02 dez22:47

Polícia faz nova perícia na casa de vereador

Darci Debona | darci.debona@diario.com.br

A Polícia Civil fez na sexta-feira, 2, uma nova perícia na casa do vereador Marcelino Chiarello (PT), encontrado morto na segunda-feira, em Chapecó. De acordo com o delegado Augusto Melo Brandão, foi encontrado um sinal de uma mão na parede, que não havia sido visto na perícia anterior. O objetivo era tentar conseguir uma impressão digital, o que não foi possível. Ninguém está morando na casa após o homicídio. A viúva tem acesso ao local mas foi solicitado que ela preservasse o quarto de visitas, onde o vereador foi encontrado.

O computador de Chiarello na Câmara de Vereadores foi apreendido para análise, assim como objetos, pastas e documentos encontrados na residência dele. O morte do vereador também foi tratado num encontro regional do Ministério Público em Chapecó, que contou com a presença do Procurador de Justiça do Estado, Lio Marcos Marin.Em determinado momento os deputados estaduais petistas Dirceu Dresch e Luciane Carminatti participaram do encontro. O Ministério Público deu encaminhamento a várias denúncias do vereador.


Fotos vazaram na rede

A Polícia também está investigando o vazamento de fotos do vereador tiradas logo após sua morte. A Polícia Militar, por exemplo, já lacrou computadores para verificar se o vazamento partiu da corporação. Mas pode também ter partido de funcionários de outros órgãos ou até de populares que estiveram na casa antes da chegada dos policiais.


>> Últimos passos do vereador Marcelino Chiarello

>> Para polícia morte de vereador em Chapecó é relacionada à vida pública

>> Desenho de uma pirâmide na mão do Vereador


Por

Comentários