Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
clicRBS
Nova busca - outros

Posts de agosto 2011

Setembro:Instabilidade no tempo e na temperatura

31 de agosto de 2011 0

A previsão climática em períodos de transição e neutralidade é um desafio!Entretanto, compreendendo o que é comum ocorrer nesta época do ano e sem a interferencia de fenomenos como La Nina e El Nino poderemos esperar uma mescla de características de primavera com inverno, já no que dia 23 de setembro tem início a nova estação.

Antes de mais nada, precisamos lembrar que as noites estão “encolhendo”  rumo ao equinócio de primavera quando dias e noites terão a mesma duração, a partir disso os dias irão ficando cada bvez mais longos até o solstício quando terá início o verão. Diante disso, o periodo de resfriamento será cada vez menor sendo assim desfavorável a queda da temperatura e mesmo que tenhamos a atuação de pelo menos mais 2 massas ar de polar a condição natural desta época do ano inibe o resfriamento muito intenso.

Chuva seguirá acima da média no norte

No mapa abaixo é possível identifica a média esperada de chuva para todo o mês de setembro. Note que existe uma condição natural de mais chuva nas areas do norte do Estado, região que registra em média de 150 a 200 mm de chuva ao longo do mês. Enquanto que nas regiões situadas mais ao sul o volume oscila em torno de 100/150mm.


A análise do Grupo de Clima da Ufpel em conjunto com o 8° DISME/INMET indicam que há uma tendência de permanencia de chuva acima da média em áreas do norte e nordeste do Estado.  Nessas regiões o prognóstico que tende a chover de 25 a 50 mm acima da média que é de 150/200 conforme o mapa anterior.

É preciso lembrar que este período também é mais propício a temporais acompanhados de vento e episódios de granizo com a gradativa circulação dos ventos que vem da Amazonia cada vez mais presente em direção ao Rio Grande do Sul.

VARIAÇÃO DE TEMPERATURA

Como o período marca a transição do inverno para a primavera a tendencia é da mantitenção da forte oscilação de temperatura. Nesta época do ano,a disputa entre as massas de ar é maior, por isso, ficamos mais expostos a transição entre o ar tropical e o ar polar. Além disso, a variaçãodiária, ou seja, a amplitude térmica diária também será grande em dias de tempo seco, pois o aquecimento da tarde é mais favorecido com os maiores periodos de luminosidade do dia, ou seja, faz frio pela manhã, madrugada e noite mas as tardes tendem a ficar cada vez mais agradáveis.

 

Bookmark and Share

Agosto foi de "pouco sol" e de grande variação térmica

31 de agosto de 2011 0

O mês de agosto foi marcado pela sequência de dias úmidos, com muitanebulosidade e de pancadas de chuva. A ausência de sol e, por consequência, de luminosidade ocorreu em média em 60/70% dos 31 dias dos mês em grande parte das regiões, sobretudo, em regiões do centro e norte do Estado.

A variação de temperatura foi grande, por exemplo, no dia 05 a mínima foi de -3,6°C enquanto que 3 dias depois no dia 08 a máxima chegou a 29,2°C, uma variação superior a 30°C em 72 horas.

O mês de agosto teve início com a atuação de uma intensa onda de frio que por entre os dias 02 e 04 provocou a precipitação de NEVE que neste episódio não se limitou as regiões serranas com registro feito pelo INMET também em áreas isoladas do Planalto  e do noroeste.

A menor temperatura do mês foi de -3,6°C em Vacaria no dia 05 e também no dia 21em Cambará do Sul.

A maior temperatura do mês foi registrada em Teutônia no dia 16 de agosto quando fez 35,5°C segundo medição do INMET.

O maior acumulado de chuva do mês foi registrado em 353,5 mm em Bom Jesus o que corresponde a mais do que o dobro da média histórica.

A localidade que registrou o menor acumulado de chuva foi Santana do Livramento com apenas 66 mm o que corresponde  a 58% da média histórica.

O episódio mais significativo de GEADA do mês se deu no dia 21 de agosto quando 15 das 21 localidades que estação meteorologica do INMET registraram o fenomeno.

Em PORTO ALEGRE a menor temperatura foi registrada foi de 2,7°C no dia 05.A maior temperatura foi de 33,1°C no dia 16 de agosto.

O acumulado mensal de chuva foi de 182,3 mm o que corresponde a  41% acima da média de todo o mês.

De acordo com os dados do Grupo RBS que tem medição em 12 localidades no RS, denrt essas estações a menor temepratura do mês foi de -0,9°C em Gramado no dia 21de agosto. A maior temperatura foi de 31,4°C no dia 12 de agosto em Santa Maria e  no dia 27 de agosto em Snata Rosa.

Em Porto Alegre a maior temperatura do mês foi de 29,6°C no dia 12 de agosto. A menor temperatura rgistrada na capital foi de 5,7°C no dia 12 de agosto.

Em todo o mês choveu 165,08 mm distribuídos em 17 dos 31 dias do mês.


Bookmark and Share

Temperaturas mínimas próximos dias RS

31 de agosto de 2011 0

Bookmark and Share

Imagem de satélite da madrugada no RS

31 de agosto de 2011 0

Bookmark and Share

tempo hoje no RS

31 de agosto de 2011 0

Bookmark and Share

O ar seco está se espalhando pelo Rio Grande do Sul

30 de agosto de 2011 0

A imagem de satelite mostra céu limpo, sem nuvens em grande parte do centro, oeste e sul do Estado. Já no norte e nordeste ainda resta muita umidade e nuvens baixas com potencial de gerar garoa ou até mesmo chuva fraca, sobretudo, nas praias do litoral norte.


