Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
 

Posts com a tag "2012"

Figueirense nos top 20 do Brasil em arrecadação, mostrando potencial do clube

14 de maio de 2013 36

Um dado importantíssimo foi publicado no site MTK Esportivo, especializado em marketing esportivo (clique aqui e confirma o portal). O especialista em gestão e marketing esportivo Amir Somoggi divulgou seu levantamento anual com as receitas e dívidas dos clubes brasileiros em 2012.

E, neste estudo há um, e somente um catarinense, entre as 20 maiores receitas, e este clube é o Figueirense. (veja o quadro abaixo no blog).

O problema ainda está na dívida (veja o outro quadro), onde o Figueira aparece em 18º lugar.

De forma simplista, mas aceitável, dá para dizer que não adianta muito uma grande receita se esta é totalmente comprometida com a dívida. É uma realidade econômica. Por outro lado, se você tem poder de investimento por deter capacidade de receita, então sanar a dívida fica mais à mão.

Se o Figueira apresenta uma capacidade de investimento grande, controlar a dívida fica mais à mão, então o clube é viável. Com o que fica a torcida para que consiga encaixar um bom time, seria a senha para ampliar mais ainda a receita (associados voltam, por exemplo, como acontece de forma exponencial com o Criciúma agora).

Vale destacar o gigantismo do Corinthians e seu potencial. E a decadência absoluta do Flamengo, em 7º em arrecadação e em primeiríssimo nas dívidas.

Confira as tabelas:


Bookmark and Share

Últimos reforços de Avaí e Figueirense: copo meio cheio, copo meio vazio

18 de dezembro de 2012 15

Sempre há ângulos para uma análise. No caso das duas últimas contratações de Avaí e Figueirense, confesso, foi necessário máxima boa vontade para estabelecer possibilidades, ponderar pontos bons que pudessem diminuir o impacto da primeira impressão ruim.

Na tentativa de ver o copo meio cheio, dá para dizer que os dois últimos atletas, Danilinho, do Figueira, e Alex Lima, do Avaí, são indicações dos técnicos.

Então, Adilson Batista e Sergio Soares avalizam os nomes, trabalharam com eles, colocam sua rubrica no investimento.

O copo meio vazio, todos sabem: atletas que não são promessas e que vêm de times rebaixados este ano.

Bookmark and Share

Figueirense melhora o quadro, Avaí ainda não apresentou nenhum reforço para 2013

17 de dezembro de 2012 20

Com a possibilidade de Tinga (vamos ver se a informação dada pelo Cacau Menezes se confirma), surge um terceiro nome com bom potencial no Figueirense. O jogador se junta a Nem e Eliomar, que podem ser considerados bom reforços. Danilinho e Leozinho ficam na categoria do “esperar para ver”.

Falta ainda, sem chance de abrir mão no Alvinegro, dois zagueiros e dois alas, pelo simples fato de não ter no grupo número suficiente para estas posições.

No Avaí, parece que o sistema de apresentação de atletas será na base do pacotão no início do ano. Então ficamos sem base para análise. Mas segue a preocupação, pois não são poucas as posições carentes: dois zagueiros, um meia de criação e um novo ataque inteirinho estão em falta. É mole?

Bookmark and Share

Sérgio Soares é uma excelente escolha do Avaí para técnico na temporada 2013

06 de dezembro de 2012 39

Parabéns à diretoria do Avaí por escolher Sérgio Soares como novo treinador.

É um nome que tem condições de repensar o time taticamente e, de acordo com o material humano que receber, recolocar o Leão como protagonista.

Se havia até um certo desânimo ao final da Série B com o futuro do time da Capital, isso começou a mudar a partir do momento em que a diretoria mirou em René Simões.

Mostrou que queria uma algo mais. Não deu certo, mas na segunda tentativa, apresentou um nome que chega com respeito.

Seu trabalho em São Paulo é consistente. Claro, como qualquer técnico, teve momentos ruins na carreira.

A previsão é de um duelo interessante de treinadores nos cinco grandes. Todos com técnicos que foram aprovados pelos torcedores. Mais um ingrediente para este Catarinense que promete.

