Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
clicRBS
Nova busca - outros

Posts com a tag "Novo Hamburgo"

Inter x Novo Hamburgo registra o terceiro maior público do clube no 'novo' Beira-Rio

30 de abril de 2017 3

Foram mais de 43 mil pessoas no primeiro jogo da final do Gauchão

O jogo bastante movimentado entre Internacional e Novo Hamburgo na partida da ida da final do Gauchão foi digna de grande público. E esta máxima se viu neste domingo no Beira-Rio. Foram mais de 43 mil pessoas presentes que assistiram ao empate em 2 a 2, o terceiro melhor público do clube desde a reinauguração do estádio em 2014.

23258729

Inter e Novo Hamburgo empataram em 2 a 2

O número de torcedores ultrapassa a vitória do Inter sobre o Atlético-MG pela Libertadores em 2015. Esta marca só é inferior à dos jogos contra Tigres e Santa Fé, ambas também pela competição continental há dois anos.

Maiores públicos do Inter no ‘novo’ Beira-Rio:
1) Inter 2×1 Tigres – 44.884
2) Inter 2×0 Santa Fé – 44.665
3) Inter 2×2 Novo Hamburgo – 43.158
4) Inter 3×1 Atlético-MG – 42.888
5) Inter 3×0 Juventude – 42.065

Novo Hamburgo garante título do interior mas pode perdê-lo se chegar à final do Gauchão

08 de abril de 2017 0

Anilado venceu o São José por 1 a 0 e chegou à semifinal

A excelente campanha do Novo Hamburgo no Campeonato Gaúcho já lhe garantiu matematicamente o título de ‘Campeão do Interior’, a Taça Rádio Gaúcha 90 Anos. Isso porque, depois de vencer o São José e chegar à semifinal, o clube não pode ser mais alcançado em pontos. No entanto, um artigo do regulamento da Federação Gaúcha de Futebol pode lhe tirar esta conquista.

23149391

Novo Hamburgo não perdeu para a dupla Gre-Nal neste Gauchão

Isso porque, para a FGF, chegar às finais do Gauchão é uma colocação superior que a de ‘Campeão do Interior’. Por isso, se o Novo Hamburgo eliminar o Grêmio nos jogos das semifinais, esta taça ficará com o segundo clube do interior com melhor campanha no campeonato.

“CAMPEÃO DO INTERIOR E 3º LUGAR
ARTIGO 12 – O CAMPEÃO DO INTERIOR do “GAUCHÃO 2017” e o 3º(terceiro) Colocado serão declarados levando-se em conta os critérios descritos na Classificação Geral (Artigo 13(treze)).”

Força do interior! Novo Hamburgo repete feito raro com seus 100% no Gauchão

21 de fevereiro de 2017 1

Noia arrancou com quatro vitórias seguidas e lidera o campeonato

Por Marcos Bertoncello

Algum time do interior gaúcho já conseguiu arrancar no Gauchão com quatro vitórias em quatro jogos? A resposta é sim. No entanto, um adendo deve ser feito com relação à campanha do Novo Hamburgo na edição do campeonato em 2017. Além das vitórias sobre Caxias e São José, e a goleada sobre o Juventude na última segunda-feira, o time do Vale dos Sinos pode orgulhar-se de um triunfo contra o Inter em pleno Beira-Rio. Uma marca inédita na história.

23055821

Novo Hamburgo goleou o Juventude por 4 a 1 no Vale

O levantamento é feito desde 1961, quando o Campeonato Gaúcho deixou de ser regionalizado. Somente dez clubes do interior obtiveram quatro vitórias nos quatro primeiros jogos. Aliás, o Novo Hamburgo foi justamente o primeiro a conseguir isso, em 1971, repetindo o feito 46 anos depois. Além do time do Vale dos Sinos, Esportivo, de Bento Gonçalves, Brasil, de Pelotas, Gaúcho, de Passo Fundo, Santa Cruz, de Santa Cruz do Sul, Juventude, de Caxias do Sul, Glória, de Vacaria, 15 de Novembro, de Campo Bom, e São José, de Porto Alegre, também atingiram esta marca.

