Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
 

Albeneir, os 99% do bem que gostam de futebol te amam. Os 1% do mal não merecem nem pena

18 de maio de 2016 25
Foto: Cristiano Estrela

Foto: Cristiano Estrela

Estava viajando pelo interior de SC quando aconteceu o episódio em que o Albeneir foi homenageado pelo Avaí quando da apresentação do João Paulo.

Não foi algo planejado pelo clube, nem pelo Bena. Por acaso, nosso craque e ídolo do futebol catarinense estava na Ressacada comprando uma camisa para presentear o médico que está cuidando de sua companheira, que estava com problema de saúde.

Albeneir é grandão, chama atenção por onde passa. Foi visto pelo presidente, ganhou uma camisa do clube que defendeu com muita honra e dedicação. Além disso, foi gentilmente convidado a participar da cerimônia.

Tudo absolutamente normal, bacana e elogiável sob todos os aspectos.

As coisas só mudaram de figura porque, infelizmente, nossa sociedade está doente. Há “haters” por todos os lados. Os 99% do bem estão sendo engolidos pelo 1% do mal.

Assim é na política, assim é em todas as áreas, não seria diferente no futebol.

Quem conhece o Albeneir sabe que ele é um vencedor dentro e fora de campo. Dentro, porque foi um baita jogador. Fora, porque superou drama pessoal. Todos os dias, dia a dia, ele renasce para a vida superando o alcoolismo. E o faz com amor no coração, com coragem, uma pessoa incrível e que merece a minha e a sua admiração.

O Albeneir não nega seu amor pelo Figueirense. Ele é torcedor do Figueira. Mas este fato não significa que não seja respeitado e admirado no Avaí, clube em que jogou.

Em que momento alguém decide que, por vestir a camisa do Avaí, o Bena deve ser hostilizado? Qual o curto circuito na mente de uma pessoa que o impele a tal implosão mental? Por mais que tente entender, não consigo.

O Albeneir tem simplicidade, brilho próprio e alegria tão grandes quanto seu tamanho. Ele é grandão de coração.

Quem gosta de futebol na Capital, sendo Avaí o Figueirense, e não gosta do Albeneir por qualquer motivo deve repensar o que o move a admirar o mundo da bola. Amor, alegria, descontração, rivalidade sadia, por exemplo, não devem estar na lista destes.

Tenho certeza que o Figueirense, como instituição, tem amadurecimento suficiente para deixar as portas abertas para este craque da vida. Que ele circule pelo Scarpelli e seja abraçado e protegido pelos 99% do bem.

Bookmark and Share

Comentários (25)

  • Rafael diz: 18 de maio de 2016

    Sou um crítico ferrenho seu, mas quero te parabenizar pela matéria. Albeneir é uma figura muito querida em Florianópolis. Sou avaiano e sei que o Bena torce pro Figueirense, mas jamais tive qualquer tipo de ódio em relação a isso. Será uma ignorância absurda caso o Albeneir venha a ser hostilizado pelos alvinegros por causa desse episódio.

  • Adriano Nascimento diz: 18 de maio de 2016

    Se fosse ao contrario estariam caindo de de pau , por ser avaiano e vesindo a camisa do figueirense. Mas tambem gostaria de saber porque este senhor que esta na presedencia do avai não fala o nome do figueirense e sim o chama de time do estreito em todas as entrevistas.

  • Roberto diz: 18 de maio de 2016

    Não sou favorável a nenhum tipo de violência, admiro muito o Albeneir, porém achei oportunista o presidente do avai convidá-lo para a apresentação do jogador, e inocente foi ele em aceitar.
    Eu particularmente como alvinegro não achei legal, e ponto, porém futebol é movido por paixão e emoção, por isso devemos respeitar estes sentimentos.
    Façamos o seguinte questionamento! Você vê sua atual namorada tirando foto com o ex namorado! Acha normal?

  • Thiago Santos diz: 18 de maio de 2016

    Rivalidade é e tem que ser uma coisa sadia. Fanatismo é uma coisa imbecil, coisa de gente atoa. Sou figueira, mas não desrespeito quem troce para o time do avaí, apenas tiro um sarro as vezes. Albeneir é e sempre será ídolo alvi negro, mas também defendeu nosso rival e isso não impede de que ele seja homenageado por tal, tão pouco criticado por vestir a camisa de tal. Futebol não é paixão e emoção como foi escrito aqui, futebol é lazer, diversão e amizades. Não misturem as coisas se vocês não sabem lidar com tais sentimentos. Todo fanatismo é idiota e inconsequente.

  • Valdi Francisco diz: 18 de maio de 2016

    O Albeneir pode ser torcedor do figueira, mas merece o respeito e carinho de todos. Foi um grande jogador e é uma grande pessoa. Sempre será bem recebido na Ressacada.

