Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
clicRBS
Nova busca - outros

Estado vai parcelar salários de agosto. Cerca de R$ 1 mil serão depositados dia 31

29 de agosto de 2016 19
Foto: Ivan de Andrade/Divulgação

Foto: Ivan de Andrade/Divulgação

Por Mateus Ferraz

O salário dos servidores estaduais será parcelado pela sétima vez consecutiva. Na manhã de quarta-feira (31), os trabalhadores devem ter na conta cerca de R$ 1 mil. Não estão descartados outros depósitos durante o dia, assim como ocorreu no último mês. A quitação completa deve ocorrer até o meio do mês, principalmente após a entrada de valores referentes à substituição tributária (9/10) e do ICMS dos combustíveis, energia elétrica e telecomunicações (10/10) e do comércio (12/10).

Nesta terça-feira (30), o Piratini fará a comunicação oficial, confirmando os valores da primeira parcela. Nesta segunda (29), os dados foram encaminhados pelo Tesouro Estadual à Secretaria de Comunicação. Os números são calculados alguns dias antes do pagamento, o que pode fazer, a partir da superação da expectativa de arrecadação, com que o primeiro depósito seja superior ao estimado.

Comentários (19)

  • Chicão diz: 29 de agosto de 2016

    A cada parcelamento de salário do servidor do Executivo, Sartori, o água morna, se enterra politicamente, e leva consigo o seu secretariado inútil, omisso, perdulário e incompetente!

    E afunda o PMDB merecidamente, por se tratar de um partido sem caráter, que se aloja ao poder para desfrutá-lo, por ser aproveitador, e jamais se interessar pelo povo e suas necessidades.

    A grande injustiça cometida, o maior crime praticado por Sartori é proteger os vencimentos dos demais poderes, e recair sobre o funcionalismo do Executivo a crise que ora devasta o país e o RS!

    Mente, engana, que os poderes são independentes, então seus orçamentos à parte. Na verdade, a fonte de renda é uma só, os impostos, razão pela qual deveria dividir a arrecadação do mês entre os servidores dos três poderes, e não deixar imune Legislativo e Judiciário, contrariando a Constituição, a isonomia, e porque somos iguais perante a lei!

    Sartori, o água morna, irá para a História como aquele que deu ênfase à desigualdade, que teve uma administração sofrível, que não ousou, que jamais foi ao encontro de soluções para alavancar o RS desta recessão econômica, tanto pela sua falta de coragem quanto pela falta de criatividade de seu secretariado, um bando de gente medíocre, para dizer o mínimo!

  • Sérgio diz: 29 de agosto de 2016

    Não adianta esperar tirar o leite da pedra: o povo elegeu um político que nada prometeu na campanha eleitoral só para tirar o Tarso. Agora, o povo retardado fica surpreso com este desmiolado. Fique calado e aguenta: aprenda a votar em 2018!

  • MARIA DOGRHEL ODDURO diz: 29 de agosto de 2016

    Ora, o “Gringo polenta” sempre foi um polit profissional obscuro, mamador do dinheiro público, queriam ou esperavam o que dele? O único lucro que o povo teve foi o de tirar…escafeder com a PeTralhada do poder daqui. APENAS ISSO. Esperar algo mais desse cara……? É melhor comprar um sofá-cama e deitar pra não cansar, né ?

  • Marcelo diz: 29 de agosto de 2016

    Nem vou entrar no detalhe que tantos já explicaram porque existe a separação de poderes e porque não se parcela valores de Legislativo e Judiciario, isto já foi explicado inúmeras vezes, mas sempre tem uns e outros que tentam ressuscitar isto. Me pergunto se é por ignorância ou por filiação a partido, tudo na tentativa de desconstruir a imagem do adversário. Se o Executivo tivesse livre arbítrio sobre salários de Legislativo e Judiciário então teríamos um governo de ditadura onde o Governador poderia comprar os poderes através de regalias. Penso que todo governador iria adorar botar a mão na grana de juiz e induzi-lo a favorecer o Executivo. Mas continua Chicão, haverá alguém de comprar a sua ideia. Saldar as contas do Estado e diminuir o deficit publico não interessa aos Governos populistas, a máxima é gastar o que der…. Aí quando alguém arruma a casa a muito custo (alô Yeda) tem sua imagem degrada. Bonito é gastar e endividar o Estado e depois escrever textos com palavras bonitos como faz nosso “amigo” Chicão.

  • ricardo alexandre diz: 29 de agosto de 2016

    Quero endossar as palavras do Chicão, Como é que um cidadão que disse que iria abraçar o Rio Grande do Sul, que chegou a caçoar dos professores dizendo que eles tinham que buscar piso salarial na Tumelero, que está por fora da melancólica estatística sobre segurança no estado que ele faz que governa, dorme tranquilo. Este cidadão, O GRINGO, se tivesse um pingo de coragem, devia renunciar do cargo que lhe foi concedido pela ingenuidade do povo do Rio Grande, que acreditou no canto da sereia. XôÔÔÔ GRINGO.

