Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
clicRBS
Nova busca - outros

Retrospecto: como foi quando o Grêmio iniciou vencendo em casa na Copa do Brasil

28 de setembro de 2016 0

Tricolor bateu o Palmeiras na Arena e levou boa vantagem para São Paulo

No mata-mata, é sempre melhor decidir em casa o segundo jogo? Não para o Grêmio. Pelo menos é o que mostra o retrospecto do clube na história da Copa do Brasil. Na grande maioria das vezes, o Tricolor, depois de vencer a partida de ida, confirmou a classificação na casa do adversário. Nesta quarta, o time bateu o Palmeiras por 2 a 1 e leva a vantagem de poder empatar por qualquer placar em São Paulo.

21166016

Grêmio venceu o Palmeiras por 2 a 1 na Arena (Foto: André Avila)

No total, em nove oportunidades o Grêmio largou vencendo o primeiro jogo em casa no mata-mata da Copa do Brasil. Somente na última, o Tricolor foi eliminado. No grande duelo contra o Santos na edição de 2010, a equipe gremista, treinada por Silas, fez 4 a 3 no Olímpico e acabou eliminado com derrota de 3 a 1 na Vila Belmiro. Nas outras oito, o Grêmio sempre avançou.

Confrontos em que o Grêmio começou vencendo em casa na Copa do Brasil:
1994
- Grêmio 2×0 Corinthians
- Corinthians 2×2 Grêmio
- Grêmio 1×0 Vitória
- Vitória 0×1 Grêmio

1997
- Grêmio 2×1 Portuguesa
- Portugesa 1×1 Grêmio
- Grêmio 2×0 Vitória
- Vitória 3×3 Grêmio

2001
- Grêmio 1×0 Fluminense
- Fluminense 0×0 Grêmio
- Grêmio 2×1 São Paulo
- São Paulo 3×4 Grêmio
- Grêmio 3×1 Coritiba
- Coritiba 0×1 Grêmio

2010
- Grêmio 3×1 Avaí
- Avaí 3×2 Grêmio
- Grêmio 4×3 Santos
- Santos 3×1 Grêmio

Retrospecto: como foi quando o Inter começou perdendo na Copa do Brasil?

28 de setembro de 2016 0

Colorado perdeu para o Santos na Vila Belmiro pelas quartas de final

Saiu melhor que a encomenda. O Internacional atuou com um time alternativo na Vila Belmiro contra o Santos: acabou perdendo por 2 a 1, mas marcou um gol fora de casa que pode ajudar muito na partida de volta pelas quartas de final no Beira-Rio. E como é o retrospecto do Inter na Copa do Brasil quando perdeu o primeiro jogo?

4127206

Em 2008, Inter reverteu desvantagem contra o Paraná

A lembrança mais agradável para a torcida colorada foi justamente no ano do título da Copa do Brasil. Em 1992, justamente na final, o Inter perdeu para o Fluminense no Rio de Janeiro por 2 a 1, revertendo o placar com 1 a 0 no Beira-Rio para comemorar a conquista.

No total, em 13 oportunidades aconteceu do Inter largar o confronto mata-mata perdendo. O time colorado conseguiu reverter a desvantagem em apenas cinco ocasiões. Além da edição de 1992 contra o Fluminense, o fato também ocorreu diante do Santos (1997), Botafogo-SP (2000) Paraná (2008) e União de Rondonópolis (2009).

Confrontos que o Inter começou perdendo na Copa do Brasil:
1992
- Fluminense 2×1 Inter
- Inter 1×0 Fluminense

1994
- Ceará 1×0 Inter
- Inter 2×1 Ceará

1995
- Paraná 1×0 Inter
- Inter 0×1 Paraná

1997
- Santos 2×0 Inter
- Inter (3)2×0(2) Santos

1998
- América-MG 1×0 Inter
- Inter (2)1×0(4) América-MG

2000
- Botafogo-SP 2×1 Inter
- Inter 3×0 Botafogo-SP

2001
- Fortaleza 1×0 Inter
- Inter 0×0 Fortaleza

2002
- Atlético-MG 2×0 Inter
- Inter 3×2 Atlético-MG

2003
- Remo 1×0 Inter
- Inter 2×1 Remo

2008
- Paraná 2×0 Inter
- Inter 5×1 Paraná

2009
- União Rondonópolis-MT 1×0 Inter
- Inter 2×0 União Rondonópolis-MT
- Corinthians 2×0 Inter
- Inter 2×2 Corinthians

