12 out16:49

Conscientização Ambiental

Em quatro dias foi recolhida uma tonelada e 400 quilos de latinhas de alumínio, essa cifra expressa a grandiosidade da Exposição-Feira Agropecuária, Industrial e Comercial de Chapecó – Efapi 2011, que prossegue até domingo, dia 16, no parque de exposições Tancredo Neves. Além dos shows, diversões, exposições, mostras e negócios o evento remete a ações voltadas a preservação do meio ambiente.

Para conscientizar os visitantes da feira sobre a importância das mudanças de hábitos da população em relação à destinação de resíduos os protetores ambientais realizam panfletagem e divulgação do projeto. Doze alunos se revezam, sendo quatro por dia, para circular no parque e explicar a proposta para as pessoas.

Após a realização da expo-feira os protetores, Polícia Ambiental e Fundação do Meio Ambiente (Fundema) plantarão árvores. Segundo o soldado da Polícia Ambiental, Luciano Bergonzi, ainda não está definido a quantidade e nem o local.

- A prioridade será uma área que necessita recuperação. As espécies serão nativas, algumas frutíferas, entre outras – disse.

Programa

A iniciativa é da 5ª Companhia de Polícia Ambiental, com sede em Chapecó e atuação em 41 municípios da região. O programa “Protetores Ambientais” existe há 18 anos em Santa Catarina. Na região foi implantado em 2007 e formou cinco turmas beneficiando mais de 100 alunos, sendo a última no mês de setembro deste ano e duas em Chapecó.

A ação é voltada aos adolescentes de 12 a 14 anos escolhidos de forma aleatória nas escolas. Primeiramente é feita a divulgação da abertura de nova turma, depois as inscrições e seleção. Durante dez meses são trabalhos temas como fauna, flora, bio-diversidade, atividades potencialmente poluidoras e licenciamento ambiental. Também são desenvolvidas atividades extra-classe como trânsito e abordados temas sobre drogas, doenças sexualmente transmissíveis e viagens de estudo. A carga horária é de 120 horas.

O soldado da Polícia Ambiental enfatiza que depois do programa são observadas diferenças nos municípios que desenvolvem atividades de cunho ambiental e conscientização das comunidades.

- Em Chapecó quatro alunos da comunidade de Faxinal dos Rosa estão auxiliando na atividade de cercamento do lajeado São José. Além, de reduzir o número de ocorrências ambientais -comenta.

Para 2012 estão previstas duas novas turmas, uma em Chapecó e outra em Itá.


Por

Comentários