30 dez16:53

Chapecó é a 26ª cidade a decretar situação de emergência por causa da estiagem no Oeste

Darci Debona | darci.debona@diario.com.br

Chapecó é o 26º município do Oeste catarinense a decretar situação de emergência em virtude da estiagem que já dura cerca de 40 dias na região. O decreto foi assinado na manhã desta sexta-feira, pelo prefeito José Cláudio Caramori, após reunião com a comissão da Defesa Civil no município.


Agricultores do Oeste estão preocupados com a falta de chuva na região.


Segundo Caramori, o problema maior é no interior, onde cerca de 100 famílias estão recebendo água em 15 pontos de distribuição. De acordo com o secretário de Serviços Urbanos, Valmor Scolari, são dois caminhões que transportam 50 mil litros por dia para o interior. A partir desta sexta-feira, um caminhão do Corpo de Bombeiros, com capacidade para 10 mil litros, vai reforçar o abastecimento.

O secretário de Agricultura, Ricardo Lunardi, divulgou um levantamento das perdas nas lavouras que chega a 40% no milho e 30% na soja, hortaliças e no feijão. Há também redução de 40% na produção de leite, 30% na produção de carne bovina, 20% nos citros.

Antes de Chapecó, Formosa do Sul também havia decretado situação de emergência em função da seca no Oeste de Santa Catarina. Dos 25, apenas nove decretos ainda não chegaram na Defesa Civil do Estado.


Cidades em situação de emergência

Águas de Chapecó*

Águas Frias*

Anchieta

Coronel Freitas

Formosa do Sul

Guaraciaba*

Guarujá do Sul

Ipuaçu*

Iraceminha

Maravilha*

Marema*

Nova Itaberaba

Ouro Verde

Palmitos*

Passos Maia

Planalto Alegre

Pinhalzinho

Ponte Serrada

São Carlos

São José do Cedro

São Miguel da Boa Vista

São Miguel do Oeste*

Saudades

Sul Brasil

União do Oeste*



*Defesa Civil ainda não recebeu a documentação dos decretos destes municípios.

Por

Comentários