Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
 

Por que Marquinhos, ídolo do Avaí, faz o sangue escorrer pelos olhos de Argel, comandante Alvinegro

12 de maio de 2015 33
Argel e Marquinhos

Os personagens do clássico. Quem vai rir por último?

Bate-papo de rua. Passeava pela rua com minha cachorrinha Mel e encostou em mim dois vizinhos, um Figueira e outro Avaí. Claro que o papo girou em torno do clássico. Meu vizinho avaiano só falava do Marquinhos; meu vizinho alvinegro, só falava de quem? Ora, do Marquinhos também. Aí eu provoquei meu amigo alvinegro: quem para o Galego?

A resposta me surpreendeu: “O Argel”!

Parei, pensei e refleti: faz sentido. Argel não entra em campo, mas é o nome que pode dar um nó em Marquinhos, ou ser nocauteado de vez pelo ídolo avaiano.

O silêncio do Figueirense eu conheço bem. Porque aprendi mediante observação e muitos anos de futebol a compreender os bastidores. E o Figueira leva consigo o jeito Argel de lidar com seu grupo. O Alvinegro na muda é um acúmulo absurdo de energia que será liberado na noite desta quarta-feira, no Estádio Orlando Scarpelli.

Um perigoso acúmulo de energia. A explosão poderá vir em forma de futebol avassalador, com altas doses de motivação e desejo de dar o troco; mas pode vir sob a forma de perda do controle emocional.

Jamais Argel deixará barato três momentos constrangedores terem um desfecho pior. Não sair campeão catarinense (um título que o técnico está sedento por adquirir), perder um clássico em Copa do Brasil para o principal rival e, mesmo com time reserva, largar no Brasileiro com goleada não combina com o perfil de Argel.

Tem outro detalhe que imagino esteja como espinha atravessada na garganta do passional Argel: Marquinhos.

Marquinhos venceu, provocou e bateu. O meia avaiano ao final do clássico, ironicamente, falou no vice-campeão; e, no jogo, deixou uma joelhadinha básica como cartão de visitas.

Sabemos que, mudo, Argel não é: fala e, como diria Tite, as vezes “fala muito”, aliás como Marquinhos, que também “fala muito” em determinadas situações. Mas cego e surdo Argel também não é. Ouviu a provocação de Marquinhos, viu o lance da joelhada. Deve estar usando isso à exaustão nas palestras.

E agora? Marquinhos que já dançou créu no Scarpelli terá alguma outra coreografia guardada e uma coletiva cheia de recados depois do jogo? Ou quem “falará muito” por último e, quem sabe, sorrirá ao final será Argel?

Bookmark and Share

Comentários (33)

  • Telmo diz: 12 de maio de 2015

    Nada a ver Castiel. Cara o time que esta melhor hoje é o Bavai. Time esta descansado e sem jogador machucado. Eu sou Figueirense e claro que quero que meu time ganhe Ok. A face de alguns jogadores do Figueirense é péssima isso eu sei mais jogar um clássico no minimo tem que ter raça e garra.

  • mario p diz: 12 de maio de 2015

    O Argel do meu Figueira, é técnico de time pequeno, deve sair o mais rapido possivel
    e o outro é um mal carater, que tinha tudo para ser reconhecido pelas duas torcidas como foi Fernandes, mais só cria confusão.
    Ambos ja deram o que tinham que dar.
    Quanto ao meu Figueira o futuro é triste, rumo a série B e torço para não ser pelo menos, saco de pancada, como tudo leva a crer.

