Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
clicRBS
Nova busca - outros

Mais de 15 minutos de barulho marcam homenagem às vítimas da Kiss

28 de fevereiro de 2013 2
Mais de 15 minutos de barulho marcam homenagem às vítimas da Kiss Fernanda Ramos/especialFoto: Fernanda Ramos/Especial

Santa Maria fez muito barulho para lembrar os 239 mortos na boate Kiss na manhã desta quarta-feira. Centenas de pessoas se reuniram na Praça Saldanha Marinho, no Centro, e em frente à danceteria, pouco antes das 8h. O badalar de sinos, as palmas, as cornetas e as buzinas começaram pontualmente às 8h. O programado era um minuto, mas a homenagem durou cerca 15 minutos, em diferentes pontos da cidade.

GALERIA DE FOTOS: as homenagens às vítimas um mês depois do incêndio

O trânsito parou no Centro, no início da homenagem. Como as buzinas não cessaram, as palmas também continuaram. Pais e familiares das vítimas se manifestaram em alguns momentos. Houve instantes em que a emoção foi mais marcante e se podia ouvir o choro emocionado de amigos e familiares.


Foto: Jean Pimentel

No Hospital Universitário de Santa Maria (Husm), médicos, funcionários e familiares de pacientes se reuniram para a homenagem em frente à instituição. Todos bateram palmas juntos por um minuto. Quem não podia sair dos quartos, participou da homenagem pela janela.


Foto: Jean Pimentel

Já integrantes do Andradas Viva confeccionaram 239 faixas brancas com escritos em azul que levam o nome do movimento. O material foi colocado em diversas vias do município, principalmente na Rua dos Andradas — onde fica a boate Kiss — e na Avenida Rio Branco.

Sobreviventes ainda precisam de doação de sangue

28 de fevereiro de 2013 1

Sobreviventes do incêndio da boate Kiss, em Santa Maria, que seguem internados em Porto Alegre ainda precisam de doação de sangue. O Grupo Hospital Conceição pede ao doadores que se dirijam ao Hospital Conceição, na Avenida Francisco Trein, 596, bairro Cristo Redentor, Porto Alegre.

Mais informações pelo telefone: (51) 3357-2000

Poesia: Tristeza de Santa Maria

08 de fevereiro de 2013 5

O poeta Wanderlei de Paula, que é natural de Santos (SP) e atualmente reside em Santa Catarina, escreveu uma poesia em homenagem às famílias que  perderam seus parentes no incêndio da Boate Kis, em Santa Maria

Tristeza de Santa Maria

A república dos pampas chora hoje
A morte de seus “guris”.
A bela canção entoada pelas violas encantadoras
Embalam hoje o triste som da dor de sua gente.

Esta terra encantada onde tudo brota
Hoje vê suas lágrimas a correr.
Pelo choro amiúdo do valente guapo e da mãe gentil e de sua população!
Há! Santa Maria, não é ao acaso o teu nome!

Cubra com teu manto as angústias e sofrimentos
Deste povo, lá do centro do Rio Grande do Sul
Guardas ao teu lado esses jovens
Que ascenderam iluminados, embalados na diversão.
Não deixe não que suas famílias percam o chão.

A alegria, que nas baladas dos CTGs
Propiciam a cantoria da sua tradição.
Quis o destino fosse “nas baladas” amalucadas
Buscar jovens para em flores encantar
As coxilhas verdejantes desta querência amada.
Onde tudo brota, e certamente brotará mais amor.

Hoje lamentamos em choro dedilhado ao acordeom
Ao som do repente entristecido, inesperado!
Muito magoados, mesmo que apiuchados!
Alinhados e de fino trato, só lamentam a saudade.

Santa Maria mãe de Deus
Levai a este povo, que chora e lamenta a falta dos seus
Ete povo que na tradição e na beleza
Desta querência amada do rio grande do sul.

Que só nos dá alegria e pela tradição nos orgulha, pelos bons exemplos!
Acolha as preces deste povo sofrido pelos queridos irmãos brasileiros
Da bela e indumentada Santa Maria encantada

Orações por Santa Maria

08 de fevereiro de 2013 1

Orar pelos mortos, pelos feridos e pela cidade, este é o objetivo da Ordem dos Ministros Evangélicos de Santa Maria (Omesma) que promovem uma vigília de orações em frente à bote Kiss a partir das 21h deste sábado.

São esperadas cerca de 300 pessoas que estarão, em vigília, orando e pedindo a Deus força aos feridos e à cidade, palco de umas das maiores tragédias do Estado. Para dar o tom a este momento de fé, serão tocadas músicas gospel e cerca da 30 pastores passarão mensagens de fé e apoio.

Segundo o Pastor Marcelo do Carmo, presidente da Omesma, a entidade está preparando outras atividades de pós-luto ao longo do mês na intenção de reerguer o ânimo da cidade

Solidariedade panambiense

06 de fevereiro de 2013 0


A solidariedade panambiense se fez sentir com a participação de pessoas de todas as idades na Caminhada pela Paz em Panambi, promovida por um grupo que decidiu homenagear as vítimas da tragédia de Santa Maria, na tarde da última quinta-feira.


Colegas e amigos do jovem Luís Felipe Balest Piovesan, uma das vítimas, empunhavam fotos e choraram muito durante praticamente todo o percurso que foi até a Praça Engenheiro Walter Faulhaber.

