Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
clicRBS
Nova busca - outros
Capa ZH ZH Blogs Assine agora

Posts do dia 23 abril 2008

Outono/Inverno mais frios do que a média

23 de abril de 2008 2


La Nina favorece a entrada das massas de ar polar

 

Em relação às temperaturas as últimas rodadas dos mapas climáticos já sinalizavam a chegada antecipada das ondas de frio que de fato atingiram o Estado em abril e já trouxeram as primeiras geadas para o território gaúcho. Até o momento, a temperatura mais baixa registrada no Estado foi em Cambará do Sul com 0.4°C no dia 15 de abril.

Os prognósticos climáticos, segundo avaliação da UFPEL em conjunto com o INMET, indicam que as manhãs devem ser mais frias do que o normal, sobretudo nos meses de maio e julho. A média da mínima neste período fica em torno de 8/9°C na maior parte das regiões e os mapas indicam que em maio as temperaturas mínimas podem ficar até 2,5°C abaixo do que é típico ocorrer. Em julho, o mês mais frio do inverno, os prognósticos indicam que o norte gaúcho deve ter até 3,5°C de abaixo do padrão climatológico do período. A exceção será o mês de junho com expectativa de temperaturas típicas em todo o território gaúcho.

Em relação às temperaturas máximas a expectativa é parecida com as mínimas. As temperaturas devem ficar abaixo da média, ou seja, as tardes devem ficar mais frias do que o normal especialmente nos meses de maio e julho. Em junho a expectativa é de um período menos influenciado pela La Nina com um padrão bem típico tanto em relação as temperaturas como em relação as chuvas.

Nos mapas abaixo considere as isotermas (linhas com valores de temperaturas) como as temperatturas médias esperadas. E as cores no mapa são a previsão de quanto a temperatura deve ficar abaixo do esperado na média.

Previsão das temperaturas mínimas nos próximos meses

Previsão das temperaturas máximas nos próximos meses

Postado por Estael Sias/Porto Alegre

Bookmark and Share

Chuva continua abaixo da média nos próximos meses

23 de abril de 2008 0


Prognóstico climático divulgado pela UFPEL e INMET afirma que La Nina influencia o inverno

De acordo com avaliações climáticas feitas por técnicos da UFPEL e do INMET a expectativa é de que a La Nina continue influenciando o clima no próximo trimestre e com isso algumas características observadas desde a primavera se mantém. O impacto mais marcante da La Nina é a irregularidade com que a chuva ocorre, ou seja, longos períodos de tempo seco intercalados por curtos períodos de chuva. Muitas vezes, a chuva ocorre em grandes volumes concentrados em poucas horas. Um exemplo claro disso, ocorreu no município de Iraí que registrou em 14 de abril último mais de 150 mm em menos de 24 hs. Assim analisando o acumulado do mês de abril, Iraí registrou chuvas acima da média, porém estes volumes tiveram importante contribuição de um evento de chuva forte, o que de certa forma, marcara o fato da maior parte dos dias terem sido de tempo seco e por isso tantos problemas devido a estiagem.

 

Qual a expectativa das chuvas para os próximos meses?

 

Analisando com mais detalhe mês a mês, o mês de maio deve ter um cenário ainda preocupante do ponto de vista da estiagem, pois os prognósticos climáticos indicam que no setor norte do Estado, área que inclui o maior número de municípios em situação de emergência, a chuva deve ficar 100 mm abaixo da média. No restante do Estado as chuvas devem ter um déficit de 25/50 mm.

Em junho, os mapas indicam que a chuva deve ficar dentro da média climatológica, sobretudo na faixa norte. Nas faixas sul e leste, ainda chove abaixo da média com uma expectativa de 25/50 mm abaixo do esperado.

Em julho as chuvas voltam a ficar abaixo da média em todo o território gaúcho com desvios que oscilam entre 25 e 50 mm na maior parte do Estado. Na parte central, Missões e litoral norte e parte da Serra as chuvas devem ficar 100 mm abaixo da média esperada para todo o mês de julho.

Nos mapas abaixo considere os valores dispostos no mapa como a média de chuva esperada para determinada região e período. Os tons de cores indicam onde a chuva fica acima ou abaixo da média conforme legenda.

Previsão de chuva para o mês de maio

Previsão de chuva para o mês de junho

Previsão de chuva para o mês de julho

Postado por Estael Sias/Porto Alegre

Bookmark and Share

A quarta-feira começou com nevoeiros

23 de abril de 2008 0


 

Um sistema de alta pressão (onde a pressão no centro é mais alta que nos arredores e os ventos giram no sentido anti-horário) atua no oceano na altura do Estado e favorece o transporte de ar úmido para o continente. Em conseqüência disso, a nebulosidade tem sido bastante presente em toda faixa leste com alguns períodos de sol que intercalam períodos de maior nebulosidade. Em alguns pontos da Grande Porto Alegre houve registro de garoa. O ar úmido associado ao resfriamento noturno e aos ventos que eram fracos favoreceu a formação de nevoeiros em vários pontos do Estado nas primeiras horas da manhã. De acordo  com os dados de metar:

Em Uruguaiana o fenômeno começou em torno das 7h20 com 14°C de temperatura e a visibilidade ficou reduzida a 400 metros.

Na Capital o fenômeno ocorreu mais cedo, as 2h35 da manhã e durou até as 4h00. A visibilidade foi reduzida a 500 metros com uma temperatura de 18°C.

Em Santa Maria o nevoeiro se formou as 5h00 da manhã com temperatura de 14°C e a visibilidade estava em torno de 14°C.

Neste momento o sol predomina no interior do Estado  com temperaturas qeu chegam a 27,2°C em Uruguaiana, 26,6°C em Santa Rosa, 25,3°C em Santa Maria. No leste gaúcho, as nuvens se mantêm presentes e com isso as temperaturas não subiram tanto e no momento faz 22°C na Capital e 23°C em Mostardas.

Postado por Estael Sias/Porto Alegre

Bookmark and Share

Inter joga com o Paraná sem previsão de chuva.

23 de abril de 2008 0


Nos últimos dias ainda havia resquício de umidade no estado provocando chuva em pontos isolados do Leste.

A nebulosidade diminuiu bastante no estado,  mesmo ainda com um pouco de umidade nesta noite de quarta-feira, o Internacional joga sem previsão chuva.

A temperatura será ideal para uma partida de futebol, ocilando entre 21°C e 18 graus durante o jogo.

Postado por Fernando Nunes, Poa.

Bookmark and Share