Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
clicRBS
Nova busca - outros

Deputados gaúchos irão à Índia para encontro sobre tabaco. Viagem custará R$ 80 mil

03 de novembro de 2016 7
Foto: Vjeran Lisjak / Stock.Xchng

Foto: Vjeran Lisjak / Stock.Xchng

Uma comitiva de cinco deputados estaduais gaúchos embarca nesta sexta-feira (4) com destino à Índia. Eles irão acompanhar a Conferência das Partes (COP7), entre 7 e 12 de novembro, que vai discutir ações para reduzir o consumo de tabaco no mundo. Os parlamentares estarão acompanhados de representantes do setor.

A viagem custará mais de R$ 80 mil, entre diárias e passagens aéreas. Os deputados que integram o grupo são de regiões em que o tabaco é responsável por boa parte da arrecadação. Questionado sobre o custo elevado da missão, o presidente da Comissão de Agricultura, Pecuária e Cooperativismo da Assembleia, deputado Adolfo Brito (PP), responde:

“Esse é o mínimo que a Assembleia Legislativa poderia fazer para defender uma cadeia que tem tanta gente que não têm quem os defenda. É o pequeno e o micro produtor e eles não têm outra opção”.

Além de Brito (PP), participarão da viagem os deputados Edson Brum (PMDB), Marcelo Moraes (PTB), Zé Nunes (PT) e Pedro Pereira (PSDB). Um jornalista ligado ao Legislativo também acompanhará o grupo. Um sexto parlamentar estava na lista. Altemir Tortelli (PT) desistiu por problemas de saúde.

Também irão à Índia representantes da Abifumo, Afubra, Amprotabaco, Câmara Setorial do Tabaco e Sinditabaco, com os custos pagos por essas entidades.

Discussões

Serão discutidas a retirada do tabaco da Organização Mundial do Comércio (OMC) e inclusão na OMS, embalagens sem nenhuma propaganda (com exceção da marca em letras genéricas) ou apelo visual, mudanças nos ingredientes (incluindo os níveis de nicotina) e a responsabilização das empresas por doenças causadas pelo cigarro.

Os tratados assinados pelos participantes não passam a valer imediatamente. As decisões embasam futuras determinações em cada um dos países. No Brasil, ações definidas no COP7 já foram tomadas, como restrições a financiamentos públicos para o cultivo do tabaco, aumento de impostos e proibição do fumo em locais fechados.

O Brasil é o segundo país em produção e o primeiro em exportação. Rio Grande do Sul e Santa Catarina são responsáveis por grande parte desse número.

Comentários (7)

  • LAERT diz: 3 de novembro de 2016

    Aproveitam-se de um povo pacífico como o brasileiro e tripudiam em cima.
    Pobre desses trabalhadores que suam a camisa para ganhar míseros salários e gerar a riqueza desse nosso país. Trabalhadores são os geradores do dinheiro dos impostos que esses indivíduos desperdiçam como bem entendem.
    Deveriam se comportar como funcionários públicos, como realmente são, pagos pelo povo, mas se acham acima do bem e do mal, agindo como se fossem marajás, nobres, duques, condes, barões. Usam e abusam de mordomias para si, para parentes e ainda também, para o bando de puxa-sacos que os acompanham.
    A Revolução Francesa tentou acabar com esses privilégios dos tais nobres
    de mentira. A coisa agora está pior. Aproveitam toda a oportunidade e inventam as mais descabidas desculpas para torrar o dinheiro público,
    dizendo que vão representar os seus eleitores.
    Será que eles, os mesmos eleitores, concordam com isso?
    Certamente que não. Então já está passando da hora do povo voltar às e acabar de vez com essa verdadeira farra e exploração promovida por uma minoria em cima de milhares de cidadãos. Chega. Vamos dar uma basta nisso. Vamos mudar a constituição. Acabar com privilégios e mordomias.
    Passear na China nas costas dos gaúchos. Que beleza. Que maravilha ou melhor, que hipocrisia.
    A propósito, essa história de forum privilegiado para político que rouba
    não é um verdadeiro insulto à população.

