Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
clicRBS
Nova busca - outros

O espetacular momento do time de Argel, o Figueirense com DNA de Série A

28 de setembro de 2014 21

Felicidade.

Esta a palavra que define o fim de domingo para a nação alvinegra.

Como diz o Salles Júnior, “como é bom viver momentos como este”.

Quando o técnico Argel assumiu o clube, fui um defensor. Fico feliz em perceber que meu feeling estava correto.

É um cara que empresta coração ao time, sem descuidar de questões táticas e técnicas.

A posição na tabela é privilegiada.

Mas, se conheço bem o Argel, não vai deixar baixar a bola.

O Palmeiras foi melhor, mas o Figueira venceu. Isso é apostar na vitória, no ataque e esta mensagem Argel mandou.

Bookmark and Share

Depois do que houve na Arena do Grêmio, certamente Avaí terá problemas pela frente

28 de setembro de 2014 98

O impacto recente do que houve na Arena do Grêmio vai cobrar caro também do episódio da Ressacada.

As imagens não deixam dúvida sobre o que falou Antônio Carlos a Francis.

Se houve punição severa ao Grêmio, imagina-se que o STJD vai entrar nesta barca também.

No caso tricolor, houve exclusão da competição num primeiro momento, depois perda de pontos.

A  perda de pontos é uma ameaça concreta, sabemos que o STJD  já condenou o Grêmio mesmo que a lei diga o contrário.

Se fosse seguida a letra fria da lei, a punição seria apenas ao atleta. Mas sabemos que a pressão será grande.

Perda de pontos é sempre ruim para uma disputa tão apertada de G-4.

Gente, lamentável. O que passa pela cabeça do atleta? Câmeras captam tudo.

Bookmark and Share

Figueirense faz seis pontos em cima do freguês Corinthians e encaminha um feliz Supersetembro

25 de setembro de 2014 20

Freguesia se constrói com resultados. Assim como a dupla Gre-Nal já virou presa predileta para o Figueira na Série A, agora o Corinthians começa a entrar nesse clube.

Os mais de 10 mil presentes (parecia mais) vão dormir felizes.

O Alvinegro de SC carimbou a inauguração do estádio do time paulista, um gigante do futebol brasileiro.

E agora completou o serviço. De quebra interrompeu incômoda série sem vitórias.

Nosso Figueira respira legal em relação à zona de rebaixamento e flerta com a Sul-Americana.

Parabéns também à Chapecoense, que respirou legal com vitória de “seis pontos” sobre o Atlético.

Pena o Criciúma, que parece não achar seu caminho.

Bookmark and Share

Morte do torcedor do Avaí: a bad vibe que mata também o futebol brasileiro

24 de setembro de 2014 29

Vamos aguardar a investigação da polícia civil sobre este episódio que resultou na morte de um torcedor do Avaí na volta do Paraná.

Ainda não se pode falar em violência entre torcidas, embora a Polícia Rodoviária Federal trabalhe com esta forte hipótese. Afinal, não é um local com histórico de assaltos.

E as imagens mostram muito, inclusive com a comemoração após perceber o sucesso do ataque.

Não há mais o que se falar sobre estes assuntos. O número de casos é extenso de violência, disseminado, atinge torcidas organizadas de todos os clubes.

Enquanto as autoridades forem reativas, não agirem preventivamente, o torcedor de bem fugirá cada vez mais dos estádios.

Estádio de futebol, hoje em dia, é um lugar com uma vibe ruim. Xingamentos, palavrões, uma energia péssima.

Agora o deslocamento para os estádios virou caminho de morte.

Pobre futebol. Você tem coragem de levar seu filho em grandes jogos?

Eu não.

Bookmark and Share

A lição dos empates com gosto de derrota para Avaí e Joinville: respeitar cada partida como uma final de campeonato

23 de setembro de 2014 9

Cada rodada da Série B tem sido um mar de emoções. Uma variação na luta pelo G-4 tão grande, que compensa a falta de qualidade técnica das partidas.

Nesta rodada, o Avaí estava em primeiro lugar até os momentos finais de seu jogo: sofreu o empate diante do Paraná e… caiu para terceiro.

O JEC perdia em casa para o América-MG, achou o empate, e manteve, a duras penas, a liderança que perdia até encontrar seu gol.

O que fica desta rodada é uma lição muito importante: dado equilíbrio entre os times, são detalhes que vão definir a reta final.

Não há jogo fácil, nem resultado certo.

Vai ser pedreira até o final. Tem que se manter a concentração até o último segundoo das partidas.

A diferença do Avaí para o Boa, quinto colocado, ainda é de cinco pontos, poderia ser de sete, mas ainda é boa a margem para G-4.

Bookmark and Share

Espetacular Série B: Geninho emplaca desempenho acima de 70% no comando do Avaí e mesmo assim Joinville pode engolir a liderança

20 de setembro de 2014 11
O Avaí empatou com o Ceará na Arena Castelão

Lance de Avaí e Ceará. Foto: Christian Alekson/CearaSC.com

Há empates e empates. O de sábado do Avaí diante do Ceará (clique aqui e confira) é daqueles que soma um ponto e não desperdiça dois. O porque é simples: foi fora de casa e diante de adversário direto.

Mas a Série B do Campeonato Brasileiro está tão espetacular, que mesmo com Geninho emplacando 73,8% de rendimento em seu comando à frente do Leão, tem a liderança ameaçada.

E a ameaça para nosso deleite vem do tricolor catarinense. Um orgulho para SC ver nossos dois representantes capitaneando a competição (de uma olhada na tabela de classificação). Pois bem, como o jogo com o Atlético-GO foi adiado para hoje (veja por quê), já posso imaginar a Arena pulsando em vermelho, preto e branco.

