Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
clicRBS
Nova busca - outros

"Não serei o Eduardo Cunha", diz novo presidente da Assembleia gaúcha, Edegar Pretto

30 de janeiro de 2017 0
Foto: Marcelo Bertani / Assembleia Legislativa / Divulgação

Foto: Marcelo Bertani / Assembleia Legislativa / Divulgação

*Por Andressa Xavier

O deputado Edegar Pretto (PT) afirmou nesta segunda-feira (30) no Gaúcha Atualidade que será um presidente que vai dialogar com os movimentos sociais e com os chefes dos demais poderes. Ele assume a presidência da Assembleia Legislativa nesta terça (31), no lugar da deputada Silvana Covatti (PP).

“Acho que todos nós estamos precisando escutar mais a população”, disse.

MST e entidades organizam ato paralelo de posse à presidência da Assembleia para Edegar Pretto

Ele ainda não conversou com o governador José Ivo Sartori, mas garantiu que o encontro será logo após a posse. Deputado de oposição, Pretto garantiu que não decidirá nada sozinho e que o parlamento seguirá tomando decisões em conjunto com o colegiado de líderes de todos os partidos.

“A possibilidade do impeachment, se chegar ao parlamento, será olhada com olhar técnico e jurídico. Não vamos cometer irregularidade política. Eu não serei o Eduardo Cunha da presidente Dilma, até porque ele está preso”, comparou.

A antecessora de Pretto precisou deliberar sobre pedido de impeachment de Sartori na Casa. O novo presidente disse que as pessoas devem esperar dele diálogo e cumprimento do regimento da Assembleia.

“Estou no papel de oposição, mas assumindo a presidência tenho por obrigação levar em conta a pluralidade”, concluiu.

Envie seu Comentário