Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
clicRBS
Nova busca - outros

Posts com a tag "Salários"

Estado quita parcela de abril da dívida com a União e aguarda recuperação fiscal

02 de maio de 2017 0
Foto: Ivan de Andrade / Divulgação

Foto: Ivan de Andrade / Divulgação

O Estado pagou nesta terça-feira (2) a parcela de R$ 57,7 milhões da dívida com a União referente ao mês de abril. O valor ainda não é o integral, que gira em torno de R$ 270 milhões, devido à repactuação fechada no ano passado. A partir do acordo, o governo gaúcho ganhou anistia de seis meses e retomou os pagamentos, que crescem 5,5% a cada mês, em janeiro deste ano.

Outros R$ 40 milhões também foram quitados, referentes a uma das 24 parcelas mensais referentes ao período em que o Estado ficou sem pagar a dívida, entre abril e junho de 2016, atendendo a uma liminar deferida pela Justiça. O passivo desse período ficou em cerca de R$ 800 milhões. Um acordo possibilitou honrar o valor durante dois anos.

Recuperação Fiscal

O Estado ainda busca a aprovação da recuperação fiscal, que possibilitaria a anistia das parcelas da dívida com a União por três anos (renováveis por mais três), além da autorização para empréstimos. O projeto que define a medida já foi aprovado na Câmara Federal. O Senado ainda precisa votar o texto.

Paralelamente, a Assembleia Legislativa gaúcha também precisa avalizar o acordo, além de votar outras medidas, como a autorização para a privatização de estatais, como a CEEE, Companhia Riograndense de Mineração (CRM) e Sulgás. O Piratini não tem o apoio necessário para aprovar os projetos mais polêmicos.

Salários dos servidores

O Piratini analisa a arrecadação que entra nos cofres do Estado a partir dos últimos pagamentos do IPVA. Não há previsão de uma nova parcela aos servidores. A partir do dia 9, começarão a ser pagos o ICMS da substituição tributária, do comércio, dos combustíveis, das telecomunicações e da energia elétrica. O prazo máximo para a quitação da folha de abril é 11 de maio.

Nesta quarta-feira (3), serão depositados os vencimentos de servidores que trabalham em Fundações ligadas ao Executivo. São cerca de três mil trabalhadores com folha de R$ 24,6 milhões, que recebem em parcela única por serem regidos pela Consolidação das Leis do Trabalho (CLT).

Estado vai depositar parcela superior a R$ 3 mil dos salários dos servidores nesta sexta

23 de fevereiro de 2017 0
Foto: Ivan de Andrade / Divulgação

Foto: Ivan de Andrade / Divulgação

O Estado antecipou o pagamento dos salários dos servidores para esta sexta-feira (24) por ser o último dia com expediente bancário de fevereiro. Haverá parcelamento mais uma vez, pelo 13º Mês consecutivo. O menor valor de parcela considerado pelo Estado é de R$ 3 mil, o que representa quitar cerca de 65% da folha. No entanto, a partir da entrada de recursos ao longo desta quinta (23) e de amanhã, novos depósitos poderão ser efetuados ao longo do dia. A quitação completa deve ocorrer até o final da primeira quinzena de março.

Além da primeira parte dos salários, os servidores também receberão uma das parcelas referentes ao 13º salário de 2016. Para isso, o Estado destinou cerca de R$ 110 milhões. Há ainda a previsão de destinar R$ 40 milhões referente ao terço de férias para 40% dos professores (o restante foi quitado na folha de janeiro).

Servidores estaduais irão receber mínimo de R$ 5 mil no dia 31

28 de janeiro de 2017 0
Foto: Mateus Bruxel / Agencia RBS

Foto: Mateus Bruxel / Agencia RBS

O desempenho da arrecadação estadual de janeiro vai permitir com que o Piratini consiga pagar o salário integral a mais servidores na próxima terça-feira (31).

Até o momento, está garantida a quitação de quem ganha até R$ 5 mil. Quem recebe mais poderá ter os vencimentos honrados durante o dia ou nos dias posteriores.

