Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
clicRBS
Nova busca - outros

STF abre inquérito para investigar deputado Marco Maia (PT)

19 de maio de 2016 0
Foto: Laycer Tomaz /Câmara dos Deputados,Divulgação

Foto: Laycer Tomaz /Câmara dos Deputados - Divulgação

O deputado gaúcho Marco Maia (PT) será investigado por suspeita de recebimento de propina durante a CPI da Petrobras. Nesta quinta-feira (19), o ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Teori Zavascki determinou a abertura de inquérito para investigar Maia e o ex-senador e atual ministro do Tribunal de Contas da União (TCU) Vital do Rêgo Filho.

O procurador-geral da República, Rodrigo Janot, terá 90 dias para o cumprimento das diligências, incluindo depoimentos e produção de provas.

Em delação, o ex-consultor da Toyo Setal, Julio Camargo, contou que o deputado gaúcho pediu meio milhão de reais para não convocá-lo para depor na comissão, pois precisava desse dinheiro para a campanha a reeleição à Câmara. Camargo acabou pagando 200 mil reais em espécie, a um contato indicado por Marco Maia. A delação, juntamente com a de Delcídio do Amaral, serviu como base para que o Supremo Tribunal Federal aceitasse o pedido de abertura de inquérito para investigar Marco Maia feito pela Procuradoria geral da República, dentro da investigação da Lava Jato.

O deputado Marco Maia nega as informações. Desde a citação por Delcídio, ele tem dito que se trata de “mentira deslavada”.

“Eu encaro com naturalidade o fato de o Ministério Público Federal investigar. Todo o homem publico quando é citado, ou quando recebe alguma denúncia está sujeito a um processo de investigação para saber se de fato aquela acusação que está sendo feita é verdadeira”, declarou Maia.

 

Envie seu Comentário