02 dez16:22

Nova perícia na casa do Vereador encontrado morto em Chapecó

Durante a tarde desta sexta-feira, 2, uma nova perícia foi realizada na casa do Vereador Marcelino Chiarello (PT) encontrado morto em Chapecó. Segundo o delegado Augusto Mello Brandão as investigações continuam. O delegado Ronaldo Neckel Moretto está acompanhando os depoimentos. Até o momento, cerca de 15 pessoas, entre conhecidos, colegas e lideranças políticas e empresariais, já foram ouvidas.

A motivação da morte do vereador Marcelino Chiarello pode estar relacionada com sua atuação na vida pública. Esta é a principal tese que a Polícia Civil está trabalhando. Mesmo com o vereador tendo alguns empréstimos bancários e com familiares, não há indícios de que o crime foi nesse sentido. Também não há indícios de crime motivado por sua atuação no Conselho de Segurança do bairro Santo Antônio, nem que seja passional, já que o relacionamento com a família era bom.

Um ato público “Pela Democracia, Contra a Violência” foi marcado para segunda-feira, 5, às 16h30, na Praça Coronel Bertaso em Chapecó.


Desenho na mão

Um detalhe que despertou curiosidade foi o desenho de uma pirâmide  encontrado na palma de uma das mãos do vereador. Questionado sobre isso, o delegado Augusto Melo Brandão confirmou que havia  sim um desenho, feito com caneta. Mas ele não afirmou se isso pode ter relação com o crime.

- Ele pode ter feito durante a aula – disse.


Ministério Público acompanha o caso

Segundo o Promotor Fabiano Baldissarelli, 10 policiais do Gaeco – Grupo de Atuação Especial de Combate às Organizações Criminosas e de Investigações acompanha o caso em apoio ao trabalho realizado pela Polícia Civil, que comanda as investigações.


>> Últimos passos do vereador Marcelino Chiarello

Por

Comentários