Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
clicRBS
Nova busca - outros

Posts de fevereiro 2008

Saiba o volume de chuva desta sexta-feira

29 de fevereiro de 2008 1

Imagem de satélite/Somar Meteorologia
O sistema de baixa pressão continua favorecendo o desenvolvimento de nuvens carregadas e assim as chuvas vem ocorrendo em boa parte do Estado desde a madrugada. Até o momento, os volumes tem sido bem significativos em algumas áreas. Acompanhe:

Frederico Westphalen 56 mm

Santa Maria 50,8 mm

Rio Pardo 49 mm

Passo Fundo 41,8 mm

São Gabriel 31,8 mm

Cruz Alta 30,4 mm

Erechim 29 mm

Palmeira das Missões 28,8 mm

Lagoa Vermelha 27,8 mm

Bento Gonçalves 25,8 mm

Camaquã 19,8 mm

São Borja 17,4 mm

Porto Alegre 16,6 mm

Bagé 9,2 mm

Alegrete 7,8 mm

Santana do Livramento 4 mm

Uruguaiana 2,2 mm

Postado por Estael Sias/Porto Alegre

Bookmark and Share

A SEMANA TERMINA COM NUVENS E CHUVA

29 de fevereiro de 2008 0

Imagem de satélite das 7h
A imagem de satélite da manhã de hoje mostra que o estado tem uma boa cobertura de nuvens, principalmente nas cidades entre o centro e o leste, região que inclui a capital e o litoral.

A previsão é que o tempo permaneça instável ao longo do dia com muitas nuvens e alguma chuva que na maior parte dos municípios deverá ser fraca, fora pontos isolados onde uma ou outra pancada mais forte poderá ocorrer. As aberturas pequenas de sol que ocorreram nos últimos dias também poderão ocorrer nessa sexta-feira, mas mais concentradas no oeste.

Hoje as temperaturas estarão mais amenas com máxima entre 25 e 27ºC em boa parte dos municípios.

 

MAS O FIM DE SEMANA?

O tempo segue instável no sábado e no domingo. A condição é igual para os dois dias que deverão ter o predomínio das nuvens que até poderão permitir aberturas de sol, mas isso muito no turno da manhã já que as tardes e as noites terão mais nuvens e aí com possibilidade de chuva em todas as regiões, incluindo o litoral.

 

 

Postado por Leandro Puchalski – Porto Alegre

Bookmark and Share

Atualizando os dados de chuva

28 de fevereiro de 2008 0


 Pelos dados coletados pelas estações meteorológicas as 16h00:

Em Alegrete o acumulado está em 49,6 mm

São Gabriel 21,2 mm

Caçapava do Sul 23,2 mm

São Luiz Gonzaga 16,6 mm

Bagé 8,2 mm

Nos demais municípios não houve alteração nos volumes.

Postado por Estael Sias/Porto Alegre

Bookmark and Share

Saiba o quanto choveu no Estado

28 de fevereiro de 2008 0


As imagens de satélite representam bem as áreas por onde a chuva já atuou nesta quinta-feira. Os maiores volumes ocorreram nas primeiras horas do dia, com destaque os municípios de Uruguaiana e Quaraí onde os volumes até o momento acumularam 80 mm.

Veja como foi a chuva em outras localidades:

Jaguarão 2,4 mm

Bagé 4,2 mm

Santana do Livramento 64,4 mm

Alegrete 47 mm

São Borja 20 mm

São Gabriel 18 mm

Caçapava do Sul 17 mm

Santa Maria 4 mm

São Luiz Gonzaga 6,6 mm

Nas próximas horas essas instabilidades se mantém entre o centro e o sul do Estado, com previsão de pancadas de chuva nas demais áreas também.

Postado por Estael Sias/Porto Alegre

Bookmark and Share

A CHUVA COMEÇA A AUMENTAR NO INTERIOR

28 de fevereiro de 2008 0


 O tempo instável predomina em todo o estado nessa quinta-feira. A imagem de satélite do início da manhã já mostra que temos bastante nuvens em todas as regiões, inclusive com nuvens mais carregadas, tons de azul e amarelo, associadas a chuva em parte da campanha que já teve chuva bem forte em Uruguaiana, com 27 mm as 7h, e principalmente em Quarai que também as 7h teve 47 mm. Uma boa noticia visto que esse extremo oeste gaúcho vem sofrendo com a pouca chuva desse mês de fevereiro.

