23 set15:43

Hoje tem negociação decisiva com a Fenaban

Em assembleias na quinta-feira, sindicatos de bancários de cinco regiões de Santa Catarina aprovaram greve por tempo indeterminado a partir da próxima terça-feira. Uma nova rodada de negociações da categoria nacional ocorre na tarde desta sexta-feira. Depois disso, os sindicalistas reúnem-se novamente na segunda-feira para definir os rumos do movimento.

Em assembleia do sindicato de Joaçaba, no Meio-Oeste, que congrega 25 municípios, cerca de 70 bancários decidiram pela paralisação. Em Criciúma, 99 pessoas de sindicatos de 9 cidades da região também aprovaram a greve. Além desses, os sindicatos de Florianópolis e Blumenau optaram pela paralisação em assembleia na quinta-feira.

Em Chapecó, o Sindicato realiza Assembleia Geral na próxima segunda-feira, 26, às 18h30, quando os bancários vão avaliar eventuais propostas e se haverá greve. O sindicato de Lages, na Serra Catarinense, não realizou assembleias. Os bancários também se reúnem na segunda-feira.

A categoria reivindica reajuste de 12,8% no salário, o que equivale a um ganho real de 5%. A Federação Nacional dos Bancos (Fenaban) propõe um reajuste de 7,8% sobre os salários, o que representaria 0,37% acima da inflação medida pelo Índice Nacional de Preços ao Consumidor (INPC) no período.

DIÁRIO CATARINENSE


Por

Comentários