  • Alvinegro sempre diz: 18 de maio de 2016

    Caro castiel, o albeneir é maior de idade e tem direito a fazer suas escolhas. Ponto. Agora, dizer q é torcedor do figueira, dá um tempo né? Vc querer dizer q é normal um “torcedor” vestir a camisa do rival? No mais, foi inocente ao cair na onda do presidente do “falido da série B” q o usou. Por fim, não m considero do 1% do mal por não concordar com vc, ok? Paz e bem..

  • Rodrigo diz: 19 de maio de 2016

    Adilson Heleno, Dão, Balduíno e tantos outros vestiram o manto alvinegro e nem por isso deixaram de ser avaianos. Albeneir é alvinegro de sangue, suor, lágrimas, carteirinha e coloninha! Sua identificação e o seu amor ao Figueirense são imaculados. Quebra tudo, Bena! Não há dinheiro que pague as alegrias que deste à nossa torcida. Tens crédito de sobra! Podes muito bem torcer para um time na Série A e outro na Série B. Avante Albeneir! Avante furacão!!

  • Juliano Coelho diz: 19 de maio de 2016

    Só irei fazer uma pergunta : Quando você irá presenciar o Marquinhos Santos vestindo em público a camisa do Figueirense?
    Albeneir você vai me desculpar mas sua atitude foi muito muito muito infeliz, pois você respeitar o coirmão é uma coisa agora tomar esse tipo de atitude em público está servindo somente para haver piadinhas e chacotas por parte dos avainos e como futebol é movido pela paixão você magoou profundamente nós alvinegros!!!

    LAMENTÁVEL!!!!!!!!!!!

  • Igor Pas diz: 19 de maio de 2016

    Me desculpe, mas não acho normal o ídolo de uma torcida vestir a camisa do time adversário, não tem cabimento, sem mais. Avaianos.. hehe abraço

  • joao fillipe diz: 19 de maio de 2016

    tanta polemica por nada…qual o problema se o cara querer ir pra ca ou pra la..

  • Wilson Silva diz: 19 de maio de 2016

    Todos falam de rivalidade , voces sabiam que a APOSENTADORIA que o BENA ganha hoje foi o AVAÍ que o ajudou a conseguir ??????? e ele foi idolo aonde , pq não partiu do Figueira essa iniciativa , ele é grato e tem um coração onde cabem os dois times da capital e os hipocritas de plantão o que fizeram para ajuda-lo ?????????

  • glaiton(bródinho) diz: 19 de maio de 2016

    Não me considero do mal mais escolho o ídolo que acho melhor, pra mim só o FernanDEZ e não gostei dessa escolha do Albeneir vestir a camisa do bvai da forma que foi e sendo um ex Ídolo, pessoal do mal são aquelas que ameaçaram de MORTE o presidente do bvai. De tolo o Albeneir não tem nada.

  • Murialdo Salles diz: 19 de maio de 2016

    BERNA, tú és uma das maiores histórias vivas do nosso FIGUEIRA.
    Tua história é humanitária com nossa gente.
    Teu coração é ALVINEGRO.
    Não deixa “PICUINHA” no teu caminho, Caminhe, se tiver que cavalgar, cavalga.
    Ninguém, tem o direito de te julgar por estas coisas.
    Abraço, torcedor alvinegro

  • Alex diz: 19 de maio de 2016

    Não são torcedores, são doentes, são marginais.

  • Daniela Moreira diz: 19 de maio de 2016

    Sou alvinegra,Albeneir não é meu ídolo,mas o respeito como pessoa e por sua história.Mas em relação a este episódio acho que foi completamente desnecessário vestir a camisa do time rival ao time que ele representa no momento.Albeneir participa de vários eventos no clube alvinegro e em sua página na rede social diz que é funcionário do Figueirense.E ele ainda participa de jogos pelo Master do Figueirense.Por isso acho que ele errou sim! Não acho que foi ingenuidade,acho que quis aparecer.

  • O IDIOTA diz: 19 de maio de 2016

    Pelas barbas de JUPITER,tem torcedor medíocre tenho dois filhos um figueira e outro avaiano,meu pai jogou no figueira,na era beto fuscão adaílton lambreta e outros mas sou avaíano não tenho raiva do figueira admiro como time da capital sou do tempo, juntos avai e figueira assistiam o jogos esta juventude atual de torcedor veio com uma mentalidade de animal tanto de um lado como do outro vamos mudar esta ideologia é só futebol torcer é sadio ofender imoral.

  • Adenor Andre Siqueira diz: 19 de maio de 2016

    Bom dia, sou Avaiano e gosto do bom futebol e também sei respeitar as atitudes de atletas, e claro sempre no limite, pois no caso do Albeneir tenho certeza que o mesmo tem um carinho especial pelo Avai mesmo declarando que é Alvinegro porque foi aqui no Avaí terminou sua carreira, e estas pessoas que o critica não sabe o que é respeito pelo cidadão, foi um gesto bonito do ex- profissional com o clube avaino e ele merece todo respeito por ser uma pessoa do bem e foi um grande jogador. abraços.

