05 set15:52

Choveu 67% a mais nos últimos três meses

Darci Debona | darci.debona@diario.com.br


A chuva não está dando folga para os moradores do Oeste.  Nesta segunda ela voltou a dar as caras. O dia amanheceu nublado e, no final da manhã, os primeiros pingos caíram sobre a cidade. À tarde, o sol continuava encoberto e a temperatura próxima dos 17 graus. De acordo com o engenheiro agrônomo da Epagri de Chapecó, Ivan Baldissera, a previsão é de chuva até quarta-feira.

Nos últimos três meses, choveu 67% a mais do que a média histórica. Foram 771,7 milímetros para uma média histórica de 461,3 milímetros.


Baldissera disse que este é um ano de muita chuva e frio, foram sete geadas, mas nada que já não tenha sido registrado ao longo dos 40 anos da estação meteorológica da Epagri.


A temperatura não esfria tanto. A previsão de 15 graus pela manhã, passando dos 20 graus à tarde e voltando a cair à noite.


Baldissera disse que o excesso de chuva não tem causado impactos significativos na agricultura, já que atualmente as lavouras estão com pastagens ou trigo, que ainda está em desenvolvimento. A partir de agora um frio tardio pode prejudicar os trigais. Mas a chuva é bem vinda para o plantio do milho, que está iniciando.


Por

Comentários