  • Chicão diz: 3 de novembro de 2016

    Reitero que aprecio este blog democrático, e admiro o trabalho dos jornalistas em colocar à disposição do público um espaço para este tecer as suas críticas ou observações sobre a política em geral, particularmente a forma como nós, os gaúchos, a entendemos e a efetivamos.

    Dito isso, postar reportagens com vagabundos – REPITO PARA NÃO DEIXAR DÚVIDAS – VAGABUNDOS, CORRUPTOS E DESONESTOS, diante de uma crise sem igual na história do RS, gastarem um dinheiro que não temos para irem à Índia BRINCAR DE REPRESENTANTES FUMAGEIROS é querer que o cidadão passe mal pela raiva incontida, pelo ódio de ver o escárnio de inúteis e irresponsáveis com o dinheiro do povo!

    Lamentavelmente não posso REZAR para que o avião caia, pois inocentes pagariam o pato, mas que esses desgraçados se envenenem naquele país, que uma naja lhes morda a cara e morram por lá, canalhas!

    Se alguém deveria fazer esta viagem é o plantador de fumo, o interessado, igualmente os diretores das indústrias no RS, mas os deputados?!

    Cambada de porcos imundos, aproveitadores, exploradores do povo, que não fazem nada para diminuir o desemprego, os impostos que aumentaram CRIMINOSAMENTE, e agora querem se divertir com o erário público, com os cofres vazios do estado por culpa de um parlamento vadio, desonesto, LADRÃO!!!

    Pilantras, cretinos, torpes, pois os seus salários nababescos estão garantidos, enquanto os servidores do Executivo recebem as suas esmolas parceladas e sequer sabem se terão o 13º, e este bando de BANDIDOS viajando, passeando, comendo e bebendo às custas de um estado falido!

    No entanto, reunirem-se e pensar a respeito de tirar o RS do atoleiro econômico ou de se solidarizarem com o sofrimento dos professores, policiais civis e militares, agentes de saúde, esses vadios miseráveis se omitem, mas balançar as suas gordas e frouxas nádegas em viagens desnecessárias e absurdas, que nada significam para o povo, se apresentam com as suas caras de pau e mostram que não têm CARÁTER, que são nocivos e nefastos à população e Rio Grande!

    A alegação do imbecil “presidente da comissão de agricultura da assembléia”, um parlamentar medíocre, mentecapto, no lugar de mandar seus pares e cúmplices à Índia em defesa do agricultor(?!), que tem a sua terra e o seu sustento, que levasse em conta aqueles que não têm o que comer, que estão sem emprego, que se encontram desesperados, e DOASSE O DINHEIRO PARA ESTA GENTE, infame, velhaco, sujeito abjeto e vil!!!

    Não adianta, enquanto o Legislativo não for fechado PARA O BEM DO POVO E DO BRASIL, a cada dia que passa nos afundamos na lama, pois o país faliu ética e moralmente, e jamais vamos voltar à normalidade tanto econômica quanto social porque esses traidores dominam a situação, comandam o caos, pois as suas intenções são mesmo de nos ver na miséria e na pobreza, na razão indireta que ficam mais ricos diariamente, mais roubam, mais enganam o trouxa do cidadão, mais iludem e mentem!!!

    Que passem muito mal nesta viagem e voltem pior ainda ou, melhor, que não voltem mais, que morram por lá, desgraçados!!!

    (Espero que os jornalistas – e faço um pedido neste sentido – constatem a veracidade desta viagem, se não são como aqueles “cursos” dos ladrões mirins, os vereadores, que durante o período de “aulas” estão na praia ou em lojas gastando o dinheiro dessa gente passiva e omissa que nos tornamos, a ponto de ser ridículo “comemorar” a Revolução Farroupilha, se nos acovardamos de resolver a questão dos que nos roubam cara a cara, e nos acovardamos de expulsá-los dos antros de corrupção e desonestidade, a Assembléia e Câmaras Municipais!!!