Bookmark and Share

Cair é do jogo. Agora, cair sem garra e a devida luta é uma vergonha, Figueirense

11 de novembro de 2012 83

A grande questão neste momento de rebaixamento não é o fato em si. São 20 disputantes, quatro caem, um é campeão, alguém tem de cair. O problema nem é entender como se chegou a este rebaixamento, já que todos sabemos o que levou o clube a este Brasileiro desastroso. Tanto os problemas fora de campo, quanto a falta de qualidade do time em si.

O que deixa a todos perplexos é ver como os jogadores se comportaram nesta reta final de rebaixamento. Principalmente neste último, diante do Sport. Absolutamente como se fosse mais um jogo amistoso qualquer.

Uma falta total de respeito com a camisa alvinegra, com as tradições do clube, com sua torcida. Espero que o novo presidente tenha visto com atenção o jogo de hoje.

E que estes jogadores que, na maioria, hoje não mostraram raça não deem as caras na Série B.

 

Flu, campeão, sem emoção

 

Fazia tempo que eu não via um campeão brasileiro despertar tão pouca emoção em sua torcida. Talvez porque todos já soubessem o desfecho. Pareceu mais uma rodada, como tantas outras. Não gosto desta sensação de que um título é algo natural. Se não tem um quê de emoção, nem parece título.

Bookmark and Share

Pontuação atingida para alívio da nação tricolor do Sul. Alívio, sim, mas é preciso manter o alerta

10 de novembro de 2012 54

Aliiiiivio. Uuuuuufa. Aleluiaaaaa.

Vamos lá, Tigre.

Agora, o time, com a goleada de 4 a 1 sobre o América, traz para casa novamente o poder de confirmar a vaga.

O detalhe é que esta condição volta aos domínios do Tigre do ponto de vista psicológico.

E esta maturidade ficou comprovada quando o jogo ficou 2 a 1. O time reagiu e ampliou o placar.

Uma pedra de uma tonelada foi retirada das costas com esta vitória. Agora é a torcida receber os jogadores com carinho e voltar a lotar o HH, com confiança, mas sem festa antecipada.

Agora é manter o sinal de alerta ligado, mas a inspiração fica com aqueles torcedores que foram na longe Natal, esquecendo aqueles mais exaltados.

O Criciúma ficar sem essa vaga seria uma das maiores injustiças que já vi no futebol.





Bookmark and Share

Avaí, JEC e Tigre: um gol, um tchau, uma preocupação e um alerta para o novo ranking da CBF

10 de novembro de 2012 17

Depois da sexta-feira de Série B, temos: o Avaí vencendo quando não mais adianta, o JEC fora da briga pelo G-4 e o Criciúma mais pressionado ainda depois da vitória do São Caetano.

Assim amanheceu este sábado, além da chuva que atrapalha corredores como eu, que precisam adiar o longão para o final de tarde ou amanhã de manhã.

No caso avaiano, retiramos desta reta final de campeonato o gol de Carreirinha como algo de positivo. Um jogador de ataque dá seu recado no setor que destruiu com o time na Série B.

No caso do JEC, o Bragantino jogou sua vida, compreensível e respirou na luta contra a Série C. O tricolor do Norte ficou a um pontinho do Avaí.

Lembro os dois times que o novo ranking da CBF estabelece um critério que abraça os cinco últimos anos, portanto até o último jogo é importante lutar para manter estas vagas de 6º e 7º, já que o 5º está difícil.

E o Tigre? Bom, pressão total. Ficou a um pontinho do São Caetano, em quarto lugar. Virou desespero e necessidade vencer do América. Vitória, aliás, que já não dá mais a vaga antecipada. Mas isso é assunto para o final da tarde de hoje.

No cantinho do meu blog no Facebook, sempre posto links legais, faço enquetes e aviso dos meus posts. Clica aí e curte lá    :)

Bookmark and Share

Chapecoense, nosso orgulho do Oeste! Um sonoro viva a mais um "grande de SC"

08 de novembro de 2012 108

O estilo vencedor da Chapecoense é inconfundível. Sempre um bom goleiro, dois alas que apoiam bastante, dois zagueiros altos (e que fazem gols), um meio campo pegador, mas com pelo menos um articulador de bom nível e, claro, a famosa fábrica de centroavantes eficientes.

Esta fórmula, aliada ao amor da torcida, guerreira como o time, que leva o Verdão a títulos estaduais, finalmente rendeu dividendos em nível nacional.

