Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
 

Sorteio não dirigido foi recado da FCF aos árbitros. Agora é ver se Célio aguenta Argel e Hemerson

23 de abril de 2015 33
Célio Amorim

Célio Amorim apita primeiro jogo da final entre JEC e Figueirense

Tenho uma interpretação muito particular sobre a presença de Célio Amorim no primeiro jogo da final do Campeonato Catarinense (clique aqui e veja a matéria). E minha tese leva em considração as entrelinhas, os possíveis significados do fato de termos tido um sorteio amplo e não dirigido.

Explico: um sorteio dirigido poderia conter somente as “estrelas” Sandro Meira Ricci e Héber Roberto Lopes.  Um cairia num jogo, o outro na segunda partida. Já foi feito assim antes.

Mas não: foi feito um sorteio amplo, onde Ricci concorreu com Braulio Machado e Héber com Célio. Só aí já reside o primeiro recado do presidente Delfim Pádua Peixoto Filho: um forte componente técnico permeou a escolha. Já que todos vimos um Célio Amorim em crescimento técnico e um Héber em fase pouco eficiente. Também vimos um ótimo Ricci, mas nem tão superior assim a Bráulio.

Neste quesito, parabéns à FCF. Vejo um caminho muito corajoso trilhado pelo presidente Delfim. O homem está com atitudes gerenciais que, se ele conseguir aplicar em nível nacional (e aí o buraco é mais embaixo) teremos ótimas surpresas. Vejo Delfim mexendo em vesperos que poucos tiveram coragem. Profissionalizar a arbitragem é um destes terrenos. E o fez muito bem em SC, que com todos os percalços do mundo, só evolui neste quesito e certamente, a seguir este passo, será exemplo nacional.

Seria muito fácil para mim, que muito já critiquei o Célio Amorim, achar errado sua indicação. Seria cômodo. Difícil é admitir que o sujeito pode mudar de patamar, recuperar-se de um mal momento e brilhar em alto nível. Tirando alguns erros (provavelmente por afobação em lances importantes) Célio foi a melhor arbitragem neste Catarinense. No mesmo nível do Ricci, este para mim incontestável em SC, embora tenha tido uma arbitragem complicada no São Paulo e Corinthians da Libertadores.

Alerto: Argel e Hemerson Maria são dois técnicos que trabalham no extremo psicológicos dos seus atletas. Isso somado à rivalidade máxima que sabemos latejar entre Figueira e JEC (para mim, rivalidade dentro do Estado que só perde para o clássico da Capital) temos aí combustível para muita tensão.

Então Célio terá que “vencer” seu jogo particular no terreno psicológico. Terá que ser mais cascudo que dois cascudões, Argel e Hemerson. E isso não é fácil. Célio será testado. Mas, ao contrário de algum tempo atrás, acredito que ele está preparado para este momento de retomada vitoriosa de uma carreira que, se tudo tivesse dado certo, seria rumo à Fifa.

Até porque Delfim já trouxe o Tardelli, trouxe o Márcio Resende, Heber e Ricci, mas, quem conhece o homem sabe, ele quer um nome daqui na Fifa: tem Célio e Bráulio como apostas possíveis ainda.

Bookmark and Share

Comentários (33)

  • Alemão diz: 23 de abril de 2015

    Que média hein Castiel.

    Esse processo seguiu desta forma porque o Heber está muito mal.

    Se estivesse bem, certamente apitaria a final.

    É isso aí…

  • Marcos Assuncao diz: 23 de abril de 2015

    Célinho na primeira final ? Já estão arrumando o título pro JoinVICE. O Figueira tem 8 jogadores pendurados com 2 cartões amarelos. A Federação coloca pra apitar o juiz que mais cartões distribuiu no campeonato. Abre o olho Figueira, as bailarinas compraram esse campeonato faz tempo, é só ver a quantidade de penaltys e expulsões inexistentes favorecendo o JoinVICE no hexagonal !

  • Pitaco diz: 23 de abril de 2015

    Heber estragou a semi final entre Atlético x Cruzeiro no Campeonato Mineiro e Ricci f*** com o jogo São Paulo x Corinthians ontem pela Libertadores! Farinha do mesmo saco!
    Sou mais os daqui!

  • RENE diz: 23 de abril de 2015

    O Heber foi excluído porque ano passado deu descaradamente o titulo para o figueira —com gol de mão…..

  • Bruno diz: 23 de abril de 2015

    E outra:

    conseguiram o que queriam. Misteriosamente depois que JEC e Figueira foram confirmados começou uma queimação, até então inexistente, do Heber.

    Há algo no ar além de aviões de carreira.