O detalhe é que o Novo Hamburgo de 2017 foi o único destes times a ter em sua sequência uma vitória sobre um da dupla Gre-Nal. Outro ponto é que o 15 de Novembro teve impressionantes cinco vitórias na arrancada do Gauchão em 2002. Confira abaixo a relação:

1971 – Novo Hamburgo:
- 1×0 Cruzeiro
- 2×1 Bagé
- 4×0 Riograndense-SM
- 2×0 Atlântico-ER

1971 – Esportivo:
- 2×0 Barroso-São José
- 3×2 Inter-SM
- 2×1 Guarany-BA
- 5×1 14 de Julho

1972 – Brasil de Pelotas:
- 1×0 Novo Hamburgo
- 1×0 Guarany-BA
- 3×0 Bagé
- 3×1 Farroupilha

1973 – Gaúcho:
- 2×1 Rio-Grandense
- 4×1 Novo Hamburgo
- 4×2 Guarany-BA
- 2×1 Inter-SM

1976 – Santa Cruz:
- 2×1 Caxias
- 2×1 Estrela
- 1×0 Guarany-GA
- 2×0 São José-POA

1979 – Juventude:
- 5×0 São Borja
- 3×1 Pelotas
- 1×0 São Paulo
- 5×0 Avenida

1994 – Glória:
- 2×0 Grêmio Santanense
- 2×0 Passo Fundo
- 3×2 Santa Cruz
- 2×1 Veranópolis

2002 – 15 de Novembro*:
- 4×0 São Paulo
- 2×1 Associação São Gabriel
- 2×1 Palmeirense
- 3×0 São Luiz
- 1×0 Veranópolis
*5 vitórias seguidas

2013 – São José-POA:
- 1×0 Pelotas
- 2×0 Novo Hamburgo
- 2×0 Cruzeiro
- 1×0 Passo Fundo

2017 – Novo Hamburgo:
- 1×0 Caxias
- 2×1 Inter
- 1×0 São José-POA
- 4×1 Juventude

Em 2015, Cruzeiro e Novo Hamburgo quase eliminaram a dupla Gre-Nal

19 de fevereiro de 2016 0

Confrontos voltam a ocorrer neste final de semana

Será um final de semana de jogos pelo Gauchão em Porto Alegre. No sábado, o Inter recebe o Cruzeiro no Beira-Rio. Já o Grêmio enfrenta o Novo Hamburgo um dia depois na Arena. Foram justamente estes os confrontos das quartas de final do campeonato do ano passado, e a dupla Gre-Nal teve que ‘parir uma bigorna’ para avançar de fase.

Primeiro foi o Internacional. O time de Diego Aguirre (o mesmo que disputava simultaneamente a Libertadores) saiu perdendo por 2 a 0 p ara o Cruzeiro do também técnico Luis Antônio Zaluar. Aliás, ele foi eleito o melhor treinador do Gauchão no ano passado. Foi precisa a entrada do argentino Lisandro López na partida para a equipe chegar ao empate em 2 a 2. Nas penalidades, Alisson brilhou e o Inter avançou com um placar de 3 a 2.

montagem

Cruzeiro e Novo Hamburgo foram ‘pedras no sapato’ da Dupla

No dia seguinte, o Grêmio encarou o Novo Hamburgo na Arena. A equipe de Felipão vinha de uma fase classificatória instável. Quem começou comemorando foi o Noia, de Roger Machado (hoje técnico gremista), com o gol de falta de Fred (hoje zagueiro gremista). Com o gol de Geromel no segundo tempo, a decisão foi para as penalidades. Marcelo Grohe brilhou e o Grêmio obteve a classificação à semifinal.

Inter x Cruzeiro será às 17h deste sábado no Beira-Rio. Já Grêmio e Novo Hamburgo se enfrentam às 17h de domingo na Arena. As partidas são válidas pela 5ª rodada do Gauchão.

Inter (3)2×2(2) Cruzeiro
INTER: Alisson; William, Ernando, Juan e Geferson; Rodrigo Dourado, Jorge Henrique (Anderson), D’Alessandro e Valdívia (Rafael Moura); Eduardo Sasha e Nilmar (Lisandro López). Técnico: Diego Aguirre.

CRUZEIRO: Bruno Grassi; Jaiminho, André, Laerte e Jefferson; BenHur, Paraná (Carlão), Reinaldo e Wágner; Matheus (Rodrigo) e Wesley (Claudinho). Técnico: Luis Antônio Zaluar.

Grêmio (6)1×1(5) Novo Hamburgo
GRÊMIO: Marcelo Grohe; Matías (Fellipe Bastos), Geromel, Rhodolfo e Marcelo Oliveira; Ramiro, Maicon, Luan, Giuliano (Everton) e Douglas; Braian Rodríguez (Yuri Mamute). Técnico: Felipão.