Ainda há uma pequena possibilidade de que o pagamento completo saia no último dia útil do mês, o que não ocorre há um ano.

Parcelamento dos salários dos servidores do Estado partirá de R$ 3 mil

26 de janeiro de 2017 0
Foto: Porthus Junior / Agência RBS

Foto: Porthus Junior / Agência RBS

Os servidores estaduais receberão os salários parcelados pelo 12º mês consecutivo. Um alento é que a primeira parcela do mês de janeiro será superior à media praticada no ano passado. A expectativa é que o valor depositado nas contas no dia 31 supere os R$ 3 mil, quitando integralmente mais de 65% da folha. O ICMS de dezembro e o IPVA são os responsáveis pelo cenário.

Como o Estado ainda receberá valores referentes ao ICMS nesta sexta-feira (27), a situação pode melhorar. Tanto que não está descartado o pagamento de uma parcela inicial de até R$ 4 mil, o que quitaria 85% da folha, ou até o pagamento integral a todos os servidores, como ocorreu em janeiro de 2016.

Além disso, o Piratini confirma o pagamento da segunda parcela do 13º salário de 2016 (R$ 110 milhões) e do terço de férias a cerca de 60% do magistério (R$ 55 milhões). O restante das férias para os professores será quitado em fevereiro.

Servidores estaduais irão receber parte dos salários na quinta (29)

27 de dezembro de 2016 3
Foto: Porthus Junior / Agência RBS

Foto: Porthus Junior / Agência RBS

O Governo do Estado ainda está fazendo as contas. O que não foi decidido é se será pago só parte do salário de dezembro, só parte do 13º ou um pouco dos dois. O certo é que o Piratini não tem o suficiente nem para pagar nem mesmo uma das folhas integralmente.

O saldo nos cofres da Fazenda deve fechar nesta quarta-feira (28) em cerca de R$ 650 milhões, enquanto que a folha de dezembro é de R$ 1,4 bilhão. A folha do 13º soma R$ 1,25 bilhão. Se o Executivo decidir pagar só o salário de dezembro, será mais um mês de parcelamento, o 11º consecutivo. Nesse cenário, cada servidor receberia cerca de R$ 2 mil reais.

Questões legais

O que está em estudo pela Secretaria Estadual da Fazenda é qual o impacto legal de não pagar o mês ou a gratificação natalina integralmente, já que há decisões judiciais que obrigam as duas coisas.

O certo é que o dinheiro precisa ser destinado às contas dos servidores até a noite desta quarta-feira (28). Assim, os valores estarão disponíveis para saque na manhã de quinta (29). O Piratini não descarta novos depósitos durante o dia.

O Estado confirmará até a manhã desta quarta (28) a decisão.

Estado projeta nova parcela dos salários dos servidores para sexta

07 de dezembro de 2016 1
Foto: Porthus Junior / Agência RBS

Foto: Porthus Junior / Agência RBS

A próxima parcela a entrar nas contas dos servidores será de até R$ 2 mil reais. A expectativa do Piratini é que o depósito ocorra no final da tarde de sexta-feira (9), o martelo será batido somente no dia. Será preciso aguardar a entrada dos recursos referentes à substituição tributária. Para esta faixa salarial, serão necessários R$ 200 milhões.

Até a próxima terça-feira (13), o restante dos salários será quitado a partir da arrecadação do ICMS do comércio, dos combustíveis, de telecomunicações e da energia elétrica.

Até o momento, cada matrícula recebeu até R$ 2,5 mil.

13º salário

O Estado ainda não confirmou as condições para o pagamento do 13º salário do funcionalismo. O Piratini espera a aprovação da PEC que autoriza o Executivo a dividir a gratificação natalina em duas parcelas: uma até o final do ano e a outra até novembro de 2017. O texto enfrenta resistências da base aliada na Assembleia Legislativa.

