Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
 

O maior favoritismo da história da Chapecoense em relação ao Figueirense

19 de fevereiro de 2016 15
Chapecoense x Figueirense

Se ficar, o Índio pega, se correr, o Índio flecha. Foto: Sirli Freitas, especial

Senhores, o que vemos é sui generis. Teremos no próximo domingo algo impensável no início da temporada. O que o futebol apronta, nâo? Falo do maior favoritismo da história da Chapecoense diante do Figueirense. Algo impensável há pouco tempo, repito.

Quando começou a competição, todos concordavam: Chapecoense e Figueirense eram favoritos. Seis rodadas depois, o que temos?

Convenhamos, o normal seria Verdão x Alvinegro decidir ou encaminhar o time que lutaria pelo título. Afinal, começaram a competição como favoritos.

No entanto, o duelo do Condá desafiou a lógica: a Chape, como previsto, chega forte e firme lutando pela ponta e por vaga na final; o Figueira, não. Este, visita o Índio Forte e vitaminado numa situação de caos interno, com crise dentro e fora de campo.

No gramado, o Figueirense não encontrou um futebol convincente. Sem um meia armador de qualidade, engatou uma campanha pífia, indigna em relação às expectativas.

Como consequência, estourou no então técnico Hudson Coutinho. O treinador foi rebaixado a interino dele mesmo e, depois, para completar o caminho constrangedor, foi colocado em férias compulsórias. Em meio a tudo, o único craque do time está indo embora, negociado.

O outro lado agradece: com um grupo sólido, inteligentemente montado, agindo de forma coerente no mercado, entra sem dramas para a partida.

Fosse no basquete, no futebol americano, no baseball, no vôlei, tal diferença entre os times seria intrasponível. No futebol, não.

Então, o que temos é um indício de que a Chapecoense deve encaminhar uma vitória. Repito e reforço: favoritismo é uma coisa, resultado de campo é outra. Com o mesmo status, o Verdão não venceu o Guarani, no único tropeço até agora (veja a classificação).

Bookmark and Share

Comentários (15)

  • Alemão diz: 19 de fevereiro de 2016

    Não vejo nada demais neste favoritismo.
    A Chapecoense hoje é o principal time catarinense, seja em organização e resultados frente ao cenário nacional. Junta-se a isto a fase que é muito melhor.
    Até porque o hoje o time do oeste já firmou como um dos principais candidatos ao título catarinense, como o Figueirense a partir dos anos 2000.

    É isso aí…

  • Everton – Chapecó diz: 19 de fevereiro de 2016

    Sim, tropeço é tropeço… Mas no caso do Guarani foi um fiasco de gols perdidos… O jogo foi meia-linha. O Rangel de “zóio grande” não fez nenhum dos dois penalts que bateu, bolas na trave, gente em baixo do gol, sozinho, batendo pra fora!!! Mas o caso do Hudson realmente não dá pra entender… Será que a diretoria não tinha uma carta na manga? Quando começaram a cogitar a possibilidade de tirar o Hudson não foram atras de outro??? Esperaram chegar no limite para tomar uma atitude? No caso de perder um jogador ou técnico ou preparador físico ficam parados esperando alguém chegar comum currículo em baixo do braço??? MEUS DEUS!!!! que gente amadora!! E ainda tem gente com coragem de falar do Avaí! hahahahahahahahahahahaah

  • waltencir diz: 19 de fevereiro de 2016

    que vergonha o meu figueira, se jogar com 3 atacantes ai mesmo que perde, o certo e 4 no meio campo, esta na hora de estrear o mateusinho da base, esta na hora de mandar o França embora, jogador que se contunde no aquecimento, é coisa de jogador que não se cuida, vive em baladas e exagera na bebida, dorme pouco, isto debilita qualquer organismo e demora mais a se recuperar, então profissional não focado no seu bem mais precioso que é o corpo, tem é que fazer outra coisa ou se internar nos alcoólicos anônimos.

  • marcos assuncao diz: 19 de fevereiro de 2016

    Castiel, vocês da imprensa poderiam fazer campanha pro Figueira trazer o Gilmar Dalpozzo. Não aguento mais técnicos estilo múmia, como Eutrópio e Renê Simões.

    Quanto ao jogo, o time do Figueirense joga melhor no contrataque. Até agora em todos os jogos do Catarinense o time teve que propor jogo contra a retranca dos adversários. Pela primeira vez vai enfrentar um adversário que irá atacar e proporcionar o contrataque. Vamos ver no que vai dar, mas acho que o tabu continua.