NOVO HAMBURGO: Rafael; César Lucena, Fred, Bolívar e Paulinho; Dê, Magrão, Lucas Crispim e Thiago Humberto; William Schuster e Beto Cachoeira (Luis Mário). Técnico: Roger Machado.

Com vitória no Vale, Grêmio está matematicamente classificado às quartas de final do Gauchão

26 de março de 2015 0
16931304881_29f9b0481c_k_l

Grêmio chegou à sua 5ª vitória seguida

Times fora do G-8 não alcançam mais o time tricolor

Os resultados desta quarta-feira, e principalmente a vitória do Grêmio, fizeram o Campeonato Gaúcho conhecer o primeiro time classificado às quartas de final de maneira antecipada. O time de Luiz Felipe Scolari venceu o Novo Hamburgo e chegou a 26 pontos na tabela de classificação. Líder por pontos da competição.

Com isso, matematicamente o Grêmio carimbou passagem às quartas de final. Isso porque, com seus 26 pontos, ele não pode ser alcançado pelos clubes atualmente fora da zona de classificação (os oito primeiros). O N
ovo Hamburgo, que é 9º colocado, tem 18 pontos, enquanto o São José, 10º colocado, tem 16. O Noia só tem mais dois jogos no Gauchão, podendo, no máximo, chegar a 24. Já o Zequinha joga nesta quinta e depois atua em mais duas partidas, podendo atingir somente 25 pontos.

G-8 do Gauchão
1) Grêmio – 26 pontos
2) Inter – 25 pontos
3) Brasil – 22 pontos
4) Ypiranga – 20 pontos
5) Lajeadense – 20 pontos
6) Cruzeiro – 20 pontos
7) Juventude – 19 pontos
8) Passo Fundo – 18 pontos
—–
9) Novo Hamburgo – 18 pontos
10) São José – 16 pontos

Memória: com show de Tcheco, Grêmio goleou Novo Hamburgo no Vale em 2009

25 de março de 2015 1
0,,17371075-EX,00

Souza (E), Tcheco e Jonas no Vale em 2009

Meia e capitão do time gremista marcou dois gols

Era um domingo de sol no estádio do Vale em 2009. O time do Grêmio, então comandado por Celso Roth, não tinha Alex Mineiro para o ataque naquele jogo contra o Novo Hamburgo pelo Gauchão; optou por um trio formado por Tcheco, Souza e Jonas, no sitema 3-6-1. O capitão e camisa 10 teve um dia de destaque, com dois gols e uma assistência e o Tricolor goleou por 5 a 1.

Vale badalar o golaço de Tcheco na oportunidade. O meia foi lançado do meio-campo, invadiu a área e tocou por cobertura para o gol. Além dele, Souza teve seu destaque na goleada gremista. Aliás, foi a única vez que o Grêmio venceu o Noia no Vale. Desde 2008, quando o tradicional Santa Rosa foi substituído, houve apenas três partidas no local: vitória tricolor (2009), vitória anilada (2011), além de um empate (2013).

Já em 2015, nesta quarta-feira, o time de Felipão tem a chance de obter sua segunda vitória no estádio do Vale e, de quebra, manter-se na liderança do Gauchão.

Ficha técnica – Novo Hamburgo 1×5 Grêmio – 24/01/2009

Novo Hamburgo: Flávio, Sandro Blum, Chicão e Luis Henrique; Eder (Cleiton), Willian Feijó, Geninho (Jandson), Mateus, Maicon Sapucaia e João Paulo; Giancarlo (Murilo). Técnico: Gilmar Iser.

Grêmio: Victor, Léo, Réver e Rafael Marques; Ruy, William Magrão (Adílson), Diogo, Tcheco (Makelelê), Souza e Fábio Santos (Jadílson); Jonas. Técnico Celso Roth.

Gols: Tcheco 2x, Souza 2x e Rafael Marques (G); João Paulo (N).
Local: Estádio do Vale.

Vuaden, Daronco, Márcio Chagas e Francisco Neto apitam as quartas de final

19 de abril de 2013 0

A Federação Gaúcha de Futebol sorteou esta manhã a escala de arbitragem para as quartas de final da Taça Farroupilha. Confira os árbitros das quatro partidas.

