04 jan16:39

Chega a 48 o número de cidades em situação de emergência no Oeste

Darci Debona | darci.debona@diario.com.br*

Mais sete municípios decretaram situação de emergência ontem em virtude da estiagem: Riqueza, Descanso, Campo Erê, Santiago do Sul, Tigrinhos, Vargem Bonita e Xanxerê. Com isso já são 48 cidades nessa situação. E o número deve aumentar nos próximos dias já que há previsão de chuva abaixo da média até fevereiro.


João Foletto, 78 anos, mora na linha Marcon, interior de Chapecó, sofre com a falta da água.


Com isso a falta de água já está se agravando. O problema maior é no interior, onde algumas famílias dependem de abastecimento com caminhões pipa. Mas a área urbana de alguns município já começa a ser afetada. Em Chapecó a Casan suspendeu o rodízio após instalação de uma estação de tratamento compacta no bairro Efapi e o auxílio de água tratada da BR Foods nos finais de semana, além da ativação de alguns poços profundos. Além disso iniciou a captação complementar de água na Barragem Santa Terezinha, no Rio Tigre, em Guatambu, para não depreciar o lago da Barragem Engenho Braun, no Lajeado São José, em Chapecó.

Já há sistema de rodízio em Seara, Anchieta e São Miguel do Oeste.



48 Cidades em situação de emergência

Águas de Chapecó

Águas Frias

Anchieta

Bom Jesus

Bom Jesus do Oeste

Caibi

Campo Erê

Chapecó

Coronel Freitas

Cunhataí

Cunha Porã

Descanso

Faxinal dos Guedes

Formosa do Sul

Flor do Sertão

Guaraciaba

Guarujá do Sul*

Ipuaçu

Iraceminha

Irati

Maravilha*

Jardinópolis

Marema

Nova Itaberaba

Ouro Verde

Palma Sola

Palmitos*

Passos Maia

Planalto Alegre

Pinhalzinho

Ponte Serrada

Quilombo

Romelândia

Riqueza

Santa Terezinha do Progresso

Santiago do Sul

São Carlos

São Domingos

São José do Cedro*

São Miguel da Boa Vista

São Miguel do Oeste

Saudades

Serra Alta

Sul Brasil

Tigrinhos

União do Oeste

Vargem Bonita

Xanxerê

*Defesa Civil ainda não recebeu a documentação dos decretos destes municípios.


*Colaborou Juliano Zanotelli

Por

Comentários