-> Ar seco a caminho

Em áreas do oeste os índices de umidade relativa do ar estão em queda, destaque para localidade deAlegrete que as 15h00 registrava apenas 31% de umidade relativa do ar.

->Temperatura em queda no norte

Já nas localidades do centro e norte do Estado o destaque é a queda gradativa das temperaturas, situação de Passo Fundo que as 8h00 da manhã registrava 16,6°C enquanto que as 15h00 a temperatura caiu para 13,3°C.

Em Vacaria a temperatura as 13h00 a temperatura chegou a 17,2°C e as 15h00 a temperatyra caiu para 11,9°C.

Em Erechim ocorreu o mesmo fenômeno, as 13h00 a temperatura chegou a 18,3°C e agora as 15h00 a temperatura é de 13,8°C. Além disso, o INMET registrou chuva torrencial enrte as 7h00 e 8h00 da manhã com 42,8 mm no intervalo de apenas 1 hora, o que corresponde a 35% da mpedia histórica do mês inteiro. Segundo medição da Estação meteorológica do grupo RBS na cidade choveu 64,4 mm desde as 00h00.

Ar seco garante tarde agradável do centro ao oeste

Nas regiões onde o sol predomina a temperatura subiu e segundo as estaç;ões automáticas do INMET agora faz 20°C em Santa Maria, São Borja e Alegrete. Em São Luiz Gonzaga faz 21°C.. A menor temperatura registrada as 15h00 no RS era de 11°C em Canela.

Nas próximas horas, assim que o sol se puser as temperaturas irão baixar rapidamente no su le oeste onde atua o ar mais seco com previsão de intensa sensação de frio. No nordeste do Estado, regiao da Serra, litoral Norte e trechos da Grande Porto Alegre ainda poderemos ter chivisqueiros, com tempo mais seco para a madrugada. Nessas áreas, a temperatura também irá entrar em queda, mas de forma mais lenta devido a presença das nuvens e da umidade.

A previsão é de temperaturas mínimas no amanhecer de quarta-feira em torno de 0°C na fronteira oeste e campanha.

Bookmark and Share

tempo para os próximos dias

30 de agosto de 2011 0

Bookmark and Share

Tempo para hoje no RS

30 de agosto de 2011 0

Bookmark and Share

Imagem de satélite da madrugada

30 de agosto de 2011 0

Bookmark and Share

Há "combustível" de sobra para formar furacões no Atlântico Norte

29 de agosto de 2011 0

O furacão IRENE passou pela costa leste dos Estados Unidos provocando chuvas intensas, vendavais e deixando um rastro de destruição e prejuízo, com um saldo de mortos que ainda é contabilizado mas que se aproxima de 30. Mas é preciso lembrar que a região está em plena temporada de furacões e que muitos ainda irão se formar até meados de novembro.

O furacão se forma a partir de águas “quentes” com temperatura na superficie do mar acima de 27°C . Essa extensa fonte de calor e umidade está presente nesta época do ano e segundo a última medução dos satelites da NASA ainda há muito combustível para “queimar” nos próximas meses.

Veja o resumo de um artigo publicado pela NASA na semana passada falando justamente das condições propícias a formação de furacões nas próximas semanas no Oceano Atlantico Norte:

 

Temperatura da superfície do mar no dia 23 de agosto (clique na imagem para ampliar)

O furacão Irene se desenvolveu no Oceano Atlântico, ele precisa de combustível para se sustentar por vários dias e muitas vezes alterando sua intensidade . A água “quente” é o combustível principal e há uma abundância dele agora, como há geralmente nesta época do ano.

O mapa acima mostra as temperaturas da superfície do mar (TSM) no Oceano Atlântico, Golfo do México e Mar do Caribe em 23 de agosto de 2011. As medidas são feitas a partir de satélites de Alta Resolução  da NASA . Os satélites medem a temperatura do topo milímetro do oceano.

Para que haja condição propícia a formação de tempestades tropicais as águas tipicamente precisam estar acima de 27,8 graus Celsius (82 Fahrenheit) sendo assim haverá o combustível perfeito com ar quente e úmido. No mapa os tons de Vermelho, laranja, amarelo retratam águas acima da marca de 27,8 graus. Na região de água mais quente, mais facilmente a tempestade poderá crescer, se os padrões de vento nível superior cooperar. No mapa acima, essas águas dominar o Golfo do México e do Atlântico tropical, no final de agosto de 2011. Eles também correm para a costa sudeste dos Estados Unidos, seguindo a corrente do Golfo para Cape Hatteras antes de dar lugar às águas ligeiramente mais frias (tons de azul) no meio e no Atlântico Norte.

Irene é o primeiro furacão desta temporada no Atlântico a percorrer uma extensa área territorial nos Estados Unidos . (Fonte: NASA)

 

CURIOSIDADE: Enquanto isso  devido a sequências de ondas de frio que tem passado pelo RS o cenário que temos no ocenao atlantico junto a nossas praias é totalmente outro. Segundo a Marinha a pervisão para hoje no Atlântico Sul, águas que banham o litoral gaúcho, era temperaturas abaixo de 18°C, ou seja, risco zero de furacão!

 

Bookmark and Share