26 nov09:02

Campanha Nacional de Prevenção ao Câncer de Pele

No sábado, dia 26 de novembro, acontece em Chapecó atividades da Campanha Nacional de Prevenção ao Câncer de Pele. Neste dia, profissionais de saúde realizam avaliações e exames gratuitos em pessoas que tenham lesões suspeitas de câncer de pele. As atividades serão desenvolvidas no Centro de Referência em Saúde Municipal, o Cresm, na Rua Sete de Setembro, antiga Caixa Econômica Federal, entre às 8 horas às 12 horas. Esta será a 13ª edição da campanha, que acontece em todo o Brasil.

De acordo com a coordenadora da campanha em Chapecó, a médica dermatologista Maria Elisabeth Bet, a atividade é realizada em parceria entre a Sociedade Brasileira de Dermatologia, Secretaria Municipal de Saúde, profissionais da área médica e acadêmicos de medicina da Unochapecó.

Segundo ela, essa atividade é realizada todos os anos e tem o objetivo de alertar as pessoas sobre o Câncer de Pele. A coordenadora comenta ainda que as pessoas estão mais informadas sobre o Câncer de Pele, e que estão buscando atendimento médico quando tem alguma suspeita ou dúvida.

- As pessoas estão mais preocupadas e estão cuidando melhor da pele. Quero alertar também as pessoas, que não se trata de consultas, vamos examinar somente aquelas pessoas que tem um histórico da doença, ou que tenha as características de pele propensa a doença, ou seja, lesão que cresça de maneira rápida escurecida, que sangre, caia a crosta com muita frequência, que esteja em área exposta ao sol é suspeito – ressalta.

Ela enfatiza ainda que sendo necessário, as pessoas serão encaminhadas ao serviço municipal de saúde, a Secretaria da Saúde, para diagnóstico ou acompanhamento.


Os números do ano passado em Chapecó

Em 2010 foram atendidas 143 pessoas em Chapecó, e destas 16 apresentaram carcinoma basocelulares, quatro CEC, um melanoma, um tumor maligno, 60 pré neoplasias, 59 dermatoses e 11 ausências de dermatoses.

Segundo Maria Elisabeth Bet, pessoas de diferentes idades, variando entre os 16 e os 70 anos de idade, foram realizar exames e procurar orientações. A médica orienta ainda as pessoas para que cuidem da pele e repassa algumas dicas para ter uma proteção efetiva: usar filtro solar com proteção UVA e UVB e fator de proteção de no mínimo 15; aplicar o filtro solar 30 minutos antes da exposição solar; usar boné, chapéu e camiseta quando estiver exposto ao sol e reaplicar o protetor solar a cada duas horas.


Saiba mais


O que é câncer de pele?

É o crescimento anormal e descontrolado das células que compõem a pele. Estas células se dispõem formando camadas e, dependendo da camada afetada, apresenta-se os diferentes tipos de câncer. Os mais comuns são os carcinomas basocelulares, espinocelulares e melanomas.


O que causa o câncer de pele?

A radiação ultravioleta é a principal responsável pelo desenvolvimento do câncer de pele. Ela se concentra nos raios solares e nas câmeras de bronzeamento artificial. A exposição excessiva e prolongada ao sol aumenta o risco de desenvolvimento desses tipos de câncer e provoca o envelhecimento precoce da pele.


Quais são os sinais precoces do câncer de pele?

Aparecimento de lesão na pele, inicialmente semelhante a uma espinha, que não cicatriza e cresce lentamente – com o passar do tempo a lesão pode sangrar espontaneamente ou formar uma pequena ferida. Também alteração em “pinta” preta ou acastanhada – mudança na cor ou textura; torna-se irregular nas suas bordas ou tem seu tamanho aumentado.


Quem tem chances de desenvolver o câncer de pele?

Qualquer indivíduo pode ser acometido pelo câncer de pele, mas verifica-se maior incidência entre os que apresentam pele, olhos e cabelos claros, os ruivos e os portadores de “sardas”; os que se expõem ao sol por tempo prolongado e os que sempre se queimam e nunca se bronzeiam.


Como prevenir o câncer de pele?

Protegendo-se dos raios solares mediante uso de bonés, roupas e filtros solares adequados. Os cuidados com a exposição solar devem ser adotados a qualquer hora, pois a radiação UVA, que atinge a Terra durante todo o dia, além de ser a maior responsável pelo envelhecimento, também pode provocar o aparecimento do câncer de pele.

Além disso, deve-se evitar a exposição solar entre 10 e 15 horas, pois nesse horário incide a radiação UVB, que é a de maior potencial carcinogênico.


Quais são as regras do sol para as crianças?

Não use filtro solar em bebês até seis meses de idade. Mantenha-os fora do sol. Assegure-se de que haja sombra total nos carrinhos e na cadeirinha do carro. Quando for à rua, use sempre sombrinhas para se proteger do sol.


Fonte: Sociedade Brasileira de Dermatologia.


Por

Comentários