Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
clicRBS
Nova busca - outros

Posts com a tag "Flamengo"

Figueirense dá resposta à altura, agora a bola tá com a torcida alvinegra em lotar Scarpelli

30 de setembro de 2015 22

A primeira medida do Figueirense, de colocar reservas contra o Santos. Certíssimo (leia aqui). Prioridade para ficar na Série A.

A segunda medida espetacular (leia aqui) foi dar o recado que não vai jogar em Brasília seja pelos milhões que forem.

E a terceira medida sensacional foi  a de que, torcedor com a camisa do Figueira, paga só R$ 30.

Pronto. respostas fortes e acertadas do presidente Wilfredo Brillinger à nação alvinegra.

Agora não tem mimimi. É torcer muito para encarar o Goiás em alto nível. Aliás, sem pessimismo. Acredito muito num bom resultado do Alvinegro. Lá é Copa do Mundo.

Depois, contra o Flamengo, virá a resposta definitiva se a diretoria pode confiar na galera: o Scarpelli terá de ter 19 mil pessoas. 15 mil alvinegros, 4 mil flamenguistas.

Tem que ser como no vídeo abaixo, diz se não faz a diferença?

Bookmark and Share

Figueirense não deve cogitar jogar em Brasília contra Flamengo. Tem é que conseguir lotar o Scarpelli

29 de setembro de 2015 36

No post abaixo, o objetivo não foi outro senão discutir foco. É tudo o que falta para o futebol brasileiro e, principalmente, catarinense. Nos comentários, 99% entenderam. E grande parte concordou com a minha visão.

Claro que houve aqueles que viram paixão inserida, no que seria uma mágoa minha com o André Lima. Basta ler o que está escrito que qualquer um afastaria esta hipótese, mas ler e contextualizar não faz parte da realidade de alguns e este drama que assola muitos brasileiros não há como combater.

E volto ao assunto foco com três questões que devem ser tratadas com a rapidez necessária.

Primeiro, o assunto Ronaldinho Gaúcho. Nem falo dos times da Capital, que, acredito, jamais cogitariam um acerto com o atleta e vice-versa. A dupla de Floripa apenas aparece na lista de alguns sites porque Ronaldinho tem casa na Ilha e seria cômodo para o jogador esta opção, já que o meia parece estar numa vibe de futebol + festa e, sabemos, Floripa tem esta mistura de sobra. E só. Não dá nem para cogitar.

Mas dá para falar dos demais times grandes brasileiros: qual deles seria maluco de acertar agora com Ronaldinho? Pior é que seria capaz de rolar. Mesmo assim, acredito que o jogador vá para os EUA, Índia, China, enfim…

Segundo, esta mais polêmica porém igualmente, na minha humilde opinião, fora de cogitação: a oferta do Flamengo de mais de R$ 1 milhão para o Figueira jogar em Brasília. Só uma observação quanto à hipótese: ridícula. A diretoria do Figueira não pode nem ouvir o Flamengo. E ponto final.

Terceiro, um assunto mais interessante e pungente: promoção de ingressos do Figueira. Na minha opinião, seria o pulo do gato da diretoria alvinegra. Vejam os próximos trêes adversários em casa: Flamengo, Santos, Atlético-MG na sequência. Fora, serão  adversários de “seis pontos” (Goiás, Joinville, Coritiba e Ponte Preta). No Scarpelli, os casca-grossa, fora os adversários contra o rebaixamento. Depois dessa sequência no Scarpelli, tem o Verdão do Oeste, aí será clássico local daqueles… (clique aqui e confira a tabela).

Meu raciocínio: Tem que ser bravo, heroico fora e, em casa, lotar o Scarpelli, fazer públicos épicos, jornadas históricas. Isso você não faz com menos gente ou igual número de torcedor no estádio em relação ao adversário.

Agora, promoção tem que ser daquelas de verdade, não venda casada, etc. Tem que baratear legal o ingresso, para colocar 15 mil alvinegros por jogo. Não sei se rola, mas, repito, seria a grande sacada.

Bookmark and Share

Futuro rebaixado Flamengo afunda no Velho Oeste. Na Capital, remédio Argel faz efeito no Figueirense

03 de agosto de 2014 20

Uma ótima rodada para o futebol catarinense na Série A do Campeonato Brasileiro. No sábado o Tigre, todo desfalcado, foi a São Paulo e arrumou um empate no Morumbi.

Diante do material humano que tinha Wagner Lopes armou um time consistente, com proposta defensiva, jogando por uma bola. Deu certo.

Em Floripa, o Figueira perdeu o medo de jogar em casa. Sabem por quê? Porque tem um técnico que sabe trabalhar esta parte psicológica nos jogadores.

O resultado foi, finalmente, uma vitória em casa. Não foi uma atuação brilhante, mas suficiente para arrancar os três pontos, mostrando superioridade ao adversário, que vem bem no Brasileiro.