2014
- Inter 1×2 Ceará
- Ceará 3×1 Inter

Agenda esportiva: semana de Copa do Brasil, Sul-Americana e Champions League

27 de setembro de 2016 0

Confira!

montagem

Clique aqui: PLACAR MEIO DE SEMANA 27 28 e 29 SET

Incrível! Inter completa um turno inteiro do Brasileirão com apenas uma vitória

25 de setembro de 2016 16

Time acabou derrotado para o Atlético-MG no Independência

Fica complicada a briga contra o rebaixamento para um time que venceu apenas um jogo em 19 partidas do Brasileirão. Este é o Internacional que completou um turno inteiro com um rendimento baixíssimo de 14%. O número foi confirmado com a derrota para o Atlético-MG por 3 a 1 no Independência neste domingo.

21137105

Inter não superou a força do Atlético-MG (Foto: Ricardo Duarte)

Incrível perceber que a vitória diante do Atlético-MG no Beira-Rio no mês de junho fez o Internacional chegar à liderança do Campeonato Brasileiro. Desde lá, foram disputados 19 jogos (ou seja, um turno inteiro) e o time colorado teve três treinadores: Argel, Falcão e Celso Roth. A equipe venceu apenas um jogo. Aquele diante do Santos, de virada, por 2 a 1 na 23ª rodada.

No total, foram mais cinco empates e incríveis 13 derrotas, o que representa 14% de aproveitamento. O Inter tem mais seis jogos em casa (Figueirense, Coritiba, Flamengo, Santa Cruz, Ponte Preta e Cruzeiro) e cinco fora de casa (Botafogo, Grêmio, Palmeiras, Corinthians e Fluminense).

Números do Inter em um turno do Brasileiro:
19 jogos
1 vitória
5 empates
13 derrotas
14% de aproveitamento

Inter e sua campanha em um turno do Brasileiro:
- Figueirense 3×2 Inter
- Coritiba 1×1 Inter
- Inter 2×3 Botafogo
- Flamengo 1×0 Inter
- Inter 0×1 Grêmio
- Santa Cruz 1×0 Inter
- Inter 0×1 Palmeiras
- Ponte Preta 2×2 Inter
- Inter 0×1 Corinthians
- Cruzeiro 4×2 Inter
- Inter 2×2 Fluminense
- Chapecoense 1×0 Inter
- Inter 1×1 São Paulo
- Sport 1×1 Inter
- Inter 2×1 Santos
- Atlético-PR 2×1 Inter
- Inter 0×1 Vitória
- América-MG 1×0 Inter
- Atlético-MG 3×1 Inter

Pedro Rocha encerra jejum do Grêmio de quase 500 minutos sem marcar gols

25 de setembro de 2016 1

Atacante abriu o placar diante da Chapecoense na Arena neste domingo

Por Marcos Bertoncello

Fazia tempo que o Grêmio não marcava um gol, mas este jejum foi encerrado neste domingo, Com a vitória diante da Chapecoense na Arena, o time de Renato Portaluppi, além de interromper uma sequência de sete jogos sem triunfos no Brasileirão, o ataque tricolor voltou a balançar as redes depois de cinco partidas.

21135404

Pedro Rocha abriu o placar aos 10 minutos de jogo (Foto: Fernando Gomes)

O último gol do Grêmio havia sido contra o Botafogo no Rio de Janeiro. Naquela oportunidade, a equipe perdia por 2 a 0 quando o garoto Batista descontou na parte final do jogo. Depois disso, o ataque passou em branco diante do Coriitba, do Palmieras, do Fluminense e do Atlético-PR (neste pela Copa do Brasil).