  • Fernando Avaiano diz: 12 de maio de 2015

    Pode parar por aí… o favorito é o Figueirense que joga dentro de casa e terá o apoio da torcida, embora mais uma vez, o erro na transmissão do jogo, que acabará tirando público do estádio. A 1 semana, o Avaí estava brigando não com o Figueira, mas com o próprio Real Madrid. Na realidade sempre falei que se trata de rivalidade e clássico, não tem jogo ganho de véspera, seja em que condição estiver o time, e o time do Estreito não está com esta bola toda. Minha preocupação maior é com a tentativa da imprensa de querer jogar pra cima do time do Estreito, como se o Leão tivesse desprezando, nunca teve. Simplesmente faz o seu jogo, o clássico tratará de determinar o seu vencedor, embora eu acredite no empate. Agora, está historinha de querer levantar o pessoal do Estreito super valorizando o Leão ou o Marquinhos (tentativa de queimá-lo), já está ficando ridículo. Inventa outra!

  • Fernando Avaiano diz: 12 de maio de 2015

    Não entendo sinceramente as transmissões das partidas do clássico. Se fosse para o Estado inteiro, mas é só pra grande Floripa. Tira público do estádio, renda que os clubes poderiam estar agregando, penso que jogos em Floripa só na TV fechada. O mais absurdo de tudo é os 2 times deixarem acontecer isto e o próprio horário, 22 horas é um disparate, poderia ser tranquilamente as 20:30 horas. Como se o pessoal não tivesse de trabalhar no outro dia. Outra coisa, foi o fato dos canais de comunicação não incentivarem a torcida mista, penso que seria legal. Ao invés disso, com em clássicos anteriores da briga Marquinhos X França, procura a inimizade entre os torcedores nativos da ilha. Eu não sou mané (tolo), sou ilhéu, nascido e criado em Florianópolis. O maior clássico de SC já é uma motivação por si, não precisa deste tipo de expediente, antes era França X Marquinhos, agora Argel X Marquinhos. Tem formas melhores de promover o jogo.

  • Fernando diz: 12 de maio de 2015

    Ooo todos que falaram e comentaram são todos puxa sacos do paquita e estão defendendo e lógico seu idolo kkkk idolo e acham certo dar joelhadas e provocar tumulto em um jogo fe futebol onde se encontram famílias crianças são tudos da mesma laia quero ver vcs comentarem quando seu idolo kk pegar mais 10 jogos de suspensão ou tiverem na lanterna denovo igual no catarinense beijinho no onbro e até quinta se estiverem aqui para comentar ..

  • Baga diz: 12 de maio de 2015

    Castiel, gostaria que você trouxesse a informação, o Figueirense ficou em terceiro na média de público só catarinense. Acho uma questão de justiça vc dizer que terminamos na frente da média do bvai, uma questão de honra. Nunca perdemos em publico jogando o mesmo campeonato. Delfim + federacao + joinville = choro maiz vez no segundo jogo vamos colocar mais gente que o bvai, pergunta pro delfim agora oq ele falou. A MAIOR E MAIS FIEL. Sem mais.
    A maior e mais fiel de sc!
    Castiel nao sei vc viu, posta a matéria da média final aí, vcs como pessoas da informação tem que levar a correta para o público. Vamos fazer justica, falaram “como” se fosse o bvai média.
    A maior e mais fiel é a alvinegra.
    http://wp.clicrbs.com.br/professorkmarao/2015/05/07/quem-ganhou-e-quem-perdeu-publico-no-catarinense-2015/?topo=67,2,18,,30,67

    Contra o Santos arquibancada não tinha 3 mil e dizem ainda ser a maior, dps de ganhar do rival e jogar contra o campeão Paulista, cadeiras vazias!!!

  • Baga diz: 12 de maio de 2015

    Sobre o marquinhos nunca tivemos temor dele. Ele provoca e depois tem que engolir o maior, ele como torcedor tbm é RACALCADO como todo bvaiano é…

  • Alemão diz: 12 de maio de 2015

    Quanto a não levar o título catarinense, não é problema: como o Argel nunca ganhou nenhum título como treinador, vai ficar na mesma.

    Goleada também não é problema: o idolatrado técnico alvinegro levou 8×1 do Inter treinando o Caxias. É Felipão + 1.

    Só o fato de ser eliminado pelo rival na Copa do Brasil é que seria novidade. Se bem que clássico na segunda fase só treinando Avai ou Figueirense.

