01 jan17:38

PM é chamada para conter rebelião em presídio de Chapecó

Darci Debona | darci.debona.com.br

Uma rebelião no Presídio Regional de Chapecó iniciou às 23h18 de sábado. Alguns presos atearam fogo nos colchões e arrebentaram as grades das. Seis celas foram danificadas e cerca de cinqüenta presos saíram para os corredores. A Polícia Militar foi chamada e, com cerca de 20 homens invadiram o presídio e controlaram a rebelião utilizando munição não letal e duas bombas, uma de gás e outra de efeito moral.

Foram transferidos 32 presos: 20 para a Penitenciária Agrícola de Chapecó, 10 para o Presídio Regional de Concórdia e dois para o Presídio de Xanxerê.

A situação foi normalizada por volta das 5 horas de domingo. Segundo informações de funcionários do presídio não havia motivo aparente para a rebelião. No entanto a Polícia Militar já estava com suspeita de haveria uma rebelião e ficou de prontidão.

O Presídio Regional de Chapecó fica no bairro Santa Maria e tem 375 presos, mais que o dobro da capacidade, que é de 150 presos. Uma nova unidade está sendo construída no terreno da Penitenciária Agrícola de Chapecó e já deveria ter sido conluída.

Por

3 Comentários »

  • jose disse:

    ACHO QUE O SR DEVERIA INFORMAR-SE MELHOR ANTES DE POSTAR ALGUMA COISA, POIS EU ESTAVA DE SERVIÇO, NÃO HOUVE QUEIMA DE NADA, E QUEM CONTEVE O MOTIM FORAM OS AGENTES A PM SO NOS APOIOU. OK

  • Juliano Zanotelli disse:

    José, nesta terça-feira o rerpórter Darci Debona voltou ao presídio e pegou mais informações. Na segunda-feira tinha apenas as informações repassadas pela PM já que os agentes não tinham autorização para passar as informações e nem forneceram telefone da direção. Obrigado por nos escrever para nos ajudar passar a informação mais correta. Bom 2012.

  • AGENTE disse:

    Sou agente prisional e tambem estava de serviço no dia da rebelião, a PM apenas apoiou os agentes que invadiram e acabaram com a rebelião, sendo que nao houve queima de colchões, mais uma vez os agentes penitenciarios merecem os parabens pelo trabalho realizado com bravura e sem medo. Apenas para ficar mais claro o acontecido.

Comentários