 

MAS COMO FICARÁ O DIA?

O céu mais fechado com chuva a qualquer hora até podendo ser forte novamente muito entre a campanha e zona sul do estado já que entre o RS e Uruguai estamos tendo a formação de uma centro de baixa pressão, que é uma região da atmosfera favorável a formação de nuvens carregadas.

Nas outras regiões, como na capital e litoral norte, o dia terá muitas nuvens, mas com possibilidade de pequenas aberturas de sol que intercalam com essas nuvens que trazem a possibilidade de chuva que no geral é mais isolada e mais fraca.

 

 

Postado por Leandro Puchalski – Porto Alegre

Bookmark and Share

Muita nebulosidade e chuva isolada

27 de fevereiro de 2008 0

Última imagem de satélite/Somar Meteorologia
Ao longo do dia, áreas de instabilidade avançaram pelo oeste e sul do Estado e causaram pancadas isoladas de chuva nessas áreas. Em Santana do Livramento foram registrados os maiores volumes de chuva com um total de 50 mm.

Em Bagé 20,8 mm .

Em Santa Maria 6,2 mm até o momento.

Apenas 2 mm em São Borja. 

Os ventos ainda sopraram com força ao longo da faixa leste com rajadas de vento que passaram dos 35 km/h, com 54 km/h em Jaguarão.

As temperaturas foram elevadas e a máxima no Estado foi registrada em Campo Bom com 34,4°C, com 32,2°C em Porto Alegre e 26,1°C em Torres.

Nas próximas horas, as instabilidades (manchas em tons de verde e amarelo na imagem de satélite) se propagam para o leste do Rio Grande do Sul com potencial para pancadas de chuva.

Postado por Estael Sias/Porto Alegre

Bookmark and Share

E O TEMPO NAO MUDA NO ESTADO

27 de fevereiro de 2008 0


Se você fizer uma comparação entre a imagem de satélite de ontem, no post abaixo, com a imagem da manhã de hoje aqui do lado vai perceber que elas são bem parecidas. Isso mostra que o quadro do tempo que ocorreu ontem pelo estado volta a ocorrer nessa quarta-feira. Podemos esperar um dia com predomínio de nuvens que permitem as aberturas de sol, mas que ainda podem provocar uma ou outra rápida instabilidade bem isolada que no geral tem intensidade fraca, bem com ocorreu ontem. Na faixa entre a zona sul e a capital a chance de ter alguma instábilidade dessas é pequena, ficando mais o oeste, norte e litoral norte com uma possibilidade maior de chuva rápida.

 

MAS O TEMPO VAI MUDAR AINDA NESSA SEMANA?

Tem possibilidade sim. Amanhã o tempo até não muda muito já que o sol continua aparecendo entre o predomínio das nuvens que até podem provocar uma chuva melhor distribuída nas cidades entre o centro e oeste. No entanto, deverá ser na sexta-feira que a chuva poderá ser melhor distribuída em todas as cidades com predomínio de nuvens e possibilidade de chuva a qualquer hora do dia.

Postado por Leandro Puchalski – Porto Alegre

Bookmark and Share

Os ventos não deram trégua ao Estado

26 de fevereiro de 2008 0

Última imagem de satélite/Somar Meteorologia
Mais uma tarde de ventos moderados entre o centro e o leste do Estado. As rajadas de uma forma geral oscilaram entre 40 e 50  km/h.

Em Capão da Canoa a umidade que vem do oceano causou pancadas de chuva no período da tarde.

No oeste gaúcho, nuvens carregadas provenientes do Paraguai  avançaram pelo Rio Grande do Sul mas não houve registro de chuva muito significativa até o momento de acordo com as estações meteorológicas disponíveis naquela região.