  • Leleco diz: 19 de fevereiro de 2016

    Boa tarde, o mais importante é como termina o campeonato… acredito que vamos corrigir os pequenos erros e voltar a vencer… Abraço do mais X! Melhor colocado do estado disparado no Ranking nacional! ah pra quem vai me chamar de virgem nacional, série C até o Olaria tem, e Série B até O Tuna Luso… Título é Série A! Abraço!!!

  • Silvio SZ diz: 19 de fevereiro de 2016

    É tipico de um post para dar injecao de animo no Figueirense.
    Ainda bem que a Chape ta vacinada contra esse tipo de comentario, q so serve p/dar energia ao time de Florianopolis.
    O jogo é no minimo complicado pois o Figueirense vem como franco atirador, tipo o defunto enterrar o coveiro.
    Sai fora olho gordo.

  • Lucas C. diz: 19 de fevereiro de 2016

    O fato é que o futebol de SC precisa melhorar muito ainda. Figueirense tinha que estar voando pra cima dos outros times do catarinense, como a Chapecoense está fazendo. Tem alguns que vão dizer que não jogou bem, que não merecia a vitória em tal jogo, mas os números estão ai: sem nenhuma derrota até agora e isso que importa. 2016 vai ser mais um sofrimento para os torcedores do figueira. Claro! o clube não trabalha para reverter esta situação. Desde dezembro a diretoria tem que estar contratando, de olho no mercado, no seu grupo. Enfim, agora tem que trabalhar muito para não fazer feio na série A.

  • Carlos Junior diz: 19 de fevereiro de 2016

    Isto só demonstra a incompetência da nossa diretoria, pois a Chapecoense não era nada há 3 anos e está muito mais organizada, até porque tem um presidente que torce pro time, que quer o melhor pro time e não o melhor para o seu próprio bolso (vide percentual dos jogadores da base).

  • valter dias diz: 19 de fevereiro de 2016

    A Chapecoense é sim favorita ; pois tem o elenco muito bom e joga em casa. Mas como futebol é jogado em 90 minutos , mais os acréscimos tudo pode acontecer . Mas acho que o meu Figueira pode aprontar com um biquinho pra cima da Chape. Dá- lhe Figueirense, pra frente Furacão!!! Figueira 1 x 0 Chape ; pois a clientela vai continuar!!!

  • Alemão diz: 19 de fevereiro de 2016

    O comentário do LELECO foi demais:

    Primeiro, essa do Figueirense melhor catarinense no ranking é coisa desse ano. Ou seja, levou uns 30 anos para chegar. É igual à Bélgica primeira do ranking de seleções.

    Segundo, para piorar: se ter série C e B não vale nada, qualquer um tem, imagina então quem não tem?

    E terceiro, para derrubar todo senso de ridículo: “título é série A”. Talvez um torcedor do São Paulo ou Cruzeiro possa falar isso. Mal consegue ganhar catarinense – 17 em 92 disputados até hoje – e vem falar de série A.

    Perdeu a noção da realidade…

  • Renato Kammers diz: 19 de fevereiro de 2016

    Se for pro figueira ganhar jogando bem, ok, más se for pra ganhar jogando mal, prefiro que perca o jogo, pois neste caso, a diretoria vai achar que já esta tudo certo e não precisa de renovação. Nossa com que critério contratam certos jogadores? Gostaria de saber.

  • Silvino Salviato diz: 19 de fevereiro de 2016

    O Figueirense deveria ter anunciado o técnico ja na quarta ou quinta-feira e alguém que tenha experiência e resolver o problema com o jogador França, vai continuar fora, etc. A Séria B do Estadual esta as portas.

  • roberto diz: 19 de fevereiro de 2016

    Vai dar Figueira; normal!

  • toninho figueira diz: 19 de fevereiro de 2016

    O maior problema do Figueirense é seu presidente.
    Este senhor não tem credibilidade com a torcida.
    Este senhor só joga com estádio vazio.
    Este senhor não projeta grande para o clube.
    este senhor tem que ir embora

  • Bruno diz: 20 de fevereiro de 2016

    Esse alemão é um recalcado, ciumento e invejoso.
    Uma coisa eu digo pra ti, seu tanso:
    Podes rebolar, desmunhecar, dar xilique, piti e o escambau, NÃO ADIANTA!
    O FURACÃO sempre será, mesmo em crise, o maior, o mais importante, o + x CAMPEÃO de toda a Santa e Bela.
    Chora, otário!

Envie seu Comentário