Meta única tricolor, da arquibancada lotada aos 11 de Hemerson Maria: patrolar o Atlético-GO e “roubar” a liderança. Sinceramente: mesmo com o Atlético em ligeira recuperação (vem de duas vitórias e um empate), acho que o JEC está tão focado e sedento, que será difícil segurar o ímpeto.

Voltamos a nos falar em novo post após o duelo do JEC.

Bookmark and Share

Empate que na minha opinião foi derrota para Figueirense e Criciúma

18 de setembro de 2014 15

Público pequeno de pouco mais de 7 mil pessoas no Scarpelli até pode se explicar pela chuva, mas ficou de bom tamanho para o saldo final deste encontro de 1 a 1 entre Figueirense e Criciúma.

Não gosto de clássicos que não deixam uma marca definida. Nem um técnico foi superior e com suas táticas decidiu, nem um jogador foi soberano e resolveu.

O que quero dizer é que deste Figueirense e Criciúma eu esperava que o Figueirense ganhasse bem; ou que o Tigre saísse com uma vitória consagradora do Scarpelli. Mas não um 1 a 1 meio barro, meio tijolo.

Ficar comentando sobre suposto erro de arbitragem, ou sobre um jogo truncado, sobre um jogo que eu vi muito feio não me agrada.

Clássicos têm que definir tendências. Nem o Figueira acumulou gordura, nem o Criciúma agarrou a chance de respirar com mais autonomia.

Faltou ousadia e entendimento de que tínhamos uma espécie de final em jogo. Perdem os dois.

Bookmark and Share

Tá bonita a briga catarinense pela liderança da Série B. JEC venceu fora, mas Avaí manteve posição na raça

16 de setembro de 2014 10

Mais uma narração épica de Salles Júnior. Com dois gols de Marquinhos, um nos acréscimos, haja coração. E a liderança da Série B foi mantida.

Com o JEC espetacularmente na cola, com grande vitória por 2 a 1 sobre o Náutico.

O momento catarinense na Série B é tão intenso, que a visualização da dupla da Capital e do Norte na elite é algo altamente possível.

Então agora é torcer para os três da A segurarem o rojão.

Segundo o professor Kmarão, a chance de ter todos os “grandes” catarinenses na elite é de 14%.

Chance pequena, sim, mas não desprezível.

Bookmark and Share

Primeiro clássico do Supersetembro vai lotar Scarpelli e mostrar quem pode mais entre Figueirense e Criciúma

15 de setembro de 2014 29

Os campeonatos de pontos corridos têm certa peculiaridade: por não ter uma final específica, ele é pincelado por diversos momentos ímpares que valem como finais. Um deles, sem dúvida, é o clássico de quarta-feira entre Figueirense e Criciúma, no Scarpelli.

Como se sabe quando um jogo tem valor de final? Ora, não precisa convocar a torcida, por exemplo: de 10 a 12 mil alvinegros estarão lá, com certeza. E os 2 mil lugares do Tigre estarão ocupados pela torcida adversária. Ponto. Esta é a medida número um.

As outras são as que o torcedor já sabe. Este mês tradicionalmente define os rumos do Brasileiro, são 21 jogos dentro do mês. Para o Figueira, o clássico significa manter a gordura; para o Criciúma sair do Z-4 e embalar ao comando de Gilmar Dal Pozzo (confira a tabela de classificação).

O Alvinegro sofreu derrota dolorida na rodada para o Bahia  (clique aqui e relembre). Muito ruim porque é adversário direto na correlação de forças. Naquele famoso campeonato dentro do campeonato, dos times médios, o Criciúma fez o dever de casa diante do Goiás (veja como foi clicando aqui). Muito bom porque fazia parte do grupo que é preciso vencer a qualquer custo. No caso do Tigre, o tiro certo na hora certa para reagir na tabela e para fortalecer o excelente técnico Gilmar dal Pozzo. Aliás, uma excelente escolha da diretoria.

A Chapecoense seguiu os passos do Tigre e, no sábado, superou o Sport (clique aqui para saber sobre o jogo). Vitória para respirar e reorganizar a situação. E, em nova semelhança com o Criciúma, dar fôlego ao novo técnico, no caso Jorginho.

 

Bookmark and Share

Guga pediu, a torcida foi e o Avaí atendeu: liderança da Série B do Campeonato Brasileiro

13 de setembro de 2014 3

O avaiano mais ilustre que existe deu entrevista exclusiva a André Podiacki (clique aqui e confira) e pediu: a torcida precisa ir à Ressacada apoiar o Avaí rumo à liderança.

Sabe por que Guga fez isso? Porque ele é um vencedor na vida e no esporte. E sabe detectar quando um grupo está rumando para ser vencedor.

É preciso ralar, é preciso batalhar e também ter o torcedor ao seu lado.

Sábado à noite, dia e horário em que o futebol não conta com fit junto ao torcedor. Mas mais de 7 mil foram à Ressacada.

Lá incentivaram um Avaí que venceu o Vila Nova sem um grande futebol, mas colheu os três pontos e a liderança. A tabela ainda é apertada, mas já há uma relativa distância em relação ao quinto colocado, a Ponte Preta (clique aqui e confira).

Ao Guga, com carinho, trabalho feito, missão cumprida.

Com a vitória da Chapecoense à tarde é torcer para o Tigre. Já que Avaí e JEC, líder e vice-líder flertam forte com a Série A.

Projeto 5 de SC na Série A!

Bookmark and Share