31 out19:15

“Rei do Chamamé”

A programação de novembro do Sesc Chapecó começa com um belo espetáculo para os fãs e apaixonados por acordeão. Nesta terça e quarta-feira sobem ao palco, dentro do Sonora Brasil, Dino Rocha e Grupo. Eles apresentam a tradicional música da região Centro-Oeste.

As apresentações são gratuitas e iniciam sempre às 20h. Os ingressos devem ser retirados uma hora antes do show.

Dino Rocha e Grupo

A música tradicional da região Centro-Oeste do Brasil, relacionada ao acordeão, tem sua origem na imigração de paraguaios para o interior do Centro-Sul. Vários aspectos da cultura paraguaia foram assimilados pelas populações locais e ainda hoje estão presentes na rotina do povo sul-mato-grossense. Na música, a polca paraguaia, a guarânia e o chamamé formaram a base do repertório que se consolidou nas festas familiares e nas festividades populares. Na mesma região também são encontrados outros gêneros tradicionais, como a rancheira, o xote e a marchinha. Conhecido como o “Rei do Chamamé”, Dino Rocha desenvolveu sua carreira apresentando o repertório da tradição musical preocupado com a preservação das características mais autênticas. Acordeonista, compositor e cantor, começou a tocar sanfona aos 9 anos e, aos 16, se apresentava profissionalmente com seu primeiro grupo, Los 5 Nativos, da cidade de Ponta-Porã. Acompanhado dos violonistas Hugo Cesar e Tico Rocha, o músico com seu acordeão de 120 baixos apresenta a tradição musical da região do Mato Grosso do Sul em repertório que abrange desde a chegada dos paraguaios, na passagem dos séculos XIX e XX, até os dias de hoje, incluindo composições próprias.


Duração: 1h10min | Classificação: Livre


Repertório:

El Kangui (Tradição oral), chamamé

Amélia (Tradição oral), chamamé

Cambacuá (Tradição oral), chamamé

O passo da ema (Rezendinho), rasqueado

Siriema do Mato Grosso (Mário Zan / Nhô Pai), rasqueado

Curitibana (Tonico, Tinoco e Perigoso), marchinha

Baile das crianças (Dino Rocha), marchinha

Ama kiriri (Tradição oral), guarânia

Rancheirinha de Mané Nanias (Manoel Ananias), rancheira

Um Chamamé para Transito Coco Marola (Dino Rocha), chamamé

Gaivota Pantaneira (Dino Rocha), chamamé

Caraipiano (Dino Rocha), chamamé

Colorado (Tradição oral), polca paraguaia


Dias: 01 e 02 de Novembro

Horário: 20h

Local: Teatro do SESC

Entrada Gratuita (retirar sua senha uma hora antes do show)



Por

Comentários