01 dez10:55

Dia Mundial de Luta Contra Aids

O Sul do Brasil concentra 23% dos casos de Aids, com apenas 14% da população total do país. O dado chama atenção do Ministério da Saúde, que promete investimentos na região para reverter essa estatística. De acordo com o boletim, todas as 10 cidades que lideram a lista de maior incidência da doença estão no Sul. Quatro são de Santa Catarina: Balneário Camboriú, Criciúma,  Biguaçu e Florianópolis. O estado está em terceiro no ranking nacional.

O número faz parte do Boletim Epidemiológico DST Aids, divulgado pelo ministério em coletiva de imprensa em Brasília, na segunda-feira, 28 de novembro. Na estatística por Estado, o Rio Grande do Sul é o que mais registra casos de Aids: são 27,7 por 100 mil habitantes. O segundo do ranking é Roraima (26/100mil), seguido por Santa Catarina (23,5/100mil).

No país inteiro, 630 mil pessoas convivem com HIV/Aids. A prevalência da doença (estatística de pessoas infectadas por HIV) permanece estável em cerca de 0,6% da população, enquanto a incidência (novos casos notificados) teve leve redução de 18,8/100 mil habitantes em 2009 para 17,9/100 mil habitantes em 2010.

Houve um aumento significativo de casos identificados em pequenos municípios (com até 50 mil habitantes). Essas cidades respondiam por 5,6% dos casos e passaram a representar 8,4% dos casos.


Números em Chapecó

Segundo a enfermeira do Hospital Dia de Chapecó, Edeltraud Alba, em 2010 foram registrados 29 novos casos. Até o dia 30 de novembro de 2011, esse número aumentou para 43. São 14 novos casos, que representam 32,5%.

A enfermeira destaca ainda que muitas pessoas procuram o local, realizam exames, mas não voltam para buscar o resultado. – Quanto antes for diagnosticado e receber um acompanhamento é melhor para paciente – disse. Edeltraud lembra ainda que os exames e o acompanhamento são gratuitos.


Dados do Hospital Dia em Chapecó:

2010

29 novos casos diagnosticados

02 crianças

25 adultos

02 idosos


2011

43 novos casos diagnosticados

39 adultos

04 idosos


Campanha de orientação

Nesta tarde o GAPA realiza uma ação a partir das 13h30 no calçadão de Chapecó. A partir das 16h até as 21h, será realizada, em parceria do Hospital Dia, Senac e Sest/Senat, uma orientação para caminhoneiros no Posto Samuara, saída de Chapecó.


Por

Comentários