Era o que faltava para o nosso orgulho vindo do Oeste cravar seu nome entre os cinco grandes de Santa Catarina.

Porque no Estado, depois do título obtido em 1977 e o vice em 1978, desde os anos 1990 a equipe está sempre nas cabeças: quatro conquistas e quatro vices atestam o fato.

Agora, o Verdão vai transitar na Série B. Novo orçamento e novas metas, sim, mas o estilão inconfundível do Índio, tenho certeza, será mantido e ostentado com orgulho!Parabéns povo guerreiro do Oeste. A felicidade de vocês é a felicidade do povo catarinense. Os seus feitos, são de todos que lutam pela grandeza deste Estado.

No cantinho do meu blog no Facebook, sempre posto links legais, faço enquetes e aviso dos meus posts. Clica aí e curte lá :) 






Bookmark and Share

Confirmado Adilson Batista. O Figueirense parte para um novo momento técnico-tático

08 de novembro de 2012 41

Não é à toa que postei hoje pela manhã sobre Adilson Batista. Tinha a informação de que o negócio fecharia hoje. Por este motivo coloquei o post (clique aqui e confira os prós e contras que eu elenquei).

Agora que é oficial no site Alvinegro (confira clicando aqui), desejo boa sorte a este treinador. O que mais gosto nele é a paciência no trabalho com jovens. Todos sabemos que a torcida muitas vezes não entende este processo. Mas ele rende ótimos dividendos.

Torço para que frutifique, o Figueirense precisa muito reagir imediatamente, para não entrar num circulo vicioso, num viés de queda muitas vezes perigoso e incontrolável.

Adilson também é um cara que taticamente trabalha muito bem. Os contras nem vou me deter, já elenquei no post do link ali de cima e as informações são fartas no DC Esportes.

Agora é baixar a cabeça e trabalhar muito. Adilson costuma trabalhar com uma equipe e recomendar jogadores. O nível de acerto tem que ser acima de 80% na área do futebol.

Um lado interessante desta contratação é justamente o fato de Adilson quase ter acertado com o clube, naquele momento o técnico refugou ao perceber muita confusão nos bastidores. Se aceitou agora, é porque percebeu estabilidade no projeto.

No cantinho do meu blog no Facebook, sempre posto links legais, faço enquetes e aviso dos meus posts. Clica aí e curte lá :)

Bookmark and Share

Adilson Batista no Figueirense, prós e contras

08 de novembro de 2012 27

Adilson Batista, tendo seu nome confirmado para ser o técnico do Figueirense no Estadual, abre um amplo leque para a análise deste investimento do Figueirense. Aliás, faço esta avaliação, mas no caso do Alvinegro é bom esperar com cautela as decisões, já que a vinda só poderá se confirmar com o técnico sendo apresentado e um plano B já é estudado.

Mesmo assim, vamos as variáveis que permitem ao torcedor e aos analistas considerarem a aposta algo positivo e a algumas situações, contudo, que trazem dúvida.

É uma boa porque…

- É um técnico que conhece o mercado catarinense. Treinou o Avaí em 2002 e o Figueirense em 2005.

- Marcou seu nome com sucesso no Alvinegro.

- Tem gratidão por seu trabalho aqui. Sua carreira decolou com a ida ao Japão e, depois, para o Cruzeiro.

- Tem amplo conhecimento do mercado e uma grande gama de atletas que gostam de trabalhar com ele.

- Já fez alguns trabalhos táticos inovadores.

- Com o grupo na mão, aproveita o melhor dos atletas.

- Precisa de um grande trabalho para retomar o moral.

- Sabe trabalhar a base: em 2006 aproveitou nomes como Henrique, Edson e Soares.

Pode não ser uma boa…

- Recentemente, o clube tentou trazê-lo e houve desgaste.

- Seus últimos trabalhos em Corinthians, Santos, Atlético-PR e São Paulo, sem falar no Atlético-GO, tiveram muito mais baixos do que altos.

- Por não abrir mão de sua comissão e de indicar uma série de atletas. Se o trabalho não frutifica, sobra pouca margem para reconstruir o grupo.

- Às vezes tem soluções incomuns, tipo usar jogadores deslocados e entrar com escalações inesperadas.

- Não joga para a torcida, tem suas convicções e, neste momento de descontentamento, o torcedor pode não ter paciência para começar um trabalho.

Bookmark and Share