  • Alberto diz: 3 de novembro de 2016

    Mais uma ‘farra das passagens’ mas não dá nada, somos Estado rico: segurança ‘sensacional’, hospitais de ‘primeiro mundo’, educação ‘nota 10′…

  • Luiz Carlos Pauli diz: 3 de novembro de 2016

    ISSO DO CIGARRO, É UMA FRAUDE MONSTRUOSA. Já de muito tempo, Olavo de Carvalho já alertava na Rede Vida de Televisão, que os dados e estatistiscas do cigarro, são fraudes monstruosas. Lá em 1995, o juiz federal William Oosten, cancelou pesquisas fumo passivo, pois eram fraudes, inclusive no despacho, o juiz colocou uma frase que resume ativistas antitabaco….”encontramos uma cultura de arrogância nessa gente antitabaco”. Reparem na aberração dos ativistas antitabaco, onde declaram que de 30 anos para cá, reduziu de 45% o número de fumantes, para apenas 10,8%, e adiantou alguma coisa? hospitais cada vez mais abarrotados de doentes(NÃO FUMANTES), o câncer de pulmão cresce estratosféricamente em NÂO FUMANTES, nem as doenças relacionadas diminuiram nesses 30 anos, prova clara, que os ativistas antitabaco brasileiros, estão fraudando pesquisas. Outra, segundo o About Group Câncer, quase 80% dos casos de câncer de pulmão, ultimos dados de 2012, foram em não fumantes, e aqui, dizem que 90% dos casos de câncer de pulmão são em fumantes. É uma fraude atrás da outra. Basta acessar o facebook do dr. Drauzio Varella – A C Camargo Center – Hospital Israelita Albert Einstein – ONCOGUIA, assunto de câncer pulmão, onde percebe-se visilmente a fraude das estatisticas, pois em mais de 300 ou 400 comentários em cada página, as pessoas declarando que fumaram por 10-20-30-40´50-60 anos, e estão todo vivos, afora lógico, os que reclamam que nunca fumaram e tem câncer de pulmão. Outro truque muito usado por ativistas antitabaco…..’MORREM 200 MIL FUMANTES TODO ANO NO BRASIL’, de fato morrem, ou fumante não morre? só o que eles não dizem, é que os fumante, morre na mesma idade de quem não fuma, senão muitas vezes vive até mais. Mesmo assim, qualquer cidadão brasileiro, pode acessar o DATASUS, onde consta claramente que morrem apenas 925 fumantes anualmente no Brasil, ou seja, de 2006 a 2010, foram a óbito 4625 fumantes, portanto, são dados oficiais do governo, não tem como alguém negar. Outra, dia 18.01.2016, a globoNews, cidades e soluções, mostrou em video na autópsia, como fica o pulmão de NÃO FUMANTES, ou seja, totalmente preto e cancerigeno, fruto da fumaça dos escapamntos, principalmente o diesel, e isso é aqui no Brasil, gente jovem, basta acessar o catálogo de video e assistir, e algum brasileiro, viu isso sendo divulgado? evidente que não, é para o povo acreditar que é o cigarro que o está matando, por isso, esses ativistas antitabaco são danosos a sociedade. E para provar que ninguém está interessado na saúde de ninguém, mas sim, só incomodar e ganhar midia, o alcool é responsável por 90% dos óbitos das drogas legalizadas, 372 BILHOES ANUAIS, o governo gasta com o alcoolismo, portanto, prova definitiva que querem só incomodar, e transformar as pessoas em bandidadas de graça, apenas para satisfazer o ego dessa gente antitabaco. FIOCRUZ – INCA – ACT-Aliança controle Tabagismo, deveriam ser investigadas pelo MPF, por falsas informações, e o MAIS GRAVE, a OMS também, que fecha o olho para informações distorcidas.

  • Charles Guerreiro diz: 4 de novembro de 2016

    Inúteis aqui, agora serão inúteis na Índia! E quem paga as inutilidades desses inúteis? Nós! Viva o Brasil e o RS, onde a inutilidade prospera!

  • Claudio D`Amato diz: 4 de novembro de 2016

    RIDÍCULO! Essa de tirar propagandas das embalagens foge ao pretexto: “Quem não fuma, não é obrigado a fumar.” Isso é paranoia histérica antitabagista!

  • David diz: 5 de novembro de 2016

    Deveriam ir a China para o encontro sobre corrupção , depois ir na Indonésia sobre o encontro de uso e trafico de drogas e em seguida ir para os países árabes sobre encontro de tratos a bandidos presidiarios.

Envie seu Comentário