  • JUCELINO MEDEIROS DE OLIVEIRA diz: 29 de agosto de 2016

    Parabéns àqueles, os mesmos que protestaram no apoio ao golpe pela eleição do ” gringo que faz , o Sartorão da Massa”, que ao assumir o governo entregou o cidadão gaúcho a mercê da bandidagem. Parabéns nota 10 para quem ajudou eleger o governador mais incompetente da história do Rio Grande do Sul, afinal o partido dele é o Rio Grande não é o PMDB, do Brito, do Eduardo Cunha e do Temer, pois os partidos destes são o Rio Grande e o Brasil e não o PMDB. Eles aos governarem nunca aumentam impostos, não colocam pedágios sem contraprestação mínima (duplicação), eles nunca estão envolvidos em nada suspeito, eles não irão retirar direitos previdenciários e ” mexer na CLT”.parabéns a todos os coxinhas, pois em breve até os direitos destes serão “flexibilzados” e quem sabe para “alegria geral”, nos pós golpe e eleições tenhamos uma jornada de trabalho que se aproxime da 60 horas semanais, décimo terceiro e horas extras negociáveis. Dá-lhes coxinhas parabéns nota 10 para vocês.

  • Marcelo diz: 29 de agosto de 2016

    Força Feltes e Sartori. E que daqui a quatro anos quando a divida do Estado estiver amortizada e finalmente conseguir pagar todas as regalias de uma maquina inoperante, nós os “gaúchos” escolheremos outro governo de esquerda para fazer “bonitinho” com nosso dinheiro e nos jogar novamente em outra crise. Assim gira a roda neste Estado que encolhe e cresce por incompetência de todos, de quem vota e de quem governa. Abraço Tarso e obrigado pela divida de 5 bilhões que só crescerá até 2018.

  • Marcelo diz: 29 de agosto de 2016

    Opa, me enganei, agora são somente dois para corrigir um retrocesso de 4 anos.

  • Volnei diz: 29 de agosto de 2016

    Marcelo tu deves ser parente do Sartori puxa saco juiz desembargador político ou coisa pior!
    Esse teu papo justificando o que tu acha q sabe não cola!
    Tu sabe o q fala!
    Não diz besteiras e baboseiras!
    Tu merece esse Gringo!

  • MARLI LUIZA TEBALDI diz: 29 de agosto de 2016

    É só isso mesmo que esse “bananão” ou “polentão” sabe fazer…parcelamento…parcelamento..aumento de impostos..
    Por que esse dito cujo não vai plantar batatas? Deve ser o máximo que sabe fazer! Olhem para a segurança! E ainda tenho que ouvir que “nunca se prendeu tanto”…Ai..ai…vai catar coquinhos..

  • Fabiano diz: 29 de agosto de 2016

    De novo isso! Parcelam salários e querem mais segurança? Pior governo da história do Rio Grande do Sul, com certeza!

  • Tiago diz: 29 de agosto de 2016

    A notícia comprova a suspeita de que não entra quase nada de receita nos primeiros 10 dias do mês. Portanto, se ele deposita alguma parcela entre o dia primeiro e dez de onde vem ou onde fica o dinheiro?

  • Edson diz: 29 de agosto de 2016

    Não se elege nem pra síndico mais este gringo.

  • Nelson diz: 29 de agosto de 2016

    O meu sonho deve ser o sonho de todo servidor público do Poder Executivo, que fosse criada uma lei em que obrigasse os poderes constituídos a gerarem receitas e recursos para garantir a sua subsistência, dai eu acreditaria na lei igual para todos. Por que até agora eu só vejo que a todos são iguais perante a lei, desde que não toque no Legislativo e Judiciário, pois estes são diferentes no tratamento, que em tese deveria gerar a igualdade.

  • Mané diz: 30 de agosto de 2016

    SÓ O SALÁRIO DA FALIDA FDRH QUE NUNCA PARCELAM. SEMPRE INTEGRAL,BONITINHO.E OS SALÁRIOS LÁ SÃO BEM ALTO.MUITO ESTRANHO.

  • luis wagner mendes diz: 30 de agosto de 2016

    Eu tenho é lástima daqueles que se deixaram enganar e elegeram esse irresponsável para governar um Estado da dimensão do nosso. Mais lástima eu tenho, ainda, daqueles que o defendem com unhas e dentes, alegando que o “coitado” pegou um Estado quebrado, mas agora vai consertar tudo. Vai ver que esse monstro chamado Sartori deve ter alguma mágica ou algum truque mirabolante pra trazer de volta aquelas tantas vítimas que morreram e as que ainda vão morrer em razão da violência desenfreada que assola nosso Estado, por conta da incompetência desse dito governador. Hei pessoal! acordem ! Tem pessoas inocentes morrendo por um celular ou qualquer outra bobagem, não existe nada que justifique isso. Se a gente não pode tirar do poder esse desclassificado, pelo menos por enquanto, então que deixem ele ser responsabilizado pelas suas atitudes desumanas e covardes.

