da tua audiencia.
    E o amigo está convidado a nos visitar, aqui no estúdio, na Avenida Camões,
    e depois comer um churrasco de carne gorda, daquela de engordurar os bigodes,
    e encerrar no velho estádio Tio Vida, na cabine da Rádio Guri, junto com a equipe.
    Será uma honra receber tão ilustre visitante.
    Um abraço dos amigos da Guri, gostosa de ouvir.

    Nota do editor: Grande convite, este eu aceito com certeza!

    Milton Barão

Envie seu Comentário