Com esta fórmula: auto-confiança e consistência tática é que o Figueira vai encontrar seu caminho para fugir do Z-4.

Falei que o Argel tem qualidade, sabe posicionar o time e não tem preconceito com garotos: acreditou em Leo Lisboa, acreditou em Cleitinho e viu o 2 a 0 sair destes meninos. Depois o 3 a 0 sobre o Sport serviu para ratificar uma possível arrancada na competição.

E, no Condá, desmerecer o Flamengo seria diminuir a vitória da Chape por 1 a 0. Não é esta minha intenção. O Verdão foi consistente, superior, jogou para o gasto, bem ao nível que o adversário exigiu. É o melhor de SC no campeonato. Mesmo com a vitória magrinha. Respeitou demais este Flamengo. Apertando um pouquinho, fazia saldo.

Mas não dá para fugir da constatação do baixíssimo nível que vem colado ao Flamengo, um verdadeiro arremedo de time de futebol. Não sei se o Luxa vai dar jeito nessa equipe sem criatividade, molenga, com cara de Série B.

Sabemos que o Flamengo, agora lanterna, costuma achar forças em sua torcida, em uma mística, mas desta vez não sei não…

Bookmark and Share

O Criciúma levar goleada deste time ruim do Flamengo é mais preocupante que o Z-4

29 de setembro de 2013 34

Sei que a imensa nação rubro-negra em SC vai ficar irritada com o blogueiro. Mas acompanhei o jogo com o Criciúma e fiquei muito mais preocupado com o Criciúma, nestes 4 a 1, do que o normal. Porque perder para este time fraquíssimo do Flamengo é realmente um atestado de que a queda para a Série B já pode começar a ser encarada como algo normal.

O Maracanã lindo não merece um time do Fla tão fraco. O placar de 4 a 1 não deve iludir a torcida carioca. Porque o Criciúma conseguiu ser mais fraco que este Flamengo.

Um time sem consistência defensiva, que tem um Daniel Carvalho constrangedor no meio-campo e que não acha soluções ofensivas.

O Criciúma está de mãos dadas com o rebaixamento. Um namoro que o torcedor não queria, mas que seu time intensificou, infelizmente.

Bookmark and Share

O balanço da parada nos Brasileiros será favorável a quem conseguir hibernar no G-4

08 de junho de 2013 34

O Inverno começa a engrenar e o Brasil vai parar com os campeonatos. Não é por causa da neve como ocorre na Europa, mas pela Copa das Confederações.

A intertemporada tem efeito terapêutico. Dos quatro catarinenses, Avaí e Figueirense ainda não conquistaram o direito de hibernar no G-4. O Figueira, com a derrota de agora há pouco para o Paraná, por 1 a 0, não vai permanecer entre os quatro. Terá que contar com a última rodada antes da parada.

Adilson Batista terá que reencontrar seu time, sem William Magrão, são duas derrotas consecutivas. O JEC precisa consolidar o bom momento. A Chapecoense só necessita não perder o pique. O Avaí precisa repensar muita coisa, a começar por entender de que forma o time vai fazer Marquinhos e Cleber Santana funcionarem num esquema tático inteligente. Há mais uma chance para todos na terça-veira que vem.

Já o Criciúma está numa zona intermediária. Poderia estar melhor não fosse o imprevisto 3 a 0 diante do Flamengo.

Não posso detalhar as atuações de Figueirense e de Tigre neste sábado, cheguei de Porto Alegre agora há pouco, peguei apenas o finalzinho das partidas. Estava lá num encontro do colegas de RBS que vão cobrir a Copa das Confederações. Estarei em Belo Horizonte, torcendo para que o Brasil chegue a semifinal por lá.

Agora é esperar o amistoso contra a França, neste domingo, e vermos o que nos reserva a segunda era Felipão.

Mas, antes, amanhã bem cedinho, tem Meia Maratona aqui em Floripa, que quiser ir à Beira-Mar dar uma força, é sempre legal para os corredores. Entre os quais estarei tentando baixar o meu tempo nesta prova

Bookmark and Share

Figueirense foi prejudicado contra o Flamengo, mas ninguém liga porque o time já está morto

04 de novembro de 2012 33

Triste até o fim

Os episódios de bastidores que levaram o Figueirense a passar quase um campeonato inteiro sofrendo já tinham feito deste ano alvinegro algo dolorido para seu torcedor.

Sem esquecer da perda do título catarinense para o Avaí. Mas parece que ainda há mais um capítulo para maltratar a massa do Figueira: ser roubado na reta final.

O que fizeram com o time na derrota para o Flamengo foi mais um episódio deste Brasileiro com cartas marcadas.

Mas quem não mostra em campo, não pode exigir nada fora dele.

Bookmark and Share

O recado ao torcedor avaiano

17 de setembro de 2012 70

Veja, este post não está dizendo que o Cléber Santana e o Renato Santos vão para o Flamengo. Está apenas repercutindo o que a imprensa carioca estampou na capa dos sites, dizendo que ambos já estaria acertados com o rubro-negro.