    É isso aí…

  • Lucas Eduardo diz: 12 de maio de 2015

    Figueira vai com tudo nesse clássico, os jogadores estão muito motivados e descansados, o Argel ta fazendo um fervo no vestiário! Amanhã o bicho pega, só nao sei se o jogo acaba hehe

  • Supremacia Azul diz: 12 de maio de 2015

    Marquinhos é o último grande ídolo, não só do Avaí, mas do futebol catarinense!
    E quem não gosta dele, reconhece seu talento inquestionável.

    Já esse Argel é um cigano, um aventureiro no futebol, vagando normalmente por times inexpressivos!

  • Chico Itapema diz: 12 de maio de 2015

    O vice campeão não tem time para ganhar do Jec B e do Avai vai querer ganhar de quem, uma que tem um técnico virgem, quis ganhar um campeonato na marra, quis ensinar seus jogadores a jogar como uns cavalos, se deu mal, todos descobriram e o futebol acabou.
    Agora estão fazendo beicinho, com medo, sem um time titular, reservas nenhum presta mais, sabe que tem no outro lado jogador igual aos tapetense, se precisar gritar, vai gritar e não sabem o que fazer.
    Para mim Avai ganha fácil, fora o chororo.

  • waltencir diz: 12 de maio de 2015

    para coroar a vitoria e classificação alvinegra apos o jogo, o time do figueira vai dançar de cueca pro marquinhos, a paquita vai adorar kkkk

  • marcio diz: 12 de maio de 2015

    O técnico do Santos comentou no SPORTV que o erro foi deixar o Marquinho articular o jogo no segundo tempo!
    Hei…. por favor, enquanto um técnico de campeão brasileiro elogia o Marquinho em rede nacional, os bobocas de Florianópolis ficam tentando marginalizar o craque e tantando também compará-lo a um maluco e a um perdedor! Coitados!!!!!!!!!

  • MAURINO BASTOS diz: 12 de maio de 2015

    Concordo, o Avaí é realmente o grande favorito nesse clássico. Mais descansado, time completo e realmente criou moral depois da troca de técnico. Aquele técnico que todos na mesa da CBN, babavam nos ovos dele, que era o melhor técnico que o Avaí já teve, blá, bla’bla. E ele enterrando o time. kkkk. Enquanto que o meu Figueira, está cansado, desmotivado pela perda do título, com jogadores no DM e jogando um futebolzinho de dar pena. Receio que caimos novamente na mesmice.
    Agora quanto ao ídolo deles, que me recuso a dizer o nome, é um mau caráter e nesse quesito perde anos luz para o grande Fernandes, que essa diretoria de bosta achincalhou, mas a torcida o ama. Esse sim merece o nosso respeito e o respeito dos adversários. Esse sim, é o cara. Só não entendo uma coisa, ele realmente é torcedor azurra, e não discuto isso. Então por que no início da carreira ele foi aprender a jogar bola no Figueirense e não no Avaí? Agora está cuspindo no prato que comeu?

  • Mazinho Alvinegro diz: 13 de maio de 2015

    O paquito pode ser ídolo dos pés-de-chinelos do mangue, joga nada, sabe nada inocente.

    Falar em Argel, ele treinou o Bvai e se arrependeu, pode isso?
    É que dos times inexpressivos, o Bvai era o MAIOR dos inexpressivo., … hihihiii!

  • William diz: 13 de maio de 2015

    Segundo o DC, este será o clássico de número 408 na história de Figueira e Bvai.
    São:
    142 vitórias do MAIOR, o FURACÃO atentado e, apenas, …
    133 vitórias do menor, o cocô-irmão do mangue, quintos do interior da ilha.
    Hoje o bicho vai pegar pra cima da freguesia.