Registro em preto e branco da caminhada em Cruz Alta

06 de fevereiro de 2013 0

O jovem Maurício Rosa Bullé , de 18 anos, registrou a caminhada pela paz realizada domingo, em Cruz Alta.  Confira e bela imagem em preto e branco:

Paulista compõe música em homenagem aos familiares e amigos das vítimas da Kiss

05 de fevereiro de 2013 1


O morador da cidade paulista de Presidente Prudente, Flávio Rolo, compôs uma música em homenagem aos familiares e amigos das vítimas do incêndio na boate Kiss.  A canção foi gravada em estúdio com a colaboração de amigos e interpretada pela estudante Raquel Moreira.

A música se chama “Nossa Galera”, e procura retratar a importância das boas lembranças e da saudade que os universitários carregam consigo em relação aos amigos e à experiência universitária.

Ouça a música:

Jovens de Cruz Alta fazem abaixo-assinado por mais segurança

04 de fevereiro de 2013 3


Um grupo da cidade de Cruz Alta organizou neste domingo o protesto Vida Já!, iniciativa de jovens que perderam amigos na tragédia.

A concentração foi em frente a prefeitura e, em seguida, houve Caminhada pela Paz até o Monumento de Nossa Senhora de Fátima.

Na ocasião alguns jovens divulgaram uma petição pública pedindo justiça e mais segurança devido a tragédia em Santa Maria.

Foto: Sandra Coracini

— Perdi meu primo, lindo, inteligente de 21 anos, recém aprovado em Agronomia. Mas essa é a luta por todos eles! Temos que nos unir para que isso não aconteça de novo e para honrar a memória dos nossos queridos — destaca Tainá Datria Giusti, uma das organizadoras do documento que será entregue a autoridades cruzaltenses.

O manifesto público com assinaturas recolhidas no evento de domingo será entregue às autoridades cruzaltenses, já a petição online é dirigida ao Governador do RS,  Prefeitura de Santa Maria e Presidência da República. A meta é atingir pelo menos 2 milhões de assinaturas.

Cruz Vermelha define estratégias da Força Tarefa Técnica para Santa Maria

04 de fevereiro de 2013 0

A Cruz Vermelha Brasileira – Filial do RS  (CVB/RS) começou a definir nesta segunda-feira as estratégias de ação para a Força Tarefa Técnica criada logo após a tragédia ocorrida em Santa Maria. A meta é auxiliar na elaboração de políticas específicas de atendimento e suporte profissional a todas as pessoas envolvidas direta ou indiretamente com o ocorrido.

— Neste momento, é preciso enfatizar que o sofrimento e o choro, por exemplo, são sintomas absolutamente normais em um processo de perda de entes queridos — destaca o psiquiatra Manoel Garcia Júnior, presidente da CVB/RS.

Ele ainda ressaltou que é “preciso evitar que as pessoas que estão sofrendo carreguem o estigma de ‘vítimas’ para toda a vida”.

Participaram da reunião de hoje, na sede da Cruz Vermelha, em Porto Alegre, representantes da Secretaria Municipal da Capital, da Associação Brasileira de Psiquiatria, Sociedade dos Psicólogos/RS, do Centro de Estudos e Pesquisas sobre Desastres/RS e Sindicato de Psicologia/RS.

Amanhã, a continuidade dos trabalhos ocorrerá a partir das 9h, com o encontro de entidades da sociedade civil organizada.

Moradores de diversas cidades do interior do Estado realizaram homenagens no último fim de semana

04 de fevereiro de 2013 0

As homenagens às vítimas do incêndio da boate Kiss, em Santa Maria, mobilizaram moradores de diversas cidades no interior do Estado. Cruz Alta, Tupanciretã, São Lourenço do Sul e Quaraí sediaram algumas delas.

Foto da mobilização em Cruz Alta, por Renoir Sampaio/Especial.

No final da tarde deste domingo, moradores de Cruz Alta se encontraram em frente à prefeitura rumo ao Monumento de Nossa Senhora de Fátima, em uma caminhada que durou cerca de uma hora. Cinco vítimas da tragédia eram da cidade, que durante o ato se vestiu de branco, em sinal de paz, e de preto, em sinal de luto. O grupo carregou 1,2 mil balões brancos até o final da manifestação.

No sábado, em Tupanciretã, a caminhada saiu da Praça Coronel Lima às 22h e foi até o final da Avenida Vaz Ferreira, retornando para a Paróquia Mãe de Deus, onde foi realizado um momento de oração.

O momento de oração na Paróquia Mãe de Deus, em Tupanciretã, por Luiz Afonso Costa/Divulgação.

A denominada Procissão Luminosa foi organizada em São Lourenço do Sul na noite do último sábado. Com saída programada para às 20h30min, na boate Papillon, a caminhada seguiu até a Praia das Mães.

A Procissão Luminosa na Praia das Mães, em São Lourenço do Sul, por Rafael Grigoletti/Especial.

Uma homenagem chamada Caminhada da Luz foi realizada às 21h de sábado em Quaraí, na Fronteira Oeste. A iniciativa foi destinada principalmente às vítimas Luis Fernando Wagner e Maicon Francisco Evaldt. O ponto de encontro foi o quartel da cidade.

Luis Fernando Wagner e Maicon Francisco Evaldt sendo homenageados em Quaraí, por Tuba Medeiros/Especial.