  • Sergio diz: 30 de agosto de 2016

    Sartori é o símbolo do estelionato e do golpe eleitoral. Deu calote em todo mundo, aumentou impostos, parcela salários há 7 meses seguidos, corta aumento, desmonta os serviços públicos, corta verbas da saúde, da educação, da segurança, das rodovias. Não tem políticas públicas, usou e abusou dos depósitos judiciais e dos precatórios, tirou dinheiro dos velhinhos, culpa os outros pela sua incompetência e seus aliados, as famílias gaúchas estão sendo destroçadas por sua morosidade e falta de ação. UM DESASTRE. HÁ MOTIVOS DE SOBRA PARA SEU IMPEACHMENT.

  • Sergio diz: 30 de agosto de 2016

    O RS tem no governo tartarugas mancas destroçando os serviços públicos e em Brasil temos o COVIL DE TEMER destroçando direitos dos trabalhadores.
    Temer formou um verdadeiro covil de indiciados e investigados por corrupção, sob aplausos dos empresários, da FIESP, DA mídia partidarizada, sob a conivência do judiciário omisso e da OAB e do PGR ausentes que a tudo assistem, nada fazem. Cadê os indignados com a corrupção que queriam a moralização da política? Agora eles tem sua galeria de “corruptos favoritos” que não foram para a cadeia. Foram para o governo Temer em busca de segurança, em busca de guarida, em busca do foro privilegiado. Este era o grande temor. Que a corrupção voltasse a ser abafada, voltasse a ser varrida para debaixo do tapete, mediante aplausos dos falsos moralistas que derrubaram Dilma por pedaladas fiscais e correram para o abrigo do interino. As fábricas de más notícias mudaram de atividade e agora só produzem boas notícias, tentando nos manipular como mulas de cabresto.O POVO BRASILEIRO VAI PAGAR CARO PELA SONOLÊNCIA DO JUDICIÁRIO QUE A TUDO ASSISTE DE FORMA COVARDE, O POVO TRABALHADOR VAI PAGAR CARO PELO IMPEACHMENT, VAI PERDER DIREITOS TÃO DURAMENTE CONQUISTADOS O TRABALHADOR VAI SER AQUELE PATO AMARELO PLAGIADO PELA FIESP QUE APOIOU E INCENTIVOU O POVO A IR PRA RUA E AGORA COBRA SEU PREÇO COM TERCEIRIZAÇÃO DOS SERVIÇOS.

  • Chicão diz: 30 de agosto de 2016

    Marcelo,

    Se o RS não tivesse qualquer arrecadação, que estivesse falido de forma absoluta, de onde o Executivo tiraria dinheiro para pagar os vencimentos do Judiciário e do Legislativo?!

    A tua argumentação é falha, pois advém dos impostos sustentar a máquina administrativa e salários dos servidores públicos, e não que um ou dois tenham precedência sobre aquele que sofre parcelamento ou atraso no seu pagamento!

    Dentro de condições normais, de o Estado estar em desenvolvimento, evidente que os poderes têm os seus orçamentos independentes, mas não é este momento, que estamos em crise, sem arrecadação, desemprego, inadimplência, juros extorsivos, QUE TODOS NÃO DEVAM DAR A SUA PARCELA DE SACRIFÍCIOS, e não apenas o servidor do Executivo PORQUE INJUSTIÇA, AFRONTA À CONSTITUIÇÃO QUANTO À ISONOMIA, AGRESSÃO À CARTA MAGNA PORQUE TRATAMENTO DESIGUAL PARA OS IGUAIS!!!

    Tu te enganas quando dizes que escrevo palavras bonitas(sic), logo eu?!

    O cara que cai de pau em cima do governador e seu secretariado?!

    A minha revolta e indignação se dá com esta maneira tendenciosa como o Magistério, a Brigada, Polícia Civil, Agentes de Saúde são tratados pelo Sartori, o água morna, mediante salários parcelados, menos os demais funcionários dos outros poderes!

    Ora, se a arrecadação permite que se pagasse vencimentos até 15.000,00 supostamente, a maioria absoluta da folha seria contemplada, aguardando pelo resto dos salários aqueles que mais ganham, que não sofreriam tanto a falta de dinheiro quanto aqueles que recebem menos!

    No entanto, deputados recebem 50.000,00 TCE igualmente, juízes e desembargadores da mesma forma, e parcelam os salários na ordem de 3/4/ mil reais?!

    Não Marcelo, não aceito tergiversares sobre esta questão, e que a igualdade entre os cidadãos seja posta de lado pela FALÁCIA da independência dos poderes, a ponto que – e desmancho esta tua argumentação neste momento para não deixar dúvida quem tem razão -, quando o Judiciário ou Executivo pedem reajustes salariais O LEGISLATIVO É QUEM AUTORIZA O PLEITO!!!

    Que raio de independência é esta?!

    Um abraço, Marcelo.
    Saúde e Paz!

Envie seu Comentário