28 dez07:46

Ato lembra um mês da morte de Marcelino Chiarello

Darci Debona | darci.debona@diario.com.br

Uma celebração ecumênica em frente à Catedral Santo Antônio, em Chapecó, marcada para hoje, às 19 horas, vai marcar um mês da morte do vereador Marcelino Chiarello (PT).

Ele foi encontrado em sua casa pendurado na janela numa simulação de suicídio. A Polícia ainda está investigando a morte. O delegado Ronaldo Neckel Moretto disse que vai pedir prorrogação do prazo inicial para conclusão do inquérito, que é de 30 dias.

O ato está sendo organizado pela Diocese de Chapecó e entidades sociais.


>> Mais de 50 pessoas foram ouvidas no caso Chiarello

>> Um vereador que “comprava” muitas brigas

>> Vereador é encontrado morto e polícia trabalha com homicídio

Por

Comentários