Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
 

Olelê, olalá, o Toshi vem aí e o bicho vai pegar... O Avaí faz côsa. Bela vitória sobre o Metrô

04 de fevereiro de 2016 2

O ano começou preocupante para o Avaí. E até poucos horas atrás, a torcida do Leão se mostrava bastante preocupada com o futuro. Mesmo que o primeiro jogo do time, na derrota para o Criciúma, tivesse sido razoável.

Há poucos minutos, quando soou o apito final, nos 4 a 0 contundentes e cheios de autoridade sobre o Metropolitano (confira a crônica aqui), os cerca de dois mil torcedores presentes no Renato Silveira, em Palhoça, não lembravam em nada aqueles preocupados fãs.

E a galera quase foi à loucura quando, com o jogo já garantido, finalmente Toshi apareceu. Efusivamente, o japonês foi saudado. Claro, com um pouco de ironia de alguns, permitida pelo alívio do bom resultado e do bom futebol.

Quem viu o jogo sabe: o Avaí com certeza precisa encarar este resultado com serenidade, como estímulo apenas, para encaixar e fazer um bom Catarinense; e sabe também que o Metrô terá de arrumar muita coisa para não ser facilmente batido pelos grandes do Estado.

Folclore à parte, vale o elogio ao desempenho avaiano, sim.

Bookmark and Share

Comentários (2)

  • ney lucio felix diz: 5 de fevereiro de 2016

    Castiel,

    Foi a torcida que pediu a entrada do Toshi. Todos estavam curiosos para ver se o japonês tem futebol ou não vai passar de um estagiário na Ressacada.
    Ele entrou, com personalidade, partiu pra cima do lateral que inclusive o ameaçou, não correu do pau e mostrou habilidade.
    Pode não ser nenhum craque mas, já vimos coisas piores passarem pela Ressacada.
    Para finalizar, a musiquinha cantada pra ele pelo pessoal da arquibancada foi a seguinte:
    Arigatô, Saionará, o Toshi vem aí e o bicho vai pegar.

    Este Avai faz coisa……

  • João Prim diz: 5 de fevereiro de 2016

    Basta o Avaí ganhar uma partida e os lambuzadores da Imprensa de Floripa enchem a boca para falar bem do Avaí. Eu ainda não esqueci o que essa mesma imprensa fez no final do ano ao ser rebaixado. Parecia o pior time do mundo e só levou pau, enquanto que para o Figueira, parecia ter sido campeão do Brasil. Estou com isso muito atravessado e ficou ao meu ver muita falta de profissionalismo por parte da crônica esportiva da capital. O Fantástico mostrou na época que o gol do Marcão foi ilegal, pois Ele fez falta na entrada da área no jogador do Fluminense. Aqui nada falaram sobre isso. O Avaí empatou com o verdadeiro Campeão Brasileiro e fora de casa. E o Avaí ficou fora da Série A, por falta de um gol. Se o árbitro marcasse a falta do Marcão, Avaí seria série A ou se o Avaí não sofre o gol contra o Corinthians, seria Série A. Agora foi justo tanta crítica? Isso ajudou em alguma coisa para resolver os problemas do Avaí? Só atrapalhou ainda mais e por isso minha revolta. Hoje quem é líder do Grupo do Avaí na Copa Sul Minas? E o Avaí não merecia perder para o Criciúma. Então, nem tudo está perdido e vamos sair por cima e sem precisar a imprensa ficar lambuzando quando ganha e jogando pedras quando perde. Sejam profissionais, só isso. Por favor.

Envie seu Comentário