Juventude x Novo Hamburgo, sábado, 21h: Francisco Neto
Inter x Lajeadense, domingo, 16h: Leandro Vuaden
Passo Fundo x Veranópolis, domingo, 18h30min: Márcio Chagas da Silva
Grêmio x São Luiz, segunda-feira, 21h: Anderson Daronco

Giro pelas decisões: tabu em Caxias, comemoração em Ijuí

19 de abril de 2013 0

São Luiz fará quarto jogo contra a dupla

Juventude x Novo Hamburgo, primeiro confronto das quartas de final da Taça Piratini, neste sábado, 21h, envolve um tabu. Há 4 anos, o Juventude não ganha do Novo Hamburgo no Gauchão. São 5 jogos. No ano passado, o Novo Hamburgo eliminou o Ju nas semifinais do 1º turno.

O meia Diego Miranda, autor do golaço do Passo Fundo contra o Grêmio, é dúvida, por lesão, para o jogo contra o Veranópolis, domingo, às 18h30min. Segue a venda antecipada de ingressos, na expectativa de um público de 10 mil torcedores, num jogo que pode fazer o Veranópolis entrar em gestação: se for eliminado, terá jogo oficial de novo em 9 meses, quando acontece a primeira rodada do Gauchão 2014.

Adversários da dupla

O Lajeadense só perdeu 1 dos 6 jogos que fez contra a dupla Gre-Nal desde que voltou à 1ª divisão, em 2011. Contra o Inter, está invicto neste período. O curioso é que o time é campeão do interior e pode não ter participado sequer de uma das semifinais. No primeiro turno, foi eliminado nas quartas, pelo Esportivo.

O São Luiz, adversário do Grêmio, foi finalista do 1º turno, pode até ser finalista do 2º e não conquista o título do interior nem a vaga na Copa do Brasil. Apesar da dificuldade que será o jogo de segunda-feira, o clube celebra a visibilidade: é o 1º clube deste Gauchão a enfrentar quatro vezes a dupla Gre-Nal. Perdeu os dois jogos para o Inter, mas venceu o time B do Grêmio.

Renovação certa: Taça Farroupilha terá duas novidades na semifinal

16 de abril de 2013 0

Lajeadense é um dos quatro que também se classificaram na Piratini

Dos oito times que disputaram as quartas de final da Taça Farroupilha, o 2º turno do Gauchão, quatro também haviam se classificado para os jogos eliminatórios da Taça Piratini. Dois deles serão eliminados já nas quartas, pois os quatro se enfrentam: Inter x Lajeadense, Grêmio x São Luiz.

Os outros dois confrontos envolvem quatro times que não passaram da fase de classificação no 1º turno: Passo Fundo x Veranópolis, Juventude x Novo Hamburgo. É certo, portanto, que dois semifinalistas serão novidades, e talvez todos sejam diferentes da primeira semifinal, que teve Inter, Esportivo, Caxias e São Luiz. Bastaria que Grêmio e Lajeadense se classificassem.

Confira a matemática da classificação e do rebaixamento

12 de abril de 2013 0

Confira os cálculos do que precisa cada equipe na definição dos dois últimos classificados para as quartas de final do Gauchão (são sete candidatos) e para escapar do rebaixamento (dois caem de um grupo de seis times que tentam escapar).

Pela classificação às quartas de final

>> Grupo A

Lajeadense: Empate. Ou Derrota se Pelotas não ganhar

Caxias: Vitória + Lajeadense não vencer

Pelotas: Vitória + Derrota do Lajeadense.

>> Grupo B

Esportivo: Vitória. Ou Empate com 1 resultado paralelo (empate em São Luiz x Canoas ou vitória do Canoas de até dois gols de diferença)

São Luiz: Vitória + Esportivo não vencer. Ou Vitória com supergoleada, três a mais de diferença em relação à vitória do Esportivo.

Santa Cruz: Vitória + São Luiz não vencer.

Canoas: Vitória por 3 gols de diferença + Empate em Bento.

Para escapar do rebaixamento

10º Novo Hamburgo:  Empate. Ou Derrota com 1 resultado paralelo de 3 possíveis (Derrota do Zequinha, Pelotas não vencer, Santa Cruz não vencer).

11º São José: Empate. Ou Derrota com 1 resultado paralelo de 2 possíveis (Pelotas não vencer, Santa Cruz não vencer).

12º Cerâmica: Vitória. Ou Empate com 1 resultado paralelo de 3 possíveis (Derrota do São José, Pelotas não vencer, Santa Cruz não vencer).

13º Pelotas: Vitória. Ou Empate + 1 resultado paralelo de 2 possíveis (Derrota do Zequinha, Santa Cruz não vencer).

14º Cruzeiro: Vitória.

15º Santa Cruz: Vitória + 1 resultado paralelo de 4 possíveis (Empate em Gravataí, Pelotas não vencer, Derrota do Zequinha, Derrota do NH).