  • Fernando Avaiano diz: 13 de maio de 2015

    Continuo dizendo que o Avaí vai muito bem preparado para o jogo, um time compacto, que demonstrou nestas 2 partidas que vive um bom momento. Não descarto inclusive uma vitória do Leão, embora prefira esperar, eu conheço o que é o clássico. Quanto ao Marquinhos é o maior jogador de SC, vive um grande momento técnico, respeitado por todas as torcidas, fora alguns meliantes do Figueira, é óbvio, mas é um grande jogador. Por isto esta idolatria por um jogador que representa uma nação e ajuda a fazer de SC, mais um, um Estado respeitado. Exemplo para os mais jovens, o galego não precisa provar mais nada pra ninguém. Mas se puder meter uma buchinha no clássico, ninguém vai ficar chateado. Quinta eu venho aqui comemorar mais uma vitória, se Deus permitir, do mais querido.

  • Tonha do Tabaco diz: 13 de maio de 2015

    Castiel meu lindo!

    O Argel já está sentido o Peso da derrota?

    O OLHOS já estão VERMELHOS, é?

    Será Castiel que depois da partida VAI ter TAPETÃO vermelho, também?

    Avaí meu Tesão :) :) :) :)

  • Marcos Assuncao diz: 13 de maio de 2015

    A imprensa bvaina não se cansa de tentar promover seu “ídolo” (sic). Reserva em todos os times que passou, é vangloriado pelos bambis do mangue, não pelo seu ridículo futebol, mas pelas declarações na mídia (ele é esperto, como falta futebol, se esconde atrás dos microfones). A imprensa bvaiana disse que o bvai foi melhor no clássico, não dá pra entender. O time só fez um gol de contra-ataque, não teve mais nenhuma chance de gol, enquanto o Figueira teve 3 chances claras, mas desperdiçou. Essa paquita nunca vai ser ídolo, pois não tem o respeito dos torcedores adversários, é um jogador sujo e mau caráter. O último grande ídolo de SC foi o Fernandes, esse sim um grande exemplo dentro e fora de campo. Quebra tudo Figueira!!!

  • Leonardo diz: 13 de maio de 2015

    O Marquinhos é um coitado. A torcida alvinegra tem pena de sua alma azul de avaiano sofrido. Nas horas ruins, se esconde. Nas horas boas, dá entrevista. CANSOU de perder pro Figueirense. Essa tua análise nao passa por uma avaliação simples do histórico de clássicos. Quem tem raiva do Figueira é o Marquinhos, nao o inverso.

  • Geronimo Alaor de Barros diz: 13 de maio de 2015

    Castiel, veja aí na RBS a possibilidade de transmissão do clássico via streaming pelo clicrbs. É uma baita falta de noção a RBS passar o jogo apenas para a capital. Nenhum morador de fora da cidade tem como assistir o clássico. Moro em Brasília e não há canal que vá passar o jogo porque a RBS comprou e só passa em Floripa… Que passe no clicrbs então.
    Obrigado

  • Lucas diz: 13 de maio de 2015

    Tae o Castiel lambendo o saco do pakita como sempre, esse pereba nao passa de um covarde, assistam o video.
    https://youtu.be/JtSyRP_3qAs
    e os lambe-saco chamam esses estrume de idolo, exemplo de cidadao, mas nao se pode esperar nada da imprensa azul calcinha mesmo, Figueira contra tudo e contra todos.
    Quero saber da media de publico final entre Figueirense e Bvai pelo camp catarinense ou vai se esconder dessa de novo Castiel ??? ou ta envergonhado com a aquela media fajuta que vc postou na metade do campeonato ???

  • Leonino ilhéu diz: 13 de maio de 2015

    Comparação desigual. Marquinhos é ídolo do time, mantém os ânimos à flor da pele, não deixa o ritmo esfriar, vai fazer muito mais diferença nesse jogo do que um técnico que está só de passagem..