No total, foram 476 minutos de jejum até Pedro Rocha receber passe de Walace e marcar o gol do Grêmio contra a Chapecoense. Aliás, o atacante já é vice-artilheiro do time na temporada com oito gols marcados.

Últimos jogos do Grêmio:
- Botafogo 2×1 Grêmio – Gol de Batista
- Coritiba 4×0 Grêmio
- Grêmio 0×0 Palmeiras
- Ponte Preta 3×0 Grêmio
- Grêmio 0×1 Fluminense
- Grêmio (4)0×1(3) Atlético-PR
- Grêmio 1×0 Chapecoense – Gol de Pedro Rocha

Entre altos e baixos, Marcelo Oliveira chega à marca de 100 jogos pelo Grêmio

23 de setembro de 2016 1

Contra a Chapecoense, lateral atingirá centésimo jogo no clube

Por Marcos Bertoncello

Há quem goste; há quem não goste. O lateral-esquerdo Marcelo Oliveira está longe de ser unanimidade no Grêmio. Desde sua contratação em dezembro de 2014 para suprir a saída do então jogador da posição, Zé Roberto, ele assumiu a titularidade e conseguiu a confiança dos treinadores Felipão, Roger e agora Renato. Pois o camisa 26 atinge neste domingo a marca de 100 jogos pelo Tricolor.

17547262

Marcelo Oliveira foi contratado em dezembro de 2014

No total, Marcelo Oliveira soma cinco gols pelo Grêmio. Quatro deles no ano passado, diante de Caxias, Corinthians, Coritiba e Joinville, e um nesta temporada de 2016, contra o Atlético-MG. Curiosamente em todas o time venceu. Além disso, soma seis assistências em dois anos de clube.

O problema do lateral-esquerdo tem sido a irregularidade. Se houve grata surpresa com seu rendimento depois da chegada de Roger na metade do ano passado, também prevaleceu a frustração com más partidas do atleta na temporada corrente. Aliás, é um dos jogadores com mais partidas pelo Grêmio em 2016 atrás apenas de Marcelo Grohe, Douglase Geromel respectivamente.

Jogos em que Marcelo Oliveira fez gol:
- Grêmio 3×1 Caxias (2015)
- Grêmio 3×1 Corinthians (2015)
- Coritiba 0×1 Grêmio (2015)
- Joinville 0×2 Grêmio (2015)
- Atlético-MG 0×3 Grêmio (2016)

Números de Marcelo Oliveira pelo Grêmio:
• 99 jogos
• 5 gols
• 6 assistências

Em 2016:
• 39 jogos
• 1 gol
• 1 assistência

Pela décima vez, Inter chega à fase de quartas de final da Copa do Brasil

22 de setembro de 2016 2

Colorado conseguiu classificação diante do Fortaleza no Castelão

Por Marcos Bertoncello

Todos esperavam uma atuação melhor, mas, mesmo assim, o Internacional conseguiu avançar na Copa do Brasil. Buscando seu segundo título da competição, o time sofreu diante do Fortaleza no Castelão, perdeu por 1 a 0 e, como tinha vencido o jogo de ida por 3 a 0, passou. E será a décima vez na história que o Colorado chega às quartas de final da competição. Os números não são empolgantes.

21113246

Inter, de Alex, vem de duas eliminações nas quartas de final da Copa do Brasil

Deste total, em apenas três vezes o Inter levou a melhor. Uma delas, obviamente, ocorreu na edição de 1992, quando foi campeão. Curiosamente o confronto foi um clássico Gre-Nal de jogos de ida e volta. As partidas acabaram empatadas em 1 a 1 e, nos pênaltis, a equipe colorada passou. Assim como passou também pelo Goiás em 1999 e pelo Flamengo em 2009.

O Internacional acabou eliminado em sete oportunidades nas quartas de final: Ceará (1994), Flamengo 1996), Flamengo (1997), Sport Recife (2008), Atlético-PR (2013) e Palmeiras (2015).