  • Edson – Jec diz: 23 de abril de 2015

    O Heber nao esta apitando por pura falta de competencia, ano passado teve problemas na final do catarinense (que decidiram o titulo), este ano se estranhou com o Hemerson Maria, vem se arrastando em campo…e o Celio nao comprometeu em nenhum jogo, e passou ileso no campeonato…Tomara que as duas arbitragens sejam exemplares, para premiar o bom futebol e dar moral aos assopradores de apito.

  • Bala de borracha (… argh) diz: 23 de abril de 2015

    Aguenta o Hemerson? Pelo amor dos meus filhinhos, Castiel, agora e DE NOVO, vc puxou para a mini-capital. O mané pouco fala e quando o faz é com seus jogadores. Na unica vez que saiu da casinha, foi no final do jogo quando este já tinha acabado. Compará-lo nesse item com o Argel é uma heresia!
    Esse sim, desempenha todas as funções e a principal é de palhaço. Enche o saco de todo mundo, agita, gesticula, berra com TODOS (juiz inclusive), chora, sua que nem um porco que é, baba e NINGUÉM faz nada. Se eu sou juiz não dura 15 minutos em campo…
    Argh…!!!

  • Emir diz: 23 de abril de 2015

    O único cascudo chama-se ARGÉL.Aos berros o tempo todo procura apitar o jogo,pressionar,jogar a torcida contra a arbitragem.Um baita agitador.Só lembrar do jogo PortguesaxJec,veio apenas pra agitar.Se Célio Amorin deixar ele entra em campo e apita.Quer vencer se preciso for,até na porrada.A equipe que mais bateu no catarinense.É só olhar o número de cartões.

  • elvisfloripa diz: 23 de abril de 2015

    O Figueira pode entregar o caneco..! Celio vai amarelar 5 ou 6 jogadores pendurados do Figueira assim ficam fora da 2ª final..QUEREM APOSTAR…?????

  • Roberto diz: 23 de abril de 2015

    O Figueira não precisa nem jogar.. manda os reservas e juniores e vamos decidir com o Jec na segunda partida já que a primeira já foi… é só não perder ou perder de pouco… lamentável a diretoria do Figueira não se impor neste campeonato que se paga para jogar…

  • BOCÓ DE FLORIPA diz: 23 de abril de 2015

    SEM O HEBERENSE FICOU DIFÍCIL PRO FIGUEIRA

  • Semprefigueira diz: 23 de abril de 2015

    Celinho em crescimento?
    Tazeloco.

    Esse cara é fraco. Amarra o jogo, da cartão ate para o quero quero, com medo de deixar o jogo fluir. O cara beira ao ridículo.

    O JEC berrounque não queria o Heber e levou. O Figueira ficou calado e levou na cabeça porque esse cara é irritante.

    Vai prejudicar o Figueirense uqe precisa jogar e vencer bem o jogo. Ele não deixa.

    Um cara que nun lance de bola atrasada para o goleiro, marca a falta no local do cara qu e passou a bola e não no local do goleiro que tocou na bola, como ele fez ha alguns anos, não pode ser bom .

    É esse o melhor campeonato de todos os tempos? Com. Celinho na final? Não dá né?

    Semprefigueira

  • marcos paxheco diz: 23 de abril de 2015

    Só voces é que não perceberam a jogada do JEC…e da FCF…como o Celio é o juiz que mais dá cartões – vide estatisticas – o Figueira vai pra Joinvile todo quebrado…e salve essa pseuda imprensa esportiva de Florianópolis. ..

  • Figueira Tenebroso diz: 24 de abril de 2015

    Isso é que é uma escolha propositalmente injusta, agora que a cobra vai fumar, as nossas chances de vencer essa batalha caíram abaixo de zero, na pior da hipóteses, que escolhessem o Bráulio Machado que é um frouxo e não nos complicaria, talvez por medo apitasse bem e com honestidade. Por incrível que possa parecer dos 4 que foram para o sorteio, esse cidadão é sem sombras de dúvidas o mais perigoso que costumeiramente nos prejudica não importando aonde seja o jogo, e no Scarpelli ele irá mostrar sua gana nos aniquilando e inibindo quaisquer reações para vitória. Os jecos queriam e conseguiram nos levar a óbito na primeira partida, pois na segunda só irão lacrar o caixão e fechar a sepultura. No nosso entendimento esse foi um sorteio super hiper e mega dirigido sim senhor, só não pensa assim é porque está torcendo para as Bambis do Balé. Sabem do que mias, tenho certeza que a cara do sem vergonha que fez o sorteio não ficou nem um pouco vermelha de vergonha, aliás vergonha, respeito e integridade não existe no vocabulário desses “senhores”.

