15 nov16:02

Jasc reúne a base da Seleção Brasileira de bocha

A 51ª edição dos Jogos Abertos de Santa Catarina (Jasc), que ocorre em Criciúma, trouxe estrelas da bocha ao Sul do Estado. O técnico Silvênio Mergen e pelo menos quatro atletas da equipe de Chapecó integram a Seleção Brasileira feminina. São competidoras reconhecidas no Brasil e no exterior pelo desempenho nas canchas.

Ingrid, 36 anos: Noeli, 45; Eliane,33; e Neusa, 45 anos, jogam na equipe que venceu seis das sete últimas ediçõesdos Jasc. – Somente em 2007, não fomos campeãs – conta Ingrid, que é de São Ludgero, joga bocha há 18 anos, quando estreou nos Jogos Abertos defendendo Santo Amaro da Imperatriz. Noeli é a única das quatro que é de Chapecó e joga há 22 anos; Eliane, que é gaúcha, de Santa Maria, também joga há 22 anos; e Neusa, que pratica o esporte desde 1995, é natural de Xanxerê.

O sonho de todas elas, por incrível que pareça, é o mesmo e está dividido em duas partes. A primeira é que a bocha seja transformada em modalidade olímpica (mas esta questão não depende delas); e a segunda é mais prática e esta sim está ao alcance de cada uma: conquistar o título de campeã mundial de bocha.

Antes deste sonho, porém, todos vibraram, na noite desta segunda-feira, com a conquista de mais um título nos Jasc. Na final, Chapecó venceu Criciúma por 12 a 4 no trio e por 12 a 5 nas duplas. Perdeu no individual, por 12 a 11, mas comemorou o título.


Conquistas de dar inveja a qualquer atleta

Os troféus nos Jogos Abertos formam apenas a base de uma carreira de sucesso e títulos. As quatro atletas integraram a equipe que ficou em 3º no Mundial de 2008, disputado na Itália; Ingrid e Noeli foram vice-campeãs mundiais, na China, em 2009; todas foram campeãs do Sul-americano disputado no Uruguai, em 2010.

Noeli foi vice-campeã individual,representando o Brasil, em 2005, nos Estados Unidos. E na próxima semana, Ingrid embarca para Francisco Beltrão, no Paraná, onde irá disputar oPan-Americano de clubes, defendendo o Grêmio Esportivo Industrial, daquela cidade.

- A bocha proporciona uma disputa sadia e a oportunidade de fazer novas amizades – resume Ingrid, ao falar sobre a importância do esporte em sua vida. – Pra mim, significa tudo. É o que eu mais gosto de fazer – acrescenta Noeli. – Comecei jogando com meu pai e a bocha representa tudo pra mim – completa Eliane. – É um esporte gostoso,complementa a vida pessoal, é saúde com divertimento – afirma Neusa.


Jasc 2011

A 51ª edição dos Jasc, que começou no último dia 10, prossegue até o próximo sábado, com a participação de 74 municípios. O evento envolve, aproximadamente, 5,2 mil atletas. São 26 modalidades em disputa.

Os Jogos Abertos de Santa Catarina são uma realização da Fundação Catarinense de Esporte (Fesporte), com promoção do Governo do Estado e da Secretaria de Turismo, Cultura e Esporte e apoio da prefeitura de Criciúma e das Secretarias de Desenvolvimento Regional(SDRs).


Fonte: Fesporte

Por

Comentários