    Além do mais, o foco do Figayra, do jeito que está, é se manter na série A, e não prosseguir na Copa do Brasil.. Argel vai montar um time pra não perder feio em casa, só isso.. Já o Avaí, por ter largado na frente, vai focar no erro do Figayra e tentar aquele biquinho, se bobear até 2 biquinho, pra fazer bonito no salão de festas!

    Placar Final: Figayra 1×2 Avaí

  • Figueira diz: 13 de maio de 2015

    A Barbie loira calado é um poeta e quando abre a boca da para sentir o cheiro de m*$@& daqui! Vai jogar futebol ao invés de querer fazer polemica encima do Figueira, ah e dessa vez joga limpo, jogador sujo.

  • Paulo Pinheiro diz: 13 de maio de 2015

    Castiel, vale uma menção ao Joinville hoje? No Business FC o clube ganhou o Prêmio Pluri de “Eficiência na Gestão do Futebol”. Prêmio dado ao César Sampaio, gerente de futebol do clube.
    Vale lembrar que nos dois últimos anos quem levou o prêmio foi o Cruzeiro, bi-campeão brasileiro.

  • fabio diz: 14 de maio de 2015

    CREU
    CREU
    CREU
    CREUUUUUU…..

  • Marcio – Floresta diz: 14 de maio de 2015

    Castiel, ja que vc incentivou a disputa ARGEL x Galego antipático, deu 2×0 com banho de bola do Argel. (Te liga Castiel)

  • Bruno diz: 14 de maio de 2015

    Agora só escorrem lágrimas dos olhos do Marquinhos hahahahah

  • Batfino diz: 14 de maio de 2015

    E agora, FIGUEIRENSE 2 x 0 4v4í.
    O paquita ficou magoado com o Argel.
    KKKKKKKKKKKKKKKKKKK……………..

  • davi diz: 14 de maio de 2015

    MARQUINHOS – ÍDOLO – HAHAHAHHA – SÓ SE FOR ÍDOLO DE PANCADARIA. MAU ELEMENTO QUE SÓ BATE POR TRÁS, NÃO É HOMEM E NÃO VESTE CALÇA. QUANTO AO CIGANO DO ARGEL, ONTEM A NOITE ELE DORMIU NA CAMA DO INIMIGO E DEU DUAS GUARAPUVAS NO TIME QUE VAI VER O RESTO DA CB NO CONTROLE REMOTO. KKKKKK

  • MAURINO BASTOS diz: 14 de maio de 2015

    kkkkk. E não é que o Argel está com sangue nos olhos? Mas pela atitude de mais um covarde do Avaí. Os caras não sabem perder.
    Quando da primeira partida, nos gozaram e agora não querem sofrer as consequências? Timinho de bosta.

  • Ricardo diz: 14 de maio de 2015

    Não Castiel!!!
    Marquinhos não deu uma “joelhada básica”….
    Ele MAIS UMA VEZ agrediu um jogador do Figueirense de forma covarde!!!
    A imprensa não pode ser conivente com este marginal!!!
    Certamente não é este o exemplo que queremos passar para as nossas crianças…

  • Carlos diz: 15 de maio de 2015

    Chega de endeusarem um sem noção como ídolo. Passou por diversos clubes, e por onde passou, sequer lembram-se deste (atleta?). Não se faz lembrar por ninguem, basta vocês da imprensa, procurarem junto aos clubes por onde passou. Só se fez notar por aqui não pelo futebol, mas pela falta de bons jogadores ou jogadores. Apenas um jogador que chamá-lo de ídolo, fará com que ignoremos exemplos de Homens como Zico, Falcão, Roberto Dinamite, Pelé, Gerson, Tostão, Rivelino……ufa e tantos outros.Idolatrá-lo, é jogar no lixo nosso senso de conhecimento esportivo. Um rapaz que dentro de campo é rancoroso e não se pode dar a réplica pois em fazendo, seremos agredidos por ele ou por aqueles que o “idolatram”……Por favor senhores formadores de opinião..PAREM DE ENDEUSAR QUEM NÃO MERECE.

Envie seu Comentário