  • luiz tigrao diz: 24 de abril de 2015

    Abre o olho Jec um caseiro no scarpeli e o melhor e que nao sente pressao na arena. quero ver o que vai dar , ano passado ja foi roubado.

  • CARLAO RICO DO OESTE diz: 24 de abril de 2015

    ARBITRAGEM DE SC NÃO TRANSMITE NENHUMA CONFIANÇA A CHAPECOENSE, POIS FOI PREJUDICADA PELO RICCI E PELO HEBER, OS DOIS METERAM A MÃO NA CHAPE,NA MINHA OPINIÃO O PRINCIPAL MOTIVO DA CHAPE NÃO ESTAR NA FINAL.

  • Milk Shakespeare O Bardo Magnífico diz: 24 de abril de 2015

    Não precisamos comentar nada, pela fisionomia honesta do distinto, já sabemos qual será o resultado da partida! E a imprensa da capital estará soltando fogos de alegria.

  • Da manchester diz: 24 de abril de 2015

    o Heber já vem mal a algum tempo…ano passado até aprovaram sua escalação, e vimos no que deu..mas esse ano não, muito ruim!

  • DU_Norte diz: 24 de abril de 2015

    Castiel!

    Éixxx um monxxxstro! Dá alegria saber que tem vida inteligente na crônica catarinense. Enquanto o velho gaga fica falando em complô misterioso (mistério onde?) para tirar o Heber, colocando a camisa do Figueirense para escrever, vejo você avaliando os FATOS, sem importar-se se o JEC tem ou não razão em reclamar do árbitro. SHOW! Na boa R.A. se aposenta… ou se atualiza…. Futebol de várzea não cabe mais em SC.

  • Seo Zé diz: 24 de abril de 2015

    Querer igualar Argel com o HM é pedir demais, nada a ver.
    Argel é o técnico mais agitado do Brasil.
    Um técnico que nunca ganhou nada, achou seu coxo e gosta de ofender dirigentes de clubes.
    E quem é virgem, deve continuar assim.

  • Zé da Pomba diz: 24 de abril de 2015

    Castiel!

    Claro que o Clésio AGUENTA.

    Até porque o JOGO será do TIPO – de MARICAS.

    1 – de um lado, os ROSA – do vestidinho e da chuteira, lembram???

    2 – do outro os Galegos do Bolshoi – dançarinos do Maria!!!

    Jogo de COMADRES – mafagafa – atras do toco.

    Aloha!

    Avaí meu querido :) :) :) :)
    Avaí meu querido :) :) :) :)
    Avaí meu querido :) :) :) :)

    O único que EMPURRA os GARAPUVUS na META.

  • Marco Alvinegro diz: 24 de abril de 2015

    Duelo de gigantes. Espero que os dirigentes e jogadores se concentrem no jogo e deixar a arbitragem fazer o seu trabalho. Ao campeão ou vice do torneio da morte, resta o silêncio, pois as comemorações pela permanência na 1a. divisão do estadual já passaram.

  • Chico Itapema diz: 24 de abril de 2015

    Coitados dos alvirosas, já estão abaixando a calça.
    Gostaram de ter no time, uns cavalos, jogam somente com a força física, empurrões, coice e quando foi denunciado, acabou o time.
    Sem jogar com entradas violenta, não sei jogar.
    E queriam um juiz que não desse cartão para os cavalos kkkkkkk

    Esperamos que o Celinho bota para fora todo jogador que precisar botar, quem não gostar que vá assistir lutas, o bonito do futebol é o jogo na bola e não batendo.
    cavalo não joga futebol, fato.

  • Figueira Tenebroso diz: 24 de abril de 2015

    Bem diante de tanta certeza que seremos prejudicados por este senhor, conhecido pela alcunha de Celinho como sempre o chama o da Barba, e consequentemente a perda do título Catarinense deste ano, me despeço por este post, desde já pedindo desculpas por algumas tiradas mais pesadas, sempre com intuito de gozação não querendo ofender mas sempre chacoalhando com os oponentes, esperando que no próximo ano Celinho e delfim não mais atuem com futebol, que caso contrário será perda de tempo acreditar em ganhador de qualidade. Para delírio dos hereges de Joinville só perderão o título pra eles mesmo, ou um aborto da natureza.

  • emerson diz: 24 de abril de 2015

    Boa estratégia essa do Figueira Tenebroso: se o Figayra perder, vai dizer que já sabia, que foi roubado; se o Figayra ganhar, ele volta ao blog pra tripudiar.
    Como não confia no taco do próprio time, já fica antecipando desculpas.

  • Roberto Figueira diz: 24 de abril de 2015

    Correção Castiel,

    Concordo com o Seu Zé da Pomba e cheguei a comentar com o Mazinho Alvinegro :

    O primeiro jogo vai ser de mães.