  • da ilha diz: 19 de maio de 2016

    Enquanto isso torcedores do mangue do mal ameaçando o seu presidente de morte, isso sim é crime, o Albeneir colocar camisa do bvai é burrice.

  • Macarrão Bobgueira diz: 19 de maio de 2016

    acho cabível e aceitável torcer pra um time da série A e pra outro da série B… não tem nada demais. não vi o albeneir jogar porém a história dele está gravada no clube e ele tem o meu respeito sem eu nem o conhecer pessoalmente.

  • Renato Kammers diz: 19 de maio de 2016

    É por pessoas que ao invés de torcer por seu time, fica na torcida do tropeço do outro e acaba levando o futebol pro lado da ignorância violenta, que eu cada vez mais estou deixando de ir ao estádio. Estou preferindo o raidinho na companhia da minha família, muuuuito melhor.

  • MAURINO BASTOS diz: 19 de maio de 2016

    Assisti vários jogos do Albeneir, no seu momento áureo no futebol e sempre gostei do seu profissionalismo, embora em certos momentos ostentasse falta de responsabilidade com o seu futuro. Admiro também o seu poder de recuperação na sua vida particular. Todos sabemos o quão difícil é, se recuperar de qualquer vício. Sei também que ele jogou nos dois clubes da capital, mas tem afinidade maior com o Alvinegro.
    Porém acho que ele poderia ter evitado esse clima em que se formou contra a sua atitude. Ele mais do que ninguém sabe que numa torcida tem os que entendem esse tipo de atitude e os que não aceitam. Poderia ter, já que foi convidado, a participar da apresentação do atleta azurra, mas nunca vestir a camisa deles. É isso que os mais ferrenhos não aceitam. Aí eu pergunto: Qual jogador que é considerado ídolo avaiano, vestiria uma camisa Alvinegra? Duvido que alguém se apresente. Qual jogador do São Paulo, vestiria a camisa do Corinthians, Palmeiras, Santos,etc? Sei que ele fez com boas intenções, na maior inocência, mas também acho que foi muito longe. Não deveria ter chegado a tanto. Da próxima vez ele pensa melhor, antes de agir por impulso.
    Outra pergunta: Se ele torce pelo Figueira, porque não deu a camisa do clube dele? Pra mim seria a forma mais correta dele ter agido. Quem fosse recebê-la, que aceitasse se quisesse.
    Dito isso, acho também que toda essa besteira que ele fez não é pra tanto. Tem coisas mais importante para nos preocupar.

  • Mazinho Alvinegro diz: 20 de maio de 2016

    Se fosse o FernanDEZ que vestisse a camisa do Bvai eu ficaria chateado e explico.
    O FernanDEZ NUNCA jogou no Bva, não tem história no Bva e é ídolo eterno da nação.

    Quanto ao BENA, grande exterminador de Bvaiânus, jogou nos dois times, mesmo que tenha sido uma passagem relâmpago pelo mangue.

    Não vejo nada de anormal ele frequentar a RessaQueda esporadicamente. ELE PODE!

  • Marco diz: 23 de maio de 2016

    Foi uma grande jogada de marketing do presidente do Avaí. Penso que o Albeneir foi inocente, poderia ter posado na foto com o novo jogador, mas com a camisa que ganhou na mão, jamais vestindo. Mas, nem por isso merece reprimendas ou hostilidade. Cada um é dono do seu nariz.

  • cyro el bacha junior diz: 24 de maio de 2016

    O Bena é uma lenda do futebol catarinense, tanto dentro como fora de campo! Sou torcedor do Tigre, mas lembro que na época de estudante, na década de 80,morava em Floripa, e ia com frequência ao jogos, tanto de Avaí, no Pasto do Bode, como do Figueira, no Scarpelão, porque gostava muito de futebol e esse homem incomodava nosso time toda vez que jogávamos contra ele! Pessoa querida! TORCIDA DO fiGUEIRA, NÂO FAÇAM ISSO COM UM DOS MAIORES ÍDOLOS DO TIME DE VOCÊS!

  • waltencir j silva diz: 1 de junho de 2016

    Quanta ignorância contra uma pessoa que representou muito bem a cidade de Florianópolis nos dois clubes, vi o bena jogar no Figueira e no Avai, vi o Adilson Heleno ser ídolo na ressacada e jogar Muito bem no Figueira. A maioria que está criticando não chegaram a ver os dois em ação nos clubes da capital. Como disse o Castiel nossa sociedade está doente, quem tem opinião contrária é hostilizado, vivemos em uma democracia, todos tem direito a uma opinião. Bena é e sempre será ídolo no maior clube de SC.

Envie seu Comentário