Então, eu coloco o raciocínio assim: se não deixarem o Avaí na reta final do Brasileiro, legal, o clube fez sua parte para tentar algum “pequeno milagre” em termos de acesso.

Se realmente a imprensa carioca tiver razão, e não estaria mancheteando sem alguém de dentro do clube passar a informação, então o recado é que o Avaí já admite não ter fôlego para uma arrancada final.

Aí, a Ressacada, que já não teve afluência desejada para um time com torcida, provavelmente terá área livre mais acentuada ainda.

Bookmark and Share

Um favoritismo relativo do Figueirense, diante do Avaí, no duelo de domingo na Ressacada

02 de dezembro de 2011 67

O Figueirense é favorito. Mas não é “favoriiiitoooo” para o clássico do próximo domingo, na Ressacada.

Pela campanha que fez, pelos pontos a mais que o adversário que acumulou, demonstrou ter melhor time, mais conjunto.

Mas o melhor desempenho no Nacional, em clássico, não é o único ingrediente.

O Figueira vem de duas derrotas. Jogará pressionado para buscar a vitória, coisa que demonstrou não saber fazer ao longo do campeonato.

Neste mesmo campeonato, jogando melhor, pecou em detalhes e perdeu o jogo ida para o Leão.

Pegará um adversário com a honra ferida, querendo dar uma resposta à torcida, tentando tirá-lo da Libertadores e tentando evitar que o principal rival bata a melhor colocação na história em Brasileiros.

Então, o termo favorito é bastante relativo. Apenas para contextualizar. Em campo, teremos um jogo de tirar o fôlego.

Bookmark and Share

Fim da novela não foi legal. E diretorias de Figueirense e Avaí ficaram estremecidas

01 de dezembro de 2011 112

 Infelizmente, mesmo com a ação dos órgãos públicos, o Avaí optou por esvaziar o clássico. Ao invés de reduzir para R$ 50 o setor do Figueira, estabeleceu um preço mínimo de R$ 70 para todos (ou quase, porque tem a “costeirinha”, no D).

 Ao invés de ceder e baratear para todos, deixaram caro para todos. A diretoria do Figueirense neste episódio lembrou de um acordo entre os clubes para manutenção dos preços. O que configuraria quebra de palavra, o que é grave. A direção do Avaí contra-atacou com um suposto não cumprimento de espaço de 3.000 lugares ao Avaí no primeiro clássico.

 A suposta boa relação que as diretorias tinham, foi para o espaço (confira matéria de hoje no DC, se você for cadastrado no site, e confira os valores no diario.com.br).

 Estamos vivendo um pré-clássico triste. Um exemplo de como não proceder.

 Bom, a partir de hoje vou tentar focar agora nos times e no jogo. Vamos ver se o dia vai permitir. Aí à tarde já coloco novo post para discutirmos algo mais legal.

Bookmark and Share

Agitação no Conselho do Avaí, novos preços de sócios e os ingressos dos visitantes no clássico

29 de novembro de 2011 68

O Conselho do Avaí esteve reunido ontem. Dei uma olhada nos blogs (Avaixonados, Tarnowsky, e DNA, que foram os que já trataram sobre o evento. E o clicEsportes e o site oficial do Avaí. Neles você já tem detalhes dos preços e de muito do que foi discutido e ainda causa polêmica.

Pontos positivos

- Houve real baixa nos valores para associados, com valores competitivos no mercado a aceitáveis para a atual conjuntura.

- Houve presença grande de conselheiros, o que é significado de que o clube terá amparo na Série B

- Vejo nos blogs pedidos de esclarecimentos importantes ao clube, que, parece, serão respondidos oficialmente aos conselheiros. Isso é importante se ocorrer.

Pontos negativos

- Se o afluxo de conselheiros foi significativo, o de torcedores ainda não demonstra uma mobilização.

- A oposição se manifestou ostensivamente via twitter, mas não ficou claro para mim o que realmente discordam pela aprovação em massa do plano. O máximo que compreendi é que gostariam de mais tempo de discussão e avaliação. Porque a redução nos valores, houve.

Aumento abusivo dos preço dos ingressos no clássico? 

Mudando de assunto: espero sinceramente que a diretoria do Avaí não aumente ingressos abusivamente para o clássico (se você for cadastrado, leia matéria de hj do DC, se não for, é gratuito, vale a pena).

Não seria uma atitude de cavalheiro elevar a R$ 100 ou mais o visitante. O setor do Figueira lotado é uma conseqüência que vai ocorrer pela fase do time em contraste com a do Avaí, evitar isso de forma artificial seria até ruim para a imagem avaiana.

O que pode ser feito é a venda só para sócios de ingressos que não são no setor de visitantes, para evitar mistura de torcidas.

Hoje isso deve ser definido e vamos discutir aqui.

Bookmark and Share