  • Milk Sheik com Cacaux diz: 24 de abril de 2015

    Caros amigos e inimigos…
    Já vi chorões na minha vida, mas igual aos torcedores das barbies do exxtreito, juro que não…
    E não é que se estavam apoiando no Heber pra ir buscar mais um titulo, kkkkkkkk…! essa era indubitavelmente a grande esperança delas…
    Com o Célio o buraco é mais em baixo… expulsa mesmo… faz falta ruim, toma amarelo! Não aprendeu? Toma o vermelho! tudo o que as barbies NÃO queriam, coitadas. Elas queriam largar o sarrafo no JEC e agora parece que não podem, né, Tenebroso? kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk…
    Se entregaram direitinho… e o terror está estampado nos comentários das barbies aterrorizadas… algumas já entregaram até as calcinhas novas da Lupo… a ultima esperança, foi-se com a brisa de vento que nada mais é do que o simbolo desse time…
    Cagonas…!

  • Figueira Tenebroso diz: 24 de abril de 2015

    Meu caro emerson, não usamos de nenhum artifício ou estratégia nenhuma, por sabermos por antecedência das falcatruas e desmandos para concederem esse título ao Joinville que não está com essa bola toda, sabemos que dessas vitórias seguidas foram arranjadas via árbitros asseclas do trapaceiro mor, Delfin Peixoto Filho. Para que esquentar a cabeça com um problema solucionado antes de sua existência: isso seria masoquismo e burrice, para sua informação não sofremos desse mau.

  • Seo Zé diz: 24 de abril de 2015

    Vejo UNS MANÉS! etá povinho da ilha kkkkkkk muito preocupado com a arbitragem, e achando que com isso o Celinho vai deixar de impor sua responsabilidade e deixar de dar cartões para jogador que só joga dando porrada, ESTÃO MUITO ENGANADOS,
    Querem jogar dando porrada, bem feito.
    Aqui se faz aqui se paga.
    Se o Celinho foi o melhor do campeonato, mais que justo apitar um jogo,
    mas poderia ser escolhido outro, esse chororo seria o mesmo, pois, quem está preocupado, sabe que seu time precisa de ajuda, não tem futebol, precisa de bagunça.

  • david diz: 24 de abril de 2015

    Olhem, SC é o único estado no Brasil, que comenta mais arbitragem do que futebol propriamente dito. Coisa mais chata.

  • MAURINO BASTOS diz: 24 de abril de 2015

    Caro Renê, se foi realmente ilegal, serve para compensar em partes o que vocês fizeram na época do Giuliari. Isso aí é fichinha. A Chapecoense que o diga.
    Quanto a final, evidente que quero que o me Figueira ganhe, mas se der JEC o título estará em boas mãos.
    Agora, que a arbitragem está me cheirando treta, lá isso tá. kkkkk
    Vamo que vamo. No próximo sábado já durmo no meu Hotel preferido de JV. A noite vou tomar uma cerva, com meus amigos Joinvilenses para rirmos um pouco.
    Que vença o melhor, e que tudo aconteça dentro das quatro linhas, sem briga entre torcidas. LEMBREMOS QUE TUDO ISSO É SOMENTE UMA PARTIDA DE FUTEBOL

  • MAURINO BASTOS diz: 25 de abril de 2015

    Caro Chico Itapema, uma pergunta que não quer calar e tenho certeza que você sabe a resposta.
    Pergunta 1: Quantos jogadores os nossos baguais colocaram no estaleiro por jogadas violentas? Confesso que não lembro. E não vale aquele jogador do Metro, porque esse foi confirmado inclusive pelo treinador que ele já estava machucado, confirmado posteriormente pelo presidente do clube.
    Pergunta 2: Quantos cavalos nosso sairam seriamente lesionados, pelos anjos dos outros times?
    Você tem raiva do nosso time, respeito, mas deve ser honesto na suas declarações. Jogamos duros sim, mas com lealdade, respeitando o adversário. Evidente que nesse interim, surgem jogadas mais violentas, mas o respeito ao oponente prevalece.
    Aliás, pra qual time você torce mesmo? Ou é somente um anti Alvinegro?

  • Paulo Pinheiro diz: 27 de abril de 2015

    Deixa ver se entendi… Célio e Heber – dois árbitros naturalmente caseiros – para o sorteio da partida em Florianópolis e Bráulio e Ricci – dois árbitros muito menos suscetíveis à pressão de torcida local pra apitar em Joinville. Lembrando que o foi o Héber que deu aquele gol de mão pro Figueirense ano passado. E foi isso aí do texto que você enxergou, Castiel? rsrs

Envie seu Comentário