19 dez20:05

Vigília pede agilidade no caso Chiarello

Darci Debona | darci.debona@diario.com.br

Entidades sociais, sindicatos e amigos do vereador Marcelino Chiarello (PT) realizaram ontem uma vigília em frente ao prédio da Delegacia Regional da Polícia Civil em Chapecó, pedido esclarecimento da morte do vereador.

Nesta segunda-feira, 19, completaram 21 dias desde que ele foi encontrado morto no quarto de visitas de sua casa, numa simulação de enforcamento. Os manifestantes colocaram cartazes, distribuíram um panfleto com informações da atuação do vereador e fizeram uma celebração.

Representantes das entidades também entregaram um documento para o delegado Augusto Mello Brandão que é um dos responsáveis pela investigação e, recentemente, assumiu interinamente a delegacia regional.

–Estamos cobrando agilidade e que a verdade seja apurada o mais breve possível- afirmou o coordenador regional do Sindicato dos Trabalhadores em Educação (Sinte), Cléber Ceccon. O sindicato até cancelou a confraternização de final de ano em virtude da perda do colega, que dava aulas na Escola Estadual Pedro Maciel.

A vereadora Ângela Vitória (PT) disse que o ato tem como um dos objetivos sensibilizar as autoridades.

–Um criminoso está solto- lembrou.

Para a deputada Luciane Carminatti (PT) a Secretaria de Segurança Pública do Estado deve dar todo o apoio para o êxito da investigação. Além disso ela entende que a vigília é uma forma de manter a memória do vereador e suas lutas contra as injustiças.

>> Morte de Marcelino Chiarello intriga a polícia e a comunidade

>> Um vereador que “comprava” muitas brigas

O delegado Augusto Mello Brandão disse que está em contato direto com Delegacia Geral e com a Secretaria de Segurança Pública.

– Eles nos garantiram todo o apoio financeiro e de logística- explicou Brandão.

O delegado informou que a Polícia Civil está focada no caso. No entanto, devido à complexidade do trabalho deverá ser pedida a prorrogação do prazo, que é de 30 dias, e vence no próximo dia 28.

– Vamos encaminhar um pedido para a justiça o que é normal nesses casos – explicou Brandão.


Por

Um Comentário »

  • claudio disse:

    Manifestação válida,para que ningém esqueça da covardia que foi feita,
    só acho que ter em meio dos cartazes e faixas pedindo paz,fotos do Cheguevara,é no mínimo contraditório.

Comentários