As temperaturas ainda foram elevadas apesar da presença das nuvens e dos ventos. A temperatura mais elevada foi registrada em Campo Bom com 33,8°C e seguida por Ururguaiana com 33,2°C. Na capital, os termômetros alcançaram 30,8°C.

Nas próximas horas não se descarta algumas pancadas de chuva no oeste e noroeste gaúcho em função das instabilidades que continuam avaçando do Paraguai em direção ao Estado (manchas vermelhas e verdes da imagem de satélite). Além disso, os ventos continuam soprando com força no meio leste do Estado.

Postado por Estael Sias/Porto Alegre

Bookmark and Share

Nova razão para o degelo da Groelândia

26 de fevereiro de 2008 0

Groelândia

Cientistas Descobrem Outro Motivo Para o Degelo
na Groenlândia

Um grupo de pesquisadores dos Estados Unidos acaba de anunciar o que considera outro motivo para o derretimento na maior ilha do mundo – onde o gelo cobre 80% dos
2,1 milhões de quilômetros quadrados.  Trata-se de um pequeno ponto na crosta terrestre por meio do qual o magma aquece o gelo nas camadas mais superficiais. O “ponto quente” foi encontrado no nordeste da ilha que pertence à Dinamarca, sob um local em que foi
descoberta recentemente uma corrente de gelo, como são chamadas as placas que se movem mais rápido do que as outras em seu redor.

Os cientistas ainda não calcularam a temperatura do ponto, mas apontam que se for quente o suficiente para derreter o gelo que o cobre – ainda que apenas um pouco – poderá lubrificar a base das placas e fazer com que elas deslizem mais rapidamente para o mar.

As causas também são desconhecidas. O estudo foi apresentado em reunião da União Geofísica dos Estados Unidos, realizada no dia 13 de dezembro, em São Francisco.

Os cientistas combinaram medidas gravitacionais da área, feitas por uma aeronave do Laboratório de Pesquisas Navais da Marinha norte-americana, com medidas tomadas por radares aéreos. O mapa resultante revela mudanças na massa sob a crosta terrestre, além da topografia da crosta na área em que ela se encontra com o manto de gelo.

De acordo com Ralph Von Frese professor de Ciências da Terra da Universidade do Estado de Ohio e coordenador da pesquisa. “Onde a crosta é mais espessa, as coisas são mais frias. Onde ela é mais fina, tudo fica mais quente. E, sob um lugar tão grande como a Groenlândia ou a Antártica, variações naturais na crosta fazem com que partes do manto de gelo fiquem mais quente do que em outros locais.”


A espessura do gelo, a temperatura em sua base e a topologia do local são fatores que contribuem para a formação das correntes de gelo, espécies de rios que correm em meio a um grande manto. Recentemente, essas correntes na Groenlândia têm movido o gelo mais rapidamente para o mar, diminuindo a cobertura na ilha. Uma vez que o gelo atinge o mar, ele derrete e eleva os níveis oceânicos.


“O derretimento completo dessas placas de gelo continentais seria suficiente para colocar a maior parte da Flórida, bem como New Orleans e mesmo New York, debaixo d’água”, disse von Frese.

 
Fonte: Agência FAPESP

Postado por Estael Sias/Porto Alegre

Bookmark and Share

O SOL APARECE, MAS O TEMPO SEGUE INSTÁVEL

26 de fevereiro de 2008 0


Nessa terça-feira o tempo não muda muito em relação ao que tivemos ontem pelo estado. A imagem de satélite mostra que o dia começa com bastante nuvens, inclusive tivemos alguma chuva isolada no litoral norte, mas que no geral não estão muito carregadas e até por isso permitem a presença do sol.

O dia vai seguir assim em todo o estado, seja capital, interior ou litoral. Muitas nuvens que hora permitem a presença do sol e hora podem provocar uma ou outra rápida instabilidade bem localizada.

As temperaturas seguem elevadas chegando a casa dos 28 a 30ºC na maior parte dos munincípios, como capital e litoral.

 

Postado por Leandro Puchalski – Porto Alegre

Bookmark and Share