Próxima parcela dos salários dos servidores estaduais será de R$ 350

30 de novembro de 2016 0
Foto: Porthus Junior / Agência RBS

Foto: Porthus Junior / Agência RBS

Após o primeiro depósito de até R$ 2.150 nas contas dos servidores, nesta quarta-feira (30), a próxima parcela será de, no mínimo, R$ 350, ainda sem data confirmada. Isso vai depender dos valores que entrarem no Caixa Único do Estado ou que sobrarem do limite dos depósitos judiciais. A definição deve ocorrer nas próximas horas.

O valor de R$ 350 é o mínimo a ser pago, já que a folha salarial foi rodada e prevê esse montante. Por isso, a Fazenda aguarda até juntar R$ 55 milhões para honrar a quantia a cada trabalhador.

Pagamento

Quando isso ocorrer, o Estado terá quitado os salários de quase 60% dos servidores. Já o pagamento do restante deve ficar apenas para o dia 13 de dezembro. Isso ocorre porque o próximo aporte substancial de recursos nos cofres do Piratini, com o ICMS do comércio, combustíveis, energia elétrica e telecomunicações, só ocorrerá após o dia 9.

Em novembro, a folha do funcionalismo está sendo parcelada pelo 10º mês consecutivo.

Estado vai pagar última parcela dos salários dos servidores na quarta (16)

14 de novembro de 2016 0
17549516

Foto: Divulgação

Os salários mais altos do Executivo estadual serão quitados na próxima quarta-feira (16), conforme previsão inicial do Piratini. Ao todo, pouco mais de 10 mil servidores, em um universo de 343 mil matrículas, ainda aguardam pelo recebimento de uma parte do salário. Para o grupo, serão destinados quase R$ 54 milhões.

Na última sexta-feira (11), o governo gaúcho depositou uma parcela de até R$ 6 mil. Os pagamentos concentrados nesses últimos dias utilizam o dinheiro do ICMS de diversas fontes, como das áreas de combustíveis, telecomunicações, energia elétrica e comércio.

Próxima parcela dos salários dos servidores será de R$ 700

07 de novembro de 2016 27
Foto: Andrea Graiz / Agência RBS

Foto: Andrea Graiz / Agência RBS

A próxima faixa dos salários dos servidores estaduais será de R$ 700. O pagamento está previsto para depois de quinta-feira (10), após a arrecadação com a substituição tributária e com o ICMS dos combustíveis, telecomunicações e energia elétrica. Valores superiores não são descartados. Nesta segunda (7), foi depositada uma parcela de R$ 180. Assim, os trabalhadores já receberam R$ 960 reais.

A quitação completa ocorrerá até o dia 16 de novembro. Com relação ao 13º salário, o Estado ainda busca uma alternativa para o pagamento que somará cerca de R$ 1,3 bilhão.

Servidores estaduais receberão nova parcela dos salários apenas na próxima semana

02 de novembro de 2016 8
Foto: Andrea Graiz / Agência RBS

Foto: Andrea Graiz / Agência RBS

A próxima parcela dos salários dos servidores estaduais deve ser paga somente após quarta-feira (9) da próxima semana. A data marca o início da entrada de valores substanciais nos cofres gaúchos. Até lá, o governo contará apenas com quantias menores, a partir do que entrar no Caixa Único e na conta dos depósitos judiciais. Até o momento, foram pagos R$ 780 por matrícula.

Leia também:

- Saiba quem são os servidores do Estado que sempre recebem o salário em dia

Pagamento em dia

Os três mil servidores celetistas que atuam em fundações vão receber o salário integral nesta quinta-feira (3). A folha desse grupo gira em torno de R$ 35 milhões. Como são regidos pela Consolidação das Leis do Trabalho (CLT), eles não têm o salário parcelado. Ainda, de acordo com o governo, o montante repassado a eles é pequeno comparado ao total da folha, que é de R$ 1,3 bilhão.

ICMS

A primeira faixa do calendário referente à entrada de tributos nos cofres do Estado inicia com a substituição tributária (dia 9), e segue com os valores dos combustíveis, energia elétrica e telecomunicações (10) e do comércio (12).