22 nov12:40

Unochapecó já criou programa para aumentar número de doutores

Darci Debona | darci.debona@diario.com.br

A baixa nota do curso de Medicina da Unochapecó, que ficou com nota 1,93 no Conceito Preliminar de Cursos, foi atribuída ao baixo número de doutores, baixo número de horas dedicados ao curso e poucas publicações. –Já estamos com um cronograma para capacitar mais doutores- informou o reitor da Unochapecó, Odilon Poli. Ele informou que a instituição está estimulando, inclusive com auxílio financeiro, para ampliar o número de doutores.

O coordenador do curso de Medicina, Marcelo Moreno, afirmou que o curso ainda é novo, vai formar a primeira turma no final do ano, mas que há vários professores que já estão fazendo doutorado. Tanto o reitor, quanto o coordenador, afirmam que esse resultado não representar risco para o curso pois estão convictos de um resultado melhor nas próximas avaliações.

Eles ressaltaram que no Enade os alunos foram bem, com uma nota 3 numa escala que vai até 5.

Em relação a algumas restrições apontadas pelo Conselho Estadual de Educação, sobre uma suposta falta de centro cirúrgico, afirmaram que existe um laboratório de Cirurgia Experimental, onde foram apontadas algumas melhorias como a colocação da pia de higienização em outra sala. Além disso, nos dois últimos dos seis anos os alunos ficam acompanhando os médicos no Hospital Regional do Oeste, inclusive nos procedimentos cirúrgicos. –Um dos pontos fortes do curso é a parte procedimental- argumentou Moreno.

Alguns alunos, como o goiano Vitor Hugo Gouveia, ficaram preocupados com a baixa avaliação. Sua colega do segundo semestre, a baiana Fernanda Dourado, considera que a nota baixa vai ter reflexo positivo na capacitação dos professores, embora considere o corpo docente bom. A paulista Natália Cardoso, que trocou um curso na Argentina por Chapecó, considera a infraestrutura do curso boa. Armando Sbeghen, que é do diretório acadêmico do curso, também está otimista em relação a avaliações futuras.


Cursos de Medicina que ficaram com nota abaixo de 2 no Estado

Medicina UNIPLAC – Lages: 1,61

Medicina UNOESC – Joaçaba: 1,89

Medicina UNOCHAPECÓ – Chapecó: 1,93

Medicina UFSC – Florianópolis: 1,66






Por

5 Comentários »

  • anônimo disse:

    Simplesmente ridícula essa reportagem. Faço medicina na Unochapecó, e nossa carga horária não é baixa. Temos Centro Cirúrgico, sim.. E o laboratório de Cirurgia Experimental é muuuito bom! Melhor que o muita universidade por aí. Além disso são SEIS anos de curso, e não cinco como diz essa matéria. E vocês fotografaram no final de uma prova, onde quase todos alunos já saíram da prova. Por favor, Darci Debona! Você foi extremamente infeliz nessa reportagem!!

  • Darci Debona disse:

    Quero esclarecer que a questão da carga horária baixa dos professores, falta de doutores não foram apontados por mim e sim pelo Conceito Preliminar de Cursos. A nota foi bem baixa. Considero que a minha matéria foi equilibrada tendo mostrado a posição da reitoria, da coordenação dos cursos e também dos alunos. O enfoque até foi positivo diante de uma da nota do CPC, que foi de 1,93.

  • anônimo disse:

    A nota realmente não foi satisfatória pelo número de professores doutores, o que está sendo solucionado para as próximas avaliações. Na nota do CPC, no meu ponto de vista nenhuma universidade de SC teve um índice satisfatório (não há muita diferença entre 1,93 e 2,06). Além disso esse índice NÃO é a nota do ENADE, como muitos pensam. A nota ENADE do curso de Medicina da Unochapecó é 3. O CPC é um índice gerado por uma série de variáveis, dentre as quais o número de professores doutores, publicações científicas e informações colhidas no questionário on line realizado com os estudantes que fazem a prova. O conceito de um curso é dado pelo que o MEC denomina como SINAES que é composto por:
    1) conceito geral da universidade (a Unochapecó se mantém como a melhor avaliação do centro-oeste do estado);
    2) nota do curso (reconhecimento/recredenciamento obtemos NOTA 4.1 de 1 a 5);
    3) nota do ENADE (obtemos NOTA 3 de 1 a 5).

    Portanto, fiquei chateada pelas distorções que vem ocorrendo por parte da imprensa.. E por informações falsas dessa matérias (como a questão do Centro Cirúrgico e que são cincos anos de formação)
    Muitas pessoas olham o ClicRBS todos os dias e podem interpretar de forma errônea tudo isso.
    Quando se faz uma matéria, deve se certificar do que realmente é certo, verdadeiro..

    Admiro muito o seu trabalho, Darci, mas acredito que você deveria ter buscado mais informações quanto a esse tema antes de publicar.

  • Anônimo disse:

    Lamentável essa pseudo-matéria tendenciosa que tenta denegrir a imagem da Unochapecó. Qualquer sem noção sabe que essa foto não condiz com a reputação do curso pelos meios de avaliação oficiais. E também não explica que há falhas grotescas no método de avaliação que gerou a referida nota.

  • Anônimo disse:

    É lamentável que uma matéria que trata de um assunto tão sério como este tenha sido publicada de forma tão tendenciosa e sensacionalista. O ClicRBS é um site bem conceituado, por isso até estranhei quando li essa notícia: publicar uma foto de uma turma no final de prova (havia pouquissimos alunos na sala, visto que a maioria já havia terminado a avaliação), citar informações errôneas, enfocar muito mais os aspectos negativos do que os positivos em relação a avaliação do curso de medicina, e tentar mostrar uma realidade bem diferente da que nós acadêmicos vivenciamos no dia a dia do curso. Eu realmente não consigo entender porque distorcer tanto as informações. Concordo com o comentário acima, talvez vocês devessem fazer uma reportagem (mas agora comprometidos com a informação, sem nenhum sensacionalismo tendencioso)retratando o dia a dia do curso de medicina, pois assim verão o poque o curso, apesar de uma nota baixa, teve inumeras notas altas (no conjunto de avaliações que passou pelo MEC)e foi extremamente elogiado pelos representantes do MEC que aqui vieram para nos avaliar. Eu tambem faço medicina na Unochapecó, e concordo com os colegas que disseram que o corpo docente é muito bom, que a universidade tem uma infra estrutura elogiável. E quanto ao fato de estar preocupada ou não com uma nota baixa no meio de tantas notas altas que o curso recebeu, tenha certeza que isso não me preocupa, pois conheço, de verdade, o que é o curso de medicina da Uno, e conhecendo-o, confio na qualidade da minha formação profissional na Unochapecó!

Comentários