Inter em quartas de final da Copa do Brasil:
1992 – Grêmio 1×1 Inter / Inter (3)1×1(0) Grêmio (classificado)
1994 – Ceará 1×0 Inter / Inter 2×1 Ceará (eliminado)
1996 – Inter 3×2 Flamengo / Flamengo 3×1 Inter (eliminado)
1997 – Inter 1×1 Flamengo / Flamengo 1×0 Inter (eliminado)
1999 – Inter 1×0 Goiás / Goiás 2×1 Inter (classificado)
2008 – Inter 1×0 Sport / Sport 3×1 Inter (eliminado)
2009 – Flamengo 0×0 Inter / Inter 2×1 Flamengo (classificado)
2013 – Inter 1×1 Atlético-PR / Atlético-PR 0×0 Inter (eliminado)
2015 – Inter 1×1 Palmeiras / Palmeiras 3×2 Inter (eliminado)

Arena passa por sua 6ª decisão por pênaltis; Grêmio levou a melhor em 5

21 de setembro de 2016 2

Marcelo Grohe brilhou na classificação contra o Atlético-PR

Que drama! O Grêmio está classificado às quartas de final da Copa do Brasil, e teve que passar nos pênaltis pelo Atlético-PR para isso. Perdeu no tempo normal por 1 a 0, mas levou a melhor nas penalidades por 4 a 3 com Marcelo Grohe pegando três pênaltis. Esta foi a sexta vez que a Arena recebeu uma decisão deste tipo, e o Tricolor levou a melhor em cinco.

17334448

Marcelo Grohe foi o herói do Grêmio contra o Atlético-PR

A Arena do Grêmio foi inaugurada em dezembro de 2012 e, já em janeiro do ano seguinte, teve decisão contra a LDU na chamada Pré-Libertadores. No mesmo ano, ainda teria que passar pelo São Luiz no Gauchão e o Corinthians na Copa do Brasil. A primeira frustração para os gremistas veio em 2014 na Libertadores, quando a equipe perdeu para o San Lorenzo.

No ano passado, o time Felipão passou pelo Novo Hamburgo, de Roger, nas quartas de final do Gauchão. Nesta quarta, Maicon, Edilson, Marcelo Oliveira e Guilherme fizeram os gols do Grêmio de pênalti, enquanto Marcelo Grohe pegou as cobranças de João Pedro, Otávio e Weverton para classificar o Grêmio à próxima fase da Copa do Brasil.

Todas as disputas de pênaltis na Arena do Grêmio:
- Grêmio (5)1×0(4) LDU – 2013
- Grêmio (5)0×0(3) São Luiz – 2013
- Grêmio (3)0×0(2) Corinthians – 2013
- Grêmio (2)1×0(4) San Lorenzo – 2014
- Grêmio (6)1×1(5) Novo Hamburgo – 2015
- Grêmio (4)0×1(3) Atlético-PR – 2016

Agenda esportiva: semana de Copa do Brasil e Copa Sul-Americana

20 de setembro de 2016 0

Confira!

montagem

Clique aqui: PLACAR MEIO DE SEMANA 20 21 e 22 SET

Inter perdeu todos os jogos fora de casa contra os cinco últimos do Brasileirão

19 de setembro de 2016 3

Time de Celso Roth foi derrotado para o América-MG no Independência

É difícil ver o Inter não ser rebaixado para a segunda divisão. O time perdeu para o América-MG no Independência por 1 a 0 e agora busca forças nas últimas 12 rodadas para não cair. Fato é que a equipe colorada perdeu todos os jogos fora de casa contra os últimos cinco colocados da tabela: Cruzeiro, Vitória, Figueirense, Santa Cruz e América.

21085262

Ernando em ação contra o América-MG no Independência

Sem contar que o Inter perdeu em casa para o Vitória na penúltima rodada. Vai enfrentar ainda o Figueirense, Santa Cruz e Cruzeiro em partidas decisivas no Beira-Rio.

Derrotas do Inter para os últimos:
- Vitória 1×0 Inter
- Figueirense 3×2 Inter
- Santa Cruz 1×0 Inter
- Cruzeiro 4×